Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




image.jpg

Rúben Amorim reformulou o plantel do Sporting no início de 2020/21, após deixar já o seu cunho no final da temporada anterior ao refrescar a equipa com vários jovens, e os resultados estão à vista e são traduzidos não só na liderança isolada da Liga NOS a dez jornadas para o fim da prova, como na valorização de um grupo que manteve poucas peças da altura em que o técnico foi contratado, há pouco mais de um ano.

Desde o início da presente época até à última actualização efectuada pelo site especializado Transfermarkt, nos últimos dias, o grupo que se mantém às ordens de Amorim valorizou de 108,6 milhões de euros para 165 M€, o que representa um extra de 56,4 M€.

À medida que o título fica mais perto de ser alcançado, que as exibições são marcadamente positivas, é natural que o mercado internacional preste mais atenção aos jovens leõezinhos e, consequentemente, os valores disparem ainda mais quando 2020/21 terminar. Fazendo as contas de outra forma, para contabilizar todos os que chegaram a integrar o grupo (os que começaram no plantel e já saíram, e os que entretanto foram contratados no mercado de janeiro), o saldo continua a ser muito positivo e a dar perspectivas de alto rendimento com encaixes em futuras vendas: o grupo que arrancou a temporada valia 140,10 M€ e o actual está avaliado em 182,8 M€, o que perfaz um incremento de 42,7 M€.

image (1).jpg

Em todo o plantel, apenas dois jogadores perderem valor de mercado: Eduardo Quaresma, que foi sensação no fim de 2019/20 e perdeu o lugar, e Luiz Phellype, que esteve um ano sem jogar e apenas agora recupera ritmo competitivo na equipa B. Muito valorizados há obviamente vários jogadores, como os constantes rumores sobre o interesse de clubes estrangeiros denotam, e com um impulso recente dado também pelas chamadas de alguns deles às selecções de Portugal e de Espanha: Nuno Mendes passou a valer mais 18 milhões, Pedro Gonçalves e Pedro Porro mais oito, Palhinha mais seis e Tiago Tomás e Gonçalo Inácio mais cinco. Valores que são apenas referência no papel, pois numa negociação em mercado aberto os valores podem atingir outras proporções em relação ao definido pelo sítio mencionado.

O resultado é o sucesso que está bem à vista, de um grupo que resistiu animicamente à eliminação prematura primeiro da Liga Europa e mais tarde da Taça de Portugal, tendo já conquistado a Taça da Liga, e prosseguindo a caminhada deveras histórica na Liga NOS, a continuar a bater recordes e a ambicionar, em Maio, sagrar-se campeão nacional.

Reportagem completa de Rafael Toucedo, jornal O Jogo, disponível aqui.

publicado às 12:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds