Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 11.11.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«Como é Belo contrapor-se e criticar-se num ânimo tão ligeiro. Os Costumes, os Princípios, as Ideias, os Ideais, os Laços, as Uniões, as Dedicações, mas que raio de palavras são estas que raio de construções de consciências são estas que não passam de esboços. Não se faz oposição sustentada, não se faz contraditório, julga-se à primeira lufada de notícia, não importa a sua origem, não se pára para pensar, não se dá sequer no mínimo o benefício da dúvida, é Ele, já está, É culpado.

 

Não gosto, não quero, esta recusa não nasce de uma contenda de adversários, mas sim numa eleição de um inimigo. Desaparece a disputa de ideias, projectos, desempenhos, estratégias, etc. Mas alegarão que a prepotência de quem detém o poder condiciona, quem oposição quer fazer. Creio que tal é mais uma desculpa criada para quem no anonimato se quer manter e nele quer continuar a fazer a sua “vingança”. Tal verifica-se por exemplo na Reunião Magna que é a Assembleia Geral, a qual confere um poder a quem sendo Sócio, pode por intermédio dela confrontar os restantes Órgãos Sociais. Se se pretende ser confronto/oposição, que se inquira quem de direito, no local apropriado, não se criem escapatórias artificiais e imaginárias, pois o verdadeiro confronto engrandece e confere respeitabilidade a quem desafia, o contrário produz descrédito.

 

O que ontem criticavam, hoje cultivam e é talvez num amanhã a colheita do dia. É assim para alguns Sportinguistas, que vendo na Presidência do Clube, alguém de quem não gostam, o elegem como seu inimigo e não como seu adversário, sendo que por vezes nesse, caminho de “criar laços de amizade” dão azo à arte de achincalhar. É raro o dia em que a instituição Sporting e o seu presidente Bruno de Carvalho, não são alvo de troça, descrédito e outras manifestações por parte da comunicação social, que os visam diminuir e desacreditar, talvez com objectivos mais precisos que aqueles que pensamos ser, mas quando sob determinados fatos se poderia esperar por vezes um abstenção de comentários, surge sempre uma “voz amiga” ou uma escrita por vezes até em cooperação com os nossos amigos rivais. Seria de esperar que muitos dos que clamam ser “diferente” e terem estirpe, afinal não o são, porque no dia que o forem deixam de ver Bruno de Carvalho como um inimigo, mas sim como um adversário, porque no fundo deveria ser isso que procuram a sua derrota e não a sua destruição, ou será que estou errado?».

 

 

Leitor: AJSSB

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 04:41

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


38 comentários

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 11.11.2016 às 07:56

Parabéns ao AJSSB por colocar em palavras muito daquilo que sinto e penso!

Um post para reflexão mais do que para ser comentado.

SL,
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.11.2016 às 08:24

"Anda lá....ohhh"
Sem imagem de perfil

De José Santos a 11.11.2016 às 08:42

Bom dia,

Mas memória é assim tão curta? Não tem sido BdC que tem andado a criar inimigos dentro do Clube? Não é ele que tem andado numa verdadeira caixa às bruxas? Porque será que todos os sportinguistas que pensam pela própria cabeça, e que não concordam com a "visão" de BdC são impedidos de participar nos fóruns do clube, veem os seus comentários apagados na página oficial do clube no Facebook, são tratados como inimigos, lampiões, chama-lhes nomes...Quem não se sente, não é filho de boa gente...Não há possibilidade de contraditório com um Presidente assim. Ou estamos com ele, ou somos inimigos.

"É raro o dia em que a instituição Sporting e o seu presidente Bruno de Carvalho, não são alvo de troça, descrédito e outras manifestações por parte da comunicação social, que os visam diminuir e desacreditar" ...e a culpa é sempre dos outros? Este lado mesquinho e pequenino de alguns Sportinguistas é que me chateia. São incapazes de fazer um mea culpa, arranjam sempre desculpas, que é o Carnide, é a comunicação social a mando do Carnide, é o colinho, são os vouchers...há sempre qualquer coisa. Nós nunca somos culpados de nada, são sempre os outros, os outros, os outros...mesmo quando os outros são...sportinguistas. É caso para dizer, e desculpem o termo: porra...parem de falar e de culpar os outros. Parem de dizer que o Benfica (ou o Porto) só ganha por causa das arbitragens, por causa da comunicação social e afins. O Porto foi campeão europeu, ganhou uefas...foi por obra e graça das arbitragens??? O Benfica teve em muitas finais europeias...e foi por obra e graça das arbitragens??? O Sporting foi Campeão com Jardeis e João Pintos (grandes equipas nessa altura)...e as arbitragens também não ajudaram??? A comunicação social não ajudou??? Quem ganha, com melhores ou piores equipas, com mais ou menos ajudas externas, ganha porque é geralmente melhor. Será sempre assim, independentemente de quem ganha. Há sempre mérito de quem vence.

Parem de dizer que a culpa é dos outros clubes. A culpa é também muito nossa. Falamos demasiadamente nos outros. Eu se fosse Benfiquista ou Portista, também me ria o dia todo com o que tem sido dito. É raro o dia que não há a necessidade de se mostrar que somos enormes, que somos os maiores do mundo e arredores...nem que seja em Dressage, uma modalidade que consiste em domesticar um cavalo. O Sporting e grande parte dos sportinguistas está sempre a pôr-se a jeito (e a comunicação social afeta ao clube ajuda).

O fanatismo (em todas as matérias) não nos leva a lado nenhum. É uma doença que nos corrói, que nos tira a lucidez, que nos afasta do mundo real, e que nos torna seres perigosos…mesmo para quem está mais próximo. Deixar de beber Sagres ou não andar vestido de vermelho? Mas que raio…o futebol pode ser importante, mas não manda na minha vida. Deixar de ter opinião própria só porque o Chefe diz que não pode ser??? Mas eu vivo em ditadura? Não me chegou a outra?
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 11.11.2016 às 08:45

Caro Jose Santos,

Embora concorde com quase a totalidade do que escreveste, estás a ignorar que desde que JJ entrou no SCP, o SLB iniciou uma guerra de comunicação contra nós. Guerra essa que tem que ser lutada. Podes achar que a guerra não está a ser lutada com a estratégia mais correta (e até concordo com isso), mas não podemos parar a luta.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 11.11.2016 às 09:31

Bom dia Mike,

O Benfica está a fazer aquilo que o Sporting e o Porto fazem quando estão na mó de cima. Nos dias de hoje, com as internets, redes sociais, programas de tv 24 horas por dia, 7 dias por semana e afins, é normal que o Benfica se aproveite disso. Estão a ser eles agora, no futuro serão outros. Será sempre assim.

Essas guerras são perfeitamente normais, e o Benfica faz bem o seu trabalho. JJ é a figura que é. Recordo-me de rir às gargalhadas com as calinadas do "Mister" quando estava na Luz. Foi um fartote de rir não foi? Depois ele veio para cá...e as calinadas continuaram, com a ajuda de BdC e de uma estrutura de comunicação completamente errada, para dentro e para fora. A comunicação social "independente" pode dar uma ajuda, mas quando se tem um canal do clube que só pratica a bajulação ao "Grande Líder" e que passa o tempo a falar do rival (é mais inimigo para a maior parte)...querem o quê? Nós não sabemos ser bons para nós próprios. Não sabemos fazer comunicação para nós próprios, e se calhar deveriamos começar por aí. Primeiro, arrumamos a nossa casa e tratamos das nossas coisas. Temos que tratar todos os sportinguistas por igual, e respeitando verdadeiramente a opinião de todos. Eu não me esqueço de ver um puto a ser entrevistado no nosso canal depois de um jogo que correu mal, a dizer mal da equipa e do presidente, e a ligação a ser cortada a meio do discurso do rapaz. Isto é o quê?

75% do que se diz na Comunicação Social não interessa, não importa. É simplesmente para vender, e não tem efeitos práticos. É para alimentar as massas, para estupidificar o povo e para criar guerras que não levam a lado nenhum. Vejam os comentários às notícias nos Recordes, Bola e afins...é tudo uma cambada de broncos de todas as cores, ofendem-se gratuitamente...por nada. É assim no desporto, na política, na cultura...é o ADN do Português, seja ele do Benfica, Porto, Sporting, PS, PSD, PCP...e quem está no poder, tem sempre mais força.

A comunicação social do século XXI não informa, não pratica jornalismo. Está ligada a grande grupos económicos, as notícias são encomendadas, não existe lucidez e imparcialidade. Depois ficam todos muito admirados quando há um tipo chamado Trump que ganha as eleições...

Em Portugal, e em termos desportivos, a melhor solução seria acabar com todos os programas desportivos diários, acabar com as dezenas de pseudo comentadores...só teríamos um "Domingo Desportivo " à antiga...onde se viam os resumos dos jogos, tabela classificativa e melhores marcadores. Só isto. Só se falava dos jogos e pronto.
Sem imagem de perfil

De Ataíde a 11.11.2016 às 12:31

José Santos

Parabéns !...

Como um não 'benfiquisto' do actual Sport Luís e Benfica, apesar de lhe reconhecer muito do que de bom tem feito, sem olvidar ou tentar esconder a 'outra face da moeda', permita-me subscrever, depois das necessárias alterações, o seu brilhante texto.

Quando todos e quaisquer valores são facilmente postos de lado, amarrotados, amarfanhados, fico sensibilizado com a hombridade, a sensatez e a lucidez como exprime todo o seu ! ... Sportinguismo.

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.11.2016 às 12:36

José Santos,

Eu também gostava do "Domingo Desportivo " à antiga na RTP 2, onde se via e discutia futebol.... mas não vamos adulterar o que sempre foi o futebol português.... a luta pelo colinho!
Nesse tempo existia uma pessoa chamada Pinto da Costa e também existiam árbitros que ficavam com azia... e nós Sporting fazíamos luto às arbitragens... nada de muito diferente do que passa hoje.
O que mudou foi simplesmente o poder dos media na nossa vida, e a forma como eles nos controlam..... basicamente conseguiram manter durante mais de 30 anos Pinto da Costa, mas o mauzão do futebol português é o BdC....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 14:24

Bruno de Carvalho não é "mauzão", simplesmente faz a parte de forte.
Sem imagem de perfil

De LJR a 11.11.2016 às 10:16

Quem fala assim ... de certeza que é um grande lampião.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 11.11.2016 às 10:40

Essa do Lampião é para mim? Lampião Sportinguista ou Lampião Benfiquista? Tem que ser mais claro, porque os paleontólogos do Presidente BdC descobriram que afinal há mais um tipo de Lampião: os Lagartus Lampiónicus.

Sendo eu um Lagartus Lampiónicus, tenho o orgulho de ter um lampião (dos outros malvados) e um dragãozinho em casa. Sim, são meus filhos e tenho muito orgulho no que eles são. A patroa não liga à bola, e desconfio que o cão possa ser do Arouca, porque para além de ser meio amarelo, já me roeu dois pares de sapatos.

Porque é que não impus a onda verde aos míudos? Admito que tentei, mas os putos só viram o Porto ou o Benfica a ganhar nas suas vidas. meu Deus, que raio de vida a minha! Alguém merece uma coisa destas???
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 10:43

O seu outro comentário ("somos dois") foi apagado por arrasto automático do sistema de moderação, ao responder a um leitor que está banido do blogue.
Sem imagem de perfil

De José Santos a 11.11.2016 às 11:03

Bom dia Rui,

Obrigado pela nota.

Um abraço
Sem imagem de perfil

De LJR a 11.11.2016 às 16:47

Sem dúvida que lampião é ligado ao benfica, ou há dúvidas? E digo isto face aos seus comentários. É evidente que nem toda a gente pode estar de acordo com B. Carvalho admito, mas não podemos atirar para trás das costas o que de bem ele fez até hoje no Sporting. Não esquecer que quando ele entrou para este grande clube o estado em que ele estava, graças aos seus antecessores, ou não é verdade? Errar todos erram, mas deitar abaixo tudo o que ele faz, não concordo. Conforme o ditado com amigos destes não preciso de inimigos.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.11.2016 às 12:36

José Santos,
Uma análise lúcida e objectiva, pautada pelo bom senso. Mas não é assim que pensa e age a tribo do futebol. Vive essencialmente no nível das emoções e transfere, inconscientemente as suas frustações para a área da clubite. E há sempre os trumposos desta vida que se sabem aproveitar desta vertente irracional dos adeptos. Lembro-me de ter lido um comentário de um sportinguista que a propósito da assinatura do contrato do Clube com uma operadora de serviços televisivos,onde dizia que ia menosprezar as da concorrência. É de facto, deste fanatismo, que se também alimentam os fazedores de ditaduras.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 14:26

"Trumposos" a derivar de Trump ?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.11.2016 às 18:47

Trumposos a derivar de Trump e homófona de tramposos, isto é trapaceiros, sujos, imundos, velhacos(Dicionário da Língua Portuguesa) Dois em um. Bate certo.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 11.11.2016 às 09:42

Excelente!!

"É assim para alguns Sportinguistas, que vendo na Presidência do Clube, alguém de quem não gostam, o elegem como seu inimigo e não como seu adversário, sendo que por vezes nesse, caminho de “criar laços de amizade” dão azo à arte de achincalhar."

Está tudo dito...
Sem imagem de perfil

De js1974 a 11.11.2016 às 09:58

Este texto vale tanto como o seu contrário. Alterando umas palavras para o oposto e teriamos um discurso de BdC.
E ao contrario do que diz BdC nunca será meu inimigo ou adversário, tão simplesmente porque ambos queremos o melhor para o Sporting, eu apenas tenho ideias diferentes, Muito diferentes das dele.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 10:44

Não é o único !!!
Sem imagem de perfil

De J Alves a 11.11.2016 às 10:46

"O fanatismo (em todas as matérias) não nos leva a lado nenhum. É uma doença que nos corrói, que nos tira a lucidez, que nos afasta do mundo real, e que nos torna seres perigosos…mesmo para quem está mais próximo. Deixar de beber Sagres ou não andar vestido de vermelho? Mas que raio…o futebol pode ser importante, mas não manda na minha vida. Deixar de ter opinião própria só porque o Chefe diz que não pode ser??? Mas eu vivo em ditadura? Não me chegou a outra?"

Aqui nem é uma questão de ditadura, é mais uma questão de I want, I which, I desire, I wanna be, I Like, I, Me, Myself and I !!!!

O sr que está no poder julga-se Deus, Omnipresente, Omnipotente, Omnisciente.

Antes dele era o vazio, o nada, o abismo, depois dele o Dilúvio!!

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 14:28

Por outras palavras 'só eu é que conto, o resto é paisagem' !
Sem imagem de perfil

De Profeta a 11.11.2016 às 11:35

O actual presidente quer se queira quer não tem dificultado a vida a quem não se revê no seu estilo presidencialista (para não dizer coreano) e na sua gestão. É escusado estar a enumerar factos.

A mim faz-me confusão como uma figura tão anedótica ainda seja levada a sério por tanta gente!...

Agora, se em Março ele voltar a ganhar as eleições (é bastante provável, e não é que fosse difícil deixa-lo "deste tamanhinho", mas as suas tácticas condicionam muito um debate) acho que também será escusado o pessoal que o tem andado a criticar continuar a fazê-lo nos 4 anos seguintes a dizer as mesmas coisas - porque ele nunca irá mudar.

Pessoalmente, gosto de participar nestes blogs, mas provavelmente não irei continuar por mais 4 anos a comentar a vida do clube nestas plataformas, pois da minha parte já o critiquei muitas vezes, e se é este que o caminho que a malta se revê, será preciso saber respeitar.

Até porque chega a uma altura que se torna aborrecido.

Agora, até às eleições, dentro das possibilidades de cada um e das condicionantes impostas pelo Bruno de Carvalho, acho que é preciso ir à luta.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 14:31

Vivemos numa sociedade global em que o produto medíocre vende mais e melhor. Não explicará tudo, mas explica muito.

A eleição de Donald Trump como exemplo clássico !!!
Sem imagem de perfil

De PSousa a 11.11.2016 às 12:07

" É raro o dia em que a instituição Sporting e o seu presidente Bruno de Carvalho, não são alvo de troça, descrédito e outras manifestações por parte da comunicação social, que os visam diminuir e desacreditar...."

Porque será? Será que podemos concluir que estamos a mais no panorama do desporto ou estamos a "incomodar" muita gente? Será que nos tem de "deitar abaixo" para que continue o tal "sistema"?
Assim como nós achamos que o presidente e o SCP deveriam alterar qualquer coisa devemos nós também pensar que o tal jornalismo "lixo" também deveria de mudar, mas isso NÃO, só o SCP e BdC é que sim!
Num seu outro comentário, tem mesmo razão ... saudades do DD... as horas que se esperava para ver os "resumos" ... ai Domingo que "nunca" mais voltas a ser DESPORTIVO!
Sem imagem de perfil

De Profeta a 11.11.2016 às 12:14

Muita branda tem sido a comunicação-social. Houvesse um verdadeiro jornalismo de investigação, e queria ver...
Sem imagem de perfil

De PSousa a 11.11.2016 às 13:39

Isso é que era, mas o "poder" instalado não lhe apetece que assim seja!
O que seria do outro lado e mais a norte! Ui ui!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 14:34

Penso que jornalismo de investigação não existe em Portugal, não por falta de capacidade mas sim porque os interesses partidários são prioritários.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 11.11.2016 às 14:35

Rui,
Existem alguns que tentam, mas são "abafados".
Pois altos interesses se levantam e não deixam avançar!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.11.2016 às 14:45

É possível que assim seja.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 11.11.2016 às 15:20

Caro AJSSB

Bruno de Carvalho trouxe uma novidade para o Sporting que consiste numa permanente separação das águas, isto é, entre as diferentes tendências existentes no Clube. Estas tendências há muito que existem, mas sempre coexistiram, associando-se ou conflituando em períodos eleitorais. Nada de novo num Clube democrático e plural, é assim que normalmente se funciona.

A forma como BdC apareceu e iniciou o mandato de Presidente teve o condão de afastar muitos sportinguistas. Por várias razões. Muitos não suportam que um presidente se procure substituir aos símbolos desportivos na função de representação da identidade leonina. Outros não esquecem aquela história pateta dos croquetes e dos lambuças, dos verdadeiros e falsos sportinguistas, dos ressabiados e dos barões. Alguns acreditaram em BdC, mas afastaram-se em determinada altura e, por isso, viram-se acusados de oportunismo ou coisa do género.

Sportinguistas viram-se processados judicialmente, antigos dirigentes sujeitos a uma auditoria que não teve as características habituais, foram lançadas falsas polémicas, estigmatizaram-se pessoas, espalharam-se versões e boatos. Houve sportinguistas que viram o seu nome, fotografia e até emprego na praça pública pelo “crime” de criticarem BdC. Houve conversas inenarráveis a propósito de “governos sombra” com listas de nomes.

Pessoalmente penso que é conveniente que se verifiquem divergências. Daí não vem mal ao mundo, em todas as circunstâncias há quem não descortine méritos em alguém mesmo quando a maioria fica extasiada perante a obra e a sua figura seja divinizada por quase todos.
O AJSSB utiliza palavras como “vingança” ou “inimigo” e compreendo que lamente o que acontece. Infelizmente o ambiente entre sportinguistas é o pior desde que me lembro. Mas, na verdade, a origem dele está precisamente em BdC e nos seus apoiantes mais próximos.

Sem imagem de perfil

De AJSSB a 11.11.2016 às 23:51

O meu comentário de ontem, e que o Sr. Rui Gomes teve a “gentileza” de colocar em evidência no seu Blog hoje, não mais era que um desabafo, um exprimir de opinião. Contudo num mundo em que cada vez mais se torna de difícil a tolerância, substitui-se por vezes a mesma pela catalogação ofensiva.

Nos tempos passados foi sempre meu descanso ou minha defesa, que o Sporting, pelo fato de ter presente nas suas “fileiras” pessoas com provas dadas no mundo empresarial, financeiro e desportivo, era um Clube que se projetaria com sucesso nos caminhos futuros. Contudo não só se verificou que as pessoas em causa não conseguiram transpor para o Sporting o rigor e desempenho profissional espectável e exigível, como ainda colocaram o clube na eminência de “fechar portas”. Mais ainda, assistiu-se ao empobrecimento da vertente eclética e patrimonial. Eu que todos os dias passo por Alvalade XXI, digo “o que era, e o que é nosso?”. Se Bruno de Carvalho é Presidente do Sporting, o seu surgimento se deve como resposta ao estado em que o Clube se encontrava.

Curioso que não sou um apoiante de Bruno de Carvalho de início, nem tão pouco seguidista, muito menos fanático, isso são termos ou adjetivos com que se catalogam para querer como que dizer que são indivíduos acéfalos. Aliás, não será intelectualmente honesto “vender” a imagens de que quem está com o atual presidente é desprovido de inteligência e quiçá emoções, criam-se até “guetos” de Sócios. Comungo de algumas ideias, discordo de outras, mas no geral aceito o que é proposto, vai de encontro à ordem de que considero natural de quem se posiciona perante compromissos, no meu caso, pretende contribuir para o bem-estar individual ou de grupos, sempre no cumprimento estrito das regras definidas. Os desvios que surjam, têm um local e data própria para serem avaliados e se caso disso sancionados.

Contudo importa igualmente referir que o meu comentário de ontem, tem incidência sobre o Presidente Bruno de Carvalho, mas caso a individualidade na Presidência do Sporting fosse outra pessoa, podem crer que o meu posicionamento seria o mesmo. Não aceito, nem nunca aceitarei, que em nome de uma disputa alguns comentários ultrapassem o campo da crítica e descambem para a brejeirice. Quando assim o é entendo eu que a razão ou a argumentação não existe e aí ninguém, mas mesmo ninguém, independentemente do “lado” em que se posicione pode ser aceite.

O Sporting anda sempre em guerras e desgaste interno, sempre com “fugas de informação” e aí concordo com o José Santos, saibamos resolver as nossas questões internas, mas para isso já tinha de fugir para algumas questões que por vezes o Implacável aborda.

Hoje em dia não podemos ter essa visão tão ingénua e abandalhada da comunicação social. O Jornalixo e as Noticias Comerciais, noticias que visam a promoção ou despromoção de determinadas pessoas bens e/ou grupos ou qualquer outro tipo de texto ou peça, colocada on-line ou em formato jornal, quando sob determinadas estratégias podem ter um impacto sobre a imagem de um clube. Nos tempos financeiros difíceis que se vivem é de vital interesse que essa informação não seja deturpada. A comunicação social terá sempre de ter uma abordagem imparcial e equilibrada perante todos os intervenientes do panorama desportivo Português.

Termino dizendo que sou um adepto da pluralidade, gosto de sentir o pulsar do Sporting, todos os dias tento “visitar” e por vezes comento na Blogosfera Leonina. Blogues como O Artista do Dia, Mister Café, Leoninamente, És a Nossa Fé, A Tasca do Cherba, Leão de Plástico, Sporting Com Filtro, Leoninamente, O Sporting Visto Por Nós, Bancada de Leão, Cantinho do Morais, A Norte de Alvalade e outros, são por mim visitados, assim como vários grupos existentes no facebook. Entendo eu que é nisto é que está parte de Ser Sporting de falarmos, ouvirmos, criticarmos, sermos criticados, respeitarmos e sermos respeitados. Porque o Sporting é o Nosso Grande Amor (que as nossas Esposas não leiam isto!)

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.11.2016 às 00:07

Caro AJSSB,

Fico grato pela sua apreciação ao post e ao respectivo debate que decorreu durante esta sexta-feira.

Lamento, no entanto, que a minha iniciativa em transformar o seu comentário em post, não tenha sido vista como gentil.

Tentarei fazer melhor numa próxima ocasião.
Sem imagem de perfil

De AJSSB a 12.11.2016 às 01:00

Sr. Rui Gomes

Não, nada disso, a palavra Gentileza encontra-se entre aspas pelo fato de com isso querer conferir ironia, uma vez que não foi gentil pois foi-me colocar “No Olho do Furacão”, só isso, quando eu produzi um simples comentário o Rui Gomes, pimba transformou-o na “edição da manhã”. O Rui Gomes entenda-me, se eu quisesse dar a entender que não tinha gostado tinha-o dito diretamente. Apesar de ter-mos posicionamentos por vezes divergentes, o respeito e educação impera, da minha parte.

Cumprimentos e SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.11.2016 às 03:19

Tudo bem, aceito a sua explicação, mas pode acreditar que a principal razão de eu ter decidido dar destaque ao seu comentário, foi precisamente por apreciar a profundidade do mesmo, pese os nossos pontos de vista divergentes.

Concordo com algumas coisas que sublinhou, mas não com tudo, e de certeza absoluta também não no que diz respeito a Bruno de Carvalho. Os oportunistas como ele que se aproveitam de pessoas, instituições e ocasiões, sujeitam-se depois à inevitável crítica. E não tenha dúvidas algumas, ele não é mais do que um mero oportunista, muito no molde português, que eu repugno veemente, hoje e sempre.

Por haver tantos como ele, é que Portugal é um país tão pequeno.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo