Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 15.12.16

 

18547267_Zq5hz.jpg

  

«Pois em minha opinião seria mesmo assim. Um programa de computador onde seriam inseridas todas as regras de jogo e seria o computador a decidir mediante isso todos os lances de jogo, não sou especialista em informática, mas julgo que não seria nada impossível de se fazer. Quanto aos "senhores árbitros" nem lhe dava apito, apenas lhes permitiria a lata de tinta para marcarem no relvado onde eram as faltas e mesmo isso mediante supervisão do computador senão até aí nos roubariam. Continuaria a haver jogadas com várias interpretações....talvez, mas seria sempre um computador a decidir, o qual decidiria sem olhar para as cores das camisolas».
 
Leitor: SANGUEVERDE
 
 
«O que sugere não é, actualmente, exequível, na minha modesta opinião. Em particular no que concerne à Lei 12 das leis do jogo. Existem consideráveis nuances nas leis sobre, por exemplo, o contacto físico. Como deve saber, não é ilegal o contacto no futebol — depende do contacto.

Pessoalmente acho que a tecnologia não está suficientemente madura/avançada para conseguir discernir as nuances de contacto considerado legal. Mas sendo alguém que trabalha profissionalmente na área da informática e que se irrita, frequentemente, com arbitragens, compreendo a sua perspectiva, frustração e, de certo modo, tentação de entregar às máquinas muitas das decisões que mencionou.

Talvez fosse possível, quanto muito, entregar às máquinas a decisão do fora-de-jogo — que já me evitava imensas irritações, diga-se — e mesmo assim não tenho certeza, tendo em conta a questão do fora-de-jogo posicional».
 
Leitor: MFD
 
 
Adenda: Destaque para mais um momento polémico a envolver o vídeo-árbitro no Mundial de Clubes, com alguma confusão a ser criada depois do golo de Cristiano Ronaldo. O português desmarcou-se no limite do fora-de-jogo, mas o árbitro assistente nada assinalou. Já depois de os jogadores terem festejado o golo, o árbitro deu indicação de que as imagens seriam revistas pelo vídeo-árbitro e indicou que a partida recomeçasse com livre indirecto, por fora-de-jogo. Enrique Cáceres, o árbitro da partida acabou por recuar na decisão, confirmando o 2-0 para o Real Madrid. Fica a dúvida sobre qual terá sido o motivo da confusão, dado que Ronaldo estava em posição legal.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De MarcoI a 15.12.2016 às 14:11

Já estou a imaginar muito sportinguista a dizer que o computador é da ASUS que é controlada pelo estado lampiónico e que é preciso trazer a Apple para o futebol portugues, que a partir dai limpam tudo.

E a seguir é a largura das lentes das cameras de video, que beneficia o Benfica pois a luz reflete de forma distinta e mafiosa no Estadio da Luz, devido á sua maior dimensao

E por ai adiante...

Louvo a paciencia dos árbitros caso algum perca tempo a ler blogues e jornais na internet, ou ouvir BdCs e Inácios e etc. Eu chegaria a um jogo do Sporting já com um pico ao clube que nem sei. Nao sei mesmo como conseguem manter a calma e apresentar esta boa qualidade
Sem imagem de perfil

De Jorge a 15.12.2016 às 14:21

http://www.maisfutebol.iol.pt/custou-me-ver-o-senhor-ministro-dizer-que-so-por-cortesia-nao-tinha-atirado-o-dvd-pela-varanda-ou-pela-janela-luis-filipe-vieira-presidente-do-benfica

Se calhar foi por causa destas coisas que levaram o golo do Maicon fora de jogo. Desorientaram os rapazes...
Sem imagem de perfil

De MarcoI a 15.12.2016 às 14:39

(Agora mais a sério)

Esta coisa do video arbitro vai fazer mais mal que bem. Basta ver as reaccoes de da maior parte dos adeptos perante as mesmas imagens (Contra nós nunca é, a favor era sempre e um escandalo inimaginavel que nao seja)
Imagem de perfil

De Alex Zíngaro a 15.12.2016 às 14:19

Caro RG, emérito autor, gerente do condomínio,

Pela consideração que me merece este Blogue e uma vez mais com direitos de autor e em exclusivo mundial.. para a questão do vídeo-árbitro que a própria FIFA /UEFA querem implementar, sugeria só que em vez de porem o árbitro a ir ver e consultar as imagens junto ao 4º árbitro, os árbitros se limitem a ouvir e aceitar a opinião através dos auriculares, para assim evitar de perder tempo a parar o jogo, a perder tempo e a dar mau aspecto para as bancadas.

No caso em concreto do jogo de ontem, o Víctor Kassai limitava-se a ouvir a opinião do 5º árbitro via auricular e marcava penalti na mesma. Evitando-se assim todo o espectáculo e demora na decisão.

Não faz sentido ser o próprio árbitro a ir junto à linha e ir ver as imagens. Se ele confia na decisão dos fiscais de linha, também tem de confira na decisão, opinião do vídeo-árbitro.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 15.12.2016 às 15:51

Na minha opinião acho que se discute muito esta questão do video árbitro, quando deveria ser praticada o sistema implementado no Rugby.

1- o árbitro toma sempre uma decisão em campo.

2- nos casos de dúvida, o árbitro solicita ao video árbitro a análise ao lance.

3- a comunicação entre o árbitro, video árbitro e jogadores, é audível no sistema áudio do estádio.... não há cá mão a tapar a boca a chamar nomes uns aos outros!

4- existe um árbitro que analisa o video numa cabine, e informa o árbitro principal da sua interpretação do lance..... sendo que só altera a decisão tomada em campo, se as imagens forem inquestionáveis (este aspecto é muito importante.... porque a ideia do video árbitro é melhorar o existente, não piorar).

5- o árbitro só se desloca para ver o video árbitro, se o lance for muito discutível.

6- o árbitro independentemente da decisão, explica as razões para a tomada de decisão final aos jogadores e adeptos (criando-se assim um ambiente mais sereno em relação à arbitragem, e beneficia-se a qualidade do jogo).

Termino dizendo que o Rugby deveria servir de exemplo ao futebol, em muitas matérias.... por exemplo se um jogador reclama continuadamente uma decisão do árbitro, a falta vai avançando 10m até ser ensaio....no fundo as regras de arbitragem do Rugby visam um espectáculo com verdade desportiva e respeito entre atletas e árbitro..... basicamente o contrário do que se passa no futebol!
Sem imagem de perfil

De sangueverde a 15.12.2016 às 21:54

Olá amigos do Camarote Leonino, naturalmente ontem quando fiz este comentário quis ser propositadamente radical e até extravagante no que disse. Mas a verdade é que algo tem que ser feito no futebol sob pena de o condenar-mos ao ridículo, à constante suspeição, à falta de verdade desportiva...eu sou sincero, nos últimos 4-5 anos eu tenho visto ao vivo imensamente mais jogos do nosso SPORTING de futsal do que de futebol, e dirão vocês que no futsal haverá igualmente erros e falhas dos árbitros, com certeza que sim, mas só o pequeno facto por exemplo de parar o cronometro sempre que a bola não está jogável, faz logo uma imensa diferença, evita desde logo que a equipa que mais satisfeita está com o resultado passe toda a 2ª parte a atirar-se para o chão, a queimar tempo de todas as maneiras possíveis e com isso impedindo que se jogue futebol, para depois no fim o arbitro compensar mediante o seu estado de espirito ou até talvez mediante o seu próprio cansaço com 4-5 minutos de compensação, não pode ser, isto não abona nada de bom ao futebol. Eu até admito que possam haver grandes alterações nas regras se tal se revelar necessário, agora o que acho que não pode continuar é haver uma bola na mão dentro da área e a jogada ser falta ou não mediante a camisola que essa mão trazia vestida, ou o estádio onde tal aconteceu, ou o arbitro que nesse jogo estava a apitar, não pode ser, tem de se arranjar maneira de se ajuizar sempre da mesma maneira, tem de haver critério.
Uma boa noite para todos.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo