Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 08.05.17

 

18547267_Zq5hz.jpg

 

«A margem de tolerância reduz-se para todos e Bruno de Carvalho será sempre o primeiro a ter de prestar contas. Concordo com a ideia de que ele não se pode pôr de fora do insucesso que foi esta época, mas compreendo a frustração que ele denota por se ver pouco acompanhado no nível de entrega ao clube. De falta de esforço, dedicação e devoção não me parece que o possamos acusar. De mais vezes do que seria desejável, não orientar esses atributos por caminhos certos, isso sim. Sobretudo em matéria de comunicação e contratações, aspectos em que é decisivo aprender com a experiência e não repetir a lamentável demonstração de incompetência deixada este ano.

 

O SCP não pode ir lá por tentativa-e-erro, o tempo do experimentalismo tem de acabar, principalmente quando foi conseguido um padrão de apoio e presença extraordinário por parte dos sócios, que não são "devotos" ao ponto de prescindirem da sua recompensa. De Bruno de Carvalho digo o mesmo que um treinador cuja identidade já não recordo dizia de Toñito: "Não me interessa que ele corra muito, se corre mal". Ou seja, a paixão não lhe falta; o saber ainda não é o suficiente.

 

Indo agora ao concreto: Douglas, Petrovic, Castaignos e Campbell têm de ir embora, não servem e nunca deveriam ter chegado; Bryan Ruiz é um jogador de classe, mas a única coisa que faz hoje em campo é passeá-la, levá-la a correr já lhe dá muito trabalho, por isso chegou ao fim da linha, não pode sob condição ver renovado o seu contrato; o outro Ruiz pode ser genial com bola e ter um remate portentoso, mas ou se apura que ele consegue entregar-se mais ao jogo e acompanhar a dinâmica e a intensidade da equipa ou pode também ir pregar para outra freguesia; o William, um dos capitães, vai ter de deixar de sorrir displicentemente quando falha golos fáceis e passar a cerrar os punhos e dizer "p... que p...", como fazem jogadores de raça e compromisso, além de que se lhe exige mais suor, mais arreganho, mais vontade de crescer e de pôr ao serviço do clube o talento que ninguém lhe consegue negar; o Schelotto corre milhões mas não encaixa nas necessidades do plantel, nem como lateral nem como extremo, falta-lhe técnica e critério, é pobre na decisão, desajuizado, e deve ser vendido, ao contrário do Marvin, de quem a imprensa já disse e repetiu que tinha o destino marcado mas que me parece estar a aproximar-se de um patamar de consistência apreciável, quer a defender quer a atacar.

 

O perfil de contratados precisa urgentemente de ser redefinido e a percentagem de acerto tem de subir em flecha. São exigências de um clube que precisa de glória como de pão para a boca, sob pena de se revelarem vãos o esforço, a dedicação e a devoção dos seus adeptos».

 

 

Leitor: Marcos Cruz

 

publicado às 12:21

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 08.05.2017 às 12:58

Excelente texto.

Acho que o tempo de Jorge Jesus devia chegar ao fim esta epoca. BC se é uma pessoa perspicaz como parece deve perceber que manter a aposta em JJ lhe pode causar a sua saída do Sporting.

Estamos no final de epoca - BC que pense bem até porque o vencimento (e respectiva indeminação) de JJ não pode ser, nem é na minha opinião impedimento de nada.
São 2 Sportinguista e dois profissionais - sentem-se à mesa e cheguem a um acordo. Pague-se um valor "justo" a JJ e de preferencia em prestações e vá-se buscar um verdadeiro Dir. Desportivo e um bom treinador e que não se julgue superior ao Sporting.

As coisas não podem ficar iguais - não podemos cometer os mesmos erros
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.05.2017 às 14:01

Estou convicto que na mente de Bruno de Carvalho a saída de Jorge Jesus nem sequer é equacionada. Entre outras questões, seria admitir que errou e isso o seu ego não permitirá, hoje e sempre.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 08.05.2017 às 14:40

Infelizmente também acho o mesmo, mas ao menos que esta derrota tire a BC qualquer ideia que pudesse ter de lhe renovar o contrato.

O máximo que pode acontecer é, na minha opinião é retirar a JJ alguma liberdade para contratações à toa.

Não sou muito a favor de trocas de treinadores só por trocar, mas já são 2 anos e devia ser o fim de um ciclo.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.05.2017 às 15:09

Bem... um treinador deve ser sempre consultado sobre a constituição do plantel, mas não é prudente dar toda a autoridade nesse sentido a Jorge Jesus. Por outro lado, questiona-se quem vai decidir ?... Bruno de Carvalho é a outra pessoa da estrutura e quais são os conhecimentos dele nessa área ?... Poucos ou nenhuns !

Não existe, na estrutura, um verdadeiro "manager" ou "director desportivo", como queiram. Octávio Machado está lá para "inglês ver" pela insistência de Jorge Jesus.
Sem imagem de perfil

De Robert Mc'namara a 08.05.2017 às 16:44

Está fatalmente correcto, meu caro.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 08.05.2017 às 13:16

É isto mesmo Marcos Cruz. Sem tirar nem pôr. A próxima época tem que ter uma lista de contratações do género:

- defesa direito
- defesa esquerdo
- avançado

De resto só se pode contratar se sair alguém dos titulares, estilo o William ou Adrien. E mesmo assim....
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.05.2017 às 13:59

Além dos laterais, a posição mais importante a preencher é de médio construtor. Se não houver em casa (Francisco Geraldes/Ryan Gauld) terá de ser contratado. Não podemos continuar a jogar os jogos todos só nas alas. Muito previsível e fácil de defender.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 08.05.2017 às 14:17

Podence tem estado a fazer esse papel muito bem.
Acredito que um meio-campo com mais cérebro ajudasse o resto da equipa, algo do estilo:

----- William Adrien
Gelson Podence Geraldes
---------- Dost

Isto porque William e Adrien não são criativos. São jogadores para ajudar na construção da 1ª fase, tirando a bola da defesa de forma jogavel, apenas. Tendo os outros 3 à frente deles e sendo eles os 3 criativos, iríamos ter quem pensasse bem o jogo ofensivo da equipa. Acredito que estes não iriam desiludir na grande maioria dos jogos.

Depois ainda tinhamos Mattheus, Ryan Gauld e Allan Ruiz como substitutos. Sendo que destes, Allan Ruiz é quem garante maiores probabilidades de sucesso no remate à baliza devido à sua boa tecnica de remate. Fica a faltar um avançado de jeito, que eu acreditava ser o André Balada, mas não lhe foram dadas hipóteses. Era melhor que o cepo do Castaignos, pelo menos. Ao menos sabia fazer combinações com os colegas e tocar de 1ª quando necessário.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 08.05.2017 às 21:42

Mike,

Existe ainda o Iuri Medeiros...
Mas atenção que o sistema de JJ normalmente não utiliza n°10.

Independente das apostas nos que cá estão teremos sempre de contratar... é aqui que se vai definir a próxima época... contratar bem e cedo, temos de iniciar fortes por causa do playoff.
Sem imagem de perfil

De Leila Coutinho a 08.05.2017 às 13:23

Realmente um jogo com casa cheia, sentimento de o segundo lugar estar já ali e esta displicência em campo tem de acabar.

Ou se respeita a camisola e o clube ou se vai embora, e quanto aos dirigentes tenham vergonha às contratações que fazem.

É vergonhoso só termos, apos 4 anos de mandato a criticar o que foi feito, um 11 base e sem soluções no banco.

Afinal não são tão diferentes aassim.

Este não é o SCP que conheci e me apaixonei, já vi melhor...

SL
Sem imagem de perfil

De Paulo a 08.05.2017 às 13:36

O Sr. Azevedo não concorda. Se concordasse não dizia que já não havia nada a ganhar. Aliás, é a frase mais sitomática de todas. Com a possibilidade de meter pressão no Porto ele acha que não havia nada a ganhar. Enquanto o foco for o Benfica não vai dar para mais. Ter alguma coisa a ganhar é igual a outro perder mesmo que o Sporting não ganhe nada com isso e sendo assim será dificil colocar o foco da equipa nas vitórias e nos reais objectivos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.05.2017 às 14:04

Isso são apenas pormenores colaterais. O real problema é a falta de estrutura e a ausência de qualquer projecto, que não se deve confundir com ambição. O planeamento desta época é prova absoluta disto e se Bruno de Carvalho vai assumir o leme, como já disse, e ainda mais do que tem feito, não há causa alguma para optimismo.
Imagem de perfil

De PSousa a 08.05.2017 às 13:23

Só não concordo com Zeeglar, até pelo que se viu neste Domingo.
Ou o mesmo não tinha acordado ou estava ainda a dormir em campo.
Mau a decidir
Mau a cruzar
Mau a dar apoio
A "lentidão" foi o nome do meio dele. Parecia que estava a ver um filme em Slow Motion.
Ele não é jogador para o Sporting e exaspera qualquer um.
Quanto a JJ, e a meu ver, o fim da linha será na próxima época. Ou faz algo de que o SCP se possa orgulhar ou vai de vela! O estado de graça já foi...e muito por culpa própria!
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 08.05.2017 às 13:34

PSousa,

O que é certo é que após a sua saída bastou o Belenenses explorar as bolas ao 2ª poste (LE da nossa defesa) e voi-la 2 golos de rajada e vitória por 1-3.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.05.2017 às 14:08

Mas isso não está relacionado apenas com a sua saída. Naturalmente que teriam de haver compensações e não houve. Mas, muito além da qualidade suspeita dos laterais, o mais óbvio e preocupante é que o sistema defensivo da equipa não funcionou ao nível desejado toda a época. Aqui reside a explicação para os golos sofridos em momentos cruciais assim como to deplorável total da época, que para uma equipa como o Sporting torna-se inadmissível. Responsabilidade exclusiva de Jorge Jesus.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 08.05.2017 às 14:21

Rui eu não quero falar muito do JJ e do seu modelo defensivo, no entanto esta época foi exasperante nesse aspeto e depois chegamos ao fim e parece que está tudo na mesma.

Sinceramente para além das óbvias responsabilidade de JJ não percebo este alienamento dos jogadores em certos momentos, mas afinal eles são profissionais ou andam ali a fazer uma perninha ... JJ ontem tinha uma oportunidade única de lançar jogadores como Gelson Dala mexer na equipa (nem que fosse ao intervalo após aqueles 45minutos tristonhos) com o Francisco Geraldes, mas não há que insistir no erro de colocar quem já cá não está (Campbell) ou quem não sabe (Castaignos), poderíamos até perder na mesma mas estaríamos a caminhar para um futuro mais risonho com a integração daqueles que cá querem estar e se afirmar.

É impressionante como uma derrota em casa quando estamos totalmente afastados de qualquer titulo possa fazer tanta mossa, mas a verdade é que a nossa paixão e entrega pelo SCP é mesmo assim desmesurável ... nem podia ser de outra forma.

Depois para ajudar à festa temos a intervenção do presidente BdC a colocar na mesma balança a equipa de Futsal com esta equipa de futebol é injusta ... muito injusta os 7-0 (2ª de derrota da época até este momento em de 40 jogos) num jogo para esquecer não passam disso mesmo 1 jogo muito mau enquanto a nossa equipa de futebol "profissional" coleciona asneiras a traz de asneiras.

E hoje um bela "capa" de BdC no CM ... a Bardamerda!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.05.2017 às 15:02

Sérgio,

Não é apenas a derrota em casa. Esta significa um acumular de frustrações por andarmos há meses sem quaisquer objectivos pela frente. É de louvar o apoio dos adeptos atendendo às circunstâncias.

Fundamentalmente, regressamos sempre ao princípio: uma época e um plantel horrivelmente planeados com responsabilidade exclusiva de Bruno de Carvalho e Jorge Jesus. Ponto !!!

Tudo o resto surge por consequência disto. A postura da equipa e respectivo desempenho reflecte no treinador. É responsabilidade do seu domínio. Não sei se jogar "xadrez" com jogadores resultaria, o que eu vejo é uma equipa mal constituída e orientada desde o primeiro dia e um sistema de jogo que, salvo uma ou outra excepção, não se adequa ao plantel que o Sporting tem. Jogar em 4x2x4 não é para qualquer equipa, com o agravante de não termos jogo pelo corredor central que faz com que sejamos permanentemente previsíveis. Todos sabem como defender contra o Sporting e só os desequilíbrios do Gelson e os golos do Bas Dost nos tem permitido alguns positivos.
Imagem de perfil

De PSousa a 08.05.2017 às 20:27

Sérgio Palhas,
Acha mesmo que foi por não estar lá o Zeeglar que levámos os dois golos?
Olhe que no primeiro, foi com pés de lã ao adversário que passa por ele e depois cruza contra "as mãos" de Matheus!
Ele é MUITO mau!
Sem imagem de perfil

De pedro carvalho a 08.05.2017 às 15:07

Alguém tem que ser responsável por contratações como as de Castaignos, Douglas, André entre as demais, completamente falhadas esta época. Se o responsável não é Jesus que continua a sacudir a água do capote quando as coisas correm mal (talvez devesse chamar-se Pilatos e não Jesus) então o responsável é Bruno de Carvalho.
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 08.05.2017 às 15:31

Uma simples opinião de um adversário de "barriga quase cheia":

-As duas primeiras pessoas a desresponsabilizarem-se pela derrota de ontem foram o treinador e o presidente.
-A maneira como o plantel recebe essa desresponsabilização não pode ser positiva. Numa EQUIPA ganham todos e perdem todos e estas situações têm sido recorrentes nos últimos anos do Sporting. Piorou com JJ que já fazia o mesmo no Benfica. Eu ganho, nós empatamos, vocês perdem...
-Há pelo menos 3 jogadores, campeões europeus e grandes jogadores com qualidade indiscutível, que devem estar mortinhos para sair do clube. Rui Patrício, Adrien e William. Adrien ainda tentou no final da época passada mas não conseguiu. Acredito que nenhum deles está neste momento com o coração no Sporting. E, se calhar, até é algo que se deve compreender...
-O foco desta época foi o Benfica. Até há poucos dias e, se calhar, até final da época, o Benfica foi a grande obsessão de BdC e Saraiva, bem como da maioria dos comentadores televisivos afectos ao Sporting. Não foi apenas obsessão, foi mesmo histerismo. O principal foco de um clube deve ser ele mesmo, não um adversário que a dada altura se tornou inalcançável. Entretanto o outro maior rival foi fazendo a sua vidinha, garantindo em ano de desespero financeiro absoluto, a entrada directa na Champions com mais uns milhões assegurados nos seus cofres. Ao Sporting restará tentar a entrada nessa competição através do play-off ou da terceira pré-eliminatória, nem sei bem, o que poderá ser dramático...
-Milhões, muitos milhões consumidos em reforços que não justificaram o investimento. Basta ver a lista de entradas no verão e a de saídas no mercado de janeiro...
-Euforia com Markovic, "roubado" ao Benfica... Flop total, dispensado em janeiro.
-O futuro está nas mão dos Sportinguistas. Para já, deram carta branca a BdC para governar o clube nos próximos 4 anos.
-A mim não me aquece nem me arrefece. apenas desejo que o meu clube continue a vencer. Quem vem atrás que trabalhe para ser melhor...

Boa tarde.
Sem imagem de perfil

De Pizzi a 09.05.2017 às 12:52

Eu acrescentaria ainda que essa obsessão com o Benfica levou o SCP a perder o segundo lugar. Tivessem-se focado antes no Porto e nesta altura teriam ainda o objetivo, se calhar já alcançado, do 2º lugar. Mas o que se ouvia da boca dos comentadores e mesmo dos responsáveis leoninos eram contas em relação ao primeiro classificado, branqueando que havia outra equipa pelo meio. Essa posição é que era, até pela lógica, a primeira a ser alcançada.
Sem imagem de perfil

De joao pereira a 08.05.2017 às 16:29

Boas tardes,

A exibição ontem foi fraca, sem garra, sem chama, o resultado foi péssimo.

A época foi muito mal planeada, foi em cima do joelho com a simples premissa de que graças ao ano anterior esta época seria de favas contadas.
Sai João Mário e os 2 melhores marcadores, Slimani e Teo.
Sairam alguns flops (Barcos e tanaka) e veio um contentor cheio de outros flops, com o aval do "Midas da reboleira"...
Jesus cometeu erros nas contratações e emprestou miúdos da formação que brilharam noutros campos.

Mais uma vez abdicou das outras competições em prol do Campeonato, e com isso, teve mais uma época em branco.

Por outro lado, o Presidente, sem resultados para apresentar começa a ter de criar alguma distancia entre ele e o treinador porque vai começar a ficar com cada vez menos margem de manobra... Mas como tem mais 4 anos, ainda teremos muita gritaria, berros, murros na mesa, facebook,twitter,processos,tribunais,multas ...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo