Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 15.10.18

 

Títulos-Sporting-2018.jpg

 

"João dos Anjos Rocha, naquele tempo viu ou compreendeu bem o Desporto em Portugal, tanto que numa entrevista ou numa Assembleia Geral disse aos adeptos do clube que o Sporting nunca seria o maior clube português pelo futebol, pois a força do nosso principal rival é muito forte na sociedade e disse que era no ecleticismo que nós podíamos ser os maiores.

 

A visão dele já naquele tempo era correcta e elegeu sempre como adversário principal o FC Porto. Os seus sucessores e os adeptos, em geral. nunca viram isso e acabamos por ser ultrapassados pelos 'Andrades' com o 25 de Abril e a luta Norte-Sul encetada por Pinto da Costa, que teve a visão correcta para crescer à nossa custa.

 

Tive divergências grandes com João Rocha. Acabar com o basquetebol foi das maiores, como deixar no princípio da época Manuel José com nove jogadores no estágio no Algarve, mas foi muito melhor presidente que todos os sucessores até agora.

 

Ao Sporting falta-lhe uma política desportiva correcta, para ser seguida pelas Direcções independentemente de quem está à frente dos destinos do Clube. Pode-se apostar mais nisto ou naquilo, mas o essencial tem que lá estar".

 

Leitor: PEREIRA

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 03:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


38 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.10.2018 às 10:37

Concordo com a ideia final, mais do que cada candidato trazer autênticas revoluções para o clube a cada 4 anos, um discurso que quase nunca se ouve é o de "irei manter o que esta direcção fez de bom, continuarei o que fez de melhor e implementarei as melhorias necessárias". Isto porque dizer que as direcções anteriores fazem algo de bom é crime, um tabú que não pode ser declarado. Todas as anteriores direcções são autênticas âncoras de arrasto que apenas afundam o clube e vão revolucionar o clube em todas as vertentes...

É um discurso gasto, à semelhança do que se viu à um mês atrás. Ninguém foi capaz de sair da sombra para a ribalta para arrebatar as eleições porque era a escolha mais óbvia, e não porque não existem outras soluções, ou sendo a melhor das piores...

Precisamos de um fio condutor, uma ideologia desportiva e empresarial para ligar o clube entre gerações, dos avós aos filhos, com o qual todos se identifiquem e amem. Precisamos de vitórias mas também precisamos de responsabilidade, de serenidade e de uma comunicação educada e assertiva. Não é com o discurso rasca que o Sporting será melhor ou que as coisas passarão a concretizar-se. Precisamos, sim, de uma ideologia que passe da academia, dos "Putos", para os profissionais, do futebol para o e-sports, do recepcionista ao presidente (principalmente a este). Quando não existe uma linha ideológica condutora dos destinos do clube aos quais os dirigentes e restantes profissionais se devam agarrar e tentar melhorar, mantendo o essencial, temos como resultado uma direcção em constante mutação, um clube fracturado nos adeptos e pelos adeptos, profissionais desmotivados em alcançar a glória, uma academia em constante perda de qualidade e mérito e um clube histórico em declínio.

Continuo à espera que Frederico Varandas nos surpreenda, não pelo sucesso desportivo que se quer no início do mandato, mas na implementação de ideologias duradouras e no renascimento da academia como principal fornecedor de profissionais ao plantel principal, a continuidade das modalidades, de forma sustentada, e com o equilíbrio financeiro que se pede para a subsistência do clube em si nas décadas vindouras.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 15.10.2018 às 10:38

Essa peça é minha
Sem imagem de perfil

De Luís a 15.10.2018 às 14:34

João Benedito disse sempre que iria aproveitar o que de bem tinha feito a direção de Bruno de Carvalho.
E muito bem na minha perspetiva, mas quase todos os outros o renegaram.

Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 15.10.2018 às 11:18

"A visão dele já naquele tempo era correcta e elegeu sempre como adversário principal o FC Porto. Os seus sucessores e os adeptos, em geral. nunca viram isso e acabamos por ser ultrapassados pelos 'Andrades' com o 25 de Abril e a luta Norte-Sul encetada por Pinto da Costa, que teve a visão correcta para crescer à nossa custa."

Se a visão dele era correcta…. o que aconteceu para termos sido completamente ultrapassados por todos?!
Pinto da Costa ao contrário da elite leonina, soube muito bem encetar guerras com os rivais, soube muito bem colocar-se no meio dos interesses do poder….

Diz o autor do texto que o João Rocha disse que que o Sporting nunca seria o maior clube português pelo futebol… ai está o grande problema…. como é possível alguém afirmar isto, se o porto que era muito mais pequeno conseguiu ultrapassar o benfica?!? Falta uma coisa ao Sporting…. falta liderança e competência…. porque as modalidades nunca poderão esconder os falhanços do futebol, isso sim o mais importante…. se assim não fosse, então o BdC teria sido um grande presidente, já que foi campeão de todas as modalidades.
Sem imagem de perfil

De mike1906 a 15.10.2018 às 12:40

Sem imagem de perfil

De Carlos Gomes a 15.10.2018 às 12:47

A primeira convulsão no Sporting dá-se com o 25 Abril e com o fim da ligação dos jogadores ao clube quando da finalização do seu contrato, João Rocha não percebeu isso e lá foram Dinis e Alhinho, depois , bem depois começou a preparação daquilo que viria a ser o Apito Dourado, entretanto iam sendo feitas alianças pontuais entre FCP e SLB, como é que fomos ultrapassados? Culpas próprias mas sobretudo muita jogo sujo.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 15:13

E também cometeu o erro colossal com Paulo Futre, recorde-se.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.10.2018 às 15:35

E o Eurico e o Inácio.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 15.10.2018 às 15:35

Carlos Gomes
Sem imagem de perfil

De Ribss a 15.10.2018 às 12:51

Schemeichel,

mas o Porto ultrapassou o Benfica no o quê?
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 15.10.2018 às 14:07

O João Rocha foi presidente até 86.... faça-me o somatório de títulos desde ai até aos tempos de hoje, e diga-me se o porto não foi melhor que o benfica.
Sem imagem de perfil

De Altaia a 15.10.2018 às 22:02

Talvez até ao ponto de lhe vender um campeonato.!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 22:26

Vender um campeonato ?

Qual é o raciocínio dessa insólita noção ?
Sem imagem de perfil

De Altaia a 16.10.2018 às 13:21

Ainda só morreu um dos que sabem da história, um dia alguém contará como foi, eu julgo apenas saber que aconteceu.
Sem imagem de perfil

De c piedade a 15.10.2018 às 12:40

Sempre tivemos presidentes tacanhos quando a taca dos campeoes europeus era mais acessivel mesmo o joao rocha nao investiu nessa area era mais para o interno e mesmo assim falhou no quase problema e que sao medrosos complexo de inferioidade chamado benfica tambem com alguma razao ele mandavam em tudo como agora pior mais feroz
Sem imagem de perfil

De José Lima Curral a 15.10.2018 às 13:16

João Rocha foi inegavelmente o melhor presidente que conheci nos meus quase 60 anos de sportinguista. Inclusivé foi o primeiro em Portugal a ter uma visão empresarial para o clube com a criação da SCP e o forte músculo financeiro que projectava conferir-lhe. Não sei exactamente porque não foi o projecto retomado, já sem João Rocha, quando no pós 25 de Abril se deu o Boom imobiliário em Lisboa.
Nessa altura lutávamos taco a taco com Benfica e Porto. Mas já nos esquecemos que houve apito dourado, que Filipe Vieira logo no termo do primeiro mandato acentuou a prioridade de dominar a estrutura de poder. Claro que o Porto tinha boas equipas, tal como o Benfica também tem agora, mas construídas sobre alicerces obtidos na ilegalidade.
Isto não é conversa de calimero. Nestes anos todos de insucessos que já vivi, houve muitos de incompetência na gestão desportiva, especialmente no aproveitamento dos jogadores oriundos da formação e também no scouting de jogadores que fizessem a diferença. Mas também tivemos equipas que só não ganhavam títulos porque lutávamos com armas desiguais. E depois entra-se num ciclo vicioso...
Finalmente não me parece justo o comentário sobre o não aproveitamento do que de bom possa existir. Tanto FV como outros candidatos afirmaram na campanha que iriam seguir o que de bom a direção anterior tinha realizado, especialmente no primeiro mandato. Só que os últimos 3/4 meses de BC foram consumidos a desfazer e não a construir. E temo que muito esteja ainda por descobrir.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 13:56

"Nestes anos todos de insucessos que já vivi, houve muitos de incompetência na gestão desportiva, especialmente no aproveitamento dos jogadores oriundos da formação e também no scouting de jogadores que fizessem a diferença. Mas também tivemos equipas que só não ganhavam títulos porque lutávamos com armas desiguais. E depois entra-se num ciclo vicioso..."

Nomeadamente no que ao futebol profissional diz respeito, esta sua análise diz praticamente tudo. Só de acentuar que muitas dessas "armas desiguais" eram fundamentalmente corruptas, ilegais, tanto relativamente ao FC Porto como ao Benfica.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.10.2018 às 13:44

Enquanto pensarem à português(guerras e alianças) , não hà possibilidade nenhuma de mudar o paradigma... Sportinguista.
O futebol português em geral.!!

É isso que leio no texto, nos comentários, nos programas de TV e por consequência de um modo geral enraizado no pensar de todos.
Pensamento de aldeia(meio árabe), é que é.. Neste aspecto o povo português não evoluiu.

Português tem pouca criatividade sim, muito desenrascanço(os melhores, talvez)
E, socialmente um desastre!.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.10.2018 às 13:46

Enquanto o Sporting não perceber, entender, compreender que o problema está dentro de portas, não avançaremos!..
Uma estrutura forte, compacta, visionária, descomplexada e sobretudo com só sportinguistas. Repito.. Só mesmo sportinguistas(já connhecemos como funciona a sociedade portuguesa)
1-Academia(Rede)
2-Scouting (Rede)
3-Comunicação social(Rede)
4-Marketing
Investimento sério nestes 4 principais parâmetros e pouparemos milionadas e problemas.

Abrazzzo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 13:52

Desculpe Carlos, mas o que é isso de "Rede" ?
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.10.2018 às 17:37

Não acredito que o Rui não tenha entendido. Não acredito, mesmo. 😊
Uma Academia pequena mas efectiva por província..
Um Scouting moderno, ultimo modelo, com uma base de dados distribuido em todo o território nacional e por o mundo, especialmente onde o pé de obra 😁 ainda compensa.
Uma CS para saber informar positivamente o adepto sportinguista, uma Sporting TV efectiva, Blogs e demais redes sociais..
Etc..
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 17:48

Se perguntei, é porque não compreendi. Isto no que diz respeito ao termo "rede", em contexto.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 15.10.2018 às 13:57

Não vou tecer comentários sobre o conhecimento de João Rocha e do que fez ou deixou de fazer pelo SCP.
O meu comentário vai mais no sentido de nos pormos a pensar.

Tendo como exemplo o Ricciardi e as suas ultimas entrevistas, questiono eu, qual ou quais serão os piores inimigos do SCP?
Alguém vê isto do outro lado da 2ª circular? Não!
E mais a norte? Nem se fala!

O SLB tem o seu historial, o FCP o seu, ultrapassando o SCP, e como? UNIDOS! Todos a lutar por uma cidade\clube, com ou sem apitos, foi a união que os levou a isso, tal como o titulo do ano passado.

Deixo então a minha dica: " Os Ricciardis da vida, que se deixem de entrevistas e que reúnam com a direcção do SCP, dêem-lhes ideias e ajudem!
Só uma última nota, os Peseiros e outros devem evitar dar entrevistas a jornais que se vão aproveitar das suas palavras e fazerem "o filme" à vontade deles. - É só uma opinião!.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 15:18

Dá para pensar que Peseiro, depois Montero e este fim de semana Raphinha, tiveram autorização da SAD para dar essas entrevistas.

Não vamos falar do consulado do lunático, mas ao longo dos anos sempre houve intervenções desmedidas como esta de Ricciardi. Não nos cansamos de dar tiros nos pés, pelos vistos.

E o Sporting é assim...
Sem imagem de perfil

De PSousa a 15.10.2018 às 15:22

É isso mesmo Rui, o Sporting é assim... mas deveria deixar de o ser!
Como é que há tanta gente a falar e poucos a ajudar.
Enquanto os outros se "unem" e se escudam dentro de uma "fortaleza", nós temos sempre uns "peões" que são Sportinguistas que falam e falam...
Falta-nos a união em volta do clube e não tenho a poção mágica para dizer como fazer, mas algumas ideias tenho.
Irei tentar fazer chegar algumas a quem de direito, em privado!
Todos deveríamos fazer o mesmo.
SL
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.10.2018 às 17:38


Falar mal do treinador do Sporting..
É união!? .

-"Todos deveríamos fazer o mesmo." -
Concordo! 😁
Sem imagem de perfil

De PSousa a 15.10.2018 às 18:26

Ai meu Deus, no que eles "pegam"...
Eu falei mal, ou digo desde sempre que acho que é um frouxo? Isso é fala mal ou ter opinião sobre o mesmo? Se quisesse falar mal teria muito para dizer, como por exemplo de o ver na tourada (acho que faz muito bem) em vez de assistir aos jogos das selecções que decorriam por esse mundo fora. Isso sim poderia dar pano para mangas para eu falar mal.
Eu apoio Peseiro, a equipa e quem quer que lá esteja, mas não deixam de ter as minhas criticas quando acho que sim... e isso para mim não é falar mal, mas pelos vistos para osCarlos NT é!

Além disso Carlos NT, eu não sou "ninguém", apenas um mero sócio que pode criticar, agora ver figuras publicas que se dizem do SCP a dar entrevistas destas! E Peseiro e jogadores a darem "n" entrevistas?
Acorde! A diferença entre eu dizer num BLOG que ele é frouxo e um Ricciardi vir dar uma entrevista aos jornais é "ABISMAL".

Esta sua comparação foi fraquinha para não dizer outra coisa.

Digo-lhe já que se fosse uma figura pública, nunca na vida teria uma entrevista minha e ou palavras menos boas para quem tivesse a liderar o meu clube, não é a minha forma de estar na vida! Note-se que mesmo não sendo uma figura publica, se me pedissem hoje uma opinião que pudesse vir a publico, nunca o faria contra seja quem for do SCP e se tivesse ideias... sei bem onde as iria colocar.

Saudações
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.10.2018 às 19:27

Que boca mais mal parida.. 😎
Tranquilo.. Não pegarei em nada seu.
Salsichas só bem grelhadas!

Se todos os "ninguéns" e meros sócios, como tem sido o caso ultimamente chamarem nomes ao treinador do seu clube, não me parece ajuda nenhuma ao seu próprio clube.
Muitos ninguéns juntos, são alguém!
Ou quer agora dar uma de ingénuo?
Pois é!

Fraquinha, foi a boquinha suja..

O PSousa sabe se o Zé Peseiro gravou os jogos internacionais interessantes para ele e logo os analisou?.. 🤔
Será que ele não se pode também divertir?..
Acordados estamos todos.. Perceber, saber, socializar é que não é para todos.
Temos pena!..

Abrazzzo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 20:28

Carlos,

Há que aceitar o facto de que Peseiro não é e nunca foi uma escolha consensual.

Eu evito a crítica, muito embora também tenha a ideia que sucesso com ele ao leme vai ser uma missão muito improvável.

Veremos o que mais esta época nos proporcionará.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.10.2018 às 20:53

Mas, não é que eu não aceite ou coisa parecida.
É simplesmente a forma e conteúdo, enquanto ele é treinador do Sporting.. Depois?!.. Quero là saber.

Nós no tempo do JJ criticavamos essecialmente a postura dele.. O eu, eu, eu. A crtica personalizada que ele fazia aos jogadores em caso de derrota. O desistir da Europa. As contratações loucas.. e por aí.
E eu não acho o JJ um bom treinador, mesmo nada. Tem coisas boas, sim.
Quantas vezes depois duma vitória eu comentei apenas com um simples.. Ganhamos, mais três pontos..
Porque criticar não ajuda o treinador. Não sentir-se acarinhado, é terrivel e não ajuda o Sporting.
Eis a diferença!

E mais, já na primeira passagem dele por o Sporting foi notória a contestação. Não fora o Dias da Cunha e o Peseiro nem ao Natal tinha chegado. E ainda assim com toda essa pressão exterior foi o que foi.
Pergunto: e se o tivessem acarinhado seria que ele faria os mesmos erros de avaliaçâo dos dois importantes jogos?.. Benfica e CSKA de Mosovo
Pois, eese é o meu ponto.
Sporting, Sporting, Sporting!..
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 21:53

Como já disse, no final da época veremos os resultados.

Entretanto, é por de mais óbvio que Jorge Jesus nunca justificou o seu salário milionário e o enorme investimento feito em jogadores para o satisfazer.

O erro, claro desde o primeiro dia, foi na sua contratação.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 16.10.2018 às 01:35

Final da época?..
Dúvido que chegue lá. É evidente que não tem o apoio do Freddy Varandas... e Direcção.
Estão só esperando o momento certo.
Eu quase diria; na próxima derrota.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 15.10.2018 às 20:36

Realmente não o entendo.
Que todos os males do SCP fossem a critica ao treinador.
Não é disso que falamos, é muito acima. Mas se não quer compreender, também não sou eu que me vou dar ao trabalho de explicar.

Já disse que o homem pode divertir-se... e não o critiquei, percebeu?

Enfim, fico-me por aqui.
Abrazzzo para si tb!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 15.10.2018 às 21:21

Sem imagem de perfil

De Luís a 15.10.2018 às 14:50

Infelizmente o maior mal do Sporting Clube de Portugal é ser o clube mais democrático do país.

E não vejam neste meu comentário qualquer apologia a regimes totalitários, mas reconheça-se que a nossa grande arma da transparência, da democracia, de tudo ser exposto, só nos prejudica e só faz com que este clube se torne autofágico e que não haja paz e união ( e será que no pós 25-Abril alguma vez houve?) e que a cada eleição se torne um clube cada vez mais dividido.
E depois ficamos surpresos com entrevista como a do José Maria Ricciardi, depois de haver uma eleição há 1 mês.

Mas existe alguma coletividade que aguente isto...
Muito tem aguentado o SCP e ainda não caiu porque (fenómeno de estudo social ou psicológico) tem uma massa adepta como não existe em mais lado nenhum. Se não for caso único deve andar lá perto.
Que clube aguentava e até crescia na sua base de apoio quando a sua modalidade principal - Futebol - só ganha 4 campeonatos em 40 anos.
E vemos montes de crianças e jovens vestidos de verde e branco, que não sabem o que é ganhar no Futebol.

Alguém que me explique este fenómeno.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 15:32

Os sportinguistas têm uma paixão pelo Clube sem limites.

Depois da Taça das Taças, que inclui o jogo fenomenal com o Manchester e o cantinho do Morais, um dos eventos que mais me marcou na vida, aquela viagem de autocarro do Norte para LIsboa que marcou o fim do jejum de 18 anos.

Nunca se viu igual, já de noite e todo o percurso acompanhado por adeptos à beira da estrada para festejar a passagem do autocarro. Incrível !!!
Sem imagem de perfil

De RCL a 15.10.2018 às 17:12

João Rocha foi o melhor presidente do Sporting, desde 1974. Contudo, aceitar que o rival seria sempre maior no futebol, é partir derrotado. O Sporting, ate ao surgimento de Eusébio, esteve sempre taco a taco com o Benfica e o FCP, lá atrás.
Conheci em 1983 o moçambicano, Dr. Manuel Nazareth, presidente interino em 1973, antes de João Rocha tomar posse; foi ele quem dispensou o treinador inglês e contratou Mário Lino, campeão no ano da revolução. João Rocha despediu Mário Lino no ano seguinte, alias fez o mesmo com Fernando Mendes campeão em 1980 e Allison campeão em 1982. Alguém disse, após o despedimento de Allison, que João Rocha " não gostava" de treinadores campeões. Terá sido apenas coincidência.
A esmagadora maioria dos adeptos que ser campeão no futebol, e não se sente "consolado" com os títulos nas modalidades.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.10.2018 às 20:30

João Rocha foi em muitos aspectos um bom presidente, mas não tão bom como fazem dele agora.

A memória humana tem a tendência de recordar o mais positivo, apesar dos negativos de registo, especialmente com pessoas que já nos deixaram.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo