Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ponte de ligação aos leitores

Rui Gomes, em 24.03.21

Palhinhaamrelobessa.jpg

O TAD escreveu direito por linhas tortas. O cartão amarelo mostrado no Bessa a Palhinha foi mais que injusto e não foi sequer uma palhaçada. Foi, na verdade, mais uma manobra para prejudicar o Sporting. O árbitro arrependeu-se de ter sido instrumento decisivo nessa manobra e veio retratar-se. Os aldrabões e corruptores deveriam, a partir de agora, pensar duas vezes, antes de sequer tentarem desvirtuar a verdade desportiva mas, é claro, que vão continuar a prevaricar, enquanto não forem parar à cadeia, que é onde deveriam estar.

Comentário do leitor Greenlight

Isto já nasceu torto.
- 1º: cartão amarelo mal mostrado a um jogador que estava há 3 minutos em campo numa falta vulgar de Lineu. Por motivos não apurados, o árbitro, tal como o azias, arrependeu-se!
- 2º : a lei quando é injusta não deve ser cumprida.
- 3º. Palhinha não tem que se preocupar com os amarelos.
- 4º. o Departamento Jurídico do Sporting teve uma actuação brilhante.
João Palhinha agora vai cumprir o castigo ao 6º, ao 9º, ao 26º CA. Tanto faz...

Comentário do leitor RCL

publicado às 02:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


25 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 24.03.2021 às 08:13

Eu acho que há confusão em relação a este tema.
O cartão amarelo não pode ser retirado por um tribunal comum, só pode ser retirado pelo conselho de disciplina.
No entanto, o castigo aplicado pelo 5º amarelo foi anulado devido à inconstitucionalidade daquilo que o conselho de disciplina fez, que foi castigar sem ouvir o "arguido", ou seja o Palhinha, que iria apresentar como defesa as declarações do árbitro que tinha mostrado o cartão de forma errada.

O que eu não sei é se o conselho de disciplina, agora, deveria (ou poderia sequer) ouvir o Palhinha apresentar a sua defesa e aí retirar-lhe o cartão amarelo. Isto é que eu não sei se é possível agora.
Sem imagem de perfil

De RCL a 24.03.2021 às 08:46

Mike Portugal
Hoje em dia, até uma perna amputada num acidente, pode ser recolocada!
ABS
SL
Sem imagem de perfil

De Sel a 24.03.2021 às 10:17

Os árbitros já deixaram de mostrar cartões amarelos ao Palhinha. Já viram que há regras e regras. Embora seja o jogador do campeonato com mais faltas cometidas, nunca terá um jogo de castigo.
Viva a justiça.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 24.03.2021 às 11:44

Ja tinhamos saudades das suas dores de cotovelo que sempre apresenta aqui.
Sempre à espera de uma brecha por mais pequena que seja para poder entrar e criticar.
O Cartão ao Palhinha foi uma aberração, encomendado, o caro amigo insiste que importa é ser castigado mal ou bem o importante é que o castiguem.
Lá porque outros foram igualmente mal castigados o Palhinha tambem tem que o ser e nunca se vai parar com as injustiças, algum dia teria que ser dia e tinham que começar por alguém, começaram pelo Palhinha ainda bem para ele e para o Sporting e só demonstra que actualmente a malta jurídica do Sporting é competente e foi pioneira em encontrar a forma legal de dizer basta.
Imagem de perfil

De Greenlight a 24.03.2021 às 11:55

O Sel tinha hibernado, mas, agora que o SLB está a jogar o triplo, especialmente quando o adversário está em inferioridade numérica, despertou.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 24.03.2021 às 12:01

A jogar o triplo com o retorno dos campos inclinados, ja tinhamos "saudades" tambem dessas actividades. Principalmente em jogos que dá mesmo muito jeito.

Mas.....o problema é o cartão do Palhinha esse é que será sempre o maior problema quer faça vento, sol ou chuva de enxurrada.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.03.2021 às 17:23

Boa caro Greenlight!!!
Sem imagem de perfil

De Sel a 24.03.2021 às 12:53

Obrigado pelo caloroso cumprimento. O Sel apenas pensa que as regras deviam ser iguais para todos. Cartões amarelos mal mostrados acontecem em muitos jogos e envolvendo todos os clubes. Noutras épocas já aconteceu ter sido revertido um ou outro cartão amarelo injustamente mostrado. Nesta época, já foram mostrados cartões amarelos injustos e a inversão dessas decisões foram negadas a todos os clubes.
Neste caso, um conjunto de juízes decidiu não só limpar o tal cartão amarelo "injusto" como limpar todos os outros. Acham-se acima dos deuses, usam uma linguagem de nível acima de deuses e gozam com a cara dos comuns mortais.
Isto parece-me mesmo aquele advogado vizinho que sabendo de leis não paga o condomínio do prédio porque o filho do 3º esquerdo uma vez deixou cair uma casca de banana perto da sua porta e ele não gostou. Diz ele: "comigo ninguém brinca".
Neste caso do Palhinha fazem-se loas ao departamento jurídico do Sporting. Isto ainda não acabou. Se por acaso o Sporting ficar com uma penalização muito forte em consequência deste processo, os adeptos vão pressionar para a demissão desse departamento ou vão defender que o Sporting tinha a lei do seu lado, mas foi a decisão final é que é injusta e tudo não passa de uma cabala para derrotar o Sporting na secretaria? Não sei se já repararam que há opiniões juridicas para decisões a favor e contra o Sporting.
Na proxima época o Sporting talvez tenha oportunidade de fazer a mesma coisa numa prova europeia. Estaremos cá para ver se o Sporting tem coragem.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 24.03.2021 às 14:20

Mas o caro amigo ja disse tudo, é que foi mesmo uma casca de banana que o árbitro Fábio Veríssimo a mando de alguém (óbviamente) lançou ao Sporting para que o Palhinha não jogasse contra o Benfica "modus operandi" "habitué" mas o Sporting e o Palhinha decidiram não escorregar, bastou estarem mais atentos e escreveu-se direito por linhas tortas, mas parece que ainda tem gente que estrebucha por esse tipo de injustiças já não pegar.
Sem imagem de perfil

De Sel a 24.03.2021 às 18:19

Julius, eu ainda não consegui entender qual a razão de o árbitro vir com uma "encomenda" e logo após o jogo se prontificar para dizer que errou e estragar a "encomenda". A haver uma "encomenda" não consigo entender porque razão essa "encomenda" não era para o Coates por exemplo. Há coisas que não encaixam nessa teoria da "encomenda". Mas há pessoas que desconfiam até da sua própria sombra. Não deve ser fácil viver assim.
Julius, relaxe! 10 pontos de avanço... está no papo, homem. Nem uma possível "borrada" jurídica vos tira este campeonato. A lentidão da justiça estará sempre a contar para o vosso lado e estamos a poucos meses de começar uma nova Liga dos Campeões.
Sem imagem de perfil

De RT a 24.03.2021 às 15:42

As leis eram óptimas quando o Carlos Manuel cumpriu 3 jogos de castigo numa semana com jogos antecipados da Taça Pedroto!!!
Estes moralistas...!!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 24.03.2021 às 15:09

Portanto afinal sempre é um imbróglio jurídico como sempre o disse aqui..... e tal como avisei várias vezes os nossos rivais vão utilizar este caso para tentar passar a ideia de que não houve verdade desportiva a favor do Sporting, quando na realidade o Sporting desportivamente não beneficiou em nada porque o jogo foi preparado com o Matheus Nunes.

Não sou jurista e não quero ser, mas quando me vendem a ideia que é tudo muito simples, nunca é assim..... isso é conversa de advogado...... Não me recordo de alguma vez um cartão amarelo ter sido retirado (se alguém souber de um caso em concreto que o diga....), portanto este caso tem tudo para ser uma espécie de caso Bosman, alterando os pressupostos normais neste tipo de situações, cartões amarelos injustificados acho que não é o primeiro nem será o ultimo, portanto tem de ser esclarecido para o futuro qual será o procedimento a adoptar para rever um cartão amarelo..... só em casos de castigo? sempre que um árbitro considerar um erro à posteriori? sempre que um jogador fizer um recurso? acho que o campeonato vai acabar e isto ainda vai ser alvo de discussão.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 24.03.2021 às 15:56

Caro amigo Schmeichel

Não existe caso algum jurídico existe é sim tentativas para que eles existam, como tudo na vida o futebol e as suas regras sofrem evolução e cada vez mais terão que estar sincronizadas com as leis da Constituição, ou se quiser mais de acordo com a verdade desportiva, sempre que exista revolução nas regras provoca sempre um período de transição até que os detalhes se adaptem, entretanto uns ainda tentam puxar para um lado e outros para o outro mas no final tudo ficará claro e adaptado, questão de tempo.

Tudo isto nasceu porque a FPFutebol fez ouvidos moucos a uma alteração nas leis do desporto que prevê que ninguem pode ser castigado sem ser ouvido, depois vimos um árbitro cometer um erro grave, o CD da Federação a cometer outro ainda maior ao não aceitar a mea culpa do árbitro e vir a sancionar o jogador sem cumprir a NOVA lei, o que o Sporting fez foi lembrá-los que a lei é para cumprir e a verdade é que prontamente eles CD da Federação ja adaptaram as regras conforme a lei obriga e agora qualquer jogador ou clube que reclame um cartão amarelo e que o árbitro reconheça que errou vão ouvir tambem o atleta.

Vamos tentar criar mais confusôes para quê? Quando tudo está claríssimo?

Quem falhou? Foi o jogador? Foi o Sporting? Ou foi a Fderação com o seu Conselho de Justiça que ainda não tinha adaptado as regras á lei como lhe foi imposto anteriormente?

A Drª Claudia ainda não se deu conta que segue em rota de colisão com o dia que vai ser posta na rua, mas quem se julga Deuses nunca se dão conta.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 24.03.2021 às 16:08

Caro Julius,

Eu não entendo essa tua visão de que é clarissimo..... não existe nenhum caso precedente com que comparar, logo esta processo pode ser ambíguo e como já verificámos irá ser longo, por isso claríssimo não é certeza.....

As pessoas têm tendência a analisar esta questão como uma questão de Justiça do cartão amarelo..... mas tem de se questionar se todos os outros cartões amarelos do campeonato se também podem ser alvo de recurso tal como fez o Palhinha? portanto é evidente que se abriu um precedente (atenção estava previsto na Lei, mas ninguém tinha usado este recurso, mas não deixa de ser um caso único até ao momento).... portanto agora o que tem de se fazer é claramente definir os pressupostos para se poder fazer o que o Palhinha fez, e para mim não é claro o que acontecerá daqui para a frente, os jogadores pedem recurso e ficam automaticamente liberados para jogar?!
Como é óbvio quem falhou foi a FPF, mas a mim o que me preocupa não é quem falhou, mas sim o que vai resultar desta confusão toda.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 24.03.2021 às 16:14

Sim podem pedir sempre recurso de momento que o árbitro reconheça que errou, diga-nos Schmeichel quantas vezes se recorda que os árbitros reconheçeram que erraram e que vão dar-se ao trabalho de ir confirmar que erraram?

Sinceramente nos ultimos tempos só me recordo do assunto Palhinha.
Se do Otamendi o árbitro tambem reconheceu então a culpa é do Benfica e do seu gabinete jurídico que mostrou-se incompetente.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 24.03.2021 às 16:25

Julius,

O campeonato tem 18 equipas, 34 jornadas, centenas de jogos...... não podemos achar normal que tudo em Portugal só funcione por e para os 3 Grandes......

Repara uma coisa, eu não estou a dizer que sou contra a revisão de um cartão amarelo mal mostrado, tudo o que seja a verdade desportiva eu sou a favor...... outra coisa bem diferente é o que estamos a discutir que é a decisão do TAD que anulou o castigo, mas não o cartão amarelo..... na minha visão isto trouxe ainda mais confusão, e por isso digo que é um imbróglio..... Tudo isto tem de ser claro, porque em Portugal parece que as coisas funcionam por pressões e não por regras claras e evidentes para todos.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 24.03.2021 às 16:35

Mas o TAD nao tem competência para tirar cartôes mas tem competência para julgar castigos, agora o CD e a Drª Claudia faça o que quiser com esse cartão, o que fica claro é que com esse cartão o Palhinha não vai ser nunca castigado porque foi decidido que não tem que cumprir castigo depois do árbitro reconhecer que foi um erro.

O Conselho de Disciplina do Futebol pode sim é decidir que o Palhinha cumpre castigo no próximo cartão e recomeça uma nova série depois.

Na verdade esta decisão que é correctissima do TAD faz deste cartão como se fosse inexistente, não o pode tirar porque sao decisòes do foro desportivo mas pode decidir que não pode haver castigo.

Concluindo o Palhinha cumprirá castigo na primeira série de cartôes quando fizer o 6ºe fica tudo normal apartir daí.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 24.03.2021 às 16:52

Não posso concordar.... se não foi cartão entao teria de ter 4 cartões amarelos porque assim será prejudicado na contagem para os 9 cartões amarelos.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 24.03.2021 às 16:26

Rui Gomes

Estava preocupado com a ausência de adeptos do SLB neste blogue. O inverno foi terrível para o seu clube, pois o "bicho" deu que que fazer. Finalmente com a proximidade da Primavera ressuscitaram e como os resultados têm sido extraordinários contra 5 equipas fabulosas, embora duas tenham jogado muitos minutos com 10 jogadores. Casualidades. que acontecem sempre ao mesmo. Entretanto , um jogo que fizeram, na Liga Europa contra uma equipa inglesa , que está mal classificada e que enalteceram para esconder a vergonha de serem eliminados, sem covid convém dizer. Com a ressurreição apareceu logo a esperança do primeiro lugar, e para isso contaram com a ajuda divina do padre João (com todo o respeito) , que contribuiu bem para o resultado Essa ajuda deu aso ao primeiro sinal do que vão ser as próximas 10 jornadas. Por isso vamos estar atentos pois muitas novidades vão aparecer nas próximas jornadas.
No jornal Record vem hoje uma notícia sobre os jogadores da Liga Espanhola, que mais desvalorizaram na presente época, segundo valores da Transfermark de 19 deste mês. Entre os vinte e tantos jogadores por curiosidade aparecem três jogadores formados no Seixal cotados nos os seguintes valores : Jota 4 milhões; Ferro 5 milhões e J. Félix 80 milhões. Há uma diferença enorme entre o que se apregoa e a verdade , São desvalorizações grandes, pois o que lemos é que esses jogadores , valem fortunas certamente num sistema monetário que não será o dos euros. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 24.03.2021 às 16:38

Fala-se de novo nas ofertas aos árbitros, nas camisolas que o Benfica ofereceu aos árbitros em Braga, ficava bem ao Braga a cidade dos arcebispos oferecer aos árbitros ...um terço!! Ninguem levava a mal, afinal os padres rezam e dão missas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.03.2021 às 17:16

Pois é, caro Fernando Albuquerque!
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 24.03.2021 às 18:07

Amigo Juliuscoelho

Ontem na TV falou-se outra vez nos vouchers, que para uns o assunto está resolvido e para outros aguardamos a acusação ou o arquivamento deste processo, que ainda está a amadurecer na justiça. O que é interessante é que os cartilheiros habituais insistem , que dar uma camisola aos árbitros é tudo normal e que todos os clubes fazem isso. E o nosso amigo Fernando Mendes , daqueles que choram pelo SCP, vai na conversa deles e esquece que não existem almoços ou jantares grátis. E se nos recordarmos que em cada jogo davam 7 vouchers para um restaurante onde se podia comer até encher a pança, certamente que o que gastavam anualmente era um valor interessante. que rondava os 200.000 euros , se não ouvi mal.
Estou-me nas tintas para os gastos do SLB , que não me dizem respeito. Como cidadão estou preocupado é haver duas justiças neste País para casos idênticos.
Eu explico melhor. Umas pessoas para terem vantagem (?) nos locais onde os automóveis vão à inspecção anualmente pagavam almoços aos empregados, e certamente alguém os denunciou e foram acusados e julgados com coimas e outras penas que agora não me recordo. A minha confusão na cabeça é porque uns podem dar almoços e outros não podem e são castigados pela justiça. São casos que deveriam ser explicados aos cidadãos para sabermos como devemos viver sem termos problemas com justiça. Um coisa eu sei, quem provoca uma rixa no futebol paga uma miserável multa e na vida comum se não tiver juízo vai aos fins de semana fazer um estágio numa prisão qualquer. Fernando Albuquerque (SCP)
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 24.03.2021 às 18:17

Caro Fernando,

Por acaso também ouvi essas declarações a desvalorizar as prendas do Benfica..... eu na minha vida profissional já recebi prendas de determinadas empresas como forma de cordialidade, etc..... outra coisa bem distinta é por exemplo membros de organismos públicos ou por exemplo pessoas de grandes empresas de multinacionais, este tipo de pessoas não aceitam prendas deste género, não por eles próprios serem condicionados mas antes por diretivas dos seus superiores que os proíbem de receber, para evitar acusações tal como a que estamos a discutir.
A minha questão é esta.... depois das polémicas dos vouchers, não existe ninguém na Arbitragem que diga aos árbitros para não receber prendas? Será que é assim tão dificil em Portugal as pessoas não distinguirem o que é legalidade de ética? Nem tudo o que é legal é ético, e é isso que pelos vistos muitos sectores em Portugal nunca entenderão.....
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 25.03.2021 às 12:30

Schmeichel

Pior que o mundo da corrupção, só esta pandemia que atravessamos, pois trata-se de um vírus que já matou milhões de pessoas, e ninguém o consegue ver. No primeiro caso para haver um corrupto tem de existir um corruptor, o que se torna difícil de provar, pois ambos têm interesses comuns. Quando saí do Liceu Camões em 1952 a minha falecida Mãe, pediu a um advogado, que penso tenha sido padrinho do seu casamento, para eu poder trabalhar no seu escritório o que aconteceu até 1957, pois entretanto um cliente ofereceu-me o dobro do ordenado e eu mudei de patrão. Se eu tivesse capacidade para escrever um livro sobre o que passava fora dos tribunais, onde os subornos existiram, (compra de testemunhas falsas, atrasos de prazos por conveniência de uma das partes do processo, e o contrário também, etc. etc.) e tudo isto era pago não com vouchers mas com notas do Banco de Portugal.
Quando regressei de Angola em 1964, entrei noutro mundo comercial digno de
vários livros sobre o que se passa entre os produtores e quem vende os seus produtos. Deixei de trabalhar em 2007 e não acredito que os subornos tenham terminado. Posso dizer-lhe que recebi centenas de prendas no Natal , e nunca gostei de as receber, pois a maioria eram distribuídas pelos funcionários que trabalhavam comigo. A corrupção não tem limites de grandes e pequenas empresas. Quem precisa de vender é que tem de mexer os cordelinhos, pois não é uma vida fácil negociar com algumas empresas. Não é só no comércio e na indústria , que existem subornos , pois na nossa vida particular por vezes temos de esquecer a legalidade para resolvermos assuntos nossos que não temos outra forma de fazer, por isso digo que não existem almoços grátis, que abrange muita coisa, por vezes sem irmos aos restaurantes . Fernando Albuquerque (SCP)

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo