Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

O Conselho Fiscal e Disciplinar do Sporting Clube de Portugal vai investigar em breve se existe matéria, como argumentam cerca de uma centena de sócios, para a abertura de processos disciplinares a Godinho Lopes, Luís Duque, Nobre Guedes e Carlos Freitas com vista à expulsão de sócios do Sporting.

 

O teor das alegações na carta enviada a Rui Bacelar Gouveia pela referida centena de associados:

 

"Actos lesivos e avultados prejuízos financeiros, desportivos e patrimoniais, pela violação culposa de deveres de diligência e cuidado no exercício das suas funções."

 

Entretanto, as acções aprovadas pela Assembleia Geral da SAD que têm como alvo os acima referidos, e que fazem parte da Ordem de Trabalhos da Assembleia Geral do Clube, carecem de qualquer parecer por parte do Conselho Fiscal e Disciplinar. Bacelar Gouveia, presidente daquele órgão, declarou:

 

"Estamos a falar de acções cíveis, não de um problema disciplinar. O Conselho não tem competência sobre essas matérias".

 

O jurista ainda revelou que o Conselho Fiscal e Disciplinar não teve ainda "conhecimento formal da versão final do Relatório da Auditoria."

 

Por fim, segundo o que está a ser noticiado, Godinho Lopes enviou duas cartas ao actual presidente a pedir o enquadramento total das acusações de que é alvo para poder defender-se. Recebeu uma única resposta, onde é indicado que não existe informação suplementar além daquela que foi divulgada em comunicado.

 

publicado às 02:54

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


17 comentários

Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 03.10.2014 às 09:28

Não acho que haja motivo para processo disciplinar nem expulsão de sócios, a não ser que se prove crime.

Em relação a Godinho Lopes ter enviado uma carta ao presidente a pedir mais informações, não tem nada que fazer isso. Isso far-se-á através dos advogados onde o processo estará a correr nos tribunais.
Sem imagem de perfil

De ConselheiroLeo a 03.10.2014 às 09:50

Fossem outros tempos, e o gang liderado por Godinho Lopes, já não faria parte deste mundo. É pena...
Sem imagem de perfil

De L a 03.10.2014 às 11:25

Sobre as canalhices da canalhada que ainda ontem a propósito do sorteio mostraram mais uma vez o estado de alienação permanente em que vivem já não vale a pena grandes comentários a não ser para dizer que infelizmente o Sporting da blogosfera continua bem vivo. E o presidente sem medo também fez questão de vir justificar o inédito com mais uma prova de homem de grande carácter e gestor de grande maturidade: “Durante dois anos também me acusaram de tudo…” Mais uma vez palavras para quê?

Ainda agora, a propósito do fair play financeiro e quando voltava a ser muito importante saber estar calado, quanto muito uma missiva de tranquilidade para todos, lá tiveram que ouvir que não se está a fazer nada no Sporting que já não tenha ficado escrito. E claro que é mais do que suficiente para irritar qualquer vendedor de banha da cobra. Para além de que a a urgência de recapitalizar a SAD também já foi a votos e como única verdadeira solução é a que acabará por vencer mais tarde ou mais cedo. Para já o único que ainda não foi julgado é o Bruno e parece que ele é o único que não se lembra disso, tal a percentagem de sucesso nas contratações. Lá chegaremos, quando já não se puder sustentar em nada de muito bom que também ficou para trás. Nenhuma organização nem ninguém evolui sempre a começar do zero. A evolução tem sempre mais a ver com aprender com os erros do que com destruição. Para já vamos assistindo às grandes revoluções do Bruno no futebol.

Quando no futebol nem no campo os toques para trás levam a alguma coisa de bom. Telegraficamente um assunto mais que repisado e porque no futebol os grandes críticos só aparecem quando não há resultados também foi mesmo pela falta deles que Duque já foi julgado. Ao não ter conseguido replicar as conquistas do virar do séc e nomeadamente ao ficar fora da Champions logo em 11/12. Com o Sporting sem receitas, num buraco onde nunca tinha estado e independentemente das arbitragens, para os que ainda se lembram. Nunca se podia ter apostado tão forte sem a salvaguarda dos apitadores. Pelo menos a mim, que nunca embarquei na desaprendizagem, o que me disse sempre foi que pensava que conseguia controlar melhor a coisa. Mas não controlou e para além de qualquer um ter intuído que ainda nos iam temer, a maior parte dos jogadores que chegou também só o fez com o intuito claro de vir jogar na Champions, como é normal. Na minha óptica com a sobrecarga de importância que mais nada podia atenuar de alguma maneira o que ainda estava para chegar de fora em 13/14.

O caos que foi evidente em 13/14 e como ainda é hoje mais evidente, para além de também já se poder falar abertamente nele, só se ficou a dever à terrível exposição à crise profunda que chegou aos pilares de uma das maiores instituições financeiras nacionais, o BES, como nosso parceiro privilegiado… A mesma crise profunda que permitiu depois aliás a entrada de tanta demagogia no Sporting.

E para evitar outra vez mais alguns dissabores no Camarote, nomeadamente ao caro Rui Gomes, ressalvar só que tal como na crítica ao desenlace da transferência do Rojo também neste caso a clarividência não se fica a dever a nenhuma paixão antiga ou moderna. Nem a clarividência é o que melhor serve para caracterizar alguém apaixonado. Realmente e da mesma forma que já escrevia sobre fundos ainda nem havia blogosfera leonina também nunca fui propriamente o maior fã de Luis Duque.


Finalmente também já abordei no Camarote a destruição de valor que ocorre todos os dias no Sporting e sem que tal apareça reflectido nas contas que muitos adeptos do futebol passaram a apreciar mas nada pode vir a ter tanto impacto negativo no futuro do Sporting que a divisão que se tenta cultivar todos os dias. Ontem sem qualquer margem para dúvida, foi um dia negro na história do Sporting. E de uma pequenez gritante para todos os que se associaram.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 03.10.2014 às 13:01

Caro L,

Os seus comentários não incomodam, pelo contrário. Não ofende os autores, não utiliza linguagem imprópria, tudo bem. Mas... se me permite a ousadia - e digo isto em um sentido puramente construtivo - por serem tão extensos e, por vezes, de tão complexa leitura, dificultam o debate.

Apenas uma observação. O caro L é livre de escrever como muito bem entende e será sempre bem vindo.
Sem imagem de perfil

De L a 03.10.2014 às 13:08

Nesta fase o Rui devia estar preocupado é com a opinião que emitiu sobre os calções.
Sem imagem de perfil

De L a 03.10.2014 às 11:43


Como exemplo e porque pelos vistos também foi tema ontem aqui, destruição de valor a que nem a formação consegue escapar diariamente, como também é mais que evidente. Onde se quiséssemos usar a mesma carga demagógica apontaríamos com muita facilidade logo o nome de um dos maiores críticos também no passado recente, Bento Valente. Mas não vale a pena dado que risca tão pouco com um presidente tão polivalente. Mais uma vez, não é possível encolher um clube grande para lá de um certo limite.

E também não podemos continuar a falar da formação como no sec. XX, quando qualquer miúdo que desponta, seja onde for, é logo prontamente agenciado. Também aqui telegraficamente, se sempre houve quem pôs em causa os custos de Alcochete a formarmos melhores do mundo o que é que vai acontecer quando já somos constantemente ultrapassados na captação e pior, com os melhores cheios de vontade de sair?

A velocidade com que a informação se propaga hoje não tem nada a ver com o passado e qualquer agente de futebol hoje conhece o estado actual do Sporting, nomeadamente de Alcochete, agora sim e a muito curto prazo um verdadeiro elefante branco. E que nunca se confunda a actualidade em Alcochete com o muito que a Academia evoluiu desde a sua formação. Como ainda retomará essa evolução outra vez, estou certo.

No futebol o mais importante é sempre o próximo jogo, o futuro!

Mas se era para falar do passado, logo na semana em que passou por cá outra vez o melhor treinador do mundo, falemos então de algo muito mais elucidativo do Sporting. Ainda ontem aqui critiquei fortemente o Inácio por causa dos centrais. Nunca tendo sido um grande treinador – está aí o percurso - e claro que sei bem como é que quebrámos o último jejum mas até o Inácio sabe o que é um central. Portanto não fazendo parte daqueles que ainda hoje têm muito para lhe agradecer todos os dias, pelo contrário agradeço todos os dias é à claque e à avó Rosário o Inácio não ter saído mais cedo para o Mourinho entrar.

O nosso Manel que descobriu o melhor treinador do mundo nos juvenis do Setúbal e nunca mais o deixou até chegarem os dois ao Sporting ainda hoje diz que em 2000 a história do Sporting podia ter iniciado a sua melhor década de sempre. Lá vamos nós parar outra vez a um certo tipo de associativismo do séc XX, que já não tem nada a ver com o futebol moderno e há muito tempo. Já para não falar depois nos muitos milhões em compras a Benfica e Porto.

Além do do tráfico de influências no futebol em Portugal a posição mais privilegiada dos rivais também se fica a dever muito à forma como conseguiram contornar os sectores mais histéricos desse associativismo do séc XX. No Porto há muito mais tempo que no Benfica ou quantas direcções em cada clube nas últimas décadas?
Sem imagem de perfil

De amendoa a 03.10.2014 às 12:17

Andam-lhe a pagar à linha?

Vai ter um fim-de-semana folgado :)
Sem imagem de perfil

De L a 03.10.2014 às 12:36

Pelo contrário amêndoa, parece que também vão expulsar os que ousaram perguntar pelos desfibrilhadores e pelos operacionais de suporte básico de vida.
Sem imagem de perfil

De Alexandre Bórgia a 03.10.2014 às 15:42

Não ousaram perguntar, afirmaram. Há uma diferença. No meu tempo, mentir wera feia, hoje em dia se calhar já é bnito, e até recomendável, mais ainda em casos destes.
Sem imagem de perfil

De Miguel a 03.10.2014 às 16:34

Concordo.
No Sporting quem mentiu e quem mente deve ser expulso.
Sem imagem de perfil

De L a 04.10.2014 às 10:38


A fórmula da solução total em curso para a grande purificação da raça leonina. E onde por mentir entenda-se claro aquelas perguntas mais complicadas de que ninguém gosta!
Sem imagem de perfil

De L a 04.10.2014 às 10:35

E quem é que mente? Sabe qual é o maior problema de quem mente uma vez? Mas o Alexandre Bórgia já está completamente esclarecido. Fico feliz pelo caro, como é mais que evidente não aconteceu a nenhum familiar do Alexandre Bórgia.

E toda a razão, ainda mais no caso que levou à morte um consócio no estádio. Desta vez não estamos propriamente a falar dos milhões para o 1º dia que nunca apareceram ou de alguma das contratações mais sonantes na B. Desta vez estamos a falar de algo muito mais sério, algo relacionado com evolução civilizacional e que pode valer vidas humanas, neste caso, a de cada um de nós. Estamos a falar de um estádio mais seguro para todos!

E eu, muito mais que consciente desde 2011, muito orgulhoso do programa de DAE no estádio, em que mais uma vez fomos pioneiros, fui realmente dos que perguntei aqui no Camarote pelos desfibrilhadores e pelos técnicos de SPV, logo a seguir ao triste acidente onde acabou por falecer um consócio. E não vou agora procurar o comentário mas de certeza que também referi que havia que esperar por um inquérito que também tinha de certeza que se realizar para apurar todo o sucedido.

Mas também o fiz porque para além do que é muito fácil constatar no estádio a informação adicional que já tinha é que estádio actual cumpre muito pouco no que respeita às mais elementares normas de segurança. Desde há muito que se ouviam termos como barril de pólvora na boca dos mais entendidos na matéria. Sendo que desta vez nem sei quem chega a ser o director do estádio. Que não se prende só como é evidente com a supressão do programa de DAE. Também nunca ninguém reparou na supressão de dezenas de seguranças?

Apesar de logo no dia de jogo não se falar de outra coisa como é normal, quando cheguei a casa tentei perceber melhor o que realmente se tinha passado, porque muito longe do meu lugar. E o google levou-me logo:

https://www.facebook.com/SportingClubePortugal/photos/a.402235511554.185820.98098491554/10152287568421555/?type=1

De onde saliento só um comentário: “O Sporting Clube de Portugal é cúmplice da morte deste sócio/adepto. Não pode valer tudo nas poupanças que se vão fazendo e o tempo que este sócio/adepto levou a ter assistência foi vergonhoso!!”


Com o mesmo atestado até nos blogues mais insuspeitos! E os sócios horrorizados com o que acabavam de atestar é que são mentirosos? Este comunicado do Sporting é um verdadeiro escândalo, a história não se reescreve! E não diz respeito só à família mais directa da vítima, diz respeito a todos! Eu para já nem tenho palavras para descrever a maior ignomínia desta direcção até à data. De bola não me apetece falar de certeza.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 03.10.2014 às 15:49

É claro que o Inácio sabe o que é um central e sempre soube , mas o que ele aprendeu tambem ultimamente é onde se ganham comissões.
Imagem de perfil

De sportingsempre a 03.10.2014 às 16:20

Independentemente da avaliação que se faça de um jogador no momento presente, e toda a gente sabe de jogadores que pareceram flops se tornaram grandes e vice-versa, há que fazer uma distinção entre apostas defensáveis do ponto de vista do custo/benefício imediato e da capacidade de crescimento/idade, e apostas de tão insensatas e com expedientes para tornear dificuldades que só podem ter por detrás negociatas e favorecimento dos próprios.
No país, basta pensarmos nos submarinos e vamos ver como acaba a novela (que na Alemanha e na Grécia já teve consequências).
No Sporting, no consulado anterior, quantos jogadores é que chegaram a "custo zero", lesionados, com grandes luvas e salários, e que se sabia que não iam ter rendimento minimamente compatível com o custo ? Ãté custa contar... E já quando fomos campeões com o Luís Duque não vieram o Dimas e o Bruno Caires ???
O Sporting tem o direito de pedir responsabilidades ou não ???
Quanto aos defesas centrais actuais, coloco três questões.
Por um lado, o sistema táctico desfavorece-os grandemente, pois os laterais atacam muito e defendem mal, o William recua a gasóleo, e os médios perdem muito a bola em zonas centrais. O Chelsea defende com 3 centrais, um adaptado à lateral. Com o Boloni defendíamos com 3 centrais, o Beto adaptado à direita. Porque seria ???
Por outro, embora claramente nos falte um patrão na defesa, se o Maurício é tosco, o Jardel e o Maicon são o quê ? O Mangala também auto-golos não faz ? Ou é só o Sarr ?
Em terceiro, quanto é que custam os centrais do Sporting, quanto é que custam os do Benfica (Luisão...) e quanto é que custam os do Porto (Indi...).







Sem imagem de perfil

De Zargo a 03.10.2014 às 15:53

A Auditoria ainda não está concluída. No entanto, os responsáveis pela difícil situação financeira estão identificados e, pelos vistos, prestes a comparecer para responder em tribunal.
Ora, só avança para uma acção cível quem desde logo imputa aos visados acções descritas como ilícitas e causadoras de prejuízos. Afinal, qual é a finalidade da Auditoria? Ou há um timing que se sobrepõe a tudo, inclusivamente ao bom nome e à presunção da inocência de pessoas?

Não simpatizo com as pessoas em causa (Godinho Lopes e os outros) e, no Clube, nunca lhes dei o meu apoio. Mas, perante isto, caminhamos para uma maior balcanização do Sporting e será necessário muito tempo para termos um Clube onde os adeptos se relacionem de forma normal e saudável.
Sem imagem de perfil

De L a 04.10.2014 às 10:47

Mas qual auditoria de gestão? Aquela de que ninguém ainda viu os resultados e que também não obsta a que o CFD já se prepare para sentenciar mais um pedido expontâneo dos sócios. Mais um movimento “dar rumo”. Vai ser só expontaneidade na AG!

Isto já atingiu um nível de insanidade tal que a única justificação dada para os processos foi que também me acusaram de tudo. Não foi dito mais nada, tal o clima de impunidade.

Nem o maior problema de um clube da dimensão do Sporting pode algum dia ser um simples dente de uma máquina que chega a presidente com uma declaração do condomínio na mão. O maior problema do Sporting é uma máquina bem oleada, perita na manipulação de massas associado a um momento de maior, para não dizer total apatia da maior parte dos associados. Absolutamente surreal o que estamos todos dispostos a tolerar por alguns resultados depois de algumas épocas verdadeiramente muito más!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo