Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




og-default.jpg

A actual temporada ainda vai a meio e Portugal já sabe que em 2021/22 poderá contar com três equipas na milionária Liga dos Campeões. Isto, porque esta quinta-feira a Rússia ficou sem qualquer representante nas provas europeias, o que faz com que o nosso País saiba desde já que irá terminar no sexto posto no ranking UEFA, o qual garante a presença de três equipas na Champions: duas na fase de grupos e uma nas pré-eliminatórias.

A última esperança russa era o Krasnodar, mas acabou por ser derrotado pelos espanhóis do Getafe, ficando assim afastado da próxima ronda da Liga Europa.

No acesso à Liga Europa, tudo continua na mesma: Portugal irá manter as três equipas que tem actualmente. O vencedor da Taça irá directamente para a fase de grupos e os 4.º e 5.º do campeonato irão disputar a 3.ª e 2.ª pré-eliminatórias, respectivamente.

publicado às 04:01

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 13.12.2019 às 13:08

Depois de uma seita ter arrasado a equipa de futebol, destruíndo o equilibrio existente da qualidade técnica e/ou psicológica e abalando drasticamente a competividade da mesma, estamos a reerguermo-nos paulatinamente e a reconstruir o futuro.
O Sporting esteve na iminência de quase ter que "fechar" portas e reiniciar a actividade futebolística em termos profissionais, muito perto da estaca zero, ou seja, reduzida aos escalões da formação e pouco mais.
Tenhamos sempre muito presente no senso, na consciência e na memória, o quanto de mal, dramático e incomensurável, foi provocado ao clube, desportiva e financeiramente.
Só uma poderosa força de superação, alicerçada numa incomparável e dedicada massa associativa e a sua paixão ao Sporting, conjugada com a sua inigualável História, consegue superar, consolidar e fortalecer-se no presente e simultaneamente alavancar o futuro, com confiança, denodo e coragem.
Milagres não existem, mas com perseverança, muito trabalho, estabilidade, competência e abnegação, retomaremos o topo num curto prazo, de 2 a 3 anos.
A hecatombe que nos vitimou, de maneira vil, traiçoeira e criminosa, vai sendo ultrapassada.
Certo é, com dificuldades de toda a espécie, mas com uma inabalável crença, espírito de missão e alma Sportinguista.
Este resultado pontual no ranking europeu, abre uma porta de oportunidade que o Sporting não poderá desprezar ou perder de vista do seu horizente estratégico, em termos desportivos, económicos e financeiros.
Mais que nunca, o rumo e estratégia jamais poderá ser diferente ou outro, senão a aposta incondicional na formação (inclui o regresso da equipa B), nas estruturas de apoio e valências qualitativas dos recursos humanos, que felizmente abundam no seio da Família Sportinguista.
A estabilidade, credibilidade, competência e ambição, têm que ter continuidade directiva para além de um mandato.
A optimização, a conjugação de esforços e o acervo de diferentes sensibilidades, são condições desejáveis e necessárias nesta fase pós-crítica.
Diria mesmo que tal extravasa a mera opinião, para se transformar num superlativo período de transição pacificador e num imperativo, tendente à reposição e consolidação da primazia e superioridade no futebol nacional.
Assertividade, antecipação, cuidada análise e sorte, nos investimentos possíveis na gestão do quadro profissional de futebol, porque a situação é de "vacas magras".
Vamos a isto, com toda a convicção. Nós merecemos e vamos mais uma vez provar, a enormidade do Sporting Clube de Portugal.
Certamente com lágrimas de sofrimento e alegria, emoções e desilusões de permeio, mas com incontido e enorme orgulho, da Grandeza e reconhecido Prestígio para o Sporting, para Portugal.e para o Mundo.
Força Sporting.
SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo