Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




66491680_10156092789876555_8619736283440218112_n.j

Não tenho disponibilidade neste momento para comentar o jogo, mas deixo este post caso os leitores queiram adiantar algumas observações.

Superioridade clara na primeira parte do jogo, com bom futebol, salvo, lamentavelmente, o enorme erro de Eduardo a oferecer o golo ao adversário aos 42 minutos.

Na segunda parte, destaque para o jovem Luís Maximiano, com duas ou três defesas de grande nível. Faz-me lembrar Rui Patrício a colocar a bola em jogo... muito a melhorar neste aspecto.

img_920x518$2019_07_13_20_20_25_1575624.jpg

Considerações de Roy Hendriksen, adjunto de Marcel Keizer, no final da partida:

O empate não foi bom dado o nosso rendimento na primeira parte em que jogámos muito bem e marcámos dois golos. Depois há a forma como sofremos os dois golos e não estamos felizes com isso. Temos de rever.

Foram partes diferentes. Na segunda jogaram os jovens, e sei que foi duro para eles, mas também foi muito bom para ganharem experiência. Eles têm diferentes qualidades. Na primeira parte estivemos muito bem, chegámos quase sempre primeiro à bola e não concedemos hipóteses de golo. Na segunda parte notou-se algum cansaço, deixámos de pressionar e sofremos.

Ainda temos pela frente um longo caminho a percorrer e estamos a dar os primeiros pequenos passos. Agora temos o jogo na Bélgica e vamos preparar esse desafio".

publicado às 20:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


26 comentários

Sem imagem de perfil

De João Gil a 13.07.2019 às 21:20

A equipa jogou bem nos primeiros 30 /35 minutos, enquanto teve força e velocidade. Os dois golos oferecidos ao adversário já foram sintoma da falta de ritmo. Apesar da asneira gostei bastante do desempenho de Eduardo. Idem para Maximiano, com duas belas defesas a negar golos quase certos. Alguém sabe se Daniel Bragança participa neste estágio de pre temporada?
Os GR e defesas têm de se habituar à consequência principal das novas regras da reposição da bola em jogo que permitem a recepção ainda dentro da grande área. Custa perceber o que a nova regra possa trazer de bom ao jogo, diga-se. Mais vale aos GR recomeçarem o jogo com pontapés longos para o meio campo adversário, que evitam calafrios desnecessários.
Aguardemos pelos próximos jogos. Uma coisa é de uma evidência absoluta, não há ninguém com categoria mínima que seja para pegar no jogo do Sporting quando não há Bruno Fernandes. Tenho dúvidas se Pedro Mendes, dos sub-23, ou um equivalente, não faria falta ao leque de pontas de lança desta equipa do Sporting. Até agora, muito positivas mesmo as exibições dos três jovens laterais usados. Pela amostra, devem pouco aos que foram titulares da equipa no ano passado.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.07.2019 às 22:30

Também não compreendo o benefício desta nova regra. Comentei isto logo no primeiro minuto. Uma alteração fútil e desnecessária.
Sem imagem de perfil

De R. Ribeiro a 13.07.2019 às 23:16

Só consigo visualizar uma boa consequência de se permitir a reposição da bola ainda dentro da área. Quando o guarda redes está meio tocado numa perna e não consiga rematar, só tem.que dar um toque para o defesa rematar para lá do meio campo. Não sei até que ponto é exequível visto que forca o PL adversário a ficar perto do defesa que fica atrasado para a função. E já hoje nos vimos gregos com esta situação.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 13.07.2019 às 23:26

Quando o guarda-redes está tocado, deve ser um defesa a executar o pontapé de baliza, como sempre foi aliás.

Não compreendo estar alteração à regra, mas é típico da FIFA, o que devia ser alterado não é.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.07.2019 às 00:12

Esta regra aplica-se apenas nos pontapés de baliza. Se o GR estiver tocado pode ser como diz ou então outro jogador de campo executa o pontapé de baliza. Se estiver mesmo lesionado provavelmente terá de ser assistido, pelo que o jogo tem necessariamente de ser interrompido para assistência ao GR. Ou o jogo não teria como recomeçar porque não é possível decorrer sem o GR na baliza. Quer o Renan quer o Max tiveram dificuldades nalgumas reposições de bola. Se tivessem optado por chutar para o meio campo estariam menos pressionados, mas isso também dá uma certa imprevisibilidade à sequência da jogada porque deixa de se sair tantas vezes e tão naturalmente com a bola controlada, como é quase dogma no futebol actual. A alteração parece irrelevante, mas pode não ser tanto assim.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 14.07.2019 às 01:31

Não voltarei a publicar se não se identificar!!!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2016
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2015
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2014
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2013
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2012
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D




Cristiano Ronaldo