Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

1838461-38766451-2560-1440.jpg

 

João Mário, de 23 anos, natural do Porto, chegou ao Sporting em 2004, aos 11 anos de idade. Cumpriu todo o processo de formação até que, em 2011/12, ainda como júnior, foi chamado à equipa principal em quatro ocasiões, participando, como titular, em 3 jogos da I Liga, e um jogo como suplente utilizado na Liga Europa.

 

Na época de 2012/13, realizou 31 jogos pela equipa B e um jogo como suplente utilizado pela equipa principal.

 

Em 2013/14, não foi opção de Leonardo Jardim, tendo ficado na segunda equipa, onde realizou 13 jogos na primeira metade da época. Insatisfeito com a sua situação, exerceu pressão para ser emprestado, o que viria a acontecer em Janeiro de 2014, quando rumou ao Vitória de Setúbal então liderado por José Couceiro. Pelo clube do Bonfim realizou 15 jogos, 14 dos quais como titular.

 

A sua grande oportunidade na equipa principal surge na temporada seguinte, por mão de Marco Silva, realizando 45 jogos em todas as competições, 37 dos quais como titular, marcando 7 golos.

 

Em 2015/16, já com Jorge Jesus ao lema da equipa principal do Sporting, realizou igualmente 45 jogos, 40 como titular, e voltou a marcar 7 golos.

 

Segue a brilhante campanha europeia, culminando na conquista do título. Ao todo, regista 80 internacionalizações pelas camadas jovens de Portugal e 18 pela selecção "A".

 

Uma muito breve análise às supostas propostas do Inter de Milão, que estarão sobre a mesa:

 

Proposta a): 40 milhões de euros + 5 milhões por objectivos.

 

Esta proposta implica o pagamento de imediato equivalente a 25% da venda ao fundo Quality Football Ireland. Ou seja, 10 milhões de euros, mais, potencialmente 1,250 milhões mediante os objectivos concretizados.

 

Proposta b): Uma época de empréstimo a troco de 10 milhões de euros, com a opção de compra obrigatória no final da temporada, por 35 milhões de euros. Desconhece-se, neste momento, se esta verba será liquidada prontamente ou em tranches.

 

Esta proposta impede o Sporting de ter acesso aos 35 milhões durante um ano, mas permite não só atrasar o pagamento ao Fundo, como também reduzir o montante a pagar em 10 milhões de euros. Ou seja, o Fundo terá direito a 25% de 35 milhões, equivalente a 8,750 milhões de euros, um benefício de 1,250 milhões para o Sporting. De igual modo, estará em equação semelhante benefício na verba inerente aos objectivos que se concretizarão.

 

*** Nota: Muito tem sido falado sobre a verba (50% de qualquer venda) sujeita à repartição com a Banca no âmbito da reestruturação financeira. Na minha opinião, é uma questão lateral que, directamente, em nada se relaciona com as negociações para a transferência deste ou qualquer outro jogador. Ou seja, é uma consideração do foro financeiro interno do Sporting.

 

publicado às 16:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


18 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 15.08.2016 às 16:58

O vice-presidente Carlos Vieira, numa entrevista ao Diário de Notícias em 19 de Maio de 2015, respondeu da seguinte maneira sobre a percentagem a pagar à banca credora:

Pergunta: “Se o Sporting vender um jogador por 20 milhões, metade será para amortizar dívida e a outra metade para investir no plantel?”

Resposta: “Não é linear. Temos um plano estruturado com os bancos. Não há um rácio 50/50. É verdade que nos valores líquidos de uma venda parte vai para dívida bancária e o restante pode ser reinvestido.”

Regista-se a diplomacia da afirmação, propositadamente de forma ambígua. Mas, compreende-se a resposta cuidadosa de Carlos Vieira.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.08.2016 às 17:16

Sim, muito cuidadosa a resposta, mas não deixa dúvidas que existe uma obrigatoriedade por parte do Sporting no contexto da reestruturação. Surpreende-me, no entanto, a suposta ausência de especificidade de termos. Tendo em conta que é a Banca, não faz grande sentido.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 15.08.2016 às 20:40

Desculpem intrometer-me na discussão.
Talvez o rácio seja variável em função do montante realizado. É uma mera suposição minha.
Acho muito bem que o SCP seja obrigado a amortizar a sua dívida. Todos deveriam ser. Parte significativa do "buraco" na banca portuguesa tem que ver com o futebol.
Sem imagem de perfil

De LionClaw a 15.08.2016 às 17:13

Não é linear porque a repartição só chega aos 50/50 mediante algumas condições. Em condições normais, a verba a pagar pelo Sporting à banca é de 30%. O Acordo Quadro foi tornado público pelos "amigos" do extinto Football Leaks. Quem quiser que o consulte...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.08.2016 às 17:17

E quais são essas outras condições ?
Sem imagem de perfil

De LionClaw a 15.08.2016 às 17:24

Queira o Rui ter a vontade de ler - como disse, é público: https://openload.co/f/SKc7fmYtvU8/Acordo_Quadro_-_SCP_%26_Bancos.pdf
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.08.2016 às 17:33

No meu computador surge um alerta de que há um problema com este link e não me permite acesso.

Tentarei novamente mais logo, com maior disponibilidade.
Sem imagem de perfil

De LionClaw a 15.08.2016 às 17:40

Eu ajudo-o: Veja se consegue aceder aos seguintes screenshots:

Screen 1: http://image.prntscr.com/image/03560b31c327458b95a0c9d30448a117.png

Screen 2: http://image.prntscr.com/image/29f80550c78f409793d3e34fd3ce64aa.png
Sem imagem de perfil

De Petinga a 15.08.2016 às 17:50

Obrigado pela informacao, LionClaw.

Noto também a existencia de reembolsos obrigatórios ligados às participacoes na LC e LE. Com montantes diferentes consoante a época em questao...
Sem imagem de perfil

De LionClaw a 15.08.2016 às 18:04

De nada. Informação é informação - e convém que discutamos sobre aquilo que se sabe. E só temos a ganhar com isso, ao invés das constantes especulações que se fazem à conveniência da conclusão que se pretenda...

E sim, também temos verbas da participação nas competições europeias afectadas ao pagamento do passivo bancário - fala disso logo abaixo das imagens que aqui partilhei.
Sem imagem de perfil

De Petinga a 16.08.2016 às 07:26

A questao das especulacoes tem a ver com campos e posicoes muito extremadas que dificilmente se reconciliarao.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.08.2016 às 17:49

Uma clara e sintética descrição do percurso do jogador. Se sair, será vendido após doze anos de formação, com vinte e três anos e uma longa exposição na "montra" nacional e internacional. Sem mais comentários para bom entendedor. Quanto ao modelo para viabilizar o negócio, já ouvi dizer a comentadores bem informados, que a utilização da hipótese B se deve, antes de mais, a necessidades do cumprimento do fair play financeiro por parte do comprador. Concordo que a repartição da verba é uma outra questão, sem implicações na negociação.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 15.08.2016 às 20:46

Nação Valente, qualquer "bom entendedor" percebeu há muito a sua tendência anti-BdC.
Cada um com a sua opinião porque a pluralidade faz a força do SCP mas penso já ser despropositado insistir na constante "para bom entendedor".
Não confunda pluralidade de opinião com divisão...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.08.2016 às 21:36

Implacávl,
A minha tendência anti BdC é assumida com toda a frontalidade, mesmo para quem não é" bom entendedor". E como bem diz a pluralidade faz a força. Agradeço mas não me dê a importância que não tenho. A minha opinião tem pouca ou nenhuma influência no universo sportinguista e por isso não contribui para nenhuma divisão. Quem tem esse poder, de dividir, está muito mais acima e sabe bem quem é para não voltar a usar a expressão que considera despropositada.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 15.08.2016 às 21:54

Não pense que eu sou um seguidor de BdC. Não me revejo em muitas das suas afirmações e modos de actuar mas há algo de absolutamente sagrado que tenho que respeitar, ele é o Presidente do SCP legitimamente eleito.
Depois temos que perceber os meandros em que se move e os condicionalismo de um SCP adormecido desde final da década de 50 e uma podridão instalada pelos mesmo - e com métodos em tudo parecidos - que dominaram nas décadas de 60 e 70.
Não tenhamos dúvidas que o futebol português está novamente dominado pelo sentimento de que "tem que se deixar ganhar o beifica".
Perante este cenário não restam alternativas a BdC que não seja a estratégia seguida - ainda que com exageros e inúmeros episódios perfeitamente evitáveis.
Já Pinto da Costa teve que adoptar uma postura agressiva perante o mesmo estado de coisas no início dos anos 80.
E o SCP continuou adormecido...
Neste momento, qualquer que seja a valia das suas equipas, o beifica parte em vantagem para qualquer competição.
Ou o Nação Valente acredita que uma equipa que demonstrou fragilidades em 4 jogos (falando apenas do campeonato) contra adversários da sua igualha, onde perdeu 9 pontos, acaba por golear contra os restantes adversários (jogando pouco, muito pouco ou nada), perdendo apenas 5 pontos, porque houve sã e leal competição?

PS - e não estou a falar dos árbitros que a coisa está de tal maneira "oleada" que esses já só lá vão limar arestas...
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.08.2016 às 22:26

Caro Implacável,
A questão do longo adormecimento do Sporting é só por si assunto para uma discussão específica e aprofundada. E apesar de não mudar o que se passou pode ajudar a construir positivamente o presente.
Numa análise muita simplificada eu acho que o dito adormecimento do Sporting não pode ser atribuída a uma única causa: má gestão. Ao longo de décadas houve gente muito competente a dirigir o clube. E se a hegemonia do Sporting na década de quarenta se deve a uma equipa fabulosa e difícil de reunir, a hegemonia posterior do nosso adversário de Lisboa ficou a dever-se também a um conjunto de fabulosos jogadores, dos quais sobressaía Eusébio e que constituiu a espinha dorsal da Selecção de 66. Já o domínio do Porto a partir dos anos 80 entronca na estratégia de Pinto da Costa que conseguiu criar um "sistema" para favorecer as suas hostes e que não primava pela honestidade.
Isto tudo para lhe dizer que, na minha opinião, há ciclos de domínio que às vezes acontecem por circunstâncias aleatórias. Não tivesse o Benfica sonegado Eusébio e mais um ou outro jogador e a história podia ter sido diferente.
Por isso e embore considere que BdC tenha parecido traçar uma estratégia que mais cedo ou mais tarde iria trazer resultados consistentes, depressa abandonou essa linha para fazer tudo muito depressa e precipitadamente. Assim duvido que este caminho venha a ter êxito. Mas se estiver enganado fico feliz pelo Sporting.
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 15.08.2016 às 22:51

Nação Valente,

Se o JJ ficar connosco mais uns anos, é garantido que iremos ganhar títulos. É apenas uma questão de tempo.
Sem imagem de perfil

De Diogo Martins a 15.08.2016 às 22:51

Estes fanatismos são dificeis de entender.

Parabéns ao departamento de formação do Sporting, nas direcções de Soares Franco, Godinho Lopes e Bruno de Carvalho pelo trabalho no jogador.
Parabéns ao jogador pelo seu crescimento.
Parabéns ao empresário pelo bom negócio.
Parabéns ao Inter, que leva um bom jogador.
Parabéns à direcção do Sporting, que faz um excelente negócio para o clube.

E pronto!

Eu não vejo ninguém a dizer que é graças a Bruno de Carvalho que se criou a Academia, que o Sporting foi buscar o miudo, que o jogador evoluir...

Só vejo mérito na venda e aí, sem dúvida, merece-a!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo