Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quando se muda para pior...

Rui Gomes, em 22.06.20

hi-res-c54fa4f53df959394465031ffeac7291_crop_exact

(...) Parágrafo final para Cristiano Ronaldo, que vê agravarem-se as consequências do seu salto no escuro que a Juventus tornou mais perigoso quando contratou Maurizio Sarri, um treinador sem unhas para aquela guitarra. A Juve perdeu já a Supertaça e a Taça, e só por milagre se sagrará de novo campeã, tão mal tem jogado e tanta é a falta de forma – e de atitude competitiva – do seu saco de craques. Quanto à Champions, teme-se que não se apure sequer para o mata-mata de Lisboa, o que seria mais uma enorme decepção neste desgraçado 2020. E não sei se o apagamento exibicional de Cristiano – que a imprensa italiana zurze sem vergonha, nem contemplação – não constituirá o fim da fase de ouro da bela história iniciada em 2002. Apesar de saber que há sempre um dia em que o dia chega, quero muito acreditar que não.

Alexandre Pais, em Record

Nota: Allegri foi demitido por não ter conquistado a Champions, no entanto, tem-se, em Sarri, um técnico muito inferior. Além do mais, os dirigentes responsáveis continuam a não reconhecer que a Juventus é uma equipa mal estruturada, que poderá fazer estragos na Serie A mas que não tem "unhas" para a prova europeia. Cristiano Ronaldo, nesta fase da sua carreira, não vai conseguir compensar essa lacuna.

publicado às 03:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


6 comentários

Sem imagem de perfil

De Orlando Santos a 22.06.2020 às 09:50

Claramente Sarri não serve para aquilo que se lhe pedia. Esta é a pior Juventus dos últimos anos e Ronaldo não vai para novo.
Sem imagem de perfil

De Bento a 22.06.2020 às 14:33

O problema é Sarri ou não. Isto de colocar sempre a culpa no treinador é muito fácil. Na verdade passa-se qualquer coisa na Juventus que tem um excelente plantel, mas não sabemos se o problema está no treinador, pois o mesmo já deu mostra de grande competência, ou está plantel, que pode não querer colaborar com o treinador, ou está na direção.
Só relembrar para os menos atentos que este senhor pôs o Nápoles a jogar um futebol sensacional, apoiado,ao primeiro toque e rapidíssimo, em que os adversários seguiam a bola com os olhos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 22.06.2020 às 16:05

Esta equipa tem dois problemas: primeiro, está mal estruturada, não se reforçou como devia para quem quer ganhar a Champions, nomeadamente, não tem um meio campo construtor. O jogo ofensivo depende de Dyabala e Ronaldo.

A exemplo, contrataram o médio Aaron Ramsey ao Arsenal e não passa de um suplente que ganha 500 mil euros por semana.

O jogador que teria feito uma grande diferença - embora se desconheça a disponibilidade dele para regressar a Itália na altura - teria sido o Bruno Fernandes.

O segundo problema é mesmo o Sarri, não obstante o que fez no Nápoles e que não conseguiu repetir o Chelsea. Ele ainda não descobriu como montar a equipa como compete com Ronaldo integrado no onze.
Sem imagem de perfil

De Bento a 23.06.2020 às 01:54

Rui

Não me parece que seja pela falta de qualidade do plantel, a Juve tem um plantel excelente, com bons jogadores em todas as posições, e pelo que vi do treinador em Nápoles, também não me parece que esteja aí o problema, pois ele colocou uma equipa sem tantos craques a jogar um futebol excelente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.06.2020 às 02:33

Eu não disse que há "falta de qualidade" no plantel, mas sim que a equipa está mal estruturada.

Além do mais, e já não de agora, há um excesso de individualistas.

Os dirigentes da Juve disseram que iriam equipar o conjunto com jogadores para vencer a Champions, mas é óbvio que não o fizeram.

E o que é que Sarri fez no Chelsea?
Sem imagem de perfil

De LeaoCovilha a 23.06.2020 às 10:17

No Chelsea ganhou uma Liga Europa mas quando se incompatibilizou com alguns pesos pesados do plantel foi-lhe feita a cama. Salvo raras excepções, qualquer treinador que tenha o azar de se incompatibilizar com pesos pesados tem um destino, o despedimento.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo