Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Quando veremos o ouro do Plata?

Leão do Norte, em 11.08.21

Contratado durante o mercado de inverno de 2019 o rendimento desportivo apresentado por Gonzalo Plata tem ficado, digamos, algo aquém das esperanças da maioria dos adeptos sportinguistas. Talvez seja o jogador com maior diferencial entre as expectativas criadas e o rendimento apresentado. Dotado de técnica individual e criatividade únicas, o problema de Plata tem estado essencialmente na atitude e no compromisso demonstrados.

Depois de um compreensível período inicial de adaptação e integração e de uma contínua intermitência no rendimento, Gonzalo Plata atingiu o ponto mais baixo durante a época passada quando, precisamente devido à sua falta de compromisso, foi relegado para a equipa B durante os meses de Fevereiro e Março.

Depois de um necessário "mea culpa" o jogador foi reintegrado no plantel principal ainda a tempo de mostrar outra atitude e compromisso, nomeadamente no decisivo jogo em Braga onde foi chamado a ocupar o lugar de falso defesa esquerdo, defendendo e lutando para segurar uma preciosa vantagem.

download.jpg

Por entre a inconstância e turbulência que tem sido a sua prestação no Sporting, o jogador tem encontrado na selecção do Equador o seu "porto de abrigo", terreno onde continua a realizar prestações desportivas assinaláveis, para delírio dos adeptos equatorianos.

Quando se pensava que o jogador tinha percebido a mensagem e poderia ser uma forte aposta para esta época, eis que a pré-época e os jogos oficiais já realizados mostraram que continua a faltar ali qualquer coisa. Seja pela atitude ou compromisso do jogador, seja pela incapacidade deste em adaptar-se à realidade competitiva do futebol europeu, seja pela relação com o treinador... Gonzalo Plata continua a ser um jogador marginal nas escolhas de Rúben Amorim.

Como pode o Sporting ajudar o jogador e, simultaneamente, "ajudar-se" a si próprio?

Com dúvidas na consistência comportamental por parte do jogador e sabendo que Rúben Amorim é um treinador de fidelidade extrema às suas ideias e aos seus princípios, começo a pensar se um empréstimo não será uma opção válida para o futuro do jogador. Não se trata de "desistir" do jogador, antes pelo contrário. Tanto talento em tão jovem idade não podem correr o risco de ficar mais um ano sem real competição.

Existe sempre o argumento de que a época é longa, com múltiplas competições e que não faltarão oportunidades e necessidades para a utilização do Gonzalo Plata, mas duvido que uma utilização intermitente ou condicionada a rotação dos habituais titulares seja o mais indicado para o perfil do jogador em causa.

Parece quase uma "heresia" que perante um jogador com tanto potencial se pense desta forma, mas um empréstimo (sem opção de compra!) pode, nesta fase, ser a melhor opção para o futuro do Gonzalo Plata e do Sporting. Eu que sempre fui contra esta ideia!

publicado às 03:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


16 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 11.08.2021 às 10:56

Caro amigo Leão do Norte

Tem razão, é um dilema complexo, até angustiante para nós adeptos, mas que chegou a um ponto em que o empréstimo sem opção de compra parece constituir a melhor decisão. Aparentemente, Plata enredou-se nas suas aspirações de sucesso a um nível que o está a bloquear e a impedir que ele exprima todo o seu nível futebolístico. Quando assim é o melhor é experimentar outras paragens e roer aí os ossos duros da profissão. De certa forma, trata-se da velha questão: é o cérebro e a inteligência emocional ou o físico e a técnica que estão em primeiro lugar num futebolista?
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 11:24

Caro amigo Leão Zargo,
A questão que coloca e a dúvida que está instalada no jogador e nos adeptos são factores que, no presente, estão a condicionar a afirmação do jogador.
Qualquer decisão a tomar não deixará de ter um certo grau de risco, mas chegamos a um ponto onde é necessário colocar todos os cenários em cima da mesa. Para bem do jogador e do Sporting.
Sem imagem de perfil

De Rui a 11.08.2021 às 11:03

Bem, se RA não contasse com Plata, este já estaria na lista de saída, como aconteceu com outros jogadores com potencial como Ivanildo, Doumbia...
Pessoalmente, tenho o pressentimento de que Plata, se sair para outro campeonato, já não quererá voltar ao Sporting. Se surgisse uma proposta por um valor razoável, acho que seria preferível a um empréstimo (e apostar em jogadores da B, como Joelson).
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 11:34

Caro Rui,
Não está em questão a vontade de Rúben Amorim em contar com o jogador. O problema é que essa disponibilidade do técnico não lhe garante o sucesso. O treinador dá-lhe a oportunidade mas é ele que, diariamente, tem de demonstrar a vontade e o compromisso para atingir o sucesso.
A empréstimo face à venda surge pela ideia de que qualquer proposta actual de compra não se aproximará do real valor do jogador.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 11.08.2021 às 11:43

Sou de acordo com o empréstimo, pode ser que lhe faça bem...
´
E um jogador de muito potencial e de muita qualidade, assim ele queira...
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 12:08

Caro Paulo Salcedas,
É precisamente a sua qualidade e o seu elevado potencial que devem motivar uma tomada de posição em relação ao seu rendimento. Continuar nesta situação ambígua não trará benefício a ninguém.
O empréstimo poderá ser um hipótese,
mas atenção que a atitude de mudança não compete só ao clube.Também compete, em grande parte, ao jogador.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 11.08.2021 às 12:17

Fundamentalmente ao jogador, o Sporting tem cumprido o seu papel, dar-lhe as melhores condições para exercer todo o seu virtuosismo, o resto é com ele...
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 11.08.2021 às 12:16

Estamos todavia na fase do arranque das competições numa época em que se prevê um numero maior de jogos que a equipa poderá ter que enfrentar.

A equipa e o plantel ainda não fechados, longe disso, existem duvidas no ar, mesmo a vinda do Ugarte poderá ter por trás a inevitável saída do Palhinha para Inglaterra, é uma forte possibilidade.

Quanto ao Gonzalo podem existir motivos que desconhecemos que possam de alguma forma emperrar a sua ascensão na equipa, recordem-se que o Sporting só tem 50% do seu passe.e não se sabe como ficou ou estarão as negociações para a eventual compra do restante ou parte dele.

Uma certeza nós todos temos, um jogador só evolui se jogar, parado perde tempo e faculdades. As próximas semanas serão decisivas para conseguirmos perceber melhor qual o destino que a Direção e equipa técnica têm pensado para ele.

Pode tambem dar-se o caso que venha a substituir a "plaza" do Matheus Nunes no banco após este ter sido promovido a titular, ( Matheus, Jovane, Nuno Santos, Tabata e Tiago) o quinteto de médios e avançados "activo" do banco e pode dar-se o caso, o Plata ser promovido a esse grupo dos 5 mais utilizáveis o que seria já um passo importante e que antecede a titularidade num futuro.

Várias questões ainda se colocam a 20 dias do fecho do mercado, todavia é muito tempo em que muita coisa pode ainda acontecer e Plata estará de prevenção.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 12:37

Caro amigo Julius,
É precisamente pela dinâmica inerente a esta fase que se coloca a situação do Plata.
O empréstimo é uma solução aventada face à sua estagnação, até algum retrocesso, na época anterior. Nesta altura, o seu tempo de Sporting e a sua qualidade faziam prever mais do que aspirar a entrar no grupo de utilizáveis a partir do banco.
Convenhamos que a qualidade e o potencial deste jogador exige que se olhe com cuidado para a sua situação. Caso contrário corremos o risco de não obtermos qualquer rendimento, desportivo ou económico, do jogador.
Imagem de perfil

De Greenlight a 11.08.2021 às 13:32

Plata, quando está inspirado, parte a defesa adversária, como Julius diz, por vezes, vai para cima deles sem medo. O Sporting não tem, neste momento, outro jogador como ele. O sistema de jogo de uma equipa é, sem dúvida, muito importante, mas por vezes a equipa não consegue ultrapassar as dificuldades e é aí que o talento individual pode desequilibrar. Mas, também percebo, que não se pode manter um jogador como Plata para, apenas, jogar uns minutos de vez em quando.
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 14:10

Caro Greenlight,
O Plata é essa espécie rara de jogador que num rasgo de génio e inspiração pode decidir um jogo mais "encravado".
O problema é que utilizar este talento apenas como solução de recurso é um desperdício.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 11.08.2021 às 20:26

Vimos no último jogo do campeonato, contra o marítimo. Um golaço de Plata. Poderemos ver mais quando o calendário apertar e o treinador tiver de rodar a equipa, como terá de fazer, sentando no banco de suplentes Jovane, Nuno Santos, Pedro Gonçalves, Esgaio, para os fazer descansar. Plata tem apenas 20 anos, é com Ugarte e TT um dos mais novos do plantel, excluindo Dário que é um juvenil. Não podem jogar todos ao mesmo tempo e o Sporting não pode ficar só com os 11 titulares e os substitutos do costume. O problema não é a liga dos campeões, onde há um numero garantido de jogos a disputar, em que não se espera que o Sporting ganhe mas que se espera que jogue usando os melhores. O problema é aguentar-se no campeonato, onde é preciso não ir jogar depois desses jogos todo rebentado das canetas e hipotecar a luta pela vitória. Para isso, contam todos. SL
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 21:45

Caro João Gil,
É inquestionável a qualidade e o potencial de Gonzalo Plata. O problema está em percebermos se ele se consegue adaptar a essa intermitência na utilização e se ela é benéfica para o seu desenvolvimento.
Num plantel nem todos podem jogar com regularidade, mas há jogadores que precisam de constância na sua utilização para, até do ponto de vista psíquico, conseguirem desenvolver todo o potencial que possuem. Começo a questionar se Plata não será um desses casos.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 11.08.2021 às 22:39

Caro Leão do Norte. Por enquanto temos Plata. Se é Plata de lei, vinga. Com Rúben Amorim, todos os metais têm a sua fortaleza e o seu grau de utilidade para a força do conjunto. Desde que não verguem, claro. Logo se verá. SL
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 11.08.2021 às 22:56

João Gil,
No nosso Clube Rúben Amorim é lei. Então vamos acreditar que com ele teremos Plata de lei.
Um abraço e SL
Sem imagem de perfil

De João Gil a 12.08.2021 às 01:40

Tal e qual. O sucesso faz-se em equipa e na equipa manda o nosso treinador. Abraço e SL

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo