Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

img-rui-patricio-1494422922_x600_articles-442742.j228429.jpgGelson-Martins-Manchester-United-Transfer-News-815download (1).jpg

sport-preview-bruno-fernandes.jpgimg_770x433$2017_03_19_21_21_40_1239641.jpg img_770x433$2018_03_30_01_21_18_1381142.jpg599910-66959ae9a95cff42da0f7b2aeca89224.jpeg20897435_qYdv6.jpeg

 

Rui Patrício (18 milhões de euros), Daniel Podence (5 milhões), William Carvalho (26 milhões), Bruno Fernandes (31 milhões), Gelson Martins (36 milhões), Bas Dost (23 milhões), Rúben Ribeiro (2 milhões), Rodrigo Battaglia (8 milhões) e Rafael Leão (6 milhões).

 

Estes, os valores estimados pelo portal Transfermarkt esta semana. É evidente que em caso de negociações pelas vias normais, as considerações preponderáveis superariam, e em muito, os cerca de 154 milhões de euros estimados pela calculadora interactiva.

 

Acredito, veemente, que o Sporting recuperará a sua estabilidade com a saída do lunático que ocupa a cadeira da presidência, mas a perda de muitos milhões parece-me inevitável, mesmo que alguns clubes de eventual destino dos jogadores em questão estejam dispostos a ignorar o estatuto de "livre" e compensam moderamente o Sporting.

 

Com o actual presidente no poder, é por de mais óbvio que todas as nove rescisões serão contestadas em Tribunal. Já o mesmo não é tão claro, no caso do Sporting estar a ser governado pela designada  Comissão de Gestão ou, eventualmente, por um novo elenco directivo eleito pelos sócios.

 

Tudo isto, sem sequer evocar o impacte desportivo, disposição que obrigará a um período de reestruturação que poderá levar dois ou três anos, caso não hajam os meios financeiros para reforçar o plantel no mercado.

 

P.S.: Desconheço os prazos estipulados para a contestação de rescisões. Mediante estes, talvez o Sporting venha a ser obrigado a iniciar os processos e mais tarde retirar alguns se surgirem clubes dispostos a negociar.

 

Pelo ponto de vista de eventuais compradores, também é de admitir que não queiram correr o risco de se sujeitarem a indemnizações ordenadas por tribunais.

 

Nota: Já que a abortada transferência de Rui Patrício - e o envolvimento de Jorge Mendes - veio a debate entre leitores, acho pertinente rever o comunicado da Gestifute que, na minha opinião, divulga a realidade dos factos.

 

Df_F1IZWAAAVbzq.jpg

 

Em notícia de última hora, o Wolverhampton anunciou esta segunda-feira no Twitter a contratação do ex-guarda-redes do Sporting, que assinou um contrato válido por quatro temporadas.

 

Veremos o que mais irá surgir com este caso, no que diz respeito aos aspectos legais associados à rescisão. Uma coisa é clara: Bruno de Carvalho recusou os 18 milhões de euros que o emblema inglês ofereceu inicialmente, porque se recusou pagar à Gestifute dívidas existentes do Sporting. Assim, por agora, nem paga dívidas nem recebe milhões.

 

Brilhante !!!

 

publicado às 16:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


107 comentários

Perfil Facebook

De Mike Portugal a 18.06.2018 às 16:13

Para mim, seja quem for que esteja no SCP tem que contestar as rescisões até ao fim.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 16:22

E falou o Mike !?!
Sem imagem de perfil

De Anselmo costa a 18.06.2018 às 16:39

Mais um caso Doyen! Para depois ainda vir a pagar mais no fim...
Já não falando de outras tantas teimosias de BC apoiado pela maioria dos sócios que resultou em perdas no tribunal.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 16:44

Bem... em termos de Direito, não é a mesma coisa. Só no que fiz respeito à conduta do presidente.
Sem imagem de perfil

De João a 18.06.2018 às 16:54

Segundo é noticiado, foi o próprio especialista espanhol, contratado pelo Sporting para tratar das rescisões, que recomenda a negociação.

A recomendação da negociação pode ser devida à probabilidade dos casos serem perdidos em tribunal, ou por uma questão de não deixar arrastar o caso durante anos (eu prefiro ganhar 10 hoje que 10 Milhões daqui a 100 anos).

Inclino-me mais para a primeira hipótese, considerando-se fortes as probabilidades do Sporting perder em tribunal.
E o facto de haver toda esta contestação à direcção eleita, sendo até destituída (veremos se legalmente), abona em favor da justa causa.
A contestação é tão grande porque se considera que a Direcção/Bruno de Carvalho, são os responsáveis pelas rescisões.

De qualquer forma a vitória da posição do Sporting não é nada certa, e há toda a vantagem na negociação.
Porque são incertas as receitas e a SAD necessita de receitas o mais cedo possível (a emissão obrigacionista é a prova disso).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 17:01

Na essência, é esse o meu ponto.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 18:50

"Fortes probabilidades do Sporting perder em tribunal" , so vindo de um benfiquista á conveniencia , curioso porque honestamente vejo a situação bem ao contrario e que será visto e revisto caso a caso , Bruno Fernandes , Rubem , Leão , Gelson e Podense é que têm fortes possibilidades de nao lhes ser reconhecida justa causa nem no ataque de Alcochete (Podense nem la estava) foram visados.

Vamos ser serios e chamar os nomes proprios ás coisas.´

Por muito que se esforcem os benfiquistas nao conseguem ser isentos , isso ja se passa igualmente com os meus amigos que vivem no Pais onde vivo é farinha do mesmo saco.

Curiosamente adeptos sportinguistas que odeiam BdC com o mesmo calibre que se vê aqui no camarote têm o descernimento de separar as coisas e nas rescisões saõ unanimes em considerar que os casos têm que ser analisados em separado, caso a caso, e que todos eles têm diferenças.
Leão e Podense esses nem jogavam á meses , estando fora do grupo que foi criticado pelos adeptos e presidente.

Isto nao é ainda o vale tudo , para umas coisas sabem comentar no politicamente correcto nas outras chegam a analisar.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 18:52

quis dizer que nas outras nem chegam a analisar
Sem imagem de perfil

De Ziglar a 18.06.2018 às 19:07

conclusao :

Os Sportinguistas sao inteligentes
Os Benfiquistas sao burros

Deixa de ser calhau !

Porque é que todos os que disseste que estavam no balneario nao poderá ser dada a justa causa ? Alias.. nem sei se precisavam de estar
O que é certo é que o Sporting falhou na sua obrigação de zelar pelos jogadores
Não é preciso se ter levado com um cinto para que a falha esteja la
E nao basta ter estancado a coisa depois para que a falha nao tenha acontecido
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 19:21

Ok então na analise mais correcta é dizer que nao sabemos .

Os proprios juristas (unanimes) que ja comentaram e aqueles que indicam justa causa indicam-na com reservas e todos são de acordo que os casos nao podem ser sentenciados de forma igual porque á diferenças , e trata-se de contratos de jogadores profissionais com muitos elementos de proteção o que os torna especiais muito diferentes de um vulgar trabalhador .

E depois á outros muito mais pessimistas á justa causa.
So depois dos contratos um a um serem confrontados com a prova de acontecimentos e com a lei da FIFA é que se verá quem tem e nao tem justa causa.
Sem imagem de perfil

De Francisco Esquina a 18.06.2018 às 19:54

E quem disse que é a FIFA que vai julgar os casos? Depende do que está no contrato e quais são os países envolvidos.

Numa coisa tem razão, implicitamente: a FIFA será mais equidistante na defesa dos interesses entre jogadores e entidade patronal (clubes/SADs). Os tribunais comuns do trabalho são mais tendenciosos para quem é funcionário.

A ver vamos até como isto vai começar, quanto mais como vai acabar.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 20:15

Francisco se no processo estiverem elementos de nacionalidade diferente a FIFA obrigatoriamente terá que intervir se nao houver acordo é assim que funciona.
Se os jogadores nao sairem so País será o TAS mas poderão recorrer á FIFA, neste caso será o clube ou os jogadores a pedirem essa intervenção caso o desejem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 23:28

Potencialmente, ainda se vai arrastar anos, salvo se a FIFA entender intervir, o que eu duvido muito.
Sem imagem de perfil

De Francisco Maria a 19.06.2018 às 10:45

Dificilmente e FIFA terá alguma intervenção no julgamento das rescisões que serão sempre julgadas pelos tribunais nacionais, em princípio no Tribunal do Trabalho uma vez que não tratam de questões desportivas mas sim de relações laborais.

Apenas se existir alguma cláusula nos contratos que remeta para o TAD será este Tribunal a julgar, mas sempre será a justiça portuguesa.

Já existe jurisprudência, embora pouca, nomeadamente no caso da rescisão de Hugo Leal com o Benfica e apenas com base em comentários do ex-presidente Vale Azevedo. O Tribunal deu razão ao jogador contra o Benfica.

Nesta lógica não parece nada provável que o Sporting possa ganhar em Tribunal.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 18.06.2018 às 17:07

E não lhe passa pela cabeça que algumas possam ser revertidas, já que a sua razão é o fora da lei?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 17:10

Desculpe, pelo alinhamento não dá para perceber a quem a pergunta é dirigida.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 18.06.2018 às 17:17

A pergunta é dirigida, até pelo alinhamento, ao leitor Mike Portugal.
Sem imagem de perfil

De sangueverde a 18.06.2018 às 18:57

E se no fim perder, o SPORTING terá de pagar os salários dos jogadores mesmo estes não tendo jogado pelo SPORTING, o que contas feitas superará os 50 milhões de euros....como é o caro Mike assume essa despesa junto com o lunático presidente demissionário?
Sem imagem de perfil

De Jorge Barros a 18.06.2018 às 22:21

Não esquecer que os passarinhos da JL que estão na gaiola ainda não piaram porque o passarão continua no poleiro. Estou convicto que quando o passarão cair do poleiro o piar dos passarinhos vai dar justa causa às rescisões.

Além disso, e quando não houver dinheiro para pagar ordenados aos jogadores que ficaram?! Esses poderão rescindir com justa causa e terão de ser ressarcidos até ao final de contrato.

A única esperança do SCP é o super investidor do Indiana Júlio.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 23:29

Essa do investidor já enoja. Basta!
Sem imagem de perfil

De José Corte-Real a 18.06.2018 às 16:14

Porque haveria qualquer administração recusar-se a contestar as rescisões?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 16:20

É difícil comentar essa questão a frio do exterior e à distância.

Os tribunais são sempre uma lotaria, especialmente com casos destes, e é de admitir que após consulta com juritas especializados e mais reflexão sobre as causas para rescisão, possa vir a ser deterninado que negociações são o curso seguir, caso haja essa hipótese.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 16:21

Perdão... queria dizer "juristas".
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 18.06.2018 às 16:29

Mas as negociações só podem ser feitas com a anuência do clube comprador. Se eles não quiserem, o SCP não tem outra hipótese senão contestar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 16:32

É isso que eu indico no post. A exemplo, a imprensa inglesa reportou que com a situação estabilizada o Wolverhampton continuaria disposto a pagar os 18 milhões pelo Rui Patrício.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 18.06.2018 às 16:39

Mas seriam €18M para o SCP ou €11M para o SCP e €7M para Jorge Mendes? É que por €11M eu não venderia o Patrício.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 16:42

Porquê voltar com essa questão quando nós desconhecemos os factos? A realidade é que Pinheiro conduziu as negociações do Sporting, chergou a um acordo que ele entendeu satisfazia os interesses do Clube e depois demitiu-se pela intervenção do presidente. Sabemos que este mentiu, como faz frequentemente.
Sem imagem de perfil

De Ziglar a 18.06.2018 às 18:27

Este rui é o maior !

"Os tribunais são sempre uma lotaria, especialmente com casos destes"


este homem ja ouviu falar em lei e jurisprudencia ?

Lá porque existam 5 M de pessoas a mandar bitaites nao quer dizer que a LEI na presença dos factos tenha alguma duvida sobre a materia.
Isto nao é bem uma questao de ter sorte com o juiz. Com a mesma informação qualquer tribunal terá a obrigação de ter um resultado igual. A lei nao é propriamente um lançar dos dados

Lotaria.... lol
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 18:39

Não devia perder tempo a responder, porque reconheço que o caro só comenta de má fé, por razões porventura transparentes.

Preza-me no entanto, depois de tantos anos, ainda receber algumas lições de Direito.

Passe bem!
Sem imagem de perfil

De sangueverde a 18.06.2018 às 19:02

Caro amigo no caso Rui Patricio, não haverá lotaria nenhuma, o SPORTING perderá de certeza. Com o crápula do presidente a dizer em televisão para quem quis ouvir que a culpa das agressões que o próprio e seus colegas foram vitimas era dele Rui Patricio, duvido que aja um juiz mesmo tendo como diz o lunático os melhores advogados do sistema solar ao seu serviço, que dê razão ao SPORTING......
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:07

A minha referência é generalizada. Quem não reconhece que o Tribunal é invariavelmente uma lotaria, nunca esteve num tribunal. Com o termo "lotaria" quero dizer imprevisível.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 23:31

P.S.: Fala quem não sabe do que... fala!!!
Sem imagem de perfil

De Rui Nunes a 18.06.2018 às 16:45

Pois! Não venderia por 11M€... Mas de borla já foi.
Imagem de perfil

De Rampante a 18.06.2018 às 17:11

Mike Portugal,

explique-me a diferença entre:

- Sporting vender por 18M€ e saldar a divida reconhecida de 7M€ à Gestifoot, recebendo assim 11M€ no imediato, ficando de bem com o Wolver e com a Gestifoot que até poderia ajudar a resolver outros berbicachos;

- Sporting vender por 18M€ após este processo de rescisão, onde recebe 18M€ no imediato, ficando o Wolver a nunca mais querer negociar com o SCP. Adicionalmente o SCP começa uma batalha jurídica (mais uma) e acaba a pagar à Gestifoot 7M€ mais juros que dependendo do tempo podem facilmente chegar ao 1M€, ou seja, o SCP acaba por receber cerca de 10M€ e a ficar com má imagem.

- Sporting seguir em frente sem negociar e ir para a batalha jurídica que dificilmente ganhará (nem com o advogado espanhol que está a ganhar uns milhões à custa de BdC) e acabar a ter de indemnizar Rui Patrício pelo valor dos vencimentos restantes (não recebe nada, tem de pagar 4M€ à gestifoot, mais 8M€ ao Rui).
Ou então, até "dou de barato" que o SCP ganhe o caso em tribunal (improvável, mas cada um acredita no que quiser) e o Tribunal decrete que Rui Patrício terá de indemnizar pelo valor restante dos vencimentos (cerca de 8M€). Ou seja, neste caso improvável o SCP ganhará 8M€ menos a % do advogado que nunca é inferior a 20%, ou seja, na melhor das hipóteses o SCP ganha uns 6M€.

Agradecia uma explicação lógica, pois do meu ponto de vista não consigo perceber nenhuma vantagem na 2ª e 3ª situação.

Imagem de perfil

De Greenlight a 18.06.2018 às 17:49

A questão dos 7 milhões faz parte da cortina de fumo dos seguidores do sr.bruno. Obviamente que não tem sustentação, a não ser que o pressuposto seja que as dívidas são para se manter no Balanço e não são para pagar...
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 19:11

O Rampante comenta como se tivesse em seu poder todos os elementos da negociação , acredita que a Direçao ao aceitar que a Gestifoot fizesse a venda nao sabia que esta podia reclamar os 4M do Adrian ?, Não sabemos se estava acordado fazer esse pagamento faseado se havia outros elementos no meio que poderá nao dara toda a razao á Gestifoot , afinal sabemos só a versão da Gestifoot , versão que imagino á sua conveniencia , espero com curiosidade que o elemento que geriu as negociações em nome do Sporting que entretanto se demitiu se venha a pronunciar e a dar-nos mais pormonores sobre o que aconteceu de verdade.

Que facil dizer que o Sporting tinha 4 milhoes para pagar, mas nao sabiam disso quando se meteram a negociar com a Gestifoot ?, Só analisamos á conveniencia de momento que seja para entalar BdC? Ninguem tem a certeza todos fazem de bruxos.

Eu tambem tenho quem me jura a pes juntos que foi uma chantagem da Gestifoot aproveitando-se da fragilidade que as rescisões trouxeram ao CD do Sporting.

O que sabemos é que o valor da venda era 18M e que a Gestifoot quis retirar 7M e ainda se teria que pagar os impostos o que daria menos de 10M

Agora só nos resta esperar para vermos outros pormonores serem confirmados.

Eu acho estranho que a Direção nao saiba fazer contas e que nao saberia que na realidade iria receber somente 11M e ainda teria que pagar os impostos , algo de facto de passou.
Imagem de perfil

De Rampante a 18.06.2018 às 23:05

Caro Indiana Julio,

eu comento SEMPRE com os factos que tenho. De mim, não lerá nada que possa provar, a menos que eu indique que seja do meu entender, opinião ou consideração.
Assim:
A divida à Gestifoot foi incluída nas demonstrações financeiras do Sporting depois do caso Doyen, já que o caso era semelhante, o SCP decidiu reconhecer a divida ao invés de ir para mais uma disputa legal que iria perder.

Neste caso podemos dizer que o "diabo" do Mendes foi tão mau para o SCP que esteve este tempo todo à espera de receber e sem levantar ondas… que "diabo" que ele é.

Rampante
Sem imagem de perfil

De SMCM a 19.06.2018 às 10:45

Acho que era um mau negócio porque segundo explicaram, os 11milhões que o SCP ia receber eram em prestações (já com o desconto Jorge Mendes). Sendo assim BdC exigiu que acrescessem juros, visto que a proposta do Nápoles era melhor. A ser verdade parece-me normal que havendo uma proposta melhor que o SCP tente subir os valores.
Mas para além dos Juros, deixar sair Rui Patrício nestas condições tinha 2 problemas:

1) Como o encaixe não era imediato ficaríamos sempre sem €€ para atacar o mercado;
2) Era um péssimo sinal para os restantes empresários, vender assim de qualquer maneira, barato e nas condições que o comprador quer..

Só vamos saber se foi uma boa ou má decisão quando a FIFA ou TAS se pronunciarem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.06.2018 às 10:51

Devia ter vergonha de andar sempre a tentar defender o indefensável!
Sem imagem de perfil

De Flip a 18.06.2018 às 17:15

Esse argumento dos 11M é um insulto à inteligência das pessoas que só encontra paralelo no tamanho do ego do lunático. O valor de venda era 18M - era esse o valor pago pelo clube comprador.
Mas se na operação se pede os serviços de alguém a quem se deve 7M, é por demais evidente que esse envolvido se queira fazer valer dos seus direitos e diga "eu trabalho convosco mas quero as minhas dívidas saldadas".
Ou seria de esperar que o Mendes abrisse mão das percentagens dos passes que detém a favor de BdC??

É hoje mais do que sabido que esse argumento foi apenas e só levantado na altura da narrativa "isto não são os jogadores contra o Sporting, isto é o Mendes contra o BdC". Nem o próprio BdC teria lata de repescar essa argumentação, mais do que enterrada pelo peso da dura realidade que entretanto se abateu sobre o clube. Enfim...
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 18:56

11 milhoes menos os impostos sobre os 18 o que daria menos de 10 milhoes
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 18.06.2018 às 19:43

Eu até dou de barato ao Júlio que o negócio era mau, para o Sporting, mas o que VC se recusa a dizer é que o Sporting o pediu e aceitou, e à última hora o seu adorado líder deu o dito por não dito exigindo mais dinheiro!
Deixe se de tangas!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:10

O negócio não era "mau" para o Sporting, foi o melhor possível. Mais ninguém dará 18 milhões por Rui Patrício. O mercado para guarda-redes é muito diferente do que é para outros jogadores.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 18.06.2018 às 21:30

Caro Rui, fiz me entender mal, disse que dava de barato ao Júlio, para ver se ele percebia de uma vez por todas que o argumento dele é completamente vazio! Também eu concordo que era uma bom negocio!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 23:02

Menos de 10 milhoes? de forma alguma isso era antes quando se vendia ao desbarato o gr campeão europeu na plenitude da sua idade de GR tem no minimo que valer esses 18 milhoes com 10% para o empresario punto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 23:33

O Julius devia reler o comunicado da Gestifute e verificar os factos sobre os valores em questão. Pelos vistos, recusa compreender.
Sem imagem de perfil

De Nando a 18.06.2018 às 16:53

O advogado espanhol contratado pelo SCP, informou que o nº de jogadores que rescindiram é elevado e que os olhos da FIFA indica que algo de mau aconteceu realmente no clube e o TAS poderá decidir a favor dos jogadores.
Dois deles foram na onda e aproveitaram para sair: Rafael Leão e Rúben Ribeiro. Que, ao meu ver, não foram ameaçados directamente.

Só o Acuña não saiu porque o empresário não encontrou clube que o recebesse e ele decidiu ficar. Ora, será este recuo que poderá servir ao SCP para se defender, ou seja, se um dos visados, ficou no clube, porque é que os restantes saíram?
Os argumentos mais fracos invocados pelos jogadores, poderão por em causa a rescisão dos mesmos.

Agora, se BdC for expulso do SCP, os jogadores ganham a causa. Se sé mantiver, pode ser que se recupere algum dinheiro. No entanto, conhecendo o que sucedeu com o caso Doyen, pode que BdC não recupere nada.
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 18.06.2018 às 16:57

"Agora, se BdC for expulso do SCP, os jogadores ganham a causa."

Como é que saltas para esta conclusão, se o que os jogadores alegam é terem sido ameaçados por adeptos e sentirem falta de segurança?

A saída de BdC pode aliviar vários problemas mas não esse problema especifico.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 17:07

Bem... parece-me evidente que sobre o evento da Academia ainda há muito para esclarecer. Sinto que o MP ainda vai ter uma palavra "pesada" sobre o caso.

Além do mais, os julgamento ainda nem sequer começaram e será nessa fase, com os "calos apertados" que mais evidência virá à superficie.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 18.06.2018 às 19:47

Mas o certo é que o nome de BdC já aparece em despacho como tendo promovido o ambiente que descambou depois na invasão! E este é o ponto que em meu entender acabará por fazer pender a balança a favor dos jogadores! Porque uma coisa é a entendidade patronal não cumprir o dever de proteção outra é instigar a violência!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:11

Há suspeitas desde o primeiro dia sobre o real papel dele neste evento.
Sem imagem de perfil

De Pedro Veloso a 18.06.2018 às 16:59

É que são muitos!Não é um nem dois!
Deixem o jj ser arrolado como testemunha!
Porquê a tal clausula confidencial?
Concerteza que não são segredos comerciais!
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 18.06.2018 às 19:56

Do pouco que percebo posso garantir que a eventual cláusula de confidencialidade de JJ não se aplicará em processo judicial! Se for chamado a depor terá de responder a todas perguntas que lhe forem colocadas relacionadas com a matéria dos autos!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 16:59

Não concordo com a sua análise.

Cada caso é individual, muito embora hajam factores em comum. O estado de espírito dos jogadores A, B e C não implicação que outros os partilham. Os homens não reagem, necessariamente, em termos uniformes, ao mesmo acontecimento.

Essa sua conclusão sobre Acuña, pode muito bem corresponder à verdade, mas por agora não passa de especulação pelas reportagens mediáticas.
Sem imagem de perfil

De Ziglar a 18.06.2018 às 18:32

Pela primeira vez... concordamos
Imagem de perfil

De Rampante a 18.06.2018 às 17:20

Nando,
essa suposição acerca do Acuna teria logica se os jogadores tivessem partido para uma rescisão coletiva (que esteve em cima da mesa na reunião do sindicato), no entanto eles fizeram rescisões individuais, pelo que, o tribunal não comparará estados de alma de diferentes jogadores.

Por exemplo, pode ter um patrão a dar uma "bofetada" em 2 funcionários. 1 amua e continua a trabalhar. O outro vai para tribunal. Acredite que não é por 1 ter amuado e continuado a trabalhar que o tribunal dará razão ao patrão.

Além disso, o pessoal está a focar tudo nas agressões da academia, quando a justificação para as rescisões é muito mais que isso… é todo um conjunto de ações prolongadas no tempo que por si só já eram condenáveis… tiveram foi o efeito de culminar nas agressões, mas mesmo sem elas terem existido, já existia aqui matéria de facto para rescisão, pelo menos pela parte dos capitães e em especial Rui Patrício.
Sem imagem de perfil

De Nando a 18.06.2018 às 17:49

A rescisão colectiva foi equacionada mas foram aconselhados (talvez, em virtude do que disse o Rui Gomes no seu comentário ao meu) a apresentarem individualmente cada uma delas.
O facto, é que todos podiam sair do SCP se tivessem para onde ir. Só ficou quem não teve "comprador". E mesmo alguns dos que têm para onde ir só foram contratados porque era a custo zero e podem render qualquer dinheiro. Nada lhes garante que vão jogar a época inteira. Mas depois veremos isso se houver interesse. O Carrillo é um exemplo disso.

Quando me refiro a que Acuña (o amuado) pode servir de argumento a favor do clube, refiro-me aos 2 jogadores que foram na onda, ou seja, aproveitaram a oportunidade para se porem a andar sabendo que o futuro no SCP não era promissor: O RR perdeu lugar no 11 titular e a equipa B (onde estava RL) foi destituída para entrar no Sub-23
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 18:00

Devemos separar o joio do trigo!

Questões de Direito, e respectivos comprovativos, que poderão ou não justificar justa causa para rescisão, é uma coisa.

Outra, muito distinta, é o que, além dos acontecimentos de registo, motivou o jogador A ou B a apresentarem as suas rescisões.

O Tribunal irá deliberar única e exclusivamente o primeiro factor.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 19:33

E porque é que só rescindiram os que tinham mercado? Tirando o Rubem

E porque o mais visado e de certa forma motivou o ataque nao rescindiu?Acuna

Todas essas questões serão exploradas por bons advogados em defesa do Sporting e tambem comparadas com o panorama que vive no futebol mundial , entre adeptos e jogadores.

Basta o Acuna vir a fazer algumas declarações no futuro evocando que nunca se sentiu intranquilo ao ponto de pedir rescisão.

Ainda a procissão nao saiu da igreja meus caros.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:13

Em tribunal, isso é completamente irrelevante!!!
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 18.06.2018 às 18:18

O Acuna não saiu,porquê??
Dobrou o salário.
E recebeu uma propriedade em Alcochete no valor aproximado em 1 milhão de Euros!!
Simples Mike!!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 18:21

Qual é o comprovativo dessa informação?

Se é uma boca gratuita, vou apagar o comentário!
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 18.06.2018 às 18:53

A casa é sua,faça como entender.
Mas o Rui já há muito que sabe que não mando "bocas"gratuitas"
Como disse,faça o que entender.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 19:44

Ai nao? o caro é o sabe tudo ? Tenho já uma boa coleção delas que tenho acumulado para um dia lhas atirar .
Tudo com o seu timing.

Atira vezes sem conta bojardas fazendo dos outros parvos , mas só os putos é que podem acreditar em todo esse seu sensacionalismo ,
Alcochete, sou fundador de uma empresa nessa zona e que geri durante 6 anos, muitos amigos são daí e vivem e trabalham nessa empresa ainda , conheço toda essa região como a palma das minhas maos em que a maioria desses terrenos ainda pertence á familia do falecido xavier de Lima , nao se meta em campos que nao conhece e pode facilmente vir a ser desmentido.

As suas bojardas para mim valem zero á muito tempo.
Sem imagem de perfil

De gng a 18.06.2018 às 20:24

O homem que prometeu investidores russos está a dizer que apontam o que os outros dizem para lhes atirar à cara! Tem a mesma moral que o Pinto da Costa para acusar os outros de corromper árbitros! Ai, Júlio, o senhor é tragicamente divertido! Bem haja!
Sem imagem de perfil

De gng a 18.06.2018 às 20:25

que aponta* o que os outros dizem
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 20:32

nunca falei em investidores russos , muito longe daí , falei num investidor mas nao disse a sua nacionalidade e de todo não é russo e ja se comentou essa noticia ainda que de forma envergonhada publicamente.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 18.06.2018 às 16:54

desculpem o off-topic mas alguem sabe até que dia as quotas deverão ser regularizadas de forma a que a admissão para a AG de sabado seja aceite?
Apenas hoje paguei Maio e o site não está a actualizar os dados.
obrigado!
Pedro O.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 17:03

Não o sei informar. Será melhor contactar os serviços do Sporting directamente.
Sem imagem de perfil

De Leoa a 18.06.2018 às 19:00

Na loja verde informaram-me de que a quota de Maio pode ser regularizada até ao próprio dia da AG, mas ... (como a situação no SCP não está normal) ... era melhor regularizar um ou dois dias antes da AG.

SL
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:13

Obrigado pela informação.
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 18.06.2018 às 17:26

Nós, de facto, não sabemos da missa a metade. Esta história das rescisões é tudo menos linear. O certo é que dela poucos conseguem sair bem. Aparentemente, a excepção chama-se Acuña – que muitos apontavam como o primeiro a sair, por ter sido uma das principais vítimas do ataque a Alcochete. O meu respeito, também, para os que ficaram. Homens. Podem achar precipitado este juízo, mas não deixo de sentir que os desertores prejudicaram sobretudo o clube, e se isso não me afecta tanto em casos como os de Bruno Fernandes, Battaglia, Mathieu, Ruben Ribeiro ou mesmo Bas Dost, deixa-me francamente desiludido nos de Rui Patrício e William e revoltado nos de Podence e Rafael Leão. Estes últimos, não particularmente visados, que se saiba, na invasão, encontraram aqui uma forma oportunista de sair do Sporting, com certeza aconselhados pelos seus empresários. Foi como cuspirem na sopa. Ingratos. Formados no clube, feitos homens e jogadores pela estrutura de Alvalade. Se algum deles for para o Benfica, aliás, se algum dos nove futebolistas for para o Benfica, a minha esperança é que nenhum juiz lhes atribua justa causa, porque não cabe na cabeça de ninguém terem medo de regressar à Academia, sem Bruno de Carvalho e sob a promessa de que um cenário daqueles não viria a repetir-se, e não o terem numa passagem – que seria incendiária – para o grande rival, mesmo ali ao lado. Custa-me a perceber uma tão grande diferença de sensibilidade entre os atletas, que uns ficam traumatizados e outros nem sequer ponderam a saída. Custa-me a acreditar nas versões apresentadas, acho sinceramente, e com todo o respeito pelo que eles possam ali ter passado, que houve um aproveitamento pouco digno da situação. A esta altura já aqui perguntarão: então e de Bruno de Carvalho não falas? Não vale assim tanto a pena, já se disse tudo. É um louco, um desvairado, que foge para a frente sem se importar com o facto de que a cada passo aumenta a bola de neve que o persegue – e o problema é que não é só a ele, é sobretudo ao Sporting. Esta pressa em contratar treinador e jogadores não aproveita a ninguém, só nos compromete mais e mais ainda. Pior: compromete e não promete. Mihajlovic é uma porcaria como treinador, nunca ganhou nada e não criará certamente a mínima ilusão em qualquer sportinguista que goste e perceba de futebol. Atenuar-se-ia o estado de coisas se houvesse eleições, ganhasse um candidato honrado e competente, como me parece ser o Varandas, apesar de algo insosso, se tentasse negociar da melhor maneira, ou da maneira possível, as já anunciadas saídas e, com a acalmia retomada, se procurasse um treinador capaz de pegar nos talentos emergentes da formação, como o Rui Gomes sugeriu num post anterior, e fazer deles futebolistas evoluídos e sérios, defensores do seu clube, homens de compromisso, guerreiros. Eu, já não é novidade, tenho um claro favorito: Rui Jorge. Era o homem certo no lugar certo. Mas, tal como as coisas estão, não passa dum sonho.
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 18.06.2018 às 17:45

Olhem, entretanto o Patrício já foi confirmado no Wolverhampton.
Imagem de perfil

De Greenlight a 18.06.2018 às 17:52

O sr.presidente bruno disse que tinha grande importância pois a saída dele (e de outros) já estava prevista!
Imagem de perfil

De Greenlight a 18.06.2018 às 17:53

Perdão, o sr.bruno disse que NÃO tinha importância...
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 20:00

exactamente tudo isso que escreveu , exemplo Montero levou um murro e pontapeado no piso e onde está a sua rescisão?
Podense nem la estava e pede rescisão?
Leão nao jogava á meses tambem a recuparar de lesão e pede rescisão?
Acuna o que mais provocou a ira dos adeptos no Funchal insultando-os e virando-lhes as costas o que levou áquela confusao no aeroporto e a certeza de novo encontro em Alcochete e nao rescindiu?
Bruno Fernandes nao foi visado no ataque nem na ira dos adeptos e rescindiu?
Gelson ao contrario de visado foi acarinhado pelos adeptos , , nao lhe tocaram no ataque , prejudica o Sporting de forma inimaginavel quando tira a camisola e leva o amarelo que o impede de dar o seu contributo á equipa no jogo do titulo e rescinde?

Muita tinta irá ainda correr ainda e muitas decisões ainda vao ser tomadas e estou convicto que algumas delas nao irão favorecer alguns destes jogadores .

Um claro aproveitamento da situação e nem comento o facto de irem para o Benfica porque se isso acontecer espalham-se ao comprido.

Agora os visados nas mensagens de BdC e nas agressões que façam a sua defesa mas so os que fazem ganhar milhoes rescindiram.
Isso tudo sera analisado nos processos.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 20:16

Caro Marcos Cruz,

É óbvio que houve aprovaitamento no todo desta situação da parte de vários jogadores. Não se defende isso nem a sua decisão de rescindir, mas ao tentar compreender a totalidade da crise instalada, verifica-se que isto é o culminar de uma série de acções da autoria do presidente que resultou em criar um ambiente insustentável.

Que alguns jogadores tenham reagido e outros não obedece a um leque de considerações, entre as quais, de forma sublinhada, a natureza humana.

Acho que o rastilho que incendiou o barril de pólvora foi a desmedida intervenção do lunático para impedir a transferir a transferência de Rui Patrício. Caso houvessem dúvidas, isso serviu para demonstrar, esclarecidamente, que o figurante continuaria a agir irreflectidamente e de má fé.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 20:41

Rui mas estamos todos de acordo desde o inicio , todo o universo leonino nao tem duvidas que BdC é o culpado ou se quiesermos meteu(mete) mais gasolina nos acontecimentos que abriram a fresta na porta por onde os jogadores de milhoes viram a oportunidade de escapar .

Isso ja nao está em causa , ja todos o sabemos e está bem repisado ,é um facto, mas isso agora ja nao nos resolve o problema , porque o problema ficou no Sporting , o problema prejudica o Sporting e agora terão que ser todos os sportinguistas a analisarem tudo e encontrarem as pessoas competentes para poderem minimizar este estrago e inverter de alguma forma a situação pelo menos nos que nao têm justa causa e assim indminizarem o clube pela sua ação altamente prejucial.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:01

Eu vou ainda mais longe, embora não tenha comprovativos alguns.

Sinto, sempre senti, que ele instigou o ataque à Academia com Fernando Mendes.

Espero, ainda, que mais dia menos dia, a Justiça venha a agir nesse sentido.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:14

Mas queria a resposta do Marcos Cruz. A sua já eu sei.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 23:05

Ai sim e qual é a minha?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 23:36

Eu respondi ao comentário de Marcos Cruz, não ao seu, neste caso concreto.
Sem imagem de perfil

De Marcos Cruz a 19.06.2018 às 12:12

Eu estou de acordo consigo, Rui, há pouco a acrescentar. Entretanto, vamos assistindo a contratações desesperadas. Mihajlovic, van Weert, etc. Não me faz sentido nenhum que, a dias de poder ser destituído, este tipo não se abstenha de comprometer mais o futuro do clube. É um desgosto, tudo isto. Faltam-me as palavras.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.06.2018 às 12:15

É mesmo triste e lamentável.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 18.06.2018 às 17:47

Existe aqui uma grande confusão…. como é óbvio qualquer que seja o futuro presidente do Sporting terá de reclamar estas rescisões …. outra coisa é, mesmo tendo a razão do nosso lado, é preferível haver um acordo entre as partes, atleta, Sporting e clube comprador, em comparação a um processo em tribunal, já que logo à partida o Sporting iria ter custas de processo e só iria receber passado muito tempo, quando a exigência do dinheiro é para agora.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 18.06.2018 às 19:58

Estou em total acordo consigo!
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 20:05

De momento que seja um acordo justo é uma possibilidade.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 20:22

Pelas suas várias opiniões aqui, verifica-se que há léguas de distância entre o que o Julius considera justo e a realidade.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 18.06.2018 às 20:47

A realidade são as suas clausulas de rescisão e nem nas vendas naturais seriam cumpridas nunca foram, agora á que ter alguem com boa capacidade de negociação e que procure algum acordo justo para o Sporting , os agentes e os proprios clubes estrangeiros que querem contratar esses jogadores nao querem seguramnte criar um inimigo com o nome do Sporting, nao serve a ninguem.

O que hoje é um novo dia o pode vir tambem a ser no futuro e todos sabem disso.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 23:25

Ninguém está muito preocupado com o poder do Sporting hoje em dia. Sobretudo, por triste e lamentável que seja, o nome não é tão respeitado como já foi, graças a um homem desprezível e todos que o apoiam.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 18.06.2018 às 17:56

Seja Bruno ou a comissão tem de se contestar/negociar estas rescisões.

É que para além de tudo - os jogadores sairam a pedir indenizações avultadas ao Sporting (só RP eram 10M)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 23:26

Muita "tinta" ainda vai correr sobre estas rescisões.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 18.06.2018 às 18:34

As rescisões não vou perdoar nunca!
Como em qualquer litígio, os advogados vão ter que as partes cheguem a acordo que em principio deve ser vantajoso para todos, incluindo os tribunais que evitam julgar um caso que levará anos, será dispendioso em termos financeiros e ocupará muitos meios humanos.
Nada de novo até aqui, natural que as partes tentem chegar a esse acordo. Duvido muito que tal aconteça e não restará outra opção que a via judicial.
Nalguns casos penso que poderá pender para qualquer das partes, mas noutros os jogadores terão poucas hipóteses de vencer.
Veremos, pois dependerá dos fundamentos apresentados pelas partes, sendo que desconhecemos de todo o que o SCP apresentará em sua defesa.
Podemos dar palpites, mas é prematuro para dizer seja o que for.
Seja que presidente o SCP tenha, espero que vá até onde a lei permite para defender os interesses do clube.
Tirando um ou dois casos que possam ir para o Benfica, a motivação exclusivamente o dinheiro, porque a vertente desportiva não será certamente.
Vide exemplo de Adrien, Slimani.
Apesar do longo jejum do SCP no que respeita ao título, será campeão antes qualquer uns deles nos clubes que escolherem. Apostinha?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 18:43

Os jogadores rescindiram, é verdade, e cada caso deve ser apreciado individualmente para se fazer justiça.

Dito isto, seria igualmente justo o José Sousa assumir a mesma posição crítica para com único culpado de tudo o que tem ocorrido, inclusive as rescisões:

BRUNO DE CARVALHO !!!
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 18.06.2018 às 18:58

Não quero saber se é Bruno de Carvalho ou outro qualquer.
Não espero outra coisa do presidente, seja qual for, que não seja a defesa intransigente dos direitos do SCP.
Marta Soares não fez essa defesa do SCP na nota de culpa à BdC.
Deu muitos trunfos aos jogadores, e mais grave tratando-se dum membro dos corpos sociais do clube.
O facto de Acūna não ter rescindido é uma facada grande nos que desertaram.
Era o alvo principal e o que mais levou.
Os jogadores com vencimentos mais baixos (na grande maioria) foram os que ficaram.
São mais fortes psicologicamente?
NÃO PERDOO OS JOGADORES!
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 18.06.2018 às 19:18

Pelo que se ouve do destino de alguns dos desertores (Wolves, Valência, Benfica, Braga, será uma grande coincidência terem um denominador comum. Jorge Mendes.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 18.06.2018 às 20:02

JS,
Marta Soares deu todos os trunfos a BdC, inclusive demissão, com continuação em funções, até à realização de eleições. Recusou. As rescisões, com uma ou outra excepção, não têm só a ver com o assalto à Academia, mas com uma péssima relação com o presidente. O Acuna é extra comunitário, e isso explica o seu recuo.

Temos de analisar a questão em todas as suas vertentes. Se este presidente, nesta altura do campeonato está a defender os direitos do Sporting, vou ali e já venho.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:16

Ah... não quer saber de quem é verdadeiramente culpado. Isso não interessa, porque teria de acusar o precioso lunático.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 18.06.2018 às 21:29

O Rui pretende insiste e insiste em colocar-me um rótulo.
Não vale de muito repetir porque não quer ouvir, mas cá vai.
Então se considero que devia ter pedido a demissão no dia trágico de Alcochete, se considero que não tem condições para continuar e NÃO VOU VOTAR em quem quer que seja.
Com isto tudo estou a dizer que BdC não é o principal responsável? !!!
Não insisto se não quer ouvir.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 21:34

Não pretendo rotular o José Sousa nem mais ninguém. Apesar da sua posição mais moderada em tempos recentes, acho que se rotulou a si próprio há muito.

Reconheço, no entanto, que todos erramos e podemos mudar de opinião.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 18.06.2018 às 20:05

Pois Rui, esse mesmo que destrua o Sporting, continua a merecer perdão dos jss.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.06.2018 às 20:18

Triste e lamentável, mas parece ser verdade.
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 18.06.2018 às 21:20

Mais parece uma conversa de surdos.
Ainda ontem lhe disse que BdC devia ter apresentado a demissão no dia da tragédia em Alcochete.
É o responsável máximo do clube, até pelo estado da relva deve ser responsável. Disse-lhe isto ontem.
Ele não tem condições para continuar. Disse isto ontem.
É o responsável pela crise e pelas rescisões.
E então? Batemos palmas aos jogadores e o SCP que se lixe?
Nas cartas de rescisão os jogadores repetem inúmeras vezes BdC, BdC...
E o SCP como fica no meio disto tudo?
Afinal é com o clube que tinham o vínculo laboral. Quem sempre os apoiou desde miúdo foram os sportinguistas. Os sportinguistas não contam...já percebi e não insisto.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 18.06.2018 às 20:01

O que eu não perdoo e não perdoarei nunca é a todos aqueles que contribuíram para que este traste toamsse conta do Sporting!!
Sem imagem de perfil

De José Sousa a 18.06.2018 às 21:34

É sempre boa política querer conquistar um aliado para uma causa, tratando-o desta forma.
Depois admirem-se que o doido não seja infelizmente destituído.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo