Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




image.jpg

O treinador do Everton, Carlo Ancelotti, em entrevista ao Corriere dello Sport, falou sobre a pandemia de Covid-19 e sobre as consequências que a mesma irá trazer em todos os sectores e a todos os níveis. O futebol não é excepção:

"O futebol agora conta zero. Só é importante resolver esta situação, e então a seguir o resto virá. Se for possível continuar a temporada onde ficou, será bom. Caso contrário, ámen. Aqueles que insistem em falar sobre a preparação, e quantas semanas de treino serão precisas, fazem-me rir. São uma merda, é uma piada.

A preparação é um falso mito. Mas existe realmente alguém que pense que haverá tempo para treinar? Vamos treinar jogando. O importante é definir a mesma data para todos.

Isto que está a acontecer vai mudar-nos profundamente. Teremos todos de ser capazes disso, a começar pelo futebol. Até falar em cortar salários e suspender os pagamentos me parece desactualizado.

A economia vai mudar a todos os níveis em breve. Os direitos de televisão terão um valor mais baixo, jogadores e treinadores ganharão menos. As pessoas vão ter menos dinheiro e poderão gastar menos nos bilhetes. Temos de nos preparar".

publicado às 05:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Geraldes CB a 30.03.2020 às 05:47

Estou com o Carlo. Imaginar que, quando isto passar - sabe-se lá quando será -, tudo vai voltar como dantes é de estúpido para baixo.

Desde logo, porque há um moral geral para levantar: há que lidar com os mortos de quem não nos pudemos despedir (se não formos nós próprios a partir), há que reconstruir vidas e sonhos.

Depois, porque estaremos novamente mergulhados numa crise económico-financeira de contornos completamente inimagináveis, mas certamente dramáticos. Basta pensar que, numa semana, 3 milhões de norte-americanos foram despedidos. Assim sendo, o cidadão comum não vai ter dinheiro - ou, se o tiver, haverá outras prioridades - para gastar como até aqui no âmbito desportivo.

Por último, mesmo que tudo fosse retomado até finais de junho, será que vamos ter disposição para andar, aos pulinhos, a celebrar vitórias no futebol? Talvez, sim, numa espécie de catarse tribal.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 30.03.2020 às 11:00

Alguem do futebol com.eles no sitio, muito bem caro Ancelotti nem mais.
Plenanente de acordo nossa sua visao que me parece muito correcta para o futuro proximo.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo