Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Barbosa1.jpg

 

Rafael Barbosa, médio emprestado pelo Sporting ao Portimonense, e Rodiney Sampaio, presidente da SAD, terão tido um desentendimento este sábado, no final do jogo da Liga Revelação que opôs os algarvios ao Benfica e que terminou empatado a dois golos.

 

Apesar de ser presença regular nas convocatórias da equipa A, comandada por António Folha, desta vez o jogador cedido pelo Sporting foi titular nos sub-23, de Luís Boa Morte, tendo sido substituído aos 80’, quando já estava fixado o resultado (2-2)

 

Ao que consta, o dirigente algarvio terá abordado de forma exaltada o jogador, já depois da substituição, numa zona dos balneários onde não se encontravam mais elementos dos algarvios, com Rafael Barbosa a queixar-se de ter recebido uma cabeçada.

 

Eventualmente houve quem se apercebeu do que se passava e procuraram serenar os ânimos, mas Rafael Barbosa arrumou os seus pertences de imediato e seguiu para Lisboa.

 

O caso deve fazer cessar o contrato de empréstimo do jogador ao clube algarvio, pelo que o médio pode regressar de imediato ao Sporting. O problema óbvio, se assim acontecer, é que não poderá jogar até a abertura das inscrições em Janeiro.

 

Rodiney Sampaio recusou comentar o incidente, alegando estar focado no jogo da equipa algarvia com o Desportivo das Aves. Os responsáveis do Sporting, nomeadamente o presidente, Frederico Varandas, já foram informados da situação e vão analisar a decisão a tomar.

 

À parte do incidente, não dá para compreender como a cedência do jogador pelo Sporting permite a sua utilização na equipa de sub-23 do Portimonense. Para ser utilizado nesse escalão, não precisava de ser emprestado, uma vez que o Sporting também disputa a Liga Revelação.

 

publicado às 12:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Perfil Facebook

De Francisco Laranjeira a 30.09.2018 às 12:24

Bom dia ilustres adversários. Não concordo com "jogos à porta fechada"; expulsões de: jogadores, treinadores, presidentes, etc. Cumprts de um adepto do FCP.
................
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2018 às 12:25

Tudo bem, mas não compreendo o que é que isso tem a ver com o tema abordado no post.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 30.09.2018 às 12:27

Este caso é a todos os níveis gravíssimo e o Sporting tem de tomar uma atitude na defesa do jogador e contra o dirigente e respectivo clube.

Não me lembro de ver nada assim no futebol nacional, vamos ver a cobertura mediática que vai ter e as reações de todos os responsáveis.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2018 às 12:43

O que vai acontecer é que Rafael Barbosa vai regressar ao Sporting, em prejuízo do próprio e indirectamente do Clube, porque não poderá competir até Janeiro.

O Sporting terá de repensar futuros empréstimos ao clube algarvio.

Havendo justa causa, devia ser feita uma queixa-crime contra esse tal "Rodiney".

O Sporting terá de ser mais cuidadoso ao emprestar um jogador. A utilização de Rafael Barbosa nos sub-23 do Portimonense anula a razão do empréstimo, nomeadamente porque ese visava dar-lhe experiência no escalão superior.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 30.09.2018 às 13:10

Independentemente do que vai acontecer a Rafael Barbosa em termos competitivos e na política futura de empréstimos, o Sporting tem de tomar uma medida exemplar e imediata contra esse clube e esse presidente.

Tem no mínimo exigir que peçam desculpa publicamente ao jogador e ao Sporting e apoiar o jogador caso queira levar o caso mais além.

Para além disso tem de exigir uma posição imediata da liga, federação e sindicato.

Vamos ser sérios, se fosse Bruno de Carvalho ou Frederico Varandas a agredir um jogador emprestado de outro clube, caia o Carmo e a trindade e não se falaria de mais nada nos próximos meses, por isso não podemos agora ficar serenos perante o que aconteceu
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.09.2018 às 19:03

Ora ai está um tema inesperado..

Com esta nova competição dos sub 23 os nossos jovens emprestados correm o risco de terem sido pedidos precisamente para jogar nesse escalão nessas equipas pequenas sem academias de formação , uma chico espertice e nao existe nada que o impeça perante os regulamentos.
Perfil Facebook

De Indiana Julio a 30.09.2018 às 19:03

Anónimo com nome ; Indiana Julio.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 30.09.2018 às 20:44

Eu acho que há, basta o clube que empresta impor condições.

Mas como esta prova é nova, é uma questão para a FPF resolver.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo