Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Reflexão do dia

Rui Gomes, em 12.02.19

 

simoes_770x433_acf_cropped.jpg

 

António Simões, em entrevista ao jornal Observador, comenta a recém-goleada do Benfica ao Nacional:

 

“Isto não é usual, não é uma goleada ‘à antiga’, como falam por aí. É uma goleada que não tem tempo, é intemporal. Jogo com ‘molho à espanhola’ e ‘piri-piri’ é só conversa.

 

Não faz nenhum sentido que haja estes resultados quando o conhecimento do treino e do jogo é muito maior do que há 50 anos. É difícil acreditar que os treinadores não tenham qualidade para criar uma estratégia de jogo que impeça resultados destes.

 

Os únicos que ficam contentes com isto? O Benfica. Ganhou 10-0. Extraordinário. E do outro lado? Os profissionais do Nacional foram completamente arrasados durante 90 minutos e foram completamente impotentes face ao desequilíbrio que existe!

 

É o momento de a Federação, a Liga e os Sindicatos se juntarem e reflectirem, pensarem bem no que querem para o futebol português. Até podem dizer que não tenho razão, mas eu quero lá saber. Não faço é de conta que isto é um momento de celebração e não de se reflectir e pensar sobre o que queremos, afinal para o nosso futebol”.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


88 comentários

Sem imagem de perfil

De Tiago Santos a 12.02.2019 às 13:08

Não queremos distribuir a riqueza? Então não foi o Sporting que fez o melhor contrato com a Nos?

Talvez fosse melhor sermos controlados por um qualquer Emir ou Sultão, como o PSG em França. Quer comparar desigualdades entre a liga portuguesa e a francesa? Ou com Inglaterra, em que a unica coisa que é dividida mais ou menos são os direitos televisivos mas tem clubes controlados por oligarcas russos ou por petro dollars?

Esse comentario só pode ser encarado como ironia...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 12.02.2019 às 14:01

Tiago Santos,

O benfica não é o único clube do mundo que transmite os seus próprios jogos? e com que intenção o faz? como é óbvio está fora do âmbito de acordo dos restantes clubes portugueses que negoceiam com a SportTv…. gostaria de saber se eticamente isto seria validado em qualquer outro pais europeu?

O que deveria acontecer em Portugal é como se faz em Inglaterra, isto é, vender o campeonato como um pacote integral e depois distribuir pelos clubes….. tentando desta forma equilibrar um pouco mais o campeonato.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.02.2019 às 14:47

Subscrevo sem por cem por cento o argumento que a transmissão de jogos por qualquer clube, independente dos restantes, não devia ser permitido, mas não compreendo como esta questão se relaciona com a essência do post.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 12.02.2019 às 15:02

Perdão... "cem" por cento. Equívoco de teclado.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 12.02.2019 às 15:52

A distribuição das receitas televisivas é o principal factor para diminuir a diferença entre os clubes mais fortes e fracos…. em Inglaterra é o campeonato com menor diferença entre as receitas do 1º e o ultimo classificado…. em Portugal temos a equipa com 50% dos adeptos que tem uma televisão à parte!
Sem imagem de perfil

De Tiago Santos a 12.02.2019 às 18:34

Meu caro, nós vendemos os direitos de transmissão à NOS. A NOS ficou tambem com os direitos de distribuição da Benfica TV, que na altura transmitia tambem jogos da Premier League e da Liga Francesa em exclusivo.

Chegou a falar-se que os jogos do Benfica voltariam para a Sport Tv, o que acabou por não acontecer por decisão da NOS. Essa decisão está nas mãos da NOS e não nas mãos do Benfica desde 2016/2017. Se tem alguma reclamação quanto ao tema, tem de se dirigir à NOS e reclamar.

Quanto ao facto de vender em pacote integral e distribuir segundo a classificação, acredito que isso baixaria o preço global em vez de aumentar visto que os 3 grandes têm uma cota de mercado muito superior aos outros, o que é completamente diferente de Inglaterra. Se os 3 grandes conseguiram mais ou menos 1500 milhões de euros entre os 3, os outros 15 não acrescentariam assim tanto ao bolo e as receitas televisivas iriam baixar para os 3 grandes, o que diminui a capacidade competitiva dos 3 na Europa. Seria mais justo para os pequenos mas pior a nivel do ranking europeu. Sinceramente não sei o que era melhor. Mas isso é tema para outras conversas.
Sem imagem de perfil

De chakraindigo a 12.02.2019 às 20:40

Em Inglaterra os estádios estão todos a mais de 90% de lotação por época.

O Estádio da Luz tem mais de 90% de lotação, bem como os do Sporting e do FCporto (não fui ver mas deve ser).

O Beleneses jogou com o Setubal, salvo erro, com a estratosférica assistência de 298 espectadores (duzentos e noventa e oito!!!!!!!).

Mais espectadores teve o campeonato de chinquillo na minha terra!!!!

Enfim, discutem-se coisas que não têm nada a ver com a realidade portuguesa.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo