Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Reflexão do dia

Rui Gomes, em 15.12.19

db392c3cf4469cf9a860d9a6509af5db-783x450.jpg

"A verdade vai-se apurando aos poucos, mas parece evidente que a Direcção agiu bem, de forma preventiva e inteligente, ao estabelecer os acordos possíveis com quem rescindiu.

Assente em tudo o que até agora se sabe, fica clarividente que o Sporting ficou com muito pouca margem de manobra para poder avançar com processos de pedidos indemnizatórios fundamentados no valor das cláusulas contratuais previstas.

Salvo a excepção do Rafael Leão e do Rúben Ribeiro, corriam-se riscos plausíveis e quase certos do pagamento de indemnizações e remunerações vincendas aos profissionais que rescindiram contrato.

Prejuízos incomensuráveis provocados pelas seitas de malfeitores e agentes de ilícitos, que recebiam mordomias e apoios de quem e em primeira instância tinha a responsabilidade, o dever e a obrigação de os não permitir, mas sim, denunciar".

Leitor: Rumo Certo - Ventos Favoráveis

publicado às 03:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 15.12.2019 às 08:54

Certeiro, "Rumo Certo", muito bem. Surpreende em absoluto como muitos adeptos sportinguistas relativizam agressões a jogadores e técnicos, ignoram a destruição de património do clube e minimizam a vergonha de ver diariamente o nome do Sporting associado a este acontecimento.

Lê-se a declaração de Mathieu no tribunal, como ele viveu (e ainda vive o assalto à Academia), e percebe-se todo o sentimento de opressão e de pavor que os jogadores sofreram.

Um abraço sportinguista!
Sem imagem de perfil

De Orlando santos a 15.12.2019 às 09:35

Salvou-se o que se pôde salvar com os acordos. A razão sempre esteve do lado dos jogadores e só alguns mal intencionados podem criticá-los.
Sem imagem de perfil

De Sel a 15.12.2019 às 10:28

Estou de acordo com a reflexão, mas não coloquem o Rafael Leão num filme à parte. Ele era o mais novo do grupo que foi atacado por uns selvagens à solta. Se algum dos selvagens lhe disse que não lhe iam bater, que garantias tinha ele de que não houvesse outro dos selvagens com vontade de lhe chegar a roupa ao pêlo? Quem garante que o jovem Rafael Leão não foi afetado pelo ataque? Passassem pela situação que ele passou e perceberiam um pouco melhor a situação do rapaz.
Atrás dos teclados somos todos uns corajosos do caraças.
Sem imagem de perfil

De António a 15.12.2019 às 13:59

Creio que houve um misto de pavor e aproveitamento.

Creio que poucos considerarão a realidade de a invasão ter sido o clímax de uma situação crescente de ataque aos jogadores que durava há meses.

Aliás, ainda hoje existe e alguns atletas continuam a receber ameaças pelos mais diversos meios.

A direção do Sporting mudou, mas as forças do mal continuam aí, livres, a operar.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo