Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

19731800_10154534981506555_5526817269652280837_n.j

 

Fábio Coentrão é o reforço número 32 da era Jesus como treinador do Sporting e o oitavo da actual temporada. Finalmente o internacional português foi oficializado como jogador leonino até Junho de 2018 na condição de emprestado pelo Real Madrid, que irá pagar praticamente quase 75% do vencimento do esquerdino e que ascende a quatro milhões de euros livres de impostos - o Sporting fica responsável por 1,3 milhões.

 

Existe um padrão interessante no consulado Jesus à frente dos destinos do Sporting. Na sua época de estreia, Jesus teve direito a 12 reforços, na sua segunda temporada mais 12 caras novas, e agora, numa altura em que o mercado está longe do seu final - termina a 31 de Agosto -, já tem oito novos futebolistas para a época que se avizinha.

 

Ao todo, o Sporting gastou 56,5 milhões de euros em 32 reforços contratados na era Jesus (desde a temporada 2015-16), ainda assim bem menos do que o Benfica no mesmo espaço temporal (72,46 milhões em 30 jogadores) e sensivelmente o mesmo que o FC Porto (53,8 em 24 atletas), com a nuance de que os portistas ainda não efectuaram qualquer operação no mercado neste defeso no que toca a entradas.

 

Ou seja, estes valores vão-se aproximar, como também o Sporting continuará no mercado, principalmente se os internacionais portugueses deixarem Alvalade. E é quase certo que vão sair dois elementos do quarteto formado por Rui Patrício, William, Adrien e Gelson. Sem falar em Alan Ruiz, que, supostamente, é pretendido pelo Rubin Kazan, da Rússia.

 

publicado às 11:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


10 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.07.2017 às 14:09

Acaba por ficar em nada. Mas estou curioso para ver como Jorge Jesus vai utilizar Alan Ruiz esta época, especialmente pela vinda de Doumbia. Mesmo no seu favorito 4x2x4, não vejo espaço para ambos.
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 07.07.2017 às 14:15

Pois tb não estou a ver como juntar os 3 no 11, a não ser que JJ queira reinventar o Alan Ruiz :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.07.2017 às 14:25

Como Jorge Jesus é muito teimoso, creio que vai insistir no 4x2x4, com dois extremos. Sendo assim, terá dois médios (o #6 e o #8) e um médio ofensivo ou falso ponta de lança nas costas de Bas Dost.

Bruno Fernandes é um puro #10, mas não o estou a ver nessa posição com Jorge Jesus. Para isso, terá de abdicar de um extremo, que até faz sentido, mas que não abdicará.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo