Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

zvroaw-3-420x240-academica_v_sporting.png

 

Uma exibição leonina com alguns bons momentos - especialmente na primeira parte -, outros nem por isso, mas em resumo geral uma resposta adequada ao desaire de Moscovo, mesmo perante uma equipa de "estudantes" muito inofensiva.

 

Mais uma vez alguma polémica em torno da arbitragem, com uma incrível falta para grande penalidade assinalada pelo árbitro-auxiliar contra Adrien Silva, aos 32', quando o jogador do Sporting chega primeiro à bola e foi o avançado da Académica que comete falta ao cair sobre o médio leonino. No outro extremo do relvado, outro lance igualmente controverso quando Slimani é derrubado na área. O defesa da Académica chega primeiro à bola, mas depois derruba deliberadamente Slimani. É discutível se o avançado do Sporting ainda poderia participar na jogada. Na sequência dos protestos e mesmo em cima do intervalo, Jorge Jesus acabou por ser expulso.

 

ng9A56A77A-C35D-4F12-9BC9-6194D298B9DD.jpg

Jorge Jesus fez, neste jogo, o que alguns de nós temos vindo a sugerir já há algum tempo: integrar Carlos Mané no onze inicial. O jovem acabou por corresponder com uma boa exibição e com o primeiro golo da partida, aos 6 minutos. Até vou mais longe e ainda sugerir que gostaria de o ver jogar nas costas de Slimani, quase como falso ponta-de-lança. Possui todas as características para render nessa posição.

 

Alguns breves reparos: a oportunidade que João Mário desperdiçou, frente à baliza, aos 15', a passe de André Carrillo, é inadmissível a este nível. Não se pode falhar assim, especialmente perante adversários com argumentos fortes. Adrien Silva atirou ao poste na execução da grande penalidade, aos 68', e na segunda, aos 83', Jorge Jesus indicou Aquilani para a marcação. Adrien ficou visivelmente insatisfeito com a situação, mas respeita-se a decisão do treinador, que teria visado aliviar pressões indevidas.

 

Não posso terminar sem comentar a exibição do "melhor goleador do Sporting": teve duas grandes oportunidades para golo no jogo, a primeira das quais num ressalto de bola para o segundo poste e com o guarda-redes fora de posição, rematou dois metros ao lado da baliza. A segunda, foi isolado na área por um excelente passe de Carlos Mané, e não conseguiu nem controlar o esférico nem bater o guarda-redes. 

 

O resumo do jogo está disponível aqui (5:55).

 

publicado às 04:44

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds