Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Gastaram-se litros de tinta, usaram-se uns quantos quilos de palavras, passe o exagero, com interpretações, tão ou mais subjectivas, que o lance de penálti revertido no jogo Sporting-FC Porto. Do que foi dito e escrito, resulta um denominador comum: o homem do apito, esteve certo na sua decisão em função do que observou directamente, mas, ao mesmo tempo, esteve errado, de acordo com as imagens televisionadas, que lhe foram apresentadas pelo VAR. Assim sendo, a reversão acabou por ser correcta, ou por outras palavras, "escreveu-se direito por linhas tortas". Quando o assunto cair no esquecimento, a banda continua a tocar.

Imagens televisionadas? Começam aqui as contradições. Porque razão o VAR meteu o "bedelho" onde não devia. Sobre tudo o que li e ouvi, há uma posição unânime: o lance em causa não constituía um erro grosseiro do árbitro. E mesmo perante as imagens que têm aparecido, a intervenção do defesa portista na acção do avançado é susceptível de diversas interpretações. Também não se nega o contacto, o que se discute, fundamentalmente, é se teve ou não influência no seguimento da jogada.

Screenshot (239).png

Para não acrescentar mais litros ou quilos à polémica, coloco algumas interrogações: o que se passou na comunicação, que não devia ter existido, entre o VAR e árbitro? O que viu este nas imagens televisivas que o levou a mudar a sua anterior decisão? Não viu contacto? Se viu, calculou então a sua intensidade? Com que certezas mudou a decisão? Será que não os tem no sítio? Tem medo de quê ou de quem?

Em conclusão, o homem do apito foi célere na marcação da infracção, mas depois de uma conversa de "pé de orelha", mudou de agulha. Acredito que quando foi ver as imagens já tivesse a reversão decidida.

Vimos vários comentadores encartados a dizer que não era caso para VAR, mas que a sua intervenção repôs a verdade, a partir da dita conversa, que não podia ter existido. Que raio de coerência é esta? A verdade é que é fácil bater num clube sério como o Sporting CP, ainda por cima com o acordo de certas facções internas. Na realidade, não me lembro de ver estes comentadores mexer uma palha, contra as falcatruas que beneficiam outros clubes. A verdade é que não se "escreveu direito por linhas tortas" mas escreveu-se "torto por linhas direitas". 

publicado às 03:49

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De Carla Pinho a 20.10.2020 às 09:22

Quando chegamos ao ponto de comparar o nível de influência (inexistente) do Sporting Clube de Portugal face a outros clubes, isso é revelador da mediocridade e suburbanidade negativa a que o futebol profissional em Portugal chegou.

Ou ainda ninguém reparou que a UEFA nem sequer se preocupa com o que aqui se passa, desde que nao afecte os campeonatos realmente importantes?

Futebol é pra ser jogado dentro de campo, não através de departamentos de marketing e juridicos. Mas isso agora não interessa nada.

Se o futebol em Portugal tivesse um mínimo de dignidade, a afirmação de um treinador profissional de uma instituição como o FCPorto em relação ao Sporting Clube de Portugal (que, queira-se ou não, É a maior potência desportiva nacional) deveria ter merecido o repúdio de toda a gente com um pingo de dignidade. Só que não.

SL
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 12:44

Carla Pinho,

Diz bem, o futebol é para ser jogado dentro do campo. Mas não é assim que acontece. O Sporting deve continuar a jogar dentro do campo, e aí procurar a vitória.

Os que jogam em dois tabuleiros, fora e dentro, continuarão a fazê-lo. Esse caminho errado, deve ser combatido e não seguido.
Sem imagem de perfil

De Carla Pinho a 20.10.2020 às 14:17

Cada vez é mais dificil ir contra a carneirada...
Sem imagem de perfil

De LG a 20.10.2020 às 09:44

Resumindo, nos tribunais é "in dubio pro reo" no futebol português (que triste deve estar com isso) é "in dubio contra os-calimeros-de-verde-que-só-sabem-chorar".

"a verdade é que é fácil bater num clube sério como o Sporting CP, ainda por cima com o acordo de certas facções internas"
Aqui fugiram-lhe os dedos para a chinela populista, o que é que existência de uma, dez ou um milhão de facções internas tem a ver com a vontade em bater no Sporting? Haveria facções internas na época do luto pela arbitragem, quando estávamos há 16 anos sem ganhar o campeonato? Havia facções internas na altura em que os árbitros fizeram greve contra o Sporting, antes de o campeonato começar na época de Domingos?
Pelo contrário, nada une mais as facções internas do que o ataque dos homens de preto
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 12:54

Curioso comentário de LG. Aos costumes disse nada. Fixou-se num pormenor (será pormaior?) passando ao lado da questão central. Facções internas existem há muitos anos, e são na minha perspectiva, uma das razõed no insucesso. Mas essas facções sempre se uniram em questões de defesa da honra. Estas novas facções querem não só que o Sporting perca, como seja humilhado. E nem se unem contra os "homens de preto". Não é um questão de chinelo ou de bota de cano alto. É uma questão de anti sportinguismo.
Sem imagem de perfil

De LG a 20.10.2020 às 13:14

NV, quanto ao resto concordei, daí o meu "resumindo...".

Mostre-me então esses exemplos de quem se tenha negado a criticar a arbitragem por isso significar dar razão a Varandas. Aqui não os vi
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 14:04

LG,

Independentemente de posições contra a Direcção, nunca pus em causa o seu sportinguismo. Os que fazem oposição permanente e agressiva, em função de interesses que não são os do Sporting, com raras excepções, não andam por aqui. Andam por outros blogs, e principalmente, no Facebook do Sporting.
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 20.10.2020 às 22:31

Muito bem, caro Nação Valente. Antigamente nenhum sportinguista permitia que gozassem com o clube, fosse qual fosse a Direcção ou o Presidente. Esta forma de estar de destes "sportinguistas", têm ajudado e muito para que o Clube não tenha paz e não conquiste campeonatos há muitos anos. Conjugado com alguns roubos de igreja, que em 18 anos nos sonegaram 3 campeonatos.

SL
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 20.10.2020 às 10:17


Como as pessoas têm memória curta, e criam realidades alternativas que encaixem numa narrativa para auto-convencimento. Lembro quem colocou Pedro Proença na presideência da Liga :


Diário de Notícias 24/7/2015

"O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, considerou hoje que o ex-árbitro Pedro Proença tem o conhecimento necessário para começar um novo caminho, de modernização, na Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP).

"Já tínhamos referido que era necessária uma mudança no futebol. Novas ideias, novos paradigmas, a modernização do futebol. Pedro Proença encarna essas características (...). É fundamental começar a apostar em quem tem o 'know how' que possa ajudar a Liga, o conhecimento das boas práticas, gestão, captação de novas receitas", disse o líder 'leonino', em declarações à Sporting TV.

Pedro Proença anunciou hoje a candidatura à presidência da Liga de clubes, tendo a concorrência do atual líder Luís Duque nas eleições de 28 de julho.


"Devemos começar a olhar para o mundo global e trazer mais-valias para o futebol português. É um candidato que pode começar esse novo caminho", disse Bruno de Carvalho.

Bruno de Carvalho criticou ainda Luís Duque por este ter dito que Proença tinha trazido terceiros para as eleições, referindo que não foi o atual presidente que "trouxe para a Liga a NOS, os CTT e os 300 mil euros".

"Os clubes estão conscientes do que se está a discutir nestas eleições e é salutar haver mais do que um candidato. Os clubes estão contentes por terem essa capacidade de escolha e por perceberem que essas entidades que trouxeram patrocínios para a Liga vão continuar a fazer isso com Pedro Proença", afirmou.

Bruno de Carvalho considerou que "a Liga viveu um momento mau com uma série de clubes a desejar a saída do anterior presidente da Liga".

"Tudo o que aconteceu não foi benéfico mas podemos continuar a olhar para isso e esquecermos que o importante é haver soluções. Continuamos neste caminho de mudança, da procura de novos paradigmas, da escolha de árbitros pelo sorteio em vez da nomeação, que foi bem clara. Os clubes querem novas realidades e um futebol mais forte e ganhador, não querem um futebol de sobrevivência. Esse crescimento consegue-se com novas pessoas, maneiras e procedimentos", referiu.

O líder 'leonino' disse ainda que "quando o FC Porto e o Benfica se juntaram para apoiarem Luís Duque, era considerada uma união benéfica para o futebol português, agora que existe alguém que teve a capacidade de receber o apoio de dois clubes [Pedro Proença tem o apoio de FC Porto e Sporting] é colagem".

"Uma Liga forte é melhor para todas as equipas e o futebol vai perceber isso", referiu."

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 13:02

Curioso comentário de um adversário, que saúdo desportivamente. Fixa-se numa pequena alusão do texto, sobre clubes que nem estão referenciados, para tentar demonstrar a influência, passada, do Sporting, nos órgãos da Liga. Assim sendo, que benefícios tirou o Sporting disso? Até o campeonato que esteve à beira de vencer, perdeu, em parte, por culpa própria, mas não só.
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 20.10.2020 às 13:11

Retribuo a saudação desportiv, os clubes estão referenciados, e o apoio de Bruno de Carvalho a Pedro Proença, que ainda é o Presidente da Liga, foi bastante notório na época. Além de terem sido colegas na Faculdade, o Proença jogou andebol no Sporting, tudo isso foi bem falado na época, e apresentado como uma vitória estratégica do Presidente do Sporting. Agora se não ganharam campeonatos, é como diz, não precisam de adversários, derrotam-se internamente.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 14:09

Concordo que pode ter sido uma aposta estratégica do Presidente, na época. Mas tenho dúvida que tenho sido uma vitória.
Sem imagem de perfil

De Robbie Fowler a 20.10.2020 às 15:10

Sim, se pensarmos que não resultou em nenhum campeonato ganho, concordo, mas que o Sporting teve influência na escolha de um presidente da Liga, e na escolha do Fontela Gomes, o presidente da arbitragem, que foi impulsionado pelo Bruno de Carvalho, incluindo a contratação do filho para o Sporting. Agora se depois isso não se traduziu no que era pretendido, já é outra coisa, mas baterem no peito como se não se metessem nessas coisas, isso é que não.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.10.2020 às 10:21

Comentário apagado.
Sem imagem de perfil

De João F. a 20.10.2020 às 10:30

Muito mais do que o teu! Não tem 6 processos por causa de e-emails, vouchers, tentativa de suborno de jogadores, violação do CITIUS, etc.

Já te tinhas esquecido!... Mas haverá sempre alguém para te lembrar.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 20.10.2020 às 10:28

A arbitragem em Portugal é incompetente, com poucas excepções. Todos os árbitros erram enviado e admissível e não faz mal nenhum. Há 30 anos não havia VAR podíamos todos chamar ladrão ao árbitro e não vinha mal ao mundo.
Ao assistir ao jogo não né pareceu penalty e não era sudo por isso que empatamos. “Oferecemos” dois golos ao adversário, o segundo é de chorar mesmo. Se o VAR devia intervir ou não , não sei, não conheço a regra. O que o Sporting se calhar devia era exigir esclarecimento escrito ao CÁ sobre o lance do Zaidu e que fosse passada uma directiva a todos os árbitros e clubes sobre lances iguais para fazer jurisprudência (presume-se que a lei diz que é caso para cartão amarelo visto que ontem no Boavista vs Vitória de Guimarães Quaresma tem uma entrada assassina de pítons sobre um adversário e viu cartão amarelo e não vermelho....
Entretanto os árbitros moralmente corruptos fizeram queixa do presidente do Sporting para o meter certamente na boa ordem, que é de manter a bola baixa e comer calado. Esperemos que o Sporting não se deixe intimidar e possa continuar a defender os interesses do futebol contra gente mal resolvida mas com insígnia. A juntar à onda temos ainda o inefável presidente do eterno rival a ser mal educado com o Sporting, gesto que o presidente do Sporting e o Sporting não devem esquecer porque não é inocente. O Sporting teve um bom arranque de campeonato e isso incomoda o statu quo. Nada de novo, manter a guarda e ripostar a esta gentinha que nos quer ver afastados da competição à quarta jornada.
SL
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 20.10.2020 às 11:20

Cair no esquecimento ? Num pais como o nosso em que reina a impunidade no futebol ficou logo esquecido apos o final do jogo, para essa gente , "no pasa nada" .

A comedia de que os 2 mafiosos do nosso futebol nao se falam, que nao têm quaisquer relaçôes é conversa de tolinhos ou para tolinhos , todos nós sabemos como funcionam em conjunto para secarem tudo a sua volta para depois dividirem os despojos dos roubos no final de cada época.

Depois claro , faz parte que se torne publico que se dâo muito mal .

Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 13:08

Julius,

Os dois rivais "mafiosos" que refere jogam em dois tabuleiros para ganhar, dentro e fora do campo. Procuram dividir entre si os títulos, às vezes utilizando o Sporting, como aliado de circunstância. O Sporting tem de perceber que não pode fazer esse jogo. A sua luta é dentro campo para ganhar, e fora para denunciar essa corrupção.
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 20.10.2020 às 11:41

Nação Valente

Quando se tem uma CS , que apenas conhece um clube neste País, por mais ruído que se faça os efeitos são nulos. Li que os apitadores vão processar o nosso Presidente.. por palavras proferidas. !!!!! Em contrapartida os outros dirigentes dizem tudo deles, criticando as suas actuações e inclusive chamando-lhes ladrões e estes "queridos". ouvem nas calmas os insultos. e nada fazem.A falta de seriedade nos comentadores (ex-apitadores) é arrepiante, pois todos são unânimes que não existiu penalti em Alvalade. Mas, não dizem que o VAR não deveria ter interferido. As fotos não são suficientes para verificarem que houve puxão, pontapé e joelhada no jogador do SCP? Ontem já depois das pessoas estarem a dormir ( depois das 24 horas) um dos concorrentes ás eleições do SLB apareceu no canal TVI a ser entrevistado. Fiquei sem saber a que horas houve essa entrevista. Na RTP o DDT do futebol entrou directamente no programa desportivo dos domingos. Concluindo não é apenas o SCP e os restantes clubes que são marginados na CS, pois ninguém consegue alterar a situação em que vive o desporto (futebol) no nosso País. Fernando Albuquerque (SCP)


Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 13:15

Fernando Albuquerque,

Obrigado pelo contributo. Subscrevo o que escreve. Concordo que é difícil alterar a situação em que vive o futebol português, mas não devemos deitar a toalha ao chão. Temos de continuar a alertar para o que está errado. Pode demorar, mas quem porfia mata caça. É a minha esperança.

SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 20.10.2020 às 15:23

Caro Nação Valente

Alguns árbitros alcançaram a imortalidade porque integram o grupo de apitadores que prejudicaram ostensivamente o Sporting. A propósito deles, e de Inácio de Almeida que arbitrou um Benfica-Sporting disputado em Maio de 1981, o presidente João Rocha, que não era pessoa de mandar recados por outros, disse que o árbitro “tem antecedentes e tem uma alergia especial ao Sporting”.

O árbitro do jogo e principalmente o VAR padecem claramente dessa alergia!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 20.10.2020 às 16:04

Esta dupla, mostra alergia ao Sporting, há muito tempo. Mas não são os únicos, caro Leão Zargo.
Sem imagem de perfil

De Cris Dileo a 20.10.2020 às 16:00

O que aconteceu aqui, acontece sempre que o Sporting está perto do topo.

2 ou 3 jogos assim é o suficiente para a equipa perder lugares e consequentemente o foco e motivação.

Depois lá para março quando estivermos a lutar para nada, arranjam 1 ou 2 jogos em que somos beneficiados.

Nada de novo aqui e nada de novo na incapacidade das direções em reverter isto.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo