Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rúben Amorim sobre Paulinho

Rui Gomes, em 25.04.21

img_467x599$2021_04_25_00_06_00_1842282.jpg

Rúben Amorim comentou o momento do Sporting e fez algumas observações sobre dois ou três jogadores do plantel leonino, com destaque para Paulinho:

“É preciso lidar com naturalidade com as críticas aos últimos resultados. Tenho zero redes sociais, portanto estou blindado dessa situação. É uma escolha de cada um gerir da melhor forma. Cabe-me a mim dar os conselhos que acho que devo dar. Faz parte do futebol, há fases boas e fases menos boas. É preciso lidar com naturalidade.

Sabemos do momento, não somos ingénuos, mas não é decisivo, nem para o Sporting e muito menos para o Paulinho. Para mim, é o melhor avançado português e está a fazer um bom trabalho, concordem ou não.

Estofo teve porque veio do Santa Maria até ser o jogador mais caro do Sporting, chegou a internacional, lutou muito. Veio do Gil Vicente para o SC Braga; numa primeira fase ficou fora das escolhas para a Liga Europa que eu lembro-me.

Um jogador que vem para o Sporting tem de estar preparado para este nível de pressão. Mas é muito bom o Sporting voltar a ter este nível de pressão, uma equipa que está em primeiro lugar, tem quatro pontos de avanço, é o sinal de vitalidade que o Sporting voltou ao seu lugar, a enfrentar estes momentos. Vinha a avisar para estes momentos, tínhamos pressão. O Paulinho tem de se aguentar, como todos".

publicado às 05:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


3 comentários

Sem imagem de perfil

De João Gil a 25.04.2021 às 15:49

Faz bem RA em defender o jogador, que por acaso é um bom avançado. Não é um Lewandowski, mas é um bom avançado para aquilo que RA pretende. Neste modelo de jogo do Sporting e deste treinador o avançado clássico como Bas Dost não é um jogador imprescindível. Para além do dinheiro, terá sido também por isso que o deixaram sair, se bem nos lembramos todos. Enquanto os adeptos não perceberem qual o tipo de jogo de RA vão desfazer no Paulinho, injustamente. Desde que Bas Dost foi embora passámos a ter como goleadores máximos não avançados, mas médios ofensivos (Bruno Fernandes e agora “Pote”). Pura e simplesmente porque o futebol da equipa deixou de alimentar o avançado centro para o tornar mais um da linha atacante, com as mesmas obrigações que os restantes. Se tivéssemos ganho os jogos que empatámos recentemente ninguém falava no Paulinho. Contra o Moreirense marcou dois bons golos, mas infelizmente só um contou e nem sequer foi por culpa dele, que estava em jogo e fez o que era esperado que fizesse. O problema que o Sporting tem vindo a enfrentar não é o Paulinho, pelo contrário, é o abaixamento de forma do Porro, do Pedro Gonçalves, do Palhinha, do TT, a lesão do Nuno Santos que só agora está a voltar à forma, o afastamento do Plata que foi importante por ex. contra o FCP, a recuperação lenta do Matheus Nunes que teve covid (as pessoas esquecem-se do que se passou com a razia que tivemos no início da época e que nos custou a eliminação da liga Europa, ou o impacto que o covid teve no Benfica a meio da temporada e que lhes custou a posição que agora tém), etc..Paulinho é o menor dos problemas do Sporting, nesta fase da prova. Esperemos que logo à noite em Braga o Sporting se apresente globalmente melhor e possa reencontrar-se com a vitória. SL
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 25.04.2021 às 16:57

João Gil, seria muito difícil o Pote, o TT e o Porro, com 22, 18 e 21 anos, conseguirem manter aquele nivel a época toda.
Apesar das necessárias questões disciplinares e de compromisso, concordo que o Plata, em determinados jogos, poderia ter sido uma ajuda importante.
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 25.04.2021 às 19:16

Paulinho? Hoje até pode ser de autogolo de momento que trouxermos o pote dos 3 pontos.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds