Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Está montada uma grande discussão em redor de Rui Patrício.

img_240x200$2015_10_26_19_11_45_1006496_im_6358148

Do seu ‘sportinguismo’ ou até da falta dele. Das motivações que o levaram a rescindir, alegando justa causa, com o clube que o formou como homem e jogador. Dezoito anos não são dezoito dias e quem passa tanto tempo ligado a uma instituição nunca a pode esquecer. Pelos momentos bons assim como pelos momentos maus. Os sentimentos são ambivalentes e contraditórios e, muito por isso, os adeptos estão divididos. No apoio e nas críticas, algumas das quais muito duras e destrutivas.


Os adeptos continuam ligados a uma ideia antiga mas desactualizada, desde que o futebol se profissionalizou, na ‘era da industrialização’.

Os jogadores podem começar por ser adeptos e revelar o seu afecto ou simpatia por um determinado emblema, mas têm de fazer uma carreira ‘em 20 anos’, grosso modo, e nesse ciclo têm de olhar para os seus contratos e para aquilo que podem encaixar, aqui ou na Conchichina. Por si próprios, hoje e no futuro, e pela suas famílias.

Quem não entende isto, não entende nada. Há jogadores mais ou menos ‘romantizados’, no sentido de serem mais ou menos susceptíveis às questões de um certo ‘amor clubístico’, e é a estes – os mais ‘romantizados’ – que os clubes devem prestar maior atenção. Se o Sporting (com Bruno de Carvalho) tivesse tido a percepção banal de conciliar a oferta de um bom ordenado e outras compensações com a criação de um bom ambiente, no qual um dos seus ‘capitães’ e figura de proa do plantel se sentisse desejado e bem tratado, estou certo de que Rui Patrício estaria ganho para terminar a sua carreira em Alvalade.

Haver ofertas externas ou a intenção de se melhorar as condições contratuais não pode ser observado como um sacrilégio. É algo absolutamente normal no futebol hodierno. É natural, pois, que - enquanto esteve de leão ao peito - Rui Patrício tivesse sido colocado em sobressalto, várias vezes, com a ideia de mudar e sair. Normal, repito. Esta coisa de querer fazer dos jogadores-emblema uma espécie de monges de mosteiro é uma coisa tão disparatada como querer misturar questões de fé com dinâmicas profissionais, do foro técnico-desportivo.

O que aconteceu na Academia, em Alcochete, é algo que nunca deveria ter acontecido – e a razão pela qual coisa idêntica nunca aconteceu em qualquer Academia do Mundo demonstra a singularidade e a gravidade da situação.

Neste plano, Rui Patrício foi colocado debaixo de uma pressão não apenas inusitada mas também insustentável. Qualquer dirigente com dois palmos de testa entenderá que um jogador não tem apenas direitos como não tem apenas deveres. Direitos e deveres devem andar de mão dada. E isto é válido para todos aqueles que constituem as estruturas dos clubes de futebol. 

Fazer dos jogadores uma espécie de escravos-de-luxo, ligados roboticamente aos seus ‘grandes ordenados’, sem qualquer respeito por aquilo que são as suas convicções e sentimentos, tentando dominá-los como se fossem cães de trela passeados pelo dono, foi aquilo que Bruno de Carvalho quis fazer deles, no auge de uma visão tão obcecada quanto funcionalmente ofensiva dos valores mais basilares de convivialidade e tolerância.

Rui Patrício foi ofendido e humilhado. A ‘chuva de tochas’ com que foi mimoseado e ironica e hipocritamente ‘celebrado’, numa das balizas da qual foi principal guardião durante anos a fio, foi apenas uma ínfima parte de uma estória de ‘humor negro’.

O Sporting nunca podia ter perdido Rui Patrício nas condições em que o perdeu e o único culpado foi o ex-presidente dos ‘leões’, que não soube lidar nem com a fama, nem com o sucesso que chegou a ter, nem com o monstro que deixou desenvolver dentro de si próprio.

Rui Patrício tinha todo o direito de um dia poder assinar por outro clube e sair do Sporting, mas nunca nas condições em que aconteceu. É evidente que o Wolverhampton é de menos para um dos melhores guarda-redes europeus; é evidente que Jorge Mendes chamou para si a gestão do negócio e da carreira de Patrício – e também parece óbvio que o ‘Wolves’ só pode ser um clube de passagem… 

Como parece óbvio que, quando assinou pelo Wolverhampton, Rui Patrício não acreditou que Bruno de Carvalho iria ser destituído ou saísse da presidência. Tê-lo por perto era um pesadelo – e não apenas para o ex-capitão do Sporting. Os ‘símbolos’ nunca se destroem, mesmo quando parecem destruídos.

 

Rui Santos

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:05

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


39 comentários

Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 08.07.2018 às 08:45

Um bom artigo para o idiota do adv Pedro Proença ler.
Sem imagem de perfil

De antonio a 08.07.2018 às 09:41

Porquê o Proença?

Se há coisa com que o Proença se devia preocupar é por que motivo o ano passado a calendarização dos clubes que disputavam o acesso à Liga dos Campeões tinha certa regras vantajosas para os mesmos e este ano... nada disso.

Curiosamente o Sporting era o clube que disputava o acesso à LC e este ano é outro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.07.2018 às 11:51

O leitor não se refere a esse Proença.
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 08.07.2018 às 12:58

👍
Sem imagem de perfil

De antonio a 08.07.2018 às 13:08

Oops têm toda a razão :-D

Estava todo empolgado para escrever sobre este assunto...
Perfil Facebook

De Mike Portugal a 08.07.2018 às 08:50

O Rui "caracolinhos" Santos é que não percebe.
Não está em causa os jogadores quererem sair para fazer grandes contratos. Está em causa o aproveitamento da situação para forçar a saída do clube que os fez quem eles são hoje (na maior parte dos casos).
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 08.07.2018 às 09:27

P.f. Mike, leia o texto novamente com atenção, 1 ou 2 vezes mais...
é que não percebeu nada do mesmo
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.07.2018 às 14:58

M,
Não percebeu nada do texto, e o mais grave é que não quer perceber.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 08.07.2018 às 09:32

E é isto !!
Só faltou mesmo acrescentar aquela estúpida conf. imprensa dada pelo BdC na véspera da final taça em que adverte publicamente Rui Patrício de ter respondido aos adeptos no estacionamento do Sporting...
Tenho pena que tantos sportinguistas não entendam a situação insustentável em que estava o Rui Patrício.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 08.07.2018 às 09:56

Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 08.07.2018 às 10:30

Sinceramente estou-me a borrifar para o Rui desde o dia que rescindiu.
A partir desse momento "morreu", não sei lidar com traições de outra forma. Agora só pretendo que o clube seja ressarcido de tudo a que tem direito.

P.S: Entretanto os apoios a JL já voltaram ... curiosidade apenas.
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 08.07.2018 às 11:47

Só por curiosidade!!!
Não voltaram a ter!!!
Nunca deixaram de ter!!!
Só vês o Alcorão
Sem imagem de perfil

De Sérgio Palhas a 08.07.2018 às 12:10

Mas conhece me da algum lado por acaso !?????
Poupe me os seus comentários parvos ... fiquemos por aqui que não gosto muito de ter tempo com qualquer um.
Perfil Facebook

De Luis Vicente a 08.07.2018 às 13:12

Aí bem que não conheço.
Curioso que não respondeste ao meu comentário.
A verdade dói
Pois dói!!!!
Se os meus comentários são parvos,passa ao lado.
E acabas por fazer figura igual
Só por curiosidade,ainda não percebeste que nem os Sportinguistas enganas?
Devagarinho vais tentando passar a mensagem do lunatico.
Já não enganas ninguém por mais mentiras que contes!!!!
Sem imagem de perfil

De Paulo Ricardo a 08.07.2018 às 10:47

Os que criticam o Rui Patrício, esquecem-se que se ele não tem rescindido (e servido de exemplo para os colegas que o seguiram), o mais certo é que nesta altura o Bruno de Carvalho ainda seria o presidente do sporting.
Pessoalmente creio que o Rui Patrício fez um grande favor ao seu clube e, embora no curto prazo vá ser duro, numa visão nais alargada terá sido a salvação do Sporting.
Sem imagem de perfil

De João Tavares a 08.07.2018 às 11:21

👍👍
Sem imagem de perfil

De Sr. Feliz a 08.07.2018 às 11:45

Quer o "amigo" dizer que é sempre um momento feliz quando alguém de modo consciente e voluntário prejudica gravemente o SCP, abrindo ainda um estradão para mais oito passarem.....!! eh eh eh eh

Nota: até o pequeno Podence "quererá" umas centenas de milhar, certamente por ter estado lesionado a maior parte da época e sempre a receber o ordenado.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.07.2018 às 15:04

Sr. Feliz, como sempre muito infeliz. Quem prejudicou gravemente o Sporting foi o ditador golpista destituído. E ainda a missa vai a meio. Aos costumes diz sempre nada.
Sem imagem de perfil

De Sr. Feliz a 08.07.2018 às 18:43

Caríssimo com o quer que seja feliz se não entende nada, que se saiba os contratos dos jogadores são com o Sporting CP, e não com o presidente ou qualquer outro "meco" que por este ou aquele motivo (incluindo eleições) representa a Instituição, compreende?

Aos costumes o que digo é que o Conselho Directivo (provisório) e o Conselho Fiscal e Disciplinar (provisório) devem tomar as suas decisões RAPIDAMENTE para que as eleições decorram com a normalidade que permita sabermos o futuro do Clube e não que decorram a discutirem-se os últimos 5 anos, o que só servirá a quem quer servir-se e não servir o SCP, percebeu?

Nota: "Aos costumes diz sempre nada" - significa dizer-se que não se tem interesse directo nem se ganha beneficio direito ou indirecto com a posição/opinião manifestada. O que em nada se aplica ao tema em discussão (esta foi de borla!) eh eh eh eh
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.07.2018 às 22:02

Sr Feliz,
Embora faça parte das minhas funções, não costumo dar lições , a quem não as deseja e também porque não gosto de "armar ao pingarelho". Pelos vistos há quem goste.
No entanto, como faz uma afirmação que só é uma meia verdade, vou tentar esclarecer: A expressão "...Aos costumes: disse nada… faz parte de um articulado jurídico mais vasto, no qual uma testemunha garante que não tem qualquer tipo de afinidade com determinado réu .Desta forma, aplica-se na linguagem denotativa, ou literal.

Existe, porém, a linguagem conotativa, ou em sentido figurado,muito comum nos textos literários, e que apresenta uma variante de significados. A frase adaptada "aos costumes diz sempre nada" tem clara intenção conotativa, procura acentuar uma formulação, com a qual, o Sr. Feliz quer fazer passar a ideia que, no caso em debate, só existem determinados culpadas, apagando o nome do causador da situação. A língua portuguesa é criativa e versátil e daí a sua riqueza. Como exemplo, desse tipo de linguagem, deixo-lhe este pequeno excerto do poeta Gonçalves Crespo, já que a poesia, é a mais rica expressão da arte conotativa.

As mãos dessa franzina criatura
São feitas das camélias cetinosas;
Ressumbra na suavíssima textura
O azul das ténues veias caprichosas

Se se limitasse ao conteúdo em debate, como é natural, teríamos perdido menos tempo.
Sem imagem de perfil

De Paulo Ricardo a 08.07.2018 às 22:41

Caríssimo Sr. Feliz, se não se deu ao trabalho de tentar perceber a minha ideia, não vou ser eu a perder tempo a tentar fazê-lo.
Ninguém é obrigado e ficar quando o líder de uma organização é louco.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 08.07.2018 às 11:27

A carta do Rui Patrício é uma hipocrisia, ele quer ser o maior em 2 mundos.... no escritório do Mendes e no coração dos sportinguistas.... mas são 2 mundos antagónicos.
Enviou uma carta de rescisão dirigida ao Sporting, esta foi uma decisão que visou apenas a sua vida como profissional.... tem esse direito enquanto pessoa que quer ganhar mais dinheiro.... mas não tem o direito de se assumir como sportinguista, porque colocou outros interesses acima dos do Sporting, e isso não é ser sportinguista.
Da minha parte será tratado como todos os outros profissionais que passaram pelo Sporting, mas morreu o símbolo Rui Patrício, deixou-se de ecoar por Alvalade os gritos aquando das suas defesas, sendo aliás agora aplaudido vigorosamente no estadio da Luz.... vergonha Rui Patrício é o que me dás quando te dizes ser um de nós.... se fosses um de nós abdicavas da tua rescisão e defendias os interesses do clube. A forma como levaste este assunto para os empresários e advogados foi uma facada no coração de quem te defendeu ao longo dos anos.

Termino dizendo que não foi por acaso que nunca foste um grande capitão.... essa tua atitude reservada e pouco lider, vieram à tona no fim da tua carreira no Sporting.... afinal foste sempre assim.... num momento difícil para o clube, fugiste e colocaste o clube numa posição complicada, o que pode a Comissão de gestão fazer?! Serás sempre recordado como um dos 9 que fugiu....
Sem imagem de perfil

De Manuel Vicente a 08.07.2018 às 11:55

Sr. Rui até quando temos de ler os dislates deste senhor? Uma pessoa, conjuntamente com muitas outras que aqui andam, que é responsável pelo estado a que o nosso clube chegou. Este Schmeichel é um pau mandado. Não tem voz própria. Está muito incomodado que o seu guru tenha sido corrido pela força dos votos dos sócios do SCP. Embora de quando em vez venha com argumentações críticas a BdC. Não se enganem meus caros amigos sportinguistas. Esta é a estratégia daqueles que querem novamente a criatura no poleiro.

Conheço Rui Patrício. Sou seu amigo. O Rui tem mais sportinguismo que este néscio que dá pelo "avatar" de Schemeichel. Só o facto de usar o nome de um grande jogador do SCP devia envergonhar esta anta. E só o insulto porque ao insultar Rui Patricio está a insultar-me a mim e a milhões de sportinguistas. Rui Patricio e os seus colegas foram vitimas de um assédio que nunca em Portugal foi feito por um presidente a jogadores do seu clube. Para além dos insultos presenciais, os jogadores foram alvo de bullying via sms. Quando o toque de sms ecoava ficavam logo a temer uma mensagem do dito presidente. Eram várias ao dia. Quem consegue trabalhar assim? E também sei que as suas companheiras e familia eram brindados com mensagens nojentas e intimidantes. Se o SCP vier a chegar a acordo com O Middlesborough é porque Rui Patricio quer que o SCP não fique de mãos a abanar.

Pergunto : quem consegue trabalhar assim ? E vem esta aventesma criticar Rui Patricio? Porque é que não pedes responsabilidades ao teu guru? E escusas de responder porque não vou dar-te mais tempo de antena. Até porque deves estar aflito. A avença da Y&N acabou. Acabou a mama e agora estás a ver se consegues reverter a situação. Vai-te catar e tem vergonha. És a vergonha do sportinguismo! Tu e todos aqueles que apoiaram o verme que esteve na presidência, vão ser conhecidos como aqueles que estiveram quase a acabar com o SCP. Tristes ! Bandalhos ! Vendidos! Estes vão ser os adjectivos mais simpáticos que as gerações futuras vos vão chamar.

Viva o SCP. Abaixo todos os Schmeicheis que poluem a atmosfera sportinguista. A verdadeira, não aquela que se deixa vender por uma avença.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 08.07.2018 às 12:05

O Rui Patrício quando vier um dia a Alvalade vai perceber que ficou visto como traidor.... foi coincidência terem alterado o jogo da Selecção de Alvalade para a Luz?!?.... e sim Viva o Sporting e não o os empresários e jogadores que mamam do Sporting!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 08.07.2018 às 12:14

Já agora.... Você é amigo do Rui Patrício e nem sabe o nome do clube inglês para onde ele vai?!?
Sem imagem de perfil

De João Carvalho a 08.07.2018 às 12:23

Manuel Vicente,
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.07.2018 às 11:55

A lata de alguém que andou anos - quiçá, ainda anda . a apoiar o indecoroso lunático do ex-presidente, de acusar outros de hipocrisia.

Não tem vergonha na cara Schmeichel ???
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 08.07.2018 às 12:12

Eu já disse milhares de vezes que não fui eu que mudei, foi o BdC que fugiu do seu programa eleitoral.... eu continuo a defender o programa eleitoral em que votei.... logo não sou hipócrita! Se BdC endoideceu e com isso retirei o meu apoio a ele, isso apenas é revelador de que a minha visão é a da defesa do Sporting....

Vergonha teria se utilizasse um ataque terrorista para sacar 7M de comissões ao meu agente.... mas deixe lá.... o Rui Patrício seria ainda mais sportinguista se sacasse uma indemnização ao Sporting, ai sim, seria o maior do Mundo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.07.2018 às 12:57

Só o v/facciosismo não lhes permitiu ver. O lunático é o que é desde o primeiro dia, métodos variaram, mas sua essência permaneceu inalterada.

Vocês recusaram ver isso e muito mais, além de quererem banir do Sporting todos aqueles que não partilhavam do v/facciosismo.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 08.07.2018 às 13:43

Não é verdade.... eu votei num projecto de reestruturação financeira e de aposta na formação.... a realidade é que desde a entrada do JJ o projecto que eu votei acabou.... eu nunca exigi títulos e nunca pretendi limpezas étnicas no Sporting.
Mas não percebo porque razão vêm sempre com essa história de ter apoiado BdC.... Vocês acreditam que a maioria dos sócios do Sporting consideram o Rui Patrício um herói?!? Brunista ou Croquete a realidade é só uma.... o Rui Patrício rescindiu e fugiu do Sporting... Cintra é hoje o líder, logo acabem com as desculpas ao Rui Patrício!
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.07.2018 às 15:11

Já há muito que me enoja este triste espectáculo dos brunistas convictos ou arrependidos contra Rui Patrício. Já manifestei, e por mais que uma vez, a minha opinião e não me vou repetir. Este discurso de ódio e de falta de respeito por qual quer ser humano, só merece uma resposta: desprezo.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 08.07.2018 às 22:13

Desprezo foi o que o Rui Patrício teve com o Sporting....
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 08.07.2018 às 23:35

Quando não se respeitam os símbolos do clube, não há mais nada a dizer.
Sem imagem de perfil

De Sr. Feliz a 08.07.2018 às 11:36

É uma infelicidade este RS. Andemos uns anitos para trás e vê-lo-emos a aplaudir o destituído.
Andemos não tanto para trás e é vê-lo de jerrican a espalhar gasolina á vez no FCP, no SLB e sobretudo no SCP (dizem as más linguas que não teve convites para dirigir a SportingTV), bastando com prova disso a pseudo-espertice das perguntas/boateiras com que mima os telespectadores da SIC.

Decididamente, este não me faz feliz, eh eh eh eh
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.07.2018 às 11:57

Há outros muito mais "infelizes"... pelos vistos!
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 08.07.2018 às 18:10

O Rui Santos ia deixar a SIC Notícias onde tem grandes audiências do povo português em geral para ir pra um canal de nicho? Só pode estar a brincar.
Sem imagem de perfil

De Pisca a 08.07.2018 às 12:30

Umas duvidas apenas.

Um jogador foi "criado" no clube e as restantes centenas que com ele privaram ao longo dos anos e foram atirados/deixados à beira da estrada ? Ele foi ficando porquê olhos bonitos ou mais valia e possível negócio do futuro ?

Anos seguidos num clube implica "contrato" de escravidão ? Está ao nível da máquina de cortar a relva ? Quando já não funcionar atira-se para o armazém dos inuteis ou vende-se para a sucata

Quando tratado "abaixo de cão" pela entidade patronal só tem que baixar as orelhinhas e agradecer piamente os tais anos de "criação" ?

Comentadores há que rasgam as vestes pela saída do jogador, creio que muitos são os que no supermercado se a empregada da caixa não é atenta e veneradora, clamam logo por "pôr a gaja na rua" não se pode ter gente desta

Bom domingo
Sem imagem de perfil

De Pacheco a 08.07.2018 às 18:13

Perfil Facebook

De Victor Peres a 08.07.2018 às 18:44

O Rui fez o que qualquer homem digno faria: perante ofensas, provocações e agressões, saiu. Como alguém já referiu, aqui o culpado é outro, e Rui rescindiu numa altura em que não se sabia se ele saía ou não. Pois se ainda hoje nào se sabe se volta! E como dizia, o culpado é outro. Mas esse, continua a ter um pelotão de rapazitos de palas nos olhos que o olham como o novo Messias.
Se me perguntam se simpatizo com o Mendes? Não. Mas por exemplo, considero muito CR7, e este entregou-lhe a sua carreira. Por algum motivo foi, e decerto não foi pelo gosto de perder dinheiro.
O Rui vai continuar a ser o melhor guarda-redes portugueses e a ser considerado não só por sportinguistas, como por muitos portugueses de outros clubes. Apesar de alguns ressabiados que sabem que se não fosse ele e outros 8, o clube ainda agora estaria sobre o jugo de um lunático infantilóide.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo