Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

image30.jpg

 

Antes de explicar o que me vai na alma e me motivou a escrever este artigo - na realidade, já é um debate com cabelos brancos - passo a citar Claude Ranieri, treinador do Leicester City:

 

«Quem está disponível? Todos os jogadores que viajaram comigo estão disponíveis. Alguns ficaram lá porque não estão em boas condições. Slimani, Schmeichel, Huth, Vardy, Mahrez e King não estão disponíveis.

 

Se tivéssemos de ganhar, talvez todos estivessem cá. Mas temos de pensar também no campeonato. Tenho de escolher. Sempre disse que temos muito boa equipa. Fizemos boas coisas juntos. Alguns não jogaram, mas merecem mostrar agora o seu potencial.

 

Certamente vai ser um jogo fantástico contra uma muito boa equipa. Quando estava em Montecarlo [Mónaco] o Ricardo Carvalho sempre me disse que o FC Porto era fantástico, um clube muito organizado, muito forte em campo e a querer sempre ganhar. Neste caso precisa de ganhar para ir connosco para os oitavos de final, mas tenho bons jogadores. Queremos fazer bem.»

 

Devo começar por esclarecer que o argumento que segue nada tem a ver com o FC Porto. Não duvido que diria o mesmo se fosse o Sporting nesta situação, até porque o que está em causa não são os clubes, mas sim o que eu considero as regras de fair-play.

 

O Leicester City já é vencedor do Grupo F, com 13 pontos. Segue o FC Porto, com 8 (GM 4 / GS 3), e em terceiro lugar o Copenhaga, com 6 (GM 5 / GS 2). A necessidade de vencer, para ambos, é óbvia.

 

A equipa portista tem pela frente o adversário que os dinamarqueses já defrontaram duas vezes numa situação de igualdade, devido aos pontos então ainda em disputa. Em princípio, o FC Porto tem a vida muito facilitada considerando o número de jogadores de topo do Leicester que não viajaram com a equipa.

 

As regras permitem Ranieri fazer precisamente o que ele indicou, e até não é nada de novo. Exactamente por não ser novidade, é que indigna que a UEFA não tenha corrigido esta aberração há longo. Não irei explanar quaisquer sugestões remediais neste momento (daria pano para mangas), mas é uma necessidade óbvia pela injustiça que é permitida, negando o espírito de fair-play no futebol.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


28 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 07.12.2016 às 08:50

Percebo o que queres dizer, mas a UEFA não se pode imiscuir nas prioridades dos clubes. É falta de fair-play mas um clube tem o direito de poder jogar com segundas linhas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 11:09

A UEFA não só pode como deve.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 07.12.2016 às 12:11

Não pode não. A UEFA não pode mandar na gestão dum clube, era só o que faltava. Já foram impedidos e muito bem de fazerem restrição de "estrangeiros". Os clubes é que sabem os jogadores que estão aptos a defrontar seja quem for. O departamento médico é que sabe se um jogador tem demasiada carga e é ou não arriscado usá-lo. Era só o que faltava a UEFA meter-se nisto.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 13:21

Recusas compreender !
Sem imagem de perfil

De CR_7 a 07.12.2016 às 10:22

Caro Rui Gomes,

Não creio que da análise risco/proveito para a equipa no que toca a utilização de jogadores seja falta de fairplay. O Leicester já está apurado e é natural que não leve os jogadores que a sua equipa técnica considere que estão já sobrecarregados de jogos e necessitem de repouso.
Tal como no ano passado fizemos gestão do plantel na LE, mas sem os resultados desejados.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 11:11

Meu caro,

Para já, a situação não se compara com o que fizemos a época passada, em que nem sequer tentámos competir ao nosso melhor nível pelas prioridades estabelecidas.

Eu não culpo o Leicester, que está apenas a fazer udo das regras que existem. Estas é que não estão bem e a UEFA tem poder para as alterar.
Sem imagem de perfil

De João Gonçalves a 07.12.2016 às 11:46

Não consigo imaginar o que se possa fazer para contrariar isto...
Sem imagem de perfil

De Manuel Pedro Pinto Teixeira a 07.12.2016 às 11:51

Ficamos elucidados.. completamente esclarecidos. Quando em Junho / Julho / Agosto as equipas fazem os seus planteis, já sabem que uns vão ser craques, titulares, os mais melhores bons e outros vão para o banco de suplentes.

E quando em Junho / Julho / Agosto as equipas, os clubes fazem os seus planteis já sabem que uns vão se lesionar, outros vão ter problemas de forma, pessoais, etc. etc.!!

:-)

O Leicester foi Campeão em Inglaterra, batendo Grandes clubes, com Grandes Orçamentos.

Mas, já sabemos: logo o Leicester vai entrar no Dragão com apenas 7 jogadores... e face aos regulamentos, o FCP vai vencer por 3-0 por falta de comparência. E, até pode suceder que o Copenhaga vença na Bélgica e o FCP fique a zeros de novo. Mas, claro, a inveja, a azia, fazem escrever Posts destes sem pés nem cabeça.

A LC tem 23 Edições.. mas só agora descobriram a pólvora.

"O FC Porto volta a marcar presença na fase de grupos da Liga dos Campeões. A vitória no Olímpico de Roma (0x3), relativo à 2ª mão do playoff da Champions, permite aos dragões somar a 6ª Participação consecutiva nesta fase da prova milionária.

Esta será a 21.ª participação do emblema azul e branco na fase de grupos da maior prova europeia de clubes, desde que a antiga Taça dos Campeões Europeus deu lugar à atual Liga dos Campeões (1992/1993).

O FC Porto continua na pista de Real Madrid e Barcelona (também com 21 presenças), que este ano deixam para trás o Manchester United (20), esta temporada orientado por José Mourinho, que somente garantiu o apuramento para a Liga Europa.

De referir ainda que Benfica vai somar esta época a 12.ª presença, enquanto o Sporting parte para a 7.ª

Ou seja, a inveja mata!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 11:58

O caro escreveu um comentário tão extenso para dizer tão pouco, na realidade, nada.

Se o seu objectivo neste blogue é dizer palermices em cima de palermices, como se tem verificado, posso-lhe garantir que a sua estada é de curta duração.

E... dispenso as suas usuais observações do livro de chico-espertismo saloio !!!
Sem imagem de perfil

De Manuel Pedro Pinto Teixeira a 07.12.2016 às 12:24

Tem razão, comentário bastante extenso devido a ter citado AQUI factos.

E sim, 'palermices' na óptica, na opinião, interpretação pessoal de um adepto verde. Ainda por cima logo em dia de dizer adeus à Europa.. a ironia não é desejável, nem aceite, compreendida de bom grado.

Meu caro, o Blogue é seu, faça bom proveito. Mas uma coisa lhe digo. 42 anos depois do 25 do 4, a censura, o coartar da liberdade de opinião e ainda por cima o insulto, a ofensa fácil e gratuita ficam-lhe mal. Nada que me admire, me surpreenda, pois já cá ando há mais de 10 anos na Blogosfera e sempre soube que basta contradizer, contrariar, fazer o contraditório, dar/ter opinião contraria.. para ser logo banido. Ainda por cima a 315 Kms de distância é tão fácil ser forte!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 13:19

Mais palermices. É o seu forte !!!
Sem imagem de perfil

De PSousa a 07.12.2016 às 12:11

A verdade é que isto se passa em todos os campeonatos e dificilmente conseguimos mudar as mentalidades. Nem mesmo a UEFA mudará seja o que for!
Só de rir, alguns iluminados que por aqui passam que nada trazem de mais valia aos POST 's!!!!
Que hoje seja um dia leonino e que a LE seja uma realidade!
Sem imagem de perfil

De Sapo Sapeca a 07.12.2016 às 12:34

Caro Rui,
No fundo, Ranieri apenas "verbaliza" (não sei se consciente ou não) daquilo que se passa abertamente em outros tantos jogos.
No caso em específico o Leicester assume o "jeitinho" que dará ao FCP na medida em que declaradamente a vitória não é a prioridade neste encontro.
Não estamos a falar de oferecer garrafas de bagaço ou de um presunto para se obter um resultado, estamos a falar de uma prova onde milhões de euros estão em jogo.

No caso, Ranieri, deveria ter sido comedido nas palavras e na análise que fez ao encontro.

SL

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 13:24

Eu não culpo o Ranieri, apesar de ele ter dito o que não devia dizer. O que está mal é o formato da competição, em que o último jogo da fase de grupos só conta para alguns clubes e os outros mandam as reservas para o relvado.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.12.2016 às 12:43

Concordo na integra com a posição do Ranieri.... tem algum sentido jogar com os titulares quando já se está qualificado em 1º?! ainda para mais quando o Leicester está quase na linha de água na Premier League?
Se alguém se lesionar, será que aqueles que agora exigem que o Leicester jogue com os titulares teriam a mesma posição?

Para aqueles que falam de falta de verdade desportiva.... então que defendam o video arbitro.... porque para mim vergonha foi o que se passou ontem em Kiev naquele lance de expulsão do jogador do Besiktas.... isso sim é um atentado a quem defende a integridade do jogo!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 13:26

O mesmo Schmeichel de sempre !!!

Primeiro, não é Ranieri que está aqui em questão, e, segundo, o que é que o vídeo-árbitro tem a ver com este post ?

Vejo que já tomou a sua dose diária de fanatismo...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.12.2016 às 14:12

Assumo que não tem nada a haver.... era só para relembrar o que para mim neste momento é o cancro do futebol.... os erros de arbitragem!

Sobre o post...vou-lhe colocar esta questão.... se o Leicester porventura jogasse com os titulares, o que lhe garantiria que jogassem melhor que os suplentes? não é mais provável que os titulares joguem com baixa intensidade para evitar lesões ou cansaço?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 14:17

Entra em especulações despropositadas e obriga-me a apontar-lhe o A,B,C do desporto. Nunca há garantias, mas o ponto não é esse.

Pela sua ordem de ideias, uma equipa, neste caso o Leicester, deve dispensar os usuais jogadores de topo e jogar com os secundários, porque esses sentirão maior incentivo para ganhar a partida.

Lesões qualquer um sofre e, para sua informação, está-se muito mais vulnerável a lesão quando se joga com a intenção deliberada de a evitar.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.12.2016 às 14:34

Rui Gomes,

Porque razão está a colocar a Champions acima do campeonato inglês?! é muito mais importante financeiramente e desportivamente ganharem os próximos jogos no campeonato do que na Champions.... creio que esta é a principal razão das ausências dos craques do Leicester!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 14:51

Schmeichel,

Insiste com argumentos sem nexo !!!
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 07.12.2016 às 14:56

Não diga sem nexo.... diga antes que você não concorda!!

Ou vai dizer que o Ranieri é maluquinho.... e toma decisões sem nexo!!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 16:58

Lamentavelmente o caro não compreende e, pior do que isso, recusa compreender.
Sem imagem de perfil

De Bruxo_empatafada a 07.12.2016 às 16:43

Caro Rui Gomes,

Faço um pequeno exercicio, coloque-se na posição do Ranieri, perante estas premissas que vou elencar:

1 A sua equipa tem a passagem aos oitavos da Champions garantida, com o 1º lugar no bolso!

2 A sua equipa, no campeonato está em dificuldades, e na "linha de água"!

3 A sua equipa, joga já no sabado (72 horas de intervalo), com o Manchester City em casa, e precisa de acumular pontos urgentemente!

4 Estamos a duas semanas do exigente e tremendo Boxing Day na Liga Inglesa!

E termino, o que faria o Treinador Rui Gomes hoje no Dragão? Não pouparia 6 titulares?

Saudaçoes des_Portistas
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 16:57

Meu caro,

A exemplo de alguns outros leitores, não compreendeu a intenção do post, que não é, repito, não é, criticar Ranieri pela decisão tomada. Quanto muito é criticável por dar a entender a real disponibilidade dos jogadores, quando teria sido melhor nem sequer o referir.

O que está em questão é o formato da competição e que os últimos jogos desta fase só contam para alguns clubes e outros alinham com as reservas. Isto é da competência da UEFA, queira o organismo rectificar a disposição.
Sem imagem de perfil

De Bruxo_empatafada a 07.12.2016 às 18:09

"O que está em questão é o formato da competição e que os últimos jogos desta fase só contam para alguns clubes e outros alinham com as reservas. Isto é da competência da UEFA, queira o organismo rectificar a disposição"

Ok Rui Gomes, então passa a deter poder na UEFA, é o Gianni Infantino, e pergunto-lhe, para finalmente entende-lo, que medidas tomaria? A UEFA substituiria os Treinadores relativamente aos onzes a apresentar nas ultimas jornadas? Isso nao seria subverter muita coisa'?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 07.12.2016 às 18:16

Meu caro,

Disse logo no post que não iria sugerir medidas de remediação por ser um assunto muito extenso.

Poderei vir a comentar esta questão num outro dia.

De qualquer modo, preza-me verificar que há quem aprecie ver jogos com equipas de reserva na Liga dos Campeões.

"A UEFA substituiria os treinadores"... Ridículo !!! Pensa que se está a dirigir a uma criança ???

Passe bem.
Sem imagem de perfil

De Francisco Pereira a 08.12.2016 às 01:32

Caro Rui Gomes,

http://www.uefa.com/MultimediaFiles/Download/Regulations/uefaorg/Regulations/02/35/87/89/2358789_DOWNLOAD.pdf

No regulamento de Champions League paras as edições de 2015 a 2018 pode dar uma vista de olhos pelo Artigo 6, alínea a (pag.16) o qual passo a citar:

"On entering the competition, participating clubs agree:
a. to play in the competition until their elimination and to field their strongest team throughout the competition"

Entrando na competição (UCL), os clubes participantes acordam:
a. jogar a competição até a ser eliminado e a submeter a sua melhor equipa no curso da competição.

Cumprimentos
Francisco Pereira


Imagem de perfil

De Rui Gomes a 08.12.2016 às 03:25

Agradeço a referência caro Francisco Pereira.

Eu já tinha conhecimento dessa alínea nas regras, mas o problema recai sobre garantir que um clube cumpra com o que é exigido. Actualmente, basta clamar que um qualquer jogador não está em condições de jogar e não há consequências.

As declarações de Ranieri até servem de evidência porque ele afirmou que se fosse necessário os jogadores ausentes teriam jogado.

Mas vou citar esta regra só para ver a reacção dos leitores.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo