Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sebastianismo e liberdade

Naçao Valente, em 25.04.18

 

20990932_mAMdc.jpeg

 

Alcácer-Quibir é na nossa história o símbolo da derrota de uma nação, por via a loucura de um homem. D. Sebastião, rei por direito, na linha de sucessão, não tinha competências para exercer tal função. No seu desvario guerreiro inconsequente, arrastou o país para um desastre anunciado e desnecessário, que nos custou a independência, durante sessenta anos.

 

O sebastianismo, como esperança no regresso do rei desaparecido na confusão da batalha, nasceu como uma vontade do impossível e tornou-se parte da alma nacional. Falsos "D. Sebastião" foram aparecendo, com o intuito de, oportunisticamente, preencher esse vazio, essa orfandade do pai da nação, sendo sempre desmascarados. Mas ao longo dos séculos, outros "D.Sebastião", vingaram como salvadores e vendedores de falsas ilusões. Tristes ilusões de um povo crédulo.

 

O 25 de Abril, ao invés, foi um golpe militar que se transformou em revolução, e que pôs fim a uma longa ditadura, iniciada por um desses salvadores. Comemora hoje quarenta e quatro anos de construção, com altos e baixos, de um futuro comum, alicerçado no diálogo democrático, na alternância do poder, sem necessidade da arrogância de um qualquer iluminado.

 

Neste dia de liberdade, que vivi,  lembrei-me, com tristeza, que também o meu clube, está cativo da prepotência de um homem que encarna, ao nível em que actua, D.Sebastião e o "Sebastianismo". D.Sebastião pela impreparação para cargo que exerce, pela  incapacidade de avaliar, com racionalismo, as situações, pelo poder de decidir guerras desnecessárias e inconsequentes, e de não assumir as consequências. Do sentido de missão "patriótica, quase divina, que encarna, para livrar o mundo de infiéis. isto é de todos os que não se vergam a cerviz à sua "loucura". Os adeptos que o seguem, sem reflexão, são o exemplo do "sebastianismo" que se instalou neste clube, entregue aos caprichos de um homem desequilibrado, e que e continuam a seguir como um salvador.

 

O Sporting precisa de um "25 de Abril" com urgência e não daqui a quarenta anos. Um "25 de Abril" em que os adeptos assumam o clube na sua plenitude e não na ilusão de  que o detêm na representatividade de um qualquer D.Sebastião. O Sporting não precisa de homens providenciais. Precisa de uma equipa, com um rumo, uma estratégia definida, ao serviço dos interesses da colectividade. É altura de abandonar o "sebastianismo", e os " D.Sebastião", antes que aconteça um "Alcácer-Quibir".

 

20990949_cmzZs.jpeg

 

 É altura de gritarmos, SPORTING LIVRE !

 

publicado às 21:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


1 comentário

Perfil Facebook

De Indiana Julio a 26.04.2018 às 10:59

Alcaçer Kibir (grande castelo) foi um dos maiores erros da nossa história.

Um puto de 18 anos que ainda sem as internets e telemoveis meteu na cabeça que seria heroi das guerras bastando montar num cavalo passar o mediterraneo e entrar por Marrocos adentro sem ninguem dar por eles e que do outro lado estava um qualquer grupinho de serracenos barbaros ignorantes .

Só .......os deixaram entrar poisar e devorá-los com tempo para mastigar e saborerar e por fim arrotar de pança cheia com risadas que ainda hoje entoam por aqueles vales de Alcáçer Kibir.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo