Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Fica tudo na mesma... Este é o resultado da votação levada a cabo esta quarta-feira na Assembleia Geral Extraordinária da FPF relativa à história dos campeões nacionais. Havia quatro propostas a votação, três que alterariam o número de títulos de campeão nacional e da Taça de Portugal e outra que mantinha tudo na mesma. Acabou por ser esta última proposta a vencer numa votação na qual participaram 62 delegados (estava prevista a presença de 84).

img_920x518$2022_06_29_18_53_25_2012360.jpg

33 dos delegados presentes votaram em não mexer na história, ao passo que 13 disseram 'sim' ao parecer 1, 1 ao parecer 2 e 8 ao parecer 3. 7 delegados abstiveram-se.

O Parecer 3, apresentado pelo Sporting CP e mais tarde admitido a votação, defendia que o Campeonato Nacional, organizado entre 1921 e 1938 em formato de eliminatórias, era a prova mais importante do calendário, logo antecessora da Liga e não da Taça de Portugal. O Sporting juntaria quatro títulos ao palmarés (23), o Benfica manteria os 37, enquanto o FC Porto totalizaria mais dois e passaria a somar 32. O Belenenses receberia mais três títulos de campeão (1926/27, 1928/29, e 1932/33), enquanto Olhanense (1923/24), Marítimo (1925/26) e Carcavelinhos (1927/28) um.

Este resultado passou a ser esperado a partir do momento que foi decidido que a questão seria votada em Assembleia Geral da FPF, onde simpatias e interesses vários imperam.

Por outro lado, o todo deste processo serviu para ilustrar, uma vez mais, o sentido de responsabilidade dos clubes de futebol. Eram antecipados 84 delegados na AG mas apenas 62 se deram ao trabalho de marcar presença. Entre esses, 7 nem sequer votaram.

Pode ler aqui o parecer de Miguel Nogueira Leite, vogal da Direcção do Sporting, que não é claro sobre os próximos passos do SCP, se alguns, face ao resultado da votação.

Curiosamente, ou talvez não, ninguém se pronuncia sobre os títulos apoderados imerecida e ilegalmente pelo Benfica, numa manobra orquestrada por Gilberto Madail e Luís Filipe Vieira.

O clube da Luz, numa clara demonstração de manifesta hipocrisia, reagiu assim à votação através das redes sociais:

"O Sport Lisboa e Benfica congratula-se com o respeito expresso hoje em AG da FPF pelo historial de títulos do futebol português".

Para quem, historicamente, tem respeitado muito pouco - até a sua data de fundação - hoje, "congratula-se com o respeito expresso".

publicado às 03:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


4 comentários

Sem imagem de perfil

De JP a 30.06.2022 às 11:46

"Curiosamente, ou talvez não, ninguém se pronuncia sobre os títulos apoderados imerecida e ilegalmente pelo Benfica, numa manobra orquestrada por Gilberto Madail e Luís Filipe Vieira."

Quantos e quais são estes títulos, sff?
Só para ficar esclarecido quanto ao seu ponto de vista.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 30.06.2022 às 16:07

JP,

É ver o vídeo postado pelo outro comentador do blog. Explica tudo na perfeição: https://www.youtube.com/watch?v=soxIZsCV7SU
Sem imagem de perfil

De JP a 30.06.2022 às 16:17

Mike Portugal: estou a trabalhar, comecei a ver o vídeo mas claro que não o posso ver todo e muito menos com som, se é que tem. Vou ver quando chegar a casa.
Talvez o melhor fosse atribuir aos clubes o palmarés dos títulos que realmente conquistaram. "X" campeonatos de Portugal, "X" Ligas Experimentais, "X" Taças de Portugal, "X" Campeonatos Nacionais, e por aí fora. Talvez acabasse este ruído todo, típico do nosso futebol.
Cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De Yazalde a 30.06.2022 às 16:23

Sim cada coisa no seu lugar ,no meu Facebook que até evito de comentar, mas como fervo em pouca água, disse a verdade cada títulos no seu lugar retirar esses títulos experimentais ao Benfica ,nenhum Benfica me respondeu, uma pessoa racional vê que está mal, só o Vieira e companhia convenceu o medroso do Madaíl acrescentar esses titulos

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds