Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rúben Amorim disse que o Sporting perdeu o jogo nos detalhes, analistas falaram de erros estratégicos e falhas individuais e o presidente Varandas considerou o João Pinheiro a assombração dos sportinguistas.

Quando se perde um jogo que podíamos e devíamos ganhar, todas as apreciações têm um pouco de verdade. Os detalhes acontecem quando falhamos golos, quando fazemos passes errados, ou quando um jogador se desconcentra e erra, incluindo o guarda-redes. Erros estratégicos acontecem em qualquer equipa, por culpa de quem dirige ou de quem executa. Os erros evidentes de arbitragem, manhosos ou grosseiros, são os mais arbitrários, porque penalizam os verdadeiros protagonistas.

img_1280x720$2023_12_09_19_08_09_2199168.jpg

Neste jogo em Guimarães, em concreto, dois detalhes causaram a derrota do Sporting porque resultaram em golos: o infeliz desvio de Morita de uma bola que ia na direcção do guarda-redes e uma má abordagem de Adán a um remate do adversário. Há também quem considere que as substituições de Amorim foram responsáveis pela derrota, mas penso ser unânime que o erro de Pinheiro e do VAR, prejudicaram claramente o Sporting.

Sem ser adepto de “calimeirices” quero focar-me neste erro de arbitragem, porque teve influência grave no resultado final do jogo. Se este penálti, inexistente, não tivesse sido marcado, o Sporting entraria a ganhar na segunda parte, com uma estratégia diferente e com outra tranquilidade, até porque o adversário ficaria com menos um jogador. Assim sendo, o homem do apito, beneficiou uma das partes.

Mesmo considerando que errou por má percepção, não existe nenhuma dúvida que o VAR, na posse das imagens, deixou passar o erro. Estas decisões parciais, em jogos equilibrados e num campeonato competitivo, acabam por fazer a diferença. Daí que denunciá-las com veemência seja prioritário.

À margem deste erro crasso, considero que a perda de sete pontos com as cinco melhores equipas, merece reflexão analítica da estrutura do futebol. Se queremos ser campeões, não podemos perder tantos pontos com os adversários mais próximos. E se não controlamos as “assombrações” da arbitragem tem de se controlar a prestação da equipa, do primeiro até ao último minuto, para não haver outras assombrações. Correcções que a equipa técnica e todo o grupo devem fazer. Não chega dizer que jogamos o melhor futebol, é preciso que isso se concretize na conquista de pontos para não acontecer, que em apenas dois jogos, os adversários directos se aproximem, pondo em causa a liderança.

Jogando bem, jogando muito melhor, com total rigor e empenho, conseguimos vencer os adversários e vencer as assombrações, que vão continuar a existir. O campeonato é longo e não está perdido, mas a equipa como está, ou com reforços, não pode ter um segundo de relaxo, se quiser ser campeã. 

Os erros individuais acontecem, mas prefiro salientar a actuação do colectivo. Considero que o lugar mais difícil é o do guarda-redes, que nunca pode falhar, mas quando falha é também porque a equipa terá falhado. Neste sentido, não gosto de “crucificar jogadores” embora admita que o Adán não é o mesmo da época do título, talvez também pela sua idade, mas na verdade não temos melhor no plantel. É um assunto a ser considerado.

thumbnail_l645n8wl.png

P.S.: Aproveito esta oportunidade para lembrar que ler faz bem e acalma as emoções do futebol. Embora seja suspeito, recomendo a leitura do meu livro “Zé Ninguém – A minha vida não dava um romance”, um retrato do país desde os anos 50, onde muitos se podem rever. Uma boa prenda Natal, à venda nas grandes livrarias online ou na livraria Martins em Lisboa. Também envio pessoalmente por correio. Email : as 3559225@sapo.pt.

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


26 comentários

Imagem de perfil

De Leão Zargo a 11.12.2023 às 10:44

Amigo Nação Valente

Também não sou adepto de “calimeirices”. Perante o que se passa em jogos como o de Guimarães (que são demasiados, como sabemos) a minha reação é de me focar nos valores da equipa e considerar que os sportinguistas se devem unir na adversidade. Vimos como o central do Vitória que marcou o Gyokeres fez falta em quase todos os lances que disputou e não teve um cartão amarelo. O Esgaio apanhou amarelo à segunda falta que fez. No penalti que marcaram contra nós não houve falta e o Ricardo Mangas estava fora de jogo.

No entanto, foco-me naquilo em que podemos intervir. Estamos em primeiro lugar e na luta pela conquista do título. Isto é o mais importante. O jogo de Guimarães já lá vai, as ilações sobre as nossas fragilidades foram analisadas, o plantel sabe porque perdemos, mas há outros jogos para ganhar e taças para conquistar. É inibitório olhar emocionalmente para a questão das arbitragens, a racionalidade tem de prevalecer. O foco deve ser naquilo que podemos dominar. Agora, temos de vencer os próximos dois jogos.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2023 às 12:30

Amigo Leão Zargo

Costuma dizer-se que há males que vêm por bem. O que aconteceu em Guimarães pode unir ainda mais a equipa na vontade de conquistar títulos. Sabemos que não podemos, nem queremos ajudas dos homens do apito. Por isso, foco nas competições em disputa, com a convicção que temos competência para as ganhar.
Sem imagem de perfil

De Yazalde a 11.12.2023 às 11:13

O problema é que somos um clube abater de há quarenta anos para cá, até já antes era mas não tanto, desde que o papa do norte entrou no futebol, daí em quarenta anos ganharmos cinco campeonatos contando do ano 80, e cada vez vai sendo pior porque ha muito dinheiro em jogo, o futebol esta mais sujo, os clubes do sistema mandam nisto tudo, ha alturas um manda mais que outro, os árbitros sao o que sao contra o Sporting, por isso nao crio grandes expetativas, em relação ao titulo, mas sempre na esperanca, que alguma coisa mude, tambem temos que ser mais acertivos na baliza e nas ma marcacoes, se fizessemos golos na maior parte desperdicadas, ganhavamos os jogos em guimaraes por ex talvez ja nao nos roubavam tanto enquanto os adversarios fazem um remate fazem um golo, tem tido sempre assim, acho que temos um meio campo pouco musculado so o dinamarques, perdemos ugarte, precisavamos mais de outro.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2023 às 12:39

Yazalde

Temos de nos focar nos nossos jogos e errar menos, tanto a defender, como a atacar. Quanto às arbitragens é o que temos, podemos reclamar, mas não vai mudar nada. Concordo que precisamos de mais um médio.
Sem imagem de perfil

De LeãoSempre a 11.12.2023 às 18:35

Não posso estar mais de acordo! Temos sempre que ser "muuuiiito" melhores que os adversários para conseguirmos o que, na realidade, queremos! É frustrante ter esta impressão desde que me conheço por gente e por sportinguista! é que tenho 67 anos e parece-me que sempre tive a tal impressão! O que não vejo é vontade ou saber das sucessivas direcções para lutar contra uma situação como esta! Bom! tivemos, na minha humilde opinião, a última! Mas, desafortunadamente, foi boicotada de fora e, pior, de dentro. Digo-vos sinceramente, que se eu tivesse sofrido o que o "outro" sofreu, e apesar de cego, tinha dados uns tiros que, se não acertassem, pelo menos assustavam certos vermes que por aí rastejam! Desculpem o desabafo mas sou um Sportinguista que não gosta de ser sofredor da forma que me têm obrigado a ser, desde há muito!
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 11.12.2023 às 12:15

Ainda estou a ferver com este lance...... já seria um lance de gargalhada, noutros tempos. Mas com o VAR, uma tv de alta definição e slow motion não ter havido no mínimo uma indicação para João Pinheiro ir rever o lance. Mau de mais, e sim, com todas estas incidências é dificil acreditar na honestidade deste árbitro.

Deveria o Sporting bater o pé na Liga e dizer que recusará qualquer nova nomeação desta pessoa. Por duas razões:

- É notavelmente incompetente;
- É de idoneidade mais do que duvidosa. SEMPRE que há um lance cinzento decide a desfavor do Sporting. E assim não dá.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2023 às 12:49

Juskowiak

Compreendo a sua raiva. Não gosto de perder, mas perder com erros grosseiros de arbitragem, é revoltante.

Parece que de acordo com o protocolo, o VAR só age perante erros grosseiros. Mas este não é um erro grosseiro?

Podemos mostrar o nosso repúdio, assim com os órgãos dirigentes do Clube, mas para ser realista, isso não corrige o erro, como não muda o modo de actuar da arbitragem. Temos é de ser cada vez mais competentes dentro de campo.
Sem imagem de perfil

De LeãoSempre a 11.12.2023 às 18:44

E quem é que, dessa gentalha, define "erro grosseiro"? Isso é o quê? Será que, um dia, vão pôr sensores no corpo dos jogadores para medir a intensidade das pancadas para que, assim, se saiba o que é um "erro grosseiro"? Tristeza!
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 11.12.2023 às 19:34

A pergunta não é para mim, mas não resisto opinar.

O VAR tem regras definidas e não vale a pena estar a debater isso agora.

Eu até faço uma distinção entre "erro grosseiro" e erro premeditado/deliberado, e é assim que eu classifico os erros de Pinheiro e Hugo Miguel em Guimarães, entre outros. Não aconteceram por mero acaso. Já havia essa disposição à espera de oportunidade, e à primeira não houve hesitação.
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 11.12.2023 às 12:21

Nação Valente, ontem chamou-me a atenção uma intervenção do Julius que declarou o seguinte:

"(...) ontem fizemos só 3 substituições e quem ficou no banco? Essugo, Luis Neto, um junior e o Quaresma, parece mentira mas foi verdade, para fazer as 5, entrava quem?"

Não respondi porque entretanto o post ficou démodé. Mas esta é a dura da realidade: o nosso 11 é bom, mas o plantel é globalmente fraco. E quando houver lesões, castigos, cruzes, credo, amén!

Já sei que o amigo Carlos N.T. vem aí mandar vir, mas em má hora ficámos apurados no grupo da Liga Europa. Ruben Amorim tem alguns ovos, mas não chegam para tantas omeletes.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2023 às 13:08

Juskowiak

Completamente de acordo. O nosso amigo Julius pôs o dedo na ferida, para além dos onze melhores e nem todos são craques, há um deserto. Depois de entrarem os três substitutos, não havia ninguém para agitar o jogo.

Deste modo, é fácil perceber que serão necessários alguns reforços, mas que tenha qualidade. Ora a questão que coloco é se teremos condições para conseguirmos reforços que acrescentem algo. Ficarei satisfeito se em Janeiro não sair nenhum dos jogadores fundamentais.

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 11.12.2023 às 14:00


Juskowiak,
Não vou "mandar vir" nada!.
Vejo que concordas comigo na primeira parte do teu comentário.✌️
A nossas diferenças resumem-se simplesmente a diferentes visões de crescimento do clube, tanto desportivo como financeiro e eu vejo os euros e milhões, popularidade e confirmação, através da Europa.
Em Portugal já sabemos como é caldeirada.
A Liga é uma máfia.
Não tem prémio monetário.
Os direitos TV não são centralizados.
Etc, etc...
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 11.12.2023 às 14:46

Juskowiak,

-".... em má hora ficámos apurados no grupo da Liga Europa. Ruben Amorim tem alguns ovos, mas não chegam para tantas omeletes."-
Isso é fácil de resolver!.
Para esse play-off europeu, mandamos o sub-23, comandados por o Diomande, o Morita e o Geny Catamo.
Poupamos os craques para Janeiro e Fevereiro de carnaval, em Março os VARiados Pinheiros atiram-nos para terceiro lugar na Liga, e os miúdos adquirem experiência.☺️

P.S. Brincadeirinha!.✌️
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.12.2023 às 16:49

Sim, claro, isto é só falar de bola.

De resto, oxalá que tenhas razão. Oxalá que corra bem irmos longe na Liga Europa e ter pulmão para lutar pelo título.

Bom seria termos pelo menos 2 ou 3 jovens da B preparados para serem lançados, mas para isso teriam de ter já feito vários jogos na II Liga. Só que estão a competir num campeonato semi-profissional.

Enfim, ver no que dá. Mas a menos que janeiro traga alguns bons trunfos Ruben Amorim (um médio, um lateral e um avançado) o otimismo só pode ser relativo.
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 11.12.2023 às 16:49

O comentário acima é meu.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 11.12.2023 às 20:02

Desde sempre o tenho escrito.
Eu não disse que é agora e hoje!.
A minha proposta, visão....!
《UM GRANDE CLUBE, TÃO GRANDE COMO OS MAIORES DA EUROPA》
No futebol ainda está por cumprir esta profecia do fundador do clube, José de Alvalade.

Fazer todo o possível por estar no minimo, ano por ano nos quartos de final das competições europeias. E se possível alguma gracinha.
Amealhar pontos para o Ranking de clubes, euroooos, visibilidade e empatia dos adeptos europeus e outros, aproveitando a boleia do CR7.
A futura super-liga Europa..Esse comboio não podemos/deviamos perder. Somos um clube de uma das grandes capitais europeias.

P.S.. O comunicado dos camaradas revolucionários da APAF.. só confirma a minha proposta. São por demais, mafiosos.
Sem imagem de perfil

De RCL a 12.12.2023 às 16:37

“ aproveitando a boleia de CR7”

50 golos na presente época e ainda não acabou.
869 golos na carreira e ainda não acabou. 900 cada vez mais próximos.
PS : pouco me interessa a vida empresarial de Ronaldo, importante, um exemplo para todos, é a carreira do miúdo madeirense que chegou ao Sporting com 11 anos e hoje é o maior jogador de todos os tempos.
Sem imagem de perfil

De Luis Carvalho a 11.12.2023 às 15:20

Apesar de algumas vezes não concordar com o « Nação Valente » , hoje concordo absolutamente com o escreveu. Não havendo uma outra melhor oportunidade, desejo Boas Festas! P.S. Leio em média um livro por mês, vou procurar o seu.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2023 às 18:17

Luís Carvalho

Obrigado e Boas Festas. Grato por ter interesse no meu livro. As grandes livrarias (Bertrand, Wook, Chiado Books(editora) só expõem autores conhecidos e/ou mediáticos, mas vendem-no on-line. Como tenho uma reserva pessoal também posso enviar através de contacto por mensagem privada.
Sem imagem de perfil

De RCL a 11.12.2023 às 16:21

Subscrevo
No entanto, do Pinheiro isto já era esperado, se não fosse neste lance seria outro, Diomande arriscou
Vou adquirir o seu livro com um titulo curioso . Gosto muito da história do futebol , sobretudo das épocas de 40 e 50.

Indo mais atrás, década de 40 , também gostaria de saber as verdadeiras razões do fim da carreira de Peiroteo que nos tirou 8 campeonatos seguidos.

Sem imagem de perfil

De Leão da Pontinha a 11.12.2023 às 16:38

A principal razão: problemas financeiros.
Peyroteo queria honrar compromissos que contraíra na sua vida pessoal/profissional.
A solução que encontrou foi o jogo de despedida que lhe proporcionaria uma boa receita.
Poderia ter sido de outra forma?
Podia, mas nessa altura existiam dirigentes que se achavam mais importantes que os jogadores.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2023 às 17:53

RCL,
Grato por querer adquirir o meu livro. Não é propriamente sobre futebol, é sobre a vida em geral. Pode adquiri-lo online na editora Chiado Books, na Bertrand, na Wook...da minha reserva de alguns exemplares, terei gosto em enviar, desde que me contacte por mensagem privada.

Achei interessante a referência que faz a Peyroteo e fiquei curioso.
Sem imagem de perfil

De RCL a 11.12.2023 às 19:09

Sou cliente da Wook.
SL
Sem imagem de perfil

De RCL a 11.12.2023 às 19:51

Peyroteo
Sem imagem de perfil

De Leão da Beira a 11.12.2023 às 17:18

Precisamos de continuar a batalhar para conseguirmos o título temos excelentes jogadores, mas parece que há alguns que começam a apresentar fadiga, o que se traduz em demasiadas lesões, mau num plantel curto como o nosso, acho que precisamos de ir ao mercado em Janeiro para garantir reforços cirúrgicos que nos embalem alpara o titulo. Esta época quero ir ao Marquês
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 11.12.2023 às 17:58

Leão da Beira

Sim, precisamos de reforços. O campeonato é longo e o plantel curto, como diz. Também tenho fé de estarmos no Marquês

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo