Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

 

Cédric Soares, de 23 anos, natural de Gelsenkirchen, Alemanha - regressará ao local do seu berço quando o Sporting visitar o Schalke 04, para a Liga dos Campeões - chegou a Alvalade em 1998, com 7 anos, e aqui tem permanecido através dos muitos anos, salvo na época de 2011-12, em que foi emprestado à Académica de Coimbra. Regista 72 internacionalizações pelas camadas jovens de Portugal.

 

Já tinha sido anteriormente convocado para a Selecção Nacional, mas esta chamada por Fernando Santos, apresenta-se, porventura, como a sua primeira real oportunidade para assegurar um lugar na equipa das quinas, especialmente considerando que o novo seleccionador optou por deixar de fora João Pereira.

 

Questionado sobre a expectativa de representar Portugal, Cédric espelha todo o seu entusiasmo em breves palavras, no primeiro dia de treinos em Óbidos:

 

«Estou aqui e vou-me concentrar neste momento. Vou aproveitar e fazer com que seja o melhor possível para aqui continuar. É um momento muito especial porque desde pequenino que tinha esse sonho e fiquei muito feliz. É algo inexplicável. Sinto-me muito orgulhoso.

 

O Sporting é um exemplo para Portugal porque aposta na formação e isso é positivo para os jogadores portugueses se valorizarem. Toda a gente ganha com isso.»

 

Boa sorte Cédric, mereces a oportunidade e acreditamos no teu sucesso.

 

publicado às 10:42

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


8 comentários

Imagem de perfil

De juliuscoelho a 06.10.2014 às 16:05

Finalmente !!!
Inacreditável tanta incompetencia de Paulo Bento em escolhas que até eram tão simples.
Todo e qualquer êxito de jogadores do Sporting na seleçao (esperamos tambem por Adrian e porque não tambem Joao Mario) será o reflexo directo da incompetencia do Paulo Bento.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2014 às 17:02

Cédric há muito que devia ter tido oportunidade, no entanto, nunca o reconheci como capaz de encostar João Pereira, enquanto esteve a bom nível.
Sem imagem de perfil

De iorda9 a 06.10.2014 às 18:09

O joão está sem clube ?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2014 às 18:15

Não, está no Valência, mas não tem jogado com muita regularidade.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 06.10.2014 às 19:34

Naqueles bons "tempos" do João claro que não , João Pereira chegou a ser um dos intocáveis na seleçã , mas a pouco e pouco foi perdendo gás e cedendo, Cedric já á algum tempo merecia ser a opção para o segundo lateral para a direita da seleção isto dentro das opções existentes.
Cédric tem ainda lacunas que tem que melhorar, ja melhorou na marcação e no saber fechar quando nos "tempos" de jogo teria que o fazer é uma questão de inteligencia, mas ainda lhe falta ganhar um melhor passe e acima de tudo melhorar os cruzamentos sairem mais tensos e melhor direcionados.
Não nos vamos iludir que Cédric irá fazer melhor na seleção do que tem feito no Sporting (razoável) mas neste momento tambem nao á quem faça melhor.
Curioso que sempre tive no Cédric uma esperança muito grande que vem desde aquele mundial sub 19 em que acbámos em 2º e Cédric foi claramente o melhor defesa direito desse mundial , Cédric tem tardado a alcançar ao que tem clara capacidade de chegar e ainda poderá lá chegar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 06.10.2014 às 19:46

Esperamos que esta oportunidade venha a despertar um nível de jogo mais elevado da sua parte. Creio que é a motivação ideal para que isso aconteça.
Sem imagem de perfil

De carlos a 06.10.2014 às 20:25

É importante o ambiente de selecção, pois os jogadores evoluem muito em pouco tempo, quer ao nível motivacional, quer táctico, valorizando-os pessoalmente, como jogadores e como activos do clube.
Ou seja, pode servir para Adrien, Cédric e outros, darem mais um pulo na sua evolução como jogadores.

Aliás, este ambiente é tão propício, que tem sido aproveitado por alguns clubes, para fazer evoluir os seus jogadores - mesmo os suplentes -, if you know what i mean.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 06.10.2014 às 20:54

Estou plenamente de acordo com o seu comentario Carlos
Isso levanta o tal problema a quem afinal "era?" conveniente motivar a evolução de jogadores.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo