Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

  

Este texto - que já estava preparado à espera de publicação - visa dar continuidade ao debate iniciado pelo nosso leitor RRAleixo no prévio post.

 

Paulo Faria - representante de Shikabala em Portugal - concedeu uma entrevista exclusiva a Bola Branca - da Rádio Renascença - onde "arrasa" completamente o jogador egípcio, tanto pela sua conduta em Alexandria, na ocasião do regresso do Sporting a Portugal depois de disputar um particular de pré-época, de forma deliberada para poder ficar impedido de viajar e passar uns dias de férias no seu país natal. Inclusive, afirma o representante, não atendeu o telefone ao Sporting durante esse período.

 

As declarações de Paulo Faria sobre este insólito episódio, podem ser lidas aqui.

 

A segunda parte da entrevista aborda outro recém-episódio - creio que desconhecido pelos adeptos - em que revela que o Sporting chegou a acordo com um clube grego (Xanthi) para o empréstimo de Shikabala por uma época, e que a uma hora do fecho do mercado Shikabala desligou o telefone e o agente dele no Egipto informou que o jogador não tem interesse em ir para lado algum e que ele queria ficar no Sporting.

 

As declarações de Paulo Faria sobre esta "novela" podem ser lidas aqui.

 

Perante declarações públicas tão bombásticas pelo representante do jogador - que só nos podem levar a acreditar na fiabilidade das suas palavras (e até creio que a entrevista tenha sido concedida com o conhecimento prévio do Sporting) - tenho um muito simples e breve comentário: a mão forte que Bruno de Carvalho e a SAD já exibiram em alguns casos, deveria ser agora aplicada em dupla dose. O comportamento por parte desta "vedeta" é completamente inadmissível, e deve ser punido de acordo com a severidade do mesmo. Acho que o Sporting devia desistir imediatamente de tentar a cedência temporária do jogador, seja para o Egipto ou para qualquer outro clube da Arábia, exigir o seu regresso a Portugal logo após o termo do seu serviço às ordens da selecção egípcia, multá-lo significativamente e colocá-lo a treinar à parte de qualquer equipa por um período indeterminado.

 

Isto... para já. Outras medidas a ponderar.

 

Adenda: Há sempre surpresas !... O Sporting acaba de emitir um comunicado, através do qual vem refutar as declarações do "suposto representante" de Shikabala em Portugal, e afirmando que "o atleta do Sporting tem cumprido até ao momento com as suas obrigações com o Clube de forma profissional." Adianta, ainda, que "espera que as declarações em causa não se tratem de uma manobra de destabilização do atleta que incitem o mesmo a tomar alguma atitude que desvirtue o seu comportamento".

 

Bem... apenas duas ou três questões me intrigam, face ao comunicado:

 

1.º Será que o Sporting não tem conhecimento se Paulo Faria é ou não é representante do jogador em Portugal ?

 

2.º O comunicado refere que o "episódio que deteve o atleta na recente deslocação ao Egipto" encontra-se ainda "em processo de averiguações". Será um caso assim tão complicado, que passado um mês ainda não foi devidamente averiguado, especialmente tendo em conta a declaração que o jogador tem cumprido "com as suas obrigações de forma profissional" ?

 

3.º Considerando que o jogador contabiliza apenas 13 minutos oficiais de jogo com a equipa principal desde que chegou a Alvalade em Janeiro de 2014, não está integrado nem na equipa B nem na principal neste momento e não está inscrito para participação nas provas europeias, onde reside a tentativa de "desestabilização" alegada no comunicado ?

 

Parece-me que são questões legítimas.

 

Adenda: E continuamos com a cadeia de comunicados e declarações. Desta vez foi o "verdadeiro" empresário de Shikabala - Samir Abdel Tawab - que prestou "esclarecimentos" à Antena 1: "Paulo Faria não é, nem nunca foi, representante oficial de Shikabala. Foi parceiro nas negociações aquando da transferência para Lisboa, mas não possui nenhum documento que o torne agente oficial do jogador."

 

"Shikabala tem a ambição de regressar ao Sporting e ser uma estrela no clube. Tem esse sonho. Até ao final do dia pode chegar uma solução, um empréstimo até ao final da época. Mas o jogador está empenhado em fazer tudo para regressar o mais depressa possível ao Sporting. Estamos a tentar encontrar uma solução mas o tempo é curto."

 

Bem.. novos termos para análise profunda. Paulo Faria foi apenas um "parceiro" nas negociações. Mais um daqueles misteriosos intermediários a cobrar comissões em transferências, pelos vistos. Estão a tentar encontrar uma solução... mas já depois de ter recusado ser emprestado ao Xanthi, da Grécia. É evidente que é mais conveniente poder permanecer no Egipto e será essa a solução que é perseguida até ao final do dia.

 

"Mas o jogador está empenhado em fazer tudo para regressar o mais depressa possível ao Sporting"... será que há novas "dificuldades" em sair do Egipto, ou o empresário refere a um regresso no futuro depois de uma eventual cedência ?

 

Isto já é um caso com excesso de "poeira" sobre um jogador que ainda nada mostrou ou contribuiu.

 

publicado às 17:45

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


45 comentários

Sem imagem de perfil

De Alexandre Borgia a 04.09.2014 às 19:10

Caro Rui,

1) E a que propósito teria o Sporting que dizer que o representante de Shikabala é fulano ou beltrano, se a representação legal de um jogador é do âmbito e responsabilidade do próprio jogador? À parte disto, aquando da compra de Shikabala, a mesma foi negociada com o seu empresário egípcio, através de Jorge Teixeira, à altura o representante legal do empresário egípcio (e, por conseguinte, do jogador), que continua a ter essas mesmas funções.

Paulo Faria terá sido o empresário que possivelmente se achou no direito de tentar convencer o jogador a mudar de ares, para a Grécia ou qualquer outro destino exótico, em consequência da comissão de transferência que com certeza iria receber. A aposta saiu-lhe furada, pelo que esse poderá ser um dos motivos pelos quais proferiu as afirmações que fez;

2) Não faço a mais pequena ideia se o que Paulo Faria disse é ou não verdade, ou dito melhor, se tem qualquer fundo de verdade. O que sei é que não tem legitimidade para o fazer, muito menos sem autorização quer do jogador quer do Clube.

3) Com certeza, esse mesmo Paulo Faria fez chegar a suposta proposta a Alvalade e com certeza que os dirigentes a levaram em conta. Confirmá-la ou desmenti-la, para o caso, não iria alterar em nada o princípio. Se o Rui sabe ou deixa de saber alguma coisa sobre qual seria o Clube, não me atrasa nem adianta. O seu colega Ricardo Leão também sabe (?!?) muita coisa que tem saído furada: um espécie de Fonte (In)Segura.

4) Como deve saber, o Egipto está envolvido em matérias militares que com certeza lhes reduzem o tempo e a disponibilidade para discutir questões menores como esta. E se num País desenvolvido como o nosso a burocracia só empresta morosidade à resolução das coisas, num País de 3º Mundo como o Egipto, imagine-se como será. Se tomar por exemplo as férias que um amigo próximo lá passou há dois anos, dir-lhe-ei que se inventam problemas no Egipto por dois motivos: por tudo e por nada.

5) Continuo a achar que Shikabala poderá ser útil ao plantel (apesar de ter ficado de fora da lista para a UEFA Champions League), basta ele querer e o Marco Silva achar que ele merece (mas isso já são questões mais técnicas). Se me perguntar se acho que ele deveria ser emprestado, respondo-lhe claramente: não. Se é para o mandar embora, que o vendam em definitivo.

Em off-topic, e porque fui reparando nisso: o Rui fez posts acerca das exibições de Eric Dier, nas dois jogos em que marcou 1 golo em cada. Curiosamente, no último jogo dele, que perdeu, vs. Liverpool FC, em que Eric Dier está, pela negativa, em 2 dos golos sofridos, o Rui já não fez post nenhum. Por que motivo?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.09.2014 às 19:24

Caro Alexandre,

Resposta em síntese:

- Eu fui dos adeptos mais entusiasmados pela chegada de Shikabala ao Sporting, por ver nele um possível "10" que precisamos e não temos. Face ao que tem acontecido desde daí, qual o porquê de não admitir que foi uma contratação falhada, e seguir em frente ?

- Quando eu sei algo de concreto, não hesito em divulgar , sustentando os meus argumentos. A opinião do Alexandre sobre esta questão é-me indiferente.

- Reconheço que as condições no Egipto são complicadas. No entanto, a exemplo, o Rabia veio sem problemas, foi entretanto para a selecção, lesionou-se e regressou logo no dia seguinte, sem dificuldades algumas. Só a "vedeta" é que tem problemas.

- Embora compreenda a sua intenção, não identifico a relevância de eu ter escrito algo ou não sobre a última exibição de Eric Dier e o valor fundamental do jogador. Pretende defender o quê ?

Eu sei que o clube grego foi o Xanthi porque foi assim noticiado, dentro e fora fronteiras. Não recorri a fontes especiais. Se não está informado...

Passe bem.
Sem imagem de perfil

De Alexandre Borgia a 04.09.2014 às 19:44

Caro Rui,

- Diga-me lá você: quantos presidentes admitiram contratações falhadas? Não me lembro de nenhum, assim de repente. E não falo só em relação ao Sporting. Quer a minha opinião, é isso? Para mim sim, é uma contratação falhada, como é a de André Geraldes ou foi a de Héldon, para dar mais exemplos.

- Não me leu dizer em lado algum que Shikabala está isento de culpas na questão do tal carimbo que faltava no passaporte. Quer saber porquê? Porque propositadamente ou por negligência, acho que ele tem culpas no cartório. E não é por acaso que está há tanto tempo à-parte dos dois plantéis profissionais do Sporting.

- Quanto ao Dier, o que eu pretendo é só uma coisa: questioná-lo quanto à parcialidade dos posts do género, da sua autoria. Já no ano passado se passou igual: quando Ilori fazia boas exibições, "tenho que fazer post para relevar isto"; quando enterrava, como fez várias vezes, no Granada, "deixa-me lá calar a ver se ninguém fala disto". Eu também sei qual é a sua intenção, e você também sabe que eu sei. Não pretendo defender mais nada senão a igualdade de circunstâncias, para o bem e para o mal.

- Volto a dizer: para mim, é-me igual qual o Clube. Podia ser o Olympiakos, o Panathinaikos, o Paleniokios, o PAOK ou outro qualquer. Simplesmente não é relevante, como Rui acha que é... prefiro estar informado sobre outras matérias.

- Custa-me a entender que alguém tenha um blog para depois dizer aos leitores que a opinião destes não lhe interessa. Para isso bastava escrever um diário para si mesmo...
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 04.09.2014 às 21:21

Pensava que estava a participar num debate construtivo, mas já vi que não. Para a defesa do que endende ser a causa, todos os argumentos servem. Além de exibir alguma dificuldade em compreender o que é escrito. Enfim...
Sem imagem de perfil

De Alexandre Borgia a 04.09.2014 às 21:23

O mesmo poderia eu dizer de si. Para além, claro, de não beliscar a sua infalível omnisciência...

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo