Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Só podemos esperar mais dissabores !

Rui Gomes, em 15.02.19

 

ponturi-pariuri-sporting-vs-villarreal-europa-leag

 

Cheguei finalmente à conclusão que eu mais receava: com Marcel Keizer ao leme, não há hipótese!

 

Este Sporting é um conjunto que existe no abstracto e que pratica um futebol agonizante. Se já havia causa para duvidar da sua capacidade, o golo sofrido aos 3' foi o suficiente para revelar uma equipa sem o mínimo de chama, dinâmica e intensidade de jogo, que passou o resto do primeiro período sem sequer ameaçar a baliza adversária.

 

Nem vale a pena falar de Bruno Gaspar novamente como titular, porque só o treinador vê nele aquilo que nos elude a todos, mas com um meio campo constituído por Petrovic e Miguel Luís - sim, o muito desejado Miguel Luís - era missão praticamente impossível sair dali algo minimamente construtivo.

 

img_920x519$2019_02_14_22_38_47_1505650.jpg

 

Na linha da frente, um Bas Dost a trabalhar muito mas pouco ou nada consequente, dado que só uma ou duas vezes foi servido de modo a poder tentar violar a baliza do Villarreal, e numa dessas ocasiões o guarda-redes fez uma grande defesa.

 

Raphinha com uma primeira parte desastrosa, e ocasionalmente ameaçador no período complementar, rematando até ao poste, mas longe do melhor que já vimos dele. Jovane Cabral muito esforçado, mas a acusar falta de ritmo, porventura pela sua pouca utilização em dias recentes e porque também nunca rendeu muito quando é titular.

 

Por fim, o incontornável Marcus Acuña, a deixar a sensação que o seu objectivo prioritário neste momento é fazer as malas e seguir caminho para a Rússia. Até sofreu falta no lance que levou ao primeiro amarelo, mas protestar com um árbitro com disposição inclinada, só podia ter um fim. Quando essa oportunidade surgiu, aos 77', o juiz francês nem hesitou.

 

img_920x519$2019_02_14_22_29_19_1505636.jpg

 

Houve dois jogadores no relvado que deram o que nas circunstâncias tinham para dar: Coates e Bruno Fernandes. Muito pouco para tanto. Outros que não deram mais porque o seu pouco talento não o permite e ainda alguns que simplesmente não executaram como se exige.

 

Tudo isto, complementado por um sistema de jogo quase impossível de compreender, faz com que a missão se torne muito complicada. O resultado alimenta a esperança de se poder dar a volta à eliminatória em Espanha, mas não a jogar como se jogou ontem, nem com algumas das mesmas opções do técnico. E... só a pensar que no domingo temos o SC Braga.

 

Ao longo dos meus anos no futebol tive ocasião de demitir alguns treinadores, mas como mero adepto, é um acto muito longe do meu pensamento. Hesito em adiantar que se deve tomar medidas agora e não esperar pelo fim da época, apenas porque não sei qual será a melhor solução. Uma coisa é certa; salvo uma mudança nada menos do que drástica, este Sporting só vai sofrer mais dissabores.

 

Nota: Alerto, desde já, que se surgirem aqui os usuais opositores de má fé a tentarem aproveitar-se da ocasião menos agradável, como é seu hábito, é minha intenção eliminar todos os seus comentários.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:48

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


165 comentários

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2019 às 08:38

Não sei se Peseiro serve de argumento. Estávamos a jogar um futebol miserável com ele ao leme e fica a pergunta no ar onde estaríamos hoje com o número de jogos já realizados e a jogar praticamente cada três dias.
Sem imagem de perfil

De LeaoCovilha a 15.02.2019 às 09:37

Apesar de não achar o Peseiro um treinador português de topo, é um treinador que conhece o campeonato português e é resultadista, como sabia que não tinha um plantel bom para competir com os outros grandes, preparava a equipa para obter resultados e até não estava mal, tendo em atenção que neste plantel só quatro jogadores é que são de topo, Mathieu, Bruno Fernandes, Coates e Bas Dost. Depois numa segunda linha nomes como Raphinha, Nani, Jovane e Miguel Luís são jeitosinhos mas é muit pouco para uma equipa que ambiciona títulos. Já Keiser creio que ainda não percebeu bem as limitações do plantel e, ou muito me engano ou, caso não dê algum descanso a Bruno Fernandes, ele irá rebentar um dia destes.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2019 às 10:57

Como pode garantir como estaria hoje a equipa depois do maior número de jogos realizados e, especialmente, a jogar a cada três dias como temos vindo a fazer?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.02.2019 às 11:06

Caro Rui,

Com Peseiro também jogávamos cada três dias e não estávamos no segundo pelotão. Jogávamos mau futebol, certamente, mas havia noção das limitações e jogávamos com pragmatismo. Com este plantel é difícil jogar bom futebol.

Exceptuando o jogo de Portimão, ganhámos a quem devíamos ganhar, incluindo o Setúbal que agora nos tirou pontos. Os piores jogos de Peseiro foram com a equipa alternativa, o que levou ao seu despedimento, apesar de não ter comprometido nenhum objectivo.


Continuo a dizer que a troca de Peseiro por Keiser foi um erro, que mostra a falta de experiência do Presidente. E continuo a estar convicto que com Peseiro estaríamos melhor em termos pontuais.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 15.02.2019 às 11:18

Naçao valente custa-lhe tanto admitir que Peseiro tambem nao é treinador para o Sporting e para qualquer um dos grandes de Portugal? Isto dos treinador acertar num, no indicado nao é facil e depois os treinadores são momentos , todos eles têm os seus momentos que acabam gastos e tem que se renovar de novo é uma constante mutação.

Peseiro é um treinador ultrapassado pelo tempo , foi util num momento muito especial muito conturbado do clube , mas depois quando se voltou á normalidade veio ao de cima as suas enormes lacunas. Peseiro é passado e temos que seguir em frente.
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.02.2019 às 12:08

Caro JC,

Nunca me ouviu dizer que Peseiro era treinador para um "grande". O que sempre disse foi que assumiu a equipa numa fase em nem se sabia qual seria o plantel, que manteve a equipa em todas as lutas, apesar da falta de qualidade, e que merecia acabar a época, dando ao Presidente tempo para preparar a próxima, com a contratação de um treinador com currículo.
Varandas arriscou sem necessidade, e agora é ele que também está a ser contestado. Na altura, muita gente disse com propriedade, que tinha deitado borda fora o seu escudo protector.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2019 às 11:22

Caro Nação Valente,

Não estou convencido que estaríamos melhor.

Peseiro realizou um total de 14 jogos oficiais nesta segunda passagem pelo clube entre Campeonato, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa, com nove vitórias, um empate e quatro derrotas – três nos últimos cinco encontros, que muito além do Portimonense, inclui o Estoril em Alvalade.

Quais são as garantias?
Imagem de perfil

De Naçao Valente a 15.02.2019 às 12:01

Caro Rui,
Neste aspecto não estamos de acordo. Opiniões.
Derrota com o Braga num jogo disputado até ao limite. JJ também não perdeu? Derrota com o Estoril para poupar a equipa para os Açores e para o Arsenal? Lembra-se que equipa jogou?
Qual a vantagem de substituir Peseiro? Para pagar a dois treinadores?
Garantias? As mesmas que estão na contratação de Keiser.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 15.02.2019 às 12:09

Também recordo as vitórias quase milagrosas nos instantes finais.

Enfim, temos opiniões diferentes, e eu até nunca fui grande crítico de Peseiro, mas o futebol que praticámos com ele era desmoralizador, e não apenas por falta de talentos.

Sempre acreditei que com ele, o pior ainda estava para vir, e o insucesso de Keizer em nada afecta essa consideração.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 15.02.2019 às 13:21

Amigo Nação Valente , estamos perfeitamente de acordo que Peseiro foi util de inicio e juntou alguns cacos espalhados por varias partes , mas o trabalho do presidente é esse mesmo arriscar , ninguem é bruxo e advinhar que o keizer depois do amasso que levou em Guimarens optou pelo pior caminho com estratégias muito temerosas sem risco bloqueando a criatividade no fundo encolhendo-se onde quizá tem revelado a sua real personalidade como treinador .
É um falhanço sem duvida e agora é confortável que perante a realidade seria mais valido manter Peseiro toda a epoca .
Eu opino que devemos sempre mudar o que nao esta bem sabendo sempre que ao fazê-lo existe sempre uma percentagem elevada de risco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2019 às 00:08

Na minha opinião, a alteração drástica no jogo da equipa, depois do sucesso inicial, ainda está por explicar, pelo menos de forma a fazer sentido.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 16.02.2019 às 00:22

O amasso de Guimarens afetou a todos treinador e jogadores.

Recorda o sue escrevi antes desse jogo ?
Precisamente desvalorizei as goleadas e que Guimaraes era o grande teste. E a equipa falhou em toda a linha e ficou marcada e nao mais se encontrou e aí falhou duplamente o treinador que tem mostrado uma enorme incapacidade de juntar as tropas e injectar-lhes a motivaçao que era exigida e necessaria depois daquela derrota.
E so tem piorado de jogo para jogo e toda essa contaminaçao de falta de liderança contagiou todo o balneario.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2019 às 00:28

Bem... se é exclusivamente essa a causa à raiz, o ónus recai totalmente sobre Keizer e a sua incapacidade de liderança.

Mas parece-me inconcebível, em termos técnicos, que todos deixassem de executar como fizeram nos primeiros 6/7 jogos.

Mesmo admitindo o factor que cita, creio que há algo mais. Parece-me uma explicação excessivamente simples.

Enfim...
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 16.02.2019 às 00:35

Nao é tao simples Rui como possa parecer, todos sabiam e sentiam que era o grande teste e imagino que se o passam com uma grande vitoria a equipa embalava.
O que mais me surpreendeu foi ter sido o proprio treinador o mais afectado e nao mais o superou quando devia ser ele a dar a volta por cima.
A partir dai começaram as confusoes nas convocatorias e as estrategias mal organizadas, inadaptadas para os adversarios que a equipa defrontava.
O que tem afectado ainda mais os jogadores que perderam a alegria e a confiança.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2019 às 00:39

Bem... vou terminar a conversa por agora, dado que já tenho dificuldades em ver o teclado, tal o cansaço.

Já lhe respondi no comentário anterior e reitero: com atletas profissionais de alta competição, problemas deste género não podem perdurar. Ponto!!!
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 16.02.2019 às 00:40

Boa noite Rui tambem vou à deita.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2019 às 00:41

Boa noite Julius.
Imagem de perfil

De juliuscoelho a 16.02.2019 às 00:28

Porque ha perder e perder e aquilo foi de facto um amasso que afecta qualquer um.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 16.02.2019 às 00:35

São profissionais de alta competição, não pode ser permitido!

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo