Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Somos diferentes ! Somos?

Leão Zargo, em 10.11.15

 

O jogo em Arouca revelou uma determinada faceta de alguns dirigentes do Sporting que andava como que encoberta. No entanto, bastou um jogo mais tenso e disputado até ao último minuto para que o verniz estalasse.

 

18993361_T11l1.jpg

É relativamente consensual que o árbitro Cosme Machado agiu de forma adequada na sequência da invasão de campo pelo técnico Lito Vidigal. O árbitro expulsou o infractor, para além de Naldo que caiu na armadilha do empurrão. O que se seguiu foi alucinante. Brian Ruiz descobriu Montero que fez um subtil amorti para a corrida de Slimani. Golo ! O inesperado aconteceu, o Sporting seria o justo vencedor e esperar-se-iam festejos genuínos.

 

ng8B92D87B-593F-4ED8-AF6D-97901A215154.jpg

Os festejos genuínos aconteceram, mas no meio deles houve quem perdesse a cabeça e as estribeiras. Segundo a imprensa, Bruno de Carvalho desafiou Cosme Machado. "Mostra lá o vermelho agora!", terá gritado o presidente do Sporting. Já Octávio Machado, ensaiando uma dança haka à maneira portuguesa, com os punhos cerrados gritava “toma” para a bancada dos sócios do Arouca. O adjunto Miguel Quaresma teve de ser acalmado. Outro, Raul José, acabaria por ser expulso. Os ânimos nas bancadas estavam exaltados e trocavam-se provocações.

 

O jogo terminou logo a seguir. No exterior do campo os adeptos do Sporting e do Arouca continuaram com os insultos. Para acalmar os ânimos que estavam perigosamente ao rubro e para evitar males maiores a GNR teve de intervir. Tudo acabou sem registo de agressões.

 

Somos diferentes, ouve-se dizer a muitos sportinguistas impantes de orgulho ! Somos?

 

publicado às 14:58

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


52 comentários

Imagem de perfil

De Trinco a 10.11.2015 às 15:27

Não, não somos! E estamos cada vez mais iguais a tudo o resto. Inclusive aos que agora são os alvos eleitos.

Dizem que isso é bom, que agora nos respeitam, que ninguém se mete connosco e que é por isso que alguns resultados vão aparecendo.

A mim, que sempre festejei os golos e vitórias do Clube e nunca as derrotas dos outros, custa-me conviver com o generalizado tom arruaceiro e desbragado. Mas sou eu que estarei mal concerteza.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 15:41

Trinco,
quando ouço alguns apetece-me recordar-lhes o cantor: "eles não sabem nem sonham..."
Imagem de perfil

De Trinco a 10.11.2015 às 15:42

Eu às vezes, já nem me apetece nada...O que é bem pior!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 15:55

Huuummmmmm… Trinco, se fosse para desistir já terias baixado a guarda há muitos anos.
Ainda por cima agora, quando alguns fulaninhos recorrem a um grau de mistificação do tamanho deste mundo somado a outros que andam aí por perto!!!
Imagem de perfil

De Trinco a 10.11.2015 às 16:01

Vou-me mantendo, porque sim...por respeito a uma ideia e a uma memória. Muitas vezes obrigo-me.
Mas estas coisas, cada vez mais me deixam sem vontade de reagir. E a indiferença alastra...
Sem imagem de perfil

De Lion73 a 10.11.2015 às 16:24

Tem bom remédio.

Adira a um clube de chá.

Ou de golfe, ou algo do género.


Este tipo de saudosismo e de defesa de valores morais e éticos nesta altura e de desistência por não se reverem neste Sporting, quando há pouco tempo o clube andava na lama, por financeiramente e patrimonialmente destruído, por desportivamente incompetente e com actos que colocaram em causa regras fundamentais de gestão ( note-se, nem digo boa gestão ) e inclusivamente com a prática de actos ilicitos e criminosos, que decorrem nos tribunais, é risivel.

Credo que BdC pediu vermelho e Octávio festejou para a bancada.

Porra. Contado ninguém acredita.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 16:47

Lion73 no seu melhor registo!
Sem imagem de perfil

De J. a 10.11.2015 às 18:19

E ainda nos temos que lembrar do triste caso "Cardinal", cujo resultado ainda está por apurar.....essa sim uma das páginas mais negras da nossa história institucional.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 18:35

J.,
tem razão o "caso Cardinal" é degradante a todos os níveis.
Imagem de perfil

De Trinco a 10.11.2015 às 21:25

O remédio que tenho é deixar de me preocupar e de dar conversa a quem parece um eco de estribilhos e narrativas pouco originais (a justificação e avaliação por comparação directa com o passado recente, como se esse fosse a bitola a suficiente a ultrapassar é sintomático do discurso e da exigência).

Sim, porque este Clube é único, e é aquele com que me identifico nos seus fundamentais valores.

O meu problema não é o Clube. São as pessoas, transversalmente, que o estupidificam e descaracterizam a ponto de o tornar equivalente na conduta e postura aos que sempre criticámos.

Identificando-me cada vez menos com o contexto, a bem da minha própria identidade, é normal que me vá afastando cada vez mais da vida e discussão activa e que o veja cada vez mais como um adepto casual (mesmo que continue a pagar quotas como faço há quase 30 anos) com cada vez menos interesse e preocupação na sua vida associativa mais activa.

Por outro lado, por mais que tente, não consigo encontrar relação entre a gestão e a falta de educação, a manipulação, o enviesamento, a criação de narrativas e cenários que servem mais alguém que o Clube. Ou a constante criação de conflitos, até internos, que justifiquem o clima que promova o bem estar de quem apenas vive na confrontação, ignorando que a prazo aliena mais do que congrega e mobiliza. E tinha sido tão fácil... Nunca nos últimos anos teria sido tão fácil unir de forma inclusiva como em 2013.

E obviamente, que a reacção do presidente ou do director não são o diagnóstico que leva a esta reacção. Por mim, até será o que menos me faz reagir por pouco me surpreender. São sintoma. Mais um entre muitos evidentes de forma transversal no Clube.

Cada vez mais me parece que o PLEC está concluído.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 21:36

Trinco,
oxalá o seu comentário seja lido "devagarinho" e com "olhos de ler"!
Sem imagem de perfil

De vitor a 10.11.2015 às 19:32

Há muitos anos que não festejavas lá muito.

Vitor
Imagem de perfil

De Trinco a 10.11.2015 às 21:39

Desde que tenho consciência do que é o Sporting, 5 campeonatos de futebol (2 como sócio), 8 taças de Portugal de futebol (5 como sócio), 9 campeonatos de Andebol (3 como sócio), 13 taças de Portugal de Andebol (10 como sócio), 1 taça Chalenge de Andebol (como sócio), 12 campeonatos de Futsal (todos como sócio), 4 taças de Portugal de Futsal (todas como sócio), 1 Taça dos Clubes Campeões Europeus de Hóquei, 3 Taças dos Vencedores de Taças de Hóquei (1 como sócio), 2 Taças CERS de Hóquei (1 como sócio), 4 campeonatos de Hóquei (1 como sócio), 4 Taças de Portugal de Hóquei (1 como sócio), 4 Campeonatos Nacionais de Basquete, 3 Taças de Portugal Basquete, 3 Campeonatos Nacionais de Vólei (todos como sócio), 3 Taças de Portugal de Vólei (todas como sócio) e poderia continuar...

É que para mim o clube não começa nem acaba em 1995 nem em 2013 e não se esgota no Futebol...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 10.11.2015 às 16:05

Caro Leão Zargo,

O que significa ser diferente? que não insultamos? ou que normalmente não vencemos?
Essa conversa de sermos diferentes, vem da razão de perdermos quase sempre.... é a unica coisa a que nos agarramos, o argumento de que eramos diferentes!

Na minha opinião este argumento é uma treta... existem vários tipos de sportinguistas, como existem vários tipos de benfiquistas e portistas. Fazer uma generalização de que somos diferentes, só porque temos ética a ganhar, é uma teoria de que nunca pôde ser comprovada, porque quase nunca ganhámos... esta é a realidade!

Acredito sim, que somos diferentes num aspecto, que é o conhecimento e o gosto pelo clube, mesmo sem titulos... eu dou-lhe o meu exemplo, só vi o 1º titulo do Sporting e já tinha quase 18 anos, portanto não me tornei adepto leonino pelos titulos! É esta a nossa unica diferença, mas que resulta de anos e anos sem titulos... se fossem os nossos rivais na nossa posição, talvez fossem eles a dizer que eram diferentes!

De acordo com o nosso lema: esforço, dedicação, devoção e glória; não vejo onde é que os festejos de Arouca foram contra esse lema, pelo contrário, vejo sim o culminar de um jogo que foi o reflexo do nosso lema!

SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 16:23

Caro Schmeichel,
gosto da forma como vibra com o nosso Clube! Perfeito!
Este texto decorre do receio de constatar que os sportinguistas assumem atitudes "rascas" comuns ao que se vai vendo por aí. É uma preocupação minha,
Permita que lhe diga que não me parecem normais normais e muito menos saudáveis os comportamentos de BdC e de OM que foram descritos nos jornais. É a minha opinião.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 10.11.2015 às 17:01

Leão Zargo,

Acho que tem de separar o que é uma vitória como a de Arouca, no ultimo minuto, a jogar com 10, e para segurar o 1º lugar; que se torna dificil de conter o entusiasmo... não me lembro de festejos parecidos, na vitória por 3-0 na Luz, e olhe que esse sim seria o jogo para apontar punhos e outras coisas mais... :)

Houve algum excesso é verdade, mas também nada de especial... Pior fez o treinador do Arouca, ao agredir um jogador do Sporting e depois defendido pelo Presidente do Arouca! Não se esqueça que no futebol, por vezes os animos ficam exaltados, mas não confundir festejos excessivos (feitos pelo Sporting) e atitudes anti-desportivas (feitas pelo Arouca).
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 18:17

Schmeichel,
o presidente do Sporting é uma pessoa adulta que enfrenta problemas de resolução complexa e que se confronta com elevadíssimas responsabilidades.
Se ele assume determinados comportamentos num espaço público perante inúmeros espectadores (e telespectadores) então tenho de concluir que não tem condições emocionais para o cargo que ocupa.
Sem imagem de perfil

De MaxMartins a 10.11.2015 às 19:57

Eu sou dos sportinguistas que por exemplo na bancada (e fora dela é claro...), nem chamo nomes ao árbitro, nem aos adversários...embora possa demonstrar o meu descontentamento de outras maneiras...
Eu sou um sportinguista que por exemplo não assobia nem a equipa de futebol, nem a equipa técnica, nem as direcções...embora possa demonstrar por outras maneiras a minha discordancia (por exemplo...: não apoiando e ficando calado...)...
Eu sou daqueles sportinguistas, que gosta que o benfica perca...nem que seja ao berlinde (e mesmo que isso seja em jogos internacionais...)...sem no entanto sentir ódio pelos seus adeptos...mesmo que sejam "parvos" do género "berra" ou "ruigomesdasilva"...
Eu sou daqueles sportonguistas que para além de ser sócio (tem as quotas em dia e compra gamebox...)...
Eu sou daqueles sportinguistas que mesmo discordando dos pontos de vista dos outros...não os ofendo ao tentar "marcar" os meus pontos de vista...

Tudo "isso" faz faz de mim um sportinguista diferente...?

Não não faz...pelo menos na minha opinião...!

SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 20:58

MaxMartins,
de certa forma tenho uma atitude semelhante à sua e isso não estabelece alguma diferença essencial relativamente aos adeptos de outros clubes.

O Sporting é um Clube diferente de todos os outros e os sportinguistas, porque optaram sê-lo, assumem essa diferença. Desde logo pela origem do Clube e pelo seu percurso histórico, pelos seus ídolos desportivos e pelos dirigentes, as grandes vitórias que vibraram a emoção e as derrotas que fizeram sangrar a alma, a Formação que no Sporting tem grande relevo desde a transição das décadas de 1950/1960 e a paixão dos adeptos, a fidelidade e a esperança que nunca duvidam nem hesitam, o desejo de vitória e o cavalheirismo desportivo sempre assumidos, a defesa da solidariedade social, um passado centenário que é visto com seriedade, respeito, honra e orgulho e que sempre prezou valores humanos e sociais no sucesso ou no infortúnio.
Este será o lado bom do Clube que, mesmo quando não foi cumprido, está no seu ADN e permaneceu presente em quase todos os momentos.
Sem imagem de perfil

De Duarte a 10.11.2015 às 16:05



Na realidade somos diferentes: Somos Sporting o que, creio, deverá ser suficiente para cada um de Nós e, sobretudo, ser a centelha de um orgulho imenso e ilustrativo de uma paixão única.

Poderíamos aqui alongar explicações políticas, entrar em diferendos de forma e conteúdo, de questões de gestão. Até poderíamos encetar uma retórica profunda e analisar questões do foro emocional ocorridas num jogo, como é seu recurso para ilustrar a questão que levanta. Mas recuso-me a reduzir o Sporting que tanto amo a situacionismos e comparações com terceiros de forma oportuna e desregrada (não que não sejam questões pertinentes e interessantes, fundamentais diria, mas não misturemos infraestrutura com superestrutura).

Somos diferentes, pois somos Sporting.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 16:25

Duarte,
louvo a sua satisfação própria de quem não receia tempestades!
Sem imagem de perfil

De Duarte a 10.11.2015 às 17:05


Se a satisfação for pelo facto de ser Sportinguista, pois tenha a certeza que tenho bastante e, mais que isso, fico feliz que se seja reconhecida. Nesse mesmo sentido, espero que a partilhe comigo essa satisfação.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 18:18

Duarte,
aí nesse aspecto estou consigo!
Sem imagem de perfil

De Miguel a 10.11.2015 às 16:08

Não somos. Nunca fomos.

Alguns sportinguistas sempre se colocaram num pedestal de intocáveis, numa postura elitista, monárquica, pedante, pseudo-superior aos restantes.

Porque o Sporting dos últimos 40 anos ganhava pouco ou nada, alguns agarraram-se a esse mito do "ser diferente" para disfarçar o processo minguante do Clube. Quando o que realmente se destacava era o apoio ruidoso de uma ou duas claques fiéis do sporting, muitas vezes preenchendo o velho alvalade (quando os adeptos de sofá se sentiam diferentes... em casa).

Esses mesmos adeptos foram os adeptos que um dia impediram a entrada de Mourinho em Alvalade. Que seguiria para o porto, para a história que se sabe. Enquanto aplaudiam dirigentes que confundiam Clube com "entreposto" (Dias da Cunha), se gabavam de passar pouco tempo em Alvalade (Soares Franco) e mandavam calar adeptos contestatários em aeroportos (Bettencourt).

Alguns desses mesmos são os que, agora, não conseguem tolerar o que está a ser bem feito por esta direcção, arvorando esses valores do "ser diferente" para tudo e mais alguma coisa. Confundem e apregoam suposta "exigência" com incoerência e desonestidade intelectual.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 16:28

Miguel,
utiliza palavras bem bonitas. Fico sem resposta, receando que me aponte uma postura "elitista, monárquica, pedante, pseudo-superior aos restantes".
Safa!
Sem imagem de perfil

De brunovl a 10.11.2015 às 16:40

Eu fico contente por ter alguem que festeja un golo nos últimos minutos de jogo da mesma maneira que eu. Como um adepto, um sócio, alguem que ama o Clube.

Estes festejos sao genuínos e espero voltar a ve-los muitas vezes
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 16:49

brunovl,
como muito bem entenda! E de facto a genuinidade é das coisas mais importantes na condição humana!!!
Sem imagem de perfil

De peyroteo a 10.11.2015 às 16:44

Gostei dos festejos. É sinal de que ganhámos... Não vi nada de extraordinário nos festejos de Otávio e BdC. Foi um golo importantíssimo aos 90 minutos, quando tinha acabado de ser expulso um jogador e a vitória parecia impossível. A provocação dos adeptos da casa por detrás do banco também não deve ter sido pouca. Claro que não se deve responder mas uma coisa é dizermos isso agora, outra é o momento. Eu em casa fiz o mesmo gesto de Otávio. :) O Zargo tem a certeza que conseguia manter a compostura naquele momento?
Acho mais desonesta a forma como Lopetegui se comporta, por exemplo. Fingindo ser muito cordial e depois é só indirectas nas conferências de imprensa e comportamentos incorrectos no banco...
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 16:52

peyroteo,
cada um comporta-se como entende, no entanto sujeita-se à observação dos outros. Não é importante como eu me manifesto, mas é importante como o presidente e o director desportivo do Sporting se manifestam em público num Estádio de futebol.
Sem imagem de perfil

De António Santos a 10.11.2015 às 16:46

Hahahaha!!!
Transformar um remate falhado do Montero que bate num defesa e ressalta para o meio da área em "um subtil amorti" é de ir às lágrimas.
Ao ponto de alucinação que este pessoal chega.
Muito bom!
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 16:53

António Santos,
admito que tenha visto mal. Corrijo: "um remato falhado que se transformou num subtil amorti"! Agradecido.
Sem imagem de perfil

De J.Pinto a 10.11.2015 às 17:01

OS animos exaltaram-se mas tudo por culpa do treinador do Arouca - tudo o resto devia ser evitado mas é resultado de uma entrada em campo e agressão a um dos nossos

Já agora ser diferente é o quê exactamente ?

- acumular perto de 100M € de prejuizo, quase levando o clube à falencia ?
- depositar dinheiro em contas de arbitros ?
- trabalhar 2 horas por dia para o clube
- Ser subserviente de Porto ou Benfica ?

porque é isso que têm sido os ultimos presidentes do Sporting
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 18:19

JPinto
Explique qualquer coisinha, por exemplo qual é a relação directa (ou indirecta) entre os termos do post e as dúvidas que aponta?
Sem imagem de perfil

De peyroteo a 10.11.2015 às 17:18

Eu prefiro um presidente assim, que vive o clube, que vibra com as vitórias, ainda que com alguns excessos. Excessos que se calhar não cometeria na bancada. Eu ainda me lembro do anterior presidente que, provavelmente, no momento do golo iria perguntar a alguém se tinha sido o Sporting a marcar...
Alguém ainda se lembra do Torneio Verde que ele queria criar, com equipas que jogassem de verde, e depois falou no Grasshoppers? Relembrem aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=qhGrXixZDk4

Não podemos eliminar mesmo este personagem da história do Sporting, pois não?
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 18:22

peyroteo,
oxalá nunca o Sporting chegue ao momento em que a sua história é revista e sportinguistas são expurgados. Não levo a mal essa patetice que refere no final porque tenho a certeza que não sabe do que está a falar!
Sem imagem de perfil

De Mike Portugal a 10.11.2015 às 17:23

Zargo,

Isso de sermos diferentes só mesmo em não pertencermos à corrupção desportiva. Essa ainda é única do FCP e do SLB.
De resto, há Sportinguistas burros, inteligentes, mal educados, bem educados, etc..., como em qualquer outro clube. Não é aí que somos diferentes.

Quando o golo aconteceu, eu também me levantei e gritei "XUPA" para o ecrã onde estava a ver o jogo. Isto tem muito a ver com a atitude provocadora do treinador adversário, que estava mesmo a pedi-las. Digamos que foi uma vitória poética e ele mereceu todos os insultos que ouviu. Faz parte do futebol. Só se surpreende com isto quem nunca viu um jogo ao vivo.

Em relação à tua frase "É relativamente consensual que o árbitro Cosme Machado agiu de forma adequada na sequência da invasão de campo pelo técnico Lito Vidigal.", eu digo, não não é nada consensual. O que deveria ter acontecido era a expulsão de Lito e o amarelo para o Naldo. E explico porquê pois as regras do jogo assim o definem:

Agressão = vermelho
Comportamento anti-desportivo = amarelo

Naldo teve um comportamento anti-desportivo ao empurrar o treinador Lito (quantos jogadores não se empurram por jogo?)
Lito agrediu (com pouca força é certo, mas é agressão) Naldo.

E se há duvidas que Lito dá 2 palmadas em Naldo, nada como as imagens: https://vine.co/v/elmBiPiUeL1
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 10.11.2015 às 18:33

Mike
Evidentemente que o Lito Vidigal cometeu um erro grave. Ele próprio o reconheceu. Escrevo que o Naldo caiu na "armadilha do empurrão". A partir desse momento ficou sujeito ao critério do árbitro.
A minha crítica ao comportamento de BdC decorre de estar num espaço público e num ambiente inflamável. Quem ocupa o lugar de presidente do Sporting tem de revelar obrigatoriamente nervos de aço. Sempre.
Somos diferentes dos outros porque a identidade do Sporting decorre do seu percurso histórico. Essa diferença fica em risco quando a identidade do Clube é ameaçada por uma salvífica"refundação" que ninguém sabe o que é!

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo