Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

varandas_e_benedito15224334.jpg

 

Frederico Varanas e João Benedito são os dois candidatos à presidência do Sporting que reúnem mais consenso entre os sócios. A conclusão é de um estudo de opinião publicado esta quinta-feira pelo jornal "A Bola".

 

De acordo com a sondagem realizada, Frederico Varandas reúne 35,4% das preferências e João Benedito 28,4%. O gestor e antigo guarda-redes de futsal, está ainda assim a sete pontos de distância do ex-director clínico dos leões.

 

Os restantes cinco candidatos estão a larga distância: José Maria Ricciardi com 5,3%, Dias Ferreira 2,8%, Pedro Madeira Rodrigues 1,3%, Fernando Tavares Pereira 0,9% e Rui Jorge Rego 0,3%.

 

O estudo da Intercampus para o jornal resulta de entrevistas a 615 sócios leoninos nas imediações do Estádio José Alvalade. Dos 490 sócios que afirmaram que vão marcar presença no ato eleitoral de 8 de Setembro., 91 confessaram ainda estar indecisos sobre o candidato que vão escolher.

 

A recolha de dados foi feita a 18 de Agosto, antes da realização do jogo Sporting - Vitória de Setúbal. A margem de erro máximo da sondagem é de aproximadamente 3,95 pontos percentuais para um intervalo de confiança de 95%. A taxa de resposta foi de 60%.

 

publicado às 12:00

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


61 comentários

Sem imagem de perfil

De Pepeu a 23.08.2018 às 15:09

Bem...
Eu não interpreto o comentário de Ricciardi propriamente por aí, será mais expor o ridículo da convicção que Varandas árvore-se em perceber muito de futebol só porque foi médico do clube por 7 anos.
Agora a necessidade de Varandas reagir para alegadamente defender o Paulinho, dizendo reconhecer nele o mais competente roupeiro desportivo que teve oportunidade de conhecer, diz muito da forma como o médico é "comido" de qualquer maneira...
Vamos lá ver!
Eu percebo que politicamente falando, qualquer um deva transmitir uma imagem de simpatia quando a ideia é captar votos. Admito que esse não seja o forte de Ricciardi mas, porque não estamos na eleição de Miss Simpatia e o que me interessa é a competência para dirigir um clube de futebol, com uma imensidão de recursos mas também de encargos, com uma vasta equipa de colaboradores e numa indústria em que os bons modos, só por si, tem-nos feito, isso sim, é perder distância para os adversários, entendo que Varandas esteja nos antípodas daquilo que eu acho que sirva para o Sporting.
O Varandas notoriamente não faz a mínima ideia do que seja dirigir gente, honestamente!
Mas acha que sim........... Mal!
O outro nunca na vida teve que ir a votos para nada, logo nunca se esforçou por vender simpatia mas, do alto da sua arrogância, demonstra aquilo que parece evidente: todos, ao lado dele, não passam de uns meninos de berço no que toca a gerir, negociar ou liderar.
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 23.08.2018 às 15:13

Aqui ao lado em Espanha temos o exemplo do Real.
O presidente está longe de colher simpatias de quem quer que seja entre os adeptos do clube.
Mas foi a melhor coisinha que lhes aconteceu. O Real Madrid tornou-se em definitivo o melhor clube do mundo.
E se ele percebe de futebol?!.... Bola!!
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 23.08.2018 às 15:39

Há um problema congênito que associa Ricciardi ao medo dos sócios.
Quanto a mim um erro de percepção, repetido tantas vezes ao longo dos anos que se tornou regra na mentalidade dos sportinguistas.
Se se perguntar à esmagadora maioria dos adeptos, estes acharão que o projecto Roquette foi a maior desgraça do clube e que o arruinou.
Sucede que tal projecto teve o condão de modernizar o clube, seja do ponto de vista estrutural (Estádio e Academia, como os melhores exemplos), seja do ponto de vista institucional (constituição da SAD). Em todos estes projectos, o Sporting foi pioneiro e isso trouxe-lhe vantagem numa determinada fase em que se tornou o mais forte no princípio do século.
Mas o que nos distingue dos outros neste momento? Eu diria que quase nada...
O volume de dívida dos nossos adversários é bem mais elevado que o nosso por força do facto de terem tido que investir tal como nós em infraestruturas mas ainda pelo facto de serem muito mais agressivos no mercado ao longo dos anos.
Nesta altura, a guerra é vencida por eles e aquilo que o Sporting essencialmente precisa é de reestruturar a sua indentidade enquanto clube para se poder tornar tão válido no aspecto da receita e dos resultados operacionais como os outros.
Para tal tem que vencer, única e exclusivamente, vencer!
Bruno de Carvalho, no meio da sua loucura e inadaptidão para liderar, teve o condão de nos mostrar o potencial de mobilização deste clube, património que não pode, de forma alguma, ser menosprezado.
Quanto a Roquette soube, mesmo sem perceber de futebol, dar a volta ao texto num clube muito pouco habitual a ganhar. Não soube, isso sim, entregar a sua capacidade de liderança a gente capaz. Cunha, Franco, Bettencourt e Lopes não estiveram à altura, ainda que eu pessoalmente distinga Franco dos outros por reconhecer nele o único com visão empresarial de relevo.
Pese embora toda a colagem que aquilo que eu aqui digo dê a Ricciardi a ideia de um seguidor do projecto, e com todos os defeitos que o dito projecto Roquette acarreta, vejo nele, entre os candidatos disponíveis, o único capaz de retomar o clube no rumo adequado.
Com mais disponibilidade, mais experiência e reconhecimento dos erros passados.
Aliás, lembro-me bem dos entusiasmos do passado, seja com Bettencourt ou mesmo com Godinho Lopes... cheio de ideias e convicções mas qualquer um deles denotando uma incapacidade para descolar duma certa irrealidade.
O mesmo que vejo em Varandas ou Benedito muito por força da falta de experiência, ainda que possam ser muito simpáticos e afáveis.
Pragmatismo, e muito, precisa-se... para nós podermos bater com as nossas dificuldades mas igualmente nós sabermos governar num meio dominado por figuras como Vieira ou Costa.
Quanto a punhos de renda...?
Sinceramente já me fartei disso dos tempos anteriores a Carvalho.
Afinal outro aspecto que parece jogar contra Ricciardi, ou seja, o facto de as pessoas se terem incomodado tanto com a personalidade arrogante e irascível de Carvalho mas que, reconheça-se, fez por em sentido essas duas figuras adversárias que há muito se julgavam donas disto tudo...
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 15:52

Uff!!.
Comparar com José Roquette.
Primos são, isso e mais nada.
O J. Roquette nunca foi arrogante, nem mandão!..
Eu lembro-me dele sempre tentando o diálogo.. O consenso.
Vi-o algumas vezes desesperado por ser incompreendido, isso sim!.
Era uma faceta que era de admirar!.
A paciência que tinha com tanta maldade..
Na!. na.! na!..não comparar!!
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 23.08.2018 às 16:18

Honestamente.... Carlos!
Você acha mesmo que José Roquette não é uma figura arrogante e mandona...?
Isso é só incapacidade para ler a personalidade dos outros ou que mais?!
O sucesso de quem lidera passa muitas vezes pela sua capacidade de se arrogar embora a tenha que saber controlar, sob pena de perder a razão e a confiança dos outros.
Já um coitadinho, por muito que dê pena, não oferece aquilo que as pessoas precisam para se sentir seguras e guiadas: confiança.
A imagem que eu nunca terei de Roquette é de um avozinho simpático e bonacheirão...
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 18:14

Pepeu,

Sim, a incapacidade que o Pepeu tem em dialogar sem adjectivacao.
Ainda assim, conseguiu explicar bem a diferenca entre ser arrogante e arrogancia.
-"O sucesso de quem lidera passa muitas vezes pela sua capacidade de se arrogar embora a tenha que saber controlar, sob pena de perder a razão e a confiança dos outros. "-
Bravo!..
Leia com calma o meu texto.. Vai exatamente deduzir isso mesmo que escreveu.

-"A imagem que eu nunca terei de Roquette é de um avozinho simpático e bonacheirão…"-
LOOOOOOLL!..
Eu disse isso? Como é possível sub-entender tal coisa?..Humm!!..
Sim, a incapacidade que o Pepeu tem em entender ou entao, entender o que deseja entender.

Sem imagem de perfil

De JCP a 23.08.2018 às 16:18

Caro Pepeu,
Concordo que o projecto Roquete foi o mais inovador, o mais criativo e todos os outros seguiram.

O fracasso do Roquete deve-se a uma liderança forte mas ausente e como se costuma dizer, patrão fora, dia santo na loja.

A frase do Ricciardi, o Sporting precisa de uma liderança forte, na minha perspectiva está correcto mas acrescento, deverá ser uma liderança forte mas presente.

De todos os candidatos, o Ricciardi é que tem melhor perfil para essa tal liderança.

Todas aquelas ideias quer do Varandas quer do Benedito são lugares comuns, como diz o Ricciardi e bem concordou com muitas ideias do Varandas mas acrescentou que não trás nenhuma novidade, qualquer um diz aquilo e acrescentou sem liderança forte e presente tudo cai.


Sem imagem de perfil

De Pepeu a 23.08.2018 às 16:58

Um projecto Roquette qualquer por si só não torna um clube definitivamente vencedor.
É preciso saber feri-lo a uma empresa, o clube desportivo, como se de um organismo vivo se tratasse sob pena de não o alimentar correctamente, de o definhar e finalmente o matar.
O projecto Roquette vive bem presente na realidade do Sporting hoje em dia é será sempre sua marca identitária para o bem e para o mal.
Várias coisas forma muito mal feitas à altura dos acontecimentos e fui sempre um crítico acérrimo das coisas menos boas.
Simplesmente reconheço em Roquette alguém com o perfil e o carácter para o ter iniciado ao ponto de levar o clube inclusivamente ao sucesso desportivo.
O mal veio depois, porque Roquette não se encontrava em condições nem com motivações para continuar, e o entregou nas mãos de gente menos incapaz e totalmente dominado por interesse vários que ninaram o clube por dentro e por fora.
Nenhum dos muitos contestatários adeptos que representam a larga maioria hoje em dia deixou de se regozijar com os sucessos e as vitórias do princípio do século, quase não pondo em causa o mérito do projecto.
O problema veio com o tempo quando se expuseram as insuficiências, os erros e os muitos aproveitamentos de todo o género que se fizeram dele.
Dizer que com Beuno de Carvalho se rompeu com o passado é passar um atestado de incapacidade de memória a qualquer um por não perceber que todo o modelo, venha de quem vier, segue um trajecto que tem um princípio, nem sempre virtuoso mas definitivamente presente.
Ricciardi não tem que ser conotado com este ou com aquele, senão apenas consigo próprio.
Ninguém que o acompanha sequer esteve relacionado com Roquette os os seus sucessores.
O se entende que é ele a pessoa mais capacitada para pegar no clube que segue o seu rumo ou não.
Mas achar-se que com Ricciardi é o regresso de alguma coisa enquanto que com outro qualquer é o rompimento é não perceber o fundamental é voltar a acreditar noutra aventura cuja última levou-nos a onde nos levou.
E Ricciardi em relação a Varandas disse uma coisa ontem interessante: que este lhe fazia lembrar Bruno de Carvalho com o curso de médico...
Vamos ver!
Nem quero comparar o perfil disruptivo de Carvalho com ninguém deste firmamento. Acredito piamente que todos os candidatos são bem mais sãos mentalmente. E Varandas também, sem dúvida alguma.
Agora o que eu acho, aí dou razão a Ricciardi e ao seu comentário, é que Varandas, para quem quer liderar algo tão grandioso, revela alguma instabilidade emocional e falta de pulso enquanto se baralha com ideias de liderança que não têm pés nem cabeça.
A rábula em volta dos capitães de equipa é de bradar aos céus...já para não falar no cinismo como abordou a figura de Patricio e a sua função enquanto capitão quando andou aos beijinhos e abraços com ele nem há dois meses.
Alguma noção é bom senso precisa-se...
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 23.08.2018 às 18:26

Fracasso de Roquette!! Espanta-me que se esteja sempre a afirmar isso, tendo o Sporting sido campeão sobe a sua liderança e sendo também o mentor da construção do novo estádio e da academia de Alcochete.
Falhou porque não passou a vida envolto em polémicas e a insultar tudo e todos?
Sem imagem de perfil

De Luís a 23.08.2018 às 16:27

JMR foi sempre uma figura muito presente na vida do clube e de várias direções, inclusivamente de BdC, pela via da banca ou seja pelos negócios do SCP com a banca.
Porque motivo nunca alertou para o perigo que se estava a correr no SCP, sobretudo no tempo de Godinho Lopes onde o endividamento disparou e onde a gestão foi ruinosa.
E ele sabia de tudo isto e foi dando o seu aval. Há quem diga que o SCP beneficiou sempre desta parceria e que JMR tapou ou ajudou a tapar muitos buracos.
A perceção que eu tenho é que a maioria dos sportinguista associa JMR ao passado e ao passado não queremos nós regressar.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 19:30

-"......….Carvalho mas que, reconheça-se, fez por em sentido essas duas figuras adversárias que há muito se julgavam donas disto tudo…"-
Entao nao fez?!..
Ganharam 4+1 campeonatos nacionais e, e, ... ou seja, em 5 anos 20 troféus que disputados, perdemos 18 deles ..
Nao. né!!

Incapacidade de , de , de ….??..
Nao brinque com coisa sérias, Pepeu.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 15:59

_"Mas foi a melhor coisinha que lhes aconteceu. O Real Madrid tornou-se em definitivo o melhor clube do mundo."-
Comparação imperfeita!.
Ter milhões para despilfarrar é outra coisa..
Por exemplo: se eu tiver milhôes para investir tenho menos receio do fracasso. Real Madrid
Por o contrário, se os meus milhôes forem de mealheiro.. Penso duas vezes como e aonde investir. Receio do fracasso. Sporting Clube de Portugal
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 23.08.2018 às 16:22

Mais uma vez...
O Carlos, com todo o respeito, denota alguma falta de capacidade de análise.
Desculpe a minha arrogância...
O Real Madrid é uma perfeita máquina de fazer dinheiro e veio de uma situação de profunda crise financeira sendo o clube mais endividado do mundo, em Espanha tido como um poço sem fundo apenas sustentado pela benevolência dos poderes institucionais, dado ser património desportivo nacional com reconhecimento mundial, para passar a ser uma empresa com os maiores retornos financeiros da história da indústria, através da sucessão de boas práticas desportivas, financeiras e comerciais.
O Real Madrid deixou de ser um clube de futebol espanhol para se tornar uma empresa multinacional pela mão de Florentino Perez.
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 18:19

Pepeu,
Sim, o defeito de análise é sempre dos demais..
A dificuldade de …. tudo entao, é mesmo dos outros.
Por muito que gostemos do Sporting..Acha que o Sporting se pode comparar nos financeiros com o Real Madrid, seja em que momento seja?..
Acha mesmo ?
Acha mesmo que o Sporting pode ir ao mercado futebolistico e comprar o Icardi, o Rabiot, o Guerreiro, o Cilessen, o Mandzukic, o Morata, etc....??
Jogadores de segunda linha, os de primeira sao para o Real Madrid..
Acha que o Ricciardi pode manejar as contas como fez o Florentino?.Clarissimo, NAO!
Acha mesmo que o Boavista(Sporting)se pode comparar ao Sporting(Real Madrid)?

Nao compare o incomparável, por favor!
Cada um na sua realidade, todos com o mesmo objectivo! Assim, concordo.
Sem imagem de perfil

De JCP a 23.08.2018 às 16:25

Carlos NT,
Milhoes para estoirar no futebol é o que não falta por essa europa fora. É Mais um chavão que discordo.

Claro que sem dinheiro não temos boas equipas e o Ricciardi já abordou isso, mas só dinheiro não chega, é necessário a tal liderança. Pergunto, o Ricciardi terá essa liderança? Não sei, mas seguramente que dos candidatos actuais é o que tem o perfil mais adequado.

Eu até admito que uma equipa pode fazer um brilharete com um orçamento manifestamente inferior, fará uma temporada, mas não irá repetir, aconteceu recentemente em inglaterra.

Em resumo, é preciso meios financeiros e liderança forte e presente.

O FCP tem ganho devido a liderança forte e super presente do seu presidente, tem duvidas?

O sporting gastou tanto como os outros e nada ganhou. Porque? Faltou sempre uma liderança forte e presente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.08.2018 às 17:41

No que a um líder diz respeito, talvez mais importante do que perceber de futebol é ter a inteligência e a ausência de ego para delegar essas decisões a quem percebe.

Um dos segredos de sucesso, hoje e sempre,em qualquer indústria.
Sem imagem de perfil

De Bento de Jesus Carvalho a 23.08.2018 às 18:42

Estou em total acordo consigo Caro Rui, saber delegar, ouvindo opiniões e tomando decisões fundamentadas, são sinónimos de um líder forte e competente.
Sem imagem de perfil

De JCP a 23.08.2018 às 18:57

O que acabou de dizer, no perfil de liderança forte mas presente. Não contesto que possa ter um traço e egocentrismo leve, muitos têm, o quanto baste e o resto utiliza a inteligencia para gerir, por isso acho que um presidente com uma liderança forte é o que se precisa.

Por vezes parece que estamos a discutir quem tem perfil para treinador
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 19:58

JCP,

-"Por vezes parece que estamos a discutir quem tem perfil para treinador"-
As caracteristicas de carácter sao exatamente iguias.

Um bom Presidente se perceber de futebol , será um excelente treinador e vice-versa.

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 15:46

Pepeu,
Hoje tá falhando.
Por tanto querer defender o Zé Maria.

-"O Varandas notoriamente não faz a mínima ideia do que seja dirigir gente!"-
O Freddy Varandas tem sim mais experiência em dirigir pessoas. Numa clinica, num departamento médico de futebol é sim o que ele mais faz.

-"O outro nunca na vida teve que ir a votos para nada, logo nunca se esforçou por vender simpatia.." -
Logo, é dizer, experiência do dia a dia na a diversidade de diferentes extractos sociais, tem zero.
Não sabe liderar, sim mandar!

-"todos, ao lado dele, não passam de uns meninos de berço no que toca a gerir, negociar ou liderar." -
Tá boa, sim!.. 😁
Quero ver o que dizem: O Vieira, o Pápa, a Liga, os árbitros, a FPF..
Será que vai conseguir negociar com eles do alto da sua arrogância?!

Concordo consigo.. Se fosse para gerir a minha empresa, era ele o escolhido.
Pois sim, mas o Sporting é mais que isso.. É um clube social profissional.
Não é so guita! 😁

Abrazzzo
Sem imagem de perfil

De Pepeu a 23.08.2018 às 16:31

Tenho até dificuldade em discutir tais argumentos...
Temos percepções de realidades absolutamente distintas, isso sim.
Mas no final da sua argumentação para concluir que "um clube social profissional" fica bem entregue nas mãos de um clínico que você alega ter provado capacidade para liderar por que dirigiu uma clínica e não sei o que mais...
Digo-lhe... liderar é mandar, sim senhor! Não se iluda com romantismos marxistas dos tempos modernos...
Anjinhos desses são comidos todos os dias de cebolada por quem realmente governa este mundo para apenas encontrarem refúgio em modos de vida que dependam exclusivamente dos fundos perdidos proporcionados por entidades públicas e pouco mais...
Agora o quero mesmo ver é o que diz o Vieira, o Papa e tantos outros quando tiverem a discutir ou a negociar com alguém que vira o rosto para o lado com cara de amuo quando é minimamente confrontado e exposto nos seus argumentos tão facilmente desmontáveis e tão mal refutados...
É que para um militar, Varandas até denota falta de perfil para comandar, algo que alguma arrogância sempre ajuda...!
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 18:12

Pepeu,

Liderar nao é mandar !.. Líder é ter aceitacao, idolo, saber delegar .Mandar é dar ordens, consignar..
Anjinhos, nao lideram! ..

-"Digo-lhe... liderar é mandar, sim senhor! Não se iluda com romantismos marxistas dos tempos modernos…"-
De politica também pouco percebe, Pepeu.LOOOOOOOLL!!
Esses sao os que mais mandam, nao sabem liderar nada.

Leia com calma e depois responda..
Nao disse que Varandas era o bom, o melhor, o mais capaz..
Simplesmente anotei essa discordancia nas suas, as suas ideias/frases Pepeu.

Abrazzzo
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 23.08.2018 às 18:15

Desculpe Carlos, mas acho que pretendia dizer "mandar não é liderar"...

Não será ?
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 23.08.2018 às 18:17

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2016
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2015
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2014
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2013
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2012
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D




Cristiano Ronaldo