Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




20581298_c0mZ8.jpeg

A notícia sobre o processo Cashball já foi aqui ontem publicada e debatida, no entanto, abordamos novamente o tema caso os leitores ainda queiram contribuir com algo mais ao debate.

Começamos por transcrever as respectivas considerações de Miguel Braga, responsável pela comunicação do Clube, na Sporting TV:

"Oficialmente ainda não fomos notificados. É positivo, é bom que o Sporting não esteja envolvido em qualquer processo de corrupção, nem que seja alegadamente.

Mas isto não quer dizer que não estejamos expectantes em relação a outros processos de outros clubes, que estão em curso, e que em princípio, se as coisas decorrerem nos prazos normais da nossa justiça, nos próximos meses deveremos ter novidades".

Compreendemos muitíssimo bem ao que Miguel Braga se refere. Veremos o andamento dos processos e esperamos um desfecho num futuro não muito distante conforme à razão. Como sempre, contudo, no que concerne o futebol e a Justiça portuguesa, seria  prudente esperar bem sentado.

_____________________________________________________

No mesmo sentido do post, um breve excerto da crónica semanal de Bruno Prata, em Record, intitulada "Para além das buscas":

"A Luz já foi alvo de nove buscas, sendo que foram executados quatro mandados na mais recente, o que deu azo a que alguém gracejasse que, um dia destes, a PJ ainda iria descobrir o brinco de Vítor Baptista. Alguns dos factos em examinação datam de há cinco anos e decorrem investigações há cerca de três. Ninguém sabe como tudo acabará, mas não restam dúvidas algumas, por muito que isso custe a compreender a Capristano e a outros inexoráveis e catatônicos adeptos, que o Benfica nunca sairá (totalmente) a ganhar. Mesmo que a judicatura lhe venha a conferir a ausência de culpa, isso não lhe garantirá de modo algum a inocência nos juízos da ética e da respeitabilidade. Ficará para sempre com os proverbiais telhados de vidro que noutros fóruns e noutros tempos sobreviveram ao Apito Dourado… E isso, por si só, significa a perda de uma enorme vantagem...".

publicado às 04:19

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


45 comentários

Sem imagem de perfil

De Cenas Talvez a 17.11.2020 às 14:13

A justificação dada e aceite pela investigação é que se tratava de valores relativos a venda de bilhetes ás claques
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.11.2020 às 16:38

Quais valores são esses???
Sem imagem de perfil

De Cenas Talvez a 17.11.2020 às 16:51

Os 60.045€ encontrados no cofre .... dinheiro num cofre onde já se viu uma coisa dessas.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.11.2020 às 17:12

Muito pior do que isso, segundo a auditoria, é terem existido períodos em Alvalade com mais de um milhão de euros em dinheiro vivo.

Nunca esqueci as palavras do lunático em Julho 2017... "É muito fácil roubar dinheiro a um clube. Nem é preciso uma conta bancária".

Pois...
Imagem de perfil

De Rampante a 17.11.2020 às 17:40

O caro sem querer acabou por dar razão precisamente ao ponto que eu queria evidenciar

Diz:
"A justificação dada e aceite pela investigação..."

Ora, se o dinheiro estivesse devidamente documentado como mandam as boas práticas, nem sequer teria havido a necessidade de dar justificação e muito menos haveria investigação.
É precisamente por isto que acuso Carlos Vieira de ter contribuído diretamente para que o nome do SCP fosse arrastado, pois não fosse a sua negligência, e jamais seria levantada qualquer questão relativa a esses 60.000€.

Felizmente o SCP conseguiu arranjar uma justificação plausível, mas entretanto andaram a fazer-se capas de jornais acerca de um suposto saco azul... tudo completamente desnecessário, ainda mais quando a Direção do SCP sabia que face às "guerras" que existiam, o clube estaria sob escrutínio apertado. Isto foi um "desleixo" enorme.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.11.2020 às 17:49

Caro Rampante,

E qual é a "justificação plausível" para aquilo que a auditoria indicou, nomeadamente que houve períodos em que havia mais de um milhão de euros em dinheiro vivo em Alvalade.

É que nem dá para imaginar, salvo levantar fortes suspeitas.
Imagem de perfil

De Rampante a 17.11.2020 às 18:07

Não conseguiram encontrar nenhuma justificação, dai terem dado a recomendação de se fazer uma auditoria urgente focada só neste aspeto (receitas provenientes de numerário).

Não tenho informação que o clube tenha avançado com tal auditoria e pela minha experiência não sei se compensaria, pois seguir o rasto a dinheiro vivo, sem qualquer suporte material, é quase impossível.

Além disso, isso poderia originar questões e conclusões que teriam de ser espelhadas nos relatórios financeiros e em ultima análise poderiam levar o clube a ter de assumir situações que lesassem o próprio clube.
Esta é daquelas situações que "custam a engolir", mas aparentemente o melhor para o clube é mesmo "esquecer" e tomar medidas (já tomadas) para evitar que ocorram novamente no futuro.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.11.2020 às 18:18

Caro Rampante,

Obrigado pela resposta.

Para ser franco, a minha pergunta foi algo retórica dado que eu já previa a explicação que deu, contudo, mesmo tentando compreender a defesa dos superiores interesses do Clube, é uma questão muito difícil de aceitar.

Aliás, eu sempre insisti que no fim haveria um "ajuste de contas", ajuste esse que iria muito além de simplesmente destituir e expulsar de sócio o lunático. infelizmente, não aconteceu, e a minha tese é que a actual Direcção optou por não seguir esse rumo precisamente para não dificultar ainda mais a recuperação financeira do Clube.

Com tudo isto, no entanto, é muito possível, até provável, que "alguém" se serviu forte e feio de fundos do Sporting.

Eu acho que a questão devia ter sido perseguida/investigada até a um fim absoluto!
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 17.11.2020 às 21:46

Caro Rampante,

O que estranho é que practicas de gestão financeira aparentemente tão racionais e necessárias, como a sua lúcida e objectiva explicação demonstrou, foram objecto de "desconhecimento" por parte de direcções do Sporting.
Quero crer que tal facto se deveu mais a incompetência do que a intencionalidade.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 17.11.2020 às 22:05

Isso explica pouco e já relatei as minhas razões para pensar assim. Alguém meteu muito ao bolso, só pode ser. Mais de um milhão de euros em dinheiro vivo "aos pontapés" em Alvalade, mera incompetência???
Imagem de perfil

De Leão do Norte a 17.11.2020 às 22:37

Rui,
O meu comentário foi eufemístico do explicativo.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo