Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sporting: evolução na continuidade

Rui Gomes, em 18.05.16

 

Um artigo interessante e creio que merecedor de ser comentado, que nos foi referido pelo leitor Leão da Guia, a quem agradecemos.

 

logo_dn1.jpg

O futuro do futebol profissional do Sporting passa inevitavelmente por um nome: Jorge Jesus. A contratação surpresa por Bruno de Carvalho em Junho do ano passado continua a ser o principal trunfo para um futuro risonho dos leões, e, por isso, só depois de ficar desfeita em definitivo a dúvida da permanência do técnico em Alvalade se poderá perceber se o projecto tem continuidade ou se mais uma vez o clube terá de começar de novo nesta matéria, o que seria desastroso. Jesus revolucionou o futebol leonino ao ponto de ter ficado apenas a dois pontos do título logo na primeira época. Liderou 16 jornadas e esteve em segundo na última fase sempre à espera da escorregadela encarnada que nunca aconteceu.

 

O egocêntrico mas talentoso Jesus mexeu em quase tudo, implementou um modelo de jogo, ajustou a organização, afinou o planeamento e interferiu até na logística e nas infra-estruturas. Teve o dinheiro de que precisava para contratações cirúrgicas, apostou em alguns nomes da formação e rentabilizou activos que já possuía. Uniu os adeptos à volta da equipa e o grupo em torno de si próprio, permitindo que ficasse imune à maior parte das ameaças externas. Se não ficar em Alvalade a estrutura poderá ser abalada ao ponto de abrir brechas difíceis de sarar nos tempos mais próximos.

 

Garantir a continuidade da maior parte dos jogadores e substituir de forma eficaz os que saírem será o segundo maior dos desafios imediatos em Alvalade. Parece óbvio que João Mário, Slimani e William Carvalho vão mesmo sair. Foram fundamentais nesta época e vão abrir vagas difíceis de preencher em talento, influência na manobra, e na capacidade de entrega em campo. Há opções em casa mas ainda são muito arriscadas para serem únicas.


O último desafio imediato em Alvalade será ver se finalmente Bruno de Carvalho vai conseguir vestir definitivamente o fato de presidente e despir a pele de adepto, corrigindo os erros de uma época que podia ter sido memorável mas que teve muitos erros próprios. Depois do sucesso na reestruturação financeira, na contratação de Jorge Jesus e na aquisição de jogadores, o presidente dos leões terá de perceber que a guerra permanente alimentada por comunicados venenosos, discursos truculentos, entrevistas regulares e a presença quase diária nas redes sociais provoca vários efeitos mas nenhum deles é benéfico para a equipa.


Porque motiva adversários, como se viu na Luz, irrita e condiciona árbitros, como se percebeu ao longo da época, e dá matéria aos comentadores e "opinadores" para manterem a pressão sobre a equipa em alturas fundamentais. A estratégia de comunicação tem de mudar de forma radical. Um presidente é um líder, firme mas contido, que quando fala deve fazer-se ouvir e não permitir que se ridicularizem as intervenções pelo tom desadequado, pela linguagem guerrilheira ou pela frequência quase diária que as banaliza. Além disso, cria-se à volta da equipa um ruído desnecessário e uma pressão que em momentos fundamentais podem ser factores demolidores.


O sucesso desportivo de qualquer clube de craveira internacional passa pela estrutura. Pelo seu equilíbrio e pela sua qualidade. Essa terá de ser a partir de hoje a principal tarefa de Bruno de Carvalho, garantir que a estrutura se torna de tal forma hermética que não há ameaça exterior que afecte o grupo de trabalho, e de tal forma científica que se torne imbatível em eficácia. Há que garantir que quem entrar depois de Jorge Jesus terá condições de excelência e um trabalho para continuar. Um conceito para respeitar. Como em todos os grandes clubes do mundo.

 

 

António Esteves - Diário de Notícias

 

publicado às 09:51

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


22 comentários

Sem imagem de perfil

De J. a 18.05.2016 às 10:08

Muito bom artigo!
Concordo com o que se diz como sendo os maiores defeitos e qualidades de BdC como presidente do Sporting.
Sem imagem de perfil

De m1950 a 18.05.2016 às 11:02

Excelente artigo.

No que toca à comunicação , tendo 3 agências de comunicação penso que o problema estará identificado: O Bruno de Carvalho escreve à revelia das diretrizes de comunicação , já que nenhum diretor vai dizer a um Presidente para falar todos os dias. Portanto é um problema de perceção pessoal , que terá de meter a mão à consciência e resolver. Já o Jorge Jesus , chegou vingativo e com o Benfica na boca , até perceber que estava a exagerar e depois de cometer um erro - induzido diga-se - e depois a sua normal defesa habitual a alimentar a possibilidade FC Porto , é o seu jogo , o fator que o levou hoje a ser o homem mais bem pago em Portugal, foi por isto que o Benfica entrou em loucuras de elevar o seu salário aos 4M , e o Sporting teve de o contratar por 5M. Vamos se concretiza ou o Sporting ainda acaba por renovar por 6M.

Um departamento de comunicação que está em guerra com o Clube como o Benfica , que este ano até teve direito a pés de guerra dos direitos dos jornais como o Farinha e o Fernando Guerra a vestir claramente a camisola , jornalistas da TV , todos entraram este ano para acudir o Benfica na guerra de comunicação contra o Sporting. Este título do Benfica deve ter deixado muita gente a suar.

Este ano a nota que dou à organização e comunicação do Clube é 4. E não dou 5 pelo erro do assessor de imprensa , Diogo André , ao ter permitido que fizessem uma pergunta falseada ao Jorge Jesus , onde supostamente Rui Vitória teria dito que ele é mau caráter e mau colega , o que levou depois à resposta em tons de arrogância olímpica. Na minha opinião , o momento que o Benfica capitalizou para se vitimizar e unir o Clube à volta do seu treinador. Mas em abono da verdade , aquele rapaz é apenas um miúdo , e havia jornalistas na sala que podiam ter interferido , mas ficaram calados para ver sangue.

Um departamento de comunicação que teve de lidar com os egos e estratégias pessoais de Bruno de Carvalho e Jorge Jesus , ainda teve de guerrear com um Clube que não é apenas mais poderoso em termos de comunicação como ainda tem ajudas das estruturas em Portugal.

Pelos homens da comunicação do Sporting: Respect. Grande trabalho destes homens.

Estou convicto que iriam atirar com o Renato Sanches para fora do Euro , se o Bernardo Silva não se tivesse lesionado.

Aqui no fim em vez de ressuscitar o tema dos vouchers , era preferível na minha opinião , uma simulação a propor o Marco Ferreira , o fantasma da arbitragem para o Conselho de arbitragem , não tenho dúvidas que iria fazer tremer e muito as arbitragens do Benfica.
Sem imagem de perfil

De PSousa a 18.05.2016 às 11:35

SL
Artigo muito bom e onde estou totalmente de acordo sobre a imagem de BdC.
Ele deve "despir" o adepto e ser mais "presidente" contido, conseguirá ele?
Para começar, e é a minha opinião, devia em "casa" receber os seus pares na tribuna. E só em jogos fora, se não se sentir bem na tribuna adversária, é que deveria estar no banco à flor da relva.... Era um BOM inicio!

Assim espero que BdC leia este artigo e que tenha uma posição mais defensiva quer da sua pessoa quer do nosso SCP...
Sem imagem de perfil

De Pedro51 a 18.05.2016 às 11:58

Gostei muito do artigo. Tenho é muitas dúvidas que BdC mude. Não acredito.
Sem imagem de perfil

De Implacável a 18.05.2016 às 12:11

Li apenas até á parte "...Jesus revolucionou o futebol leonino ao ponto de ter ficado apenas a dois pontos do título logo na primeira época. Liderou 16 jornadas e esteve em segundo na última fase sempre à espera da escorregadela encarnada que nunca aconteceu..."
Continuam a tentar atirar-nos areia para os olhos e a impingir-nos uma realidade deturpada! Continuam a fazer dos Sportinguistas um bando de totós sem capacidade de observar o óbvio! Continuam a tentar branquear cum campeonato descaradamente viciado. Continuam com o discurso do "coitadinho do sportinguito que se bateu como nunca mas perdeu como sempre".
Continuam a deliciar-se quando nos atiram, com um ar trocista propositadamente indisfarçado, a piadola "pró ano é que é" e " é só mais um, para quem já esperou 18 anos, já só estão a 4 de bater o vosso próprio record"!
Há Sportinguistas que aceitam esse tipo de insulto mas há incomparavelmente mais que não estão dispostos a aceitar mais este roubo e a deixar esmorecer a revolta e nojo que nos consome.
Esta tem que ser a gota de água! Numa altura em que tanto se fala de comunicação, é imprescindível que os Sportinguistas demonstrem que não "engoliram" (mais) esta farsa!
Percebam de uma vez que no centro do símbolo do SCP está um LEÃO e não um gato como os adversários dizem e o jornalismo lambe-botas corrobora!
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 18.05.2016 às 12:13

Boa visão e muitas verdades .

Mas o Sporting nao acaba nunca no Jorge Jesus e nem no seu presidente Bruno de Carvalho , haverá sempre Sporting depois.

Estou com muitas expectativas para a próxima época com uma Direção e equipa técnica mais rotinados com a realidade do clube.

Os erros existem para serem corrigidos.

Mas gostaría de esclarecer algo que de forma errada está a ganhar forma e alguma história.

Convém aos benfiquistas em geral dizer que foi JJ e BdC que com as suas palavras uniram a sua equipa com o seu treinador Rui Vitória, nao concordo em absoluto com essa atoarda.

O que lhes custa dizer é que foi a tremenda capacidade demonstrada pela equipa do Sporting e em crescendo nos seus jogos que os assustaram e OBRIGARAM a uma maior união das tropas se queriam ter possibilidades. Sabiam que só dessa forma poderiam errar menos e que nao poderiam desperdiçar as ajudinhas extras que estavam a ter.

Essa é que foi a verdadeira razão do motivo da tal união que tanto falam os espertalhôes.
Sem imagem de perfil

De Sofia a 18.05.2016 às 13:07

Caro Julius

Escrevi um comentário há uns dias sobre factores humanos em que discordo completamente desta sua opinião. Até estranho como é que o Julius, que pelo que percebo já treinou equipas, acredita como afirmou acima que "o Sporting assustou e isso obrigou-os a unirem as tropas", como se a união de tropas, equipas ou jogadores se pudesse alcançar por decreto "olha, isto está a ficar perigoso, é melhor passarmos à união". Como se os pontos que iam perdendo e os jogos miseráveis não devessem ter ordenado essa união anteriormente.

O Julius diz que é uma narrativa que convém aos benfiquistas, e claro que é, o que não significa que não seja verdade, e quem tem amigos Benfiquistas com quem fala de futebol foi-se apercebendo disto há muito tempo. Podem-se fazer muitas análises, procurar momentos chave, e existem factos à vista de todos. No que respeita aos adeptos, e porque como já disse estava no estádio, os 0-3 na luz foi o momento da viragem. Foi o bailando, foi o apoio a perder, e nunca mais ouvi nenhum amigo por exemplo a pedir o despedimento de Vitória. Podem não acreditar, mas saí do estádio a pensar que ia haver bazófia do JJ, e que as coisas iam mudar.

Esta opinião que escreveu já a li algumas vezes, e não me leve a mal, para com total honestidade digo-lhe que me parece uma narrativa cómoda para os Sportinguistas que pretende limpar a responsabilidade da direcção e do treinador. Eu não sinto necessidade disso. Prefiro abordar o que se passou na perspectiva de lições que têm de ser aprendidas, tendo em conta que a conjunção de eventos deste ano que influenciaram o Benfica, seja por nossa interferência directa ou não, dificilmente se repete.

Gosto do artigo, bem aprofundado e no fundo uma análise SWOT.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 18.05.2016 às 13:56

Sofia bom dia

Eu explico porquê tenho essa opinião e é exactamente pelo facto de ter treinado equipas no passado.

Repare imagine-se a Sofia treinadora de uma equipa de top e ver-se a 7 pontos do leader que díria aos seus jogadores se presenciar que o leader é forte e que não perde muitos pontos?
Se pretende ainda campeonar que vai dizer aos seus jogadores??

É precisamente isso , vai dizer-lhes meus amigos se queremos ainda sonhar em ser campeões acabaram-se as baldas, temos que reunir e tentar nao perder mais pontos nenhuns, , temos que nos unir ainda mais se nao for assim já não chegamos lá.
É evidente que perder o - 3 na sua própria casa mexe ainda mais com o brio de qualquer um e dá razão á minha tese.
Os 7 pontos , a derrota 0-3 e a forma cada vez mais convincente que a equipa do Sporting ganhava os jogos foram o motivo principal do balneário do Benfica ficar em alerta máximo e fazerem das tripas coração minha amiga.

O resto é paleio por conveniência.
Sem imagem de perfil

De RedRui a 18.05.2016 às 13:10

Caro Julius,

Não tenha tanta certeza disso.
Eu não sei o que se passou no balneário do Benfica por isso não posso afirmar qual foi o momento do click, mas como já aqui disse em tempos, não podendo ganhar o Benfica, que ganhásse o Sporting em vez do Porto.
Este ano, até antes de começar o campeonato, eu sempre pensei que fosse o FCP a limpar isto tudo, pois o Benfica estava em reestruturação e não acreditava que o JJ logo no primeiro ano pudesse fazer a época que fez no Sporting.
Ou seja, estava conformado com a derrota do Benfica, mas sucedeu algo que eu nunca pensei que me pudesse acontecer, de repente vi-me a querer que o FCP ganhásse jogos para que o BdC não visse a sua baixeza recompensada com títulos.
Nem foi tanto pelo JJ, pois já quando ele estava no Benfica era um grunho, e há-de ser sempre (mas óptimo treinador), por isso nem lhe dou crédito, mas os seus ex-jogadores provalvelmente sentiram as coisas de outo modo.
E talvez o que eu pensei também os jogadores tenham pensado, e daí terem ido buscar a garra necessária para ganhar quando já muitos, como eu, tinham esmorecido
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 18.05.2016 às 13:59

Meu caro acima respondi á Sofia , leia por favor a minha análise simples e directa , porque é a unica forma de entrar nos ouvidos dos jogadores.
Sem imagem de perfil

De DKaras a 18.05.2016 às 12:22

"Parece óbvio que João Mário, Slimani e William Carvalho vão mesmo sair."
Não sei onde está o óbvio disto. Vão pagar a cláusula de rescisão destes 3 jogadores? é que o contrato deles não acaba amanhã e, pelo que vemos de BdC, de certeza que não está disposto a vendê-los abaixo da cláusula de rescisão (aí não há nada a fazer se o jogador quiser sair)
Sem imagem de perfil

De Sofia a 18.05.2016 às 14:21

Ficaremos na discordância Julius :)

Fui atleta de alta competição até aos 20 e tal anos, passei por todos os escalões e selecções jovens. Por falta de tempo deixei de jogar, cheguei a arbitrar e fui treinadora de escalões juvenis. Conheço bem o funcionamento de uma equipa, tive diferentes treinadores, assisti a diferentes técnicas de motivação, e sei muito bem quais foram as fontes de maior motivação e união que tivemos e o que mais me "acendia". Não dou a minha opinião sobre factores humanos neste caso porque "li sobre o assunto". Como lhe disse, saí do estádio no dia dos 0-3 com medo do que o JJ ia dizer logo a seguir, especialmente porque também passei por um caso de enfrentar um treinador que tinha sido meu em anos anteriores.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 18.05.2016 às 14:52

Sofia,

Refere-se a futebol ou a outra modalidade ?... A título de curiosidade.
Sem imagem de perfil

De Sofia a 18.05.2016 às 16:34

Rui, para além desta modalidade, pratiquei outros desportos, de equipa e individuais, inclusive em competição já no escalão de veteranos. Posso-lhe assegurar que futebol é o único desporto que alguma vez tentei jogar e em que sou miserável. É confrangedor de ver. Portanto a resposta é um grande não! :)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.05.2016 às 01:27

Obrigado pela explicação Sofia, e ainda com humor.
Sem imagem de perfil

De julius coelho a 18.05.2016 às 18:16

Sofia as "bocas" têm os seus efeitos mas nao muito prolongados , são quase pontuais , na semana em que foram ditas.

E não se tratou só pelas "bocas" a motivação do Benfica , foi quando decidiram que ainda era possível e o Sporting deu-lhes alma e razão na derrota na Madeira contra o União o que trouxe credibilidade ao discurso interno de união do Rui Vitória , depois o Sporting despachou o Setubal na sua casa e o Porto em alvalade com tremenda capacidade e aí sim assustaram-se o que os fez tornarem-se mais humildes na entre-ajuda porque sabiam que a chance estaría reservada para o jogo de Alvalade se nao perdessem mais pontos até aí e foi isso que os uniu.

Depois da vitória em Alvalade com a ajuda dos Deuses , sabiam que á mínima escorregadela eram despachados e manteram essa união e humildade cada vez mais fortes como as principais armas contra o super acerto do futebol do Sporting na parte final do campeonato.

Nos treinos com os meus jogadores as bocas dos adversários eram motivo de risada e duravam pouco nem chegavam a servir de adrenalina , os pontos e as vitórias essas sim eram o verdadeiro estímulo.
Como outro exemplo o record de vitórias seguidas
Recordo que todos nós só nos preocupávamos com o que fazíamos e com o que o nosso mais directo rival fazía no campo.

As "bocas" sao mais sentidas e discutidas entre adeptos e comentadores , são temas de entretimento.

Mourinho iniciou a sua carreira com uma tremenda arrogância e nao foi por isso que lhe trouxe problemas extras.

JJ tem o seu estilo que todos conhecem e nos balneários adversários isso já nem conta.
No próprio Benfica quem não se recorda das bocas de Jorge Jesus em que por tantas vezes espezinhou o Sporting e isso fez algum efeito no nosso balneário? Zero!!!

Isso passa práticamente ao lado dos jogadores , fica ali qualquer coisa uns 5% mas nao mais que isso.
No futebol de alta competição conta muito pouco.
Nenhum treinador consegue manter uma motivação extra durante semanas a fio no seu balneário só porque alguem disse algo feio num determinado dia.

É a perseguição ao primeiro que motiva, quando está a dar resultados porque o primeiro cede , isso sim faz unir ainda mais.
Afinal jogaram em Alvalade e a raiva ficou-lhes no balneário , porque só defenderam durante práticamente todo o jogo, estavam focados em não perder pontos, isso sim. Isto porque as tais "bocas" terão o seu efeito quando se defronta o adversário que as disse e um campeonato é feito de muitos jogos com muitas outras equipas e nao só com o "inimigo" nº1

Levaram toda a época numa guerra surda com Jorge Jesus , processos , campanhas orquestradas , alguem disse que a equipa do Sporting era um grupo de jogadores, e por fim com o título no papo muita elevação confidenciar que o tipo das pipocas é mais importante que o seu colega de profissão , elevação para quem se diz sempre muito elevado .
Dá um geitão dizer agora que foi JJ o motivo da tal união , desculpe Sofia mas claramente é no mínimo bizarro .

Se me disser que tambem contribuiu o facto de terem perdido 3 vezes sem apelo nem agravo com o Sporting ,acredito que sim , mas que culpa tem o Sporting de lhes ter ganho 3 vezes seguidas ? Ganhou porque foi melhor , a forma como os jogadores e treinador do Benfica o tomaram isso só lhes diz respeito a eles sentiram-se encurralados e isso traz união e humildade minha cara.

E agora como vemos ainda nao terminou segue a dança, que JJ vai sair a todo o instante do Sporting , as capas dos jornais seguem coloridas sempre com o mesmo objectivo.
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 18.05.2016 às 16:20

Mais uma a assinar por baixo a opinião do autor deste artigo, António Esteves!
Está mesmo muito bom!

Lamento que o Sporting se tenha tornado tão Jesus-dependente! Isso nunca foi positivo, mas é um facto! E o pior é que eu nem sequer acredito que o JJ fique no Sporting para além da próxima temporada! JJ é um como um passageiro a fazer escala no Sporting, por isso enquanto estiver embarcado no clube, que continue a lutar com o máximo da sua capacidade, como tem feito, não lhe tiro o valor, mas também para isso é pago de forma muito generosa, algo que muitos tendem a esquecer,

Espero também que o nosso presidente desça do pedestal em que se colocou no seu imaginário narcisista e que seja acima de tudo um PRESIDENTE combativo sim, mas com classe, sem descer a certos níveis. Acredito que tenha esses valores passados pelos pais, é só não esquecer e aplicá-los de forma eficaz..Tem de ver que o seu modus-operandi em matéria de comunicação, não trouxe benefícios assinaláveis, pelo contrário.
O que o pragmatismo não se compadece, aceita o fanatismo e empobrece.
O Bruno de Carvalho pode ser firme, sem ser rasteirinho.
Desafie-se a si mesmo e enverede por um outro caminho e pode ser que volte a unir todos os sportinguistas...! Pense nisso, porque cativar os sportinguistas é bem mais importante que 'enterrar' benfiquistas, embora eu entenda que há que combater a actos lampiónicos e os DDT no futebol português.

Um ponto vital é que ambos, JJ e BdC deixem de cometer actos que unam os benfiquistas e desunam os sportinguistas. É urgente...direi!

Comunicados em catadupa, pressionar arbitragens a torto e a direito, arranjar conflitos com tudo e todos, não contribui para a nobreza do clube, alicia sim as palhaçadas que os rivais se nos dirigem, porque que se dá tererno para construir o circo.

Obrigada pela atenção, quero muito o nosso Sporting no alto mas sempre com elevação.

Saudações leoninas



Sem imagem de perfil

De Sofia a 18.05.2016 às 16:36

Bom resumo!
Sem imagem de perfil

De Carlinha MR a 18.05.2016 às 16:44

Obrigada Sofia, também aprecio imenso os seus comentários.

Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 18.05.2016 às 17:31

Solidariedade femenina.
LOOOOLL !! Bonito..

P.S. Eu também gosto de ler os vossos comentários.....................normalmente(porque sao mais normais que os muitos que por aqui se vao lendo) LOOOOLL!!
Sem imagem de perfil

De Sofia a 18.05.2016 às 17:48

Carlos temos de ser umas para as outras! ;)

Mas agora fez-me rir
Sem imagem de perfil

De Carlos N.T. a 18.05.2016 às 17:59

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo