Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sporting fez o que lhe competia

Rui Gomes, em 24.11.20

Quando digo que o Sporting fez o que lhe competia, não me refiro à goleada, mas sim por ter controlado completamente um jogo diante um adversário claramente inferior. Marcou sete golos, mais umas bolas aos ferros e ainda umas quantas oportunidades desperdiçadas.

Sporting CP: Luís Maximiano [GR], Cristián Borja, Luís Neto, Sebastián Coates [C], Gonçalo Inácio, Vitorino Antunes (Daniel Bragança, 46'), Matheus Nunes, João Mário, Jovane Cabral (Bruno Tabata, 59'), Nuno Santos (João Palhinha, 72') e Andraa Sporar (Pedro Marques, 72').

95c73e43-2973-4850-b7d2-5c9ec1f11db3.jpeg

Apenas alguns reparos num jogo que não tem grande história:

- Exibição sólida do jovem central Gonçalo Inácio, premiada com um golo ao cair do pano, já depois de ter mandado um cabeceamento à trave. Poderá ainda não oferecer condições para ser titular nesta equipa, mas parece-me evidente que tem futuro;

- Daniel Bragança aproveitou a oportunidade que Rúben Amorim lhe concedeu neste jogo para demonstrar mais uma vez a sua deslumbrante eficácia de passe. Acredito no futuro risonho deste jovem médio (21 anos) de leão ao peito;

- Entrada muito oportuna do jovem ponta de lança Pedro Moreira, com dois golos de belo efeito. Actua na equipa B, mas será que merece ser chamado à principal?;

- Nuno Santos a sublinhar que tem golo nos pés, uma bela contratação desta época;

- Jovane Cabral com algumas coisa boas, a começar com o excelente cruzamento para o golo de Nuno Santos, mas ainda muito trapalhão noutras ocasiões;

- Será o sistema de Rúben Amorim, mas não gosto de ver a construção de jogo originar tão frequentemente com os centrais. Prefiro ver um dos médios assumir o controlo da bola em posição mais recuada;

- Borja será um rapaz muito simpático, mas não é jogador para o Sporting;

- O único aspecto deste jogo que não me agradou foi de Sporar não ter sido bem servido uma única vez. Uma questão preocupante para o resto da época.

img_467x599$2020_11_24_01_27_31_1782840.jpg

Comentário de David Novo, Director Executivo de Record

O que explica a goleada?

A resposta mais simples seria dizer que de um lado estava um grande do futebol português e do outro uma equipa do Campeonato de Portugal. Sim, é verdade, mas a chave esteve na mentalidade dos jogadores do Sporting. Raramente facilitaram e não baixaram a guarda, apesar de a margem ter sido sempre confortável. Aliás, os três golos na parte final do jogo são a maior prova disso.

A oportunidade foi aproveitada pelos menos utilizados?

Sem dúvida. Muito além do golo, Gonçalo Inácio mostrou-se muito confortável com bola, podendo tornar-se numa boa alternativa a Feddal , sabendo da importância de um central canhoto no esquema de Rúben Amorim. Pedro Marques merece nova oportunidade contra um adversário superior para melhor confirmar potencial. Daniel Bragança transpira classe e inteligência em quase todas as acções que tem.

publicado às 03:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


34 comentários

Imagem de perfil

De Leão do Norte a 24.11.2020 às 07:11

Jogo sem história... por "culpa" do Sporting.

Profissionalismo, entrega, compromisso e respeito pelo jogo, independentemente do adversário. Algo que, já há algum tempo, não via no Sporting. Parabéns!
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 24.11.2020 às 07:26

O Eduardo Quaresma continua lesionado?

Bom jogo da equipa e profissionalismo. Não há muito mais a acrescentar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 09:56

Já regressou aos treinos. Ontem foi a vez de Gonçalo Inácio.
Imagem de perfil

De Mike Portugal a 24.11.2020 às 10:04

Ok, obrigado.
Eu gostaria que o treinador testasse o Antunes a central do lado esquerdo. Ele tem noções táticas, físico e qualidade de passe para isso.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 10:09

Para dar tempo aos jovens, precisamos de um central de qualidade acima da média. Não vejo Antunes ser solução e até nem sei se ele alguma vez jogou nessa posição.
Sem imagem de perfil

De J. a 24.11.2020 às 11:28

Mas essa é a posição do Inácio: 19 anos, 1,86, pé esquerdo e boa técnica.
Falta só ganhar alguma estaleca e vai ser quase de certeza o dono desse lugar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 12:45

Sim, tudo indica que vai ser o futuro naquela posição. Tem tudo para brilhar.
Sem imagem de perfil

De M1950 a 24.11.2020 às 08:18

4 jogos até Janeiro.

Moreirense (C)
Famalicão (F)
Farense(C)
B SAD (F)

Um central e um avançado de qualidade já devem estar a ser sondados, é possível ser campeão se nos reforçarmos bem.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 09:58

Há muito que insisto que só precisamos de um central de qualidade acima da média.
Sem imagem de perfil

De M1950 a 24.11.2020 às 12:24

Um avançado mais poderoso na finalização será importante. idem
Sem imagem de perfil

De Rui a 24.11.2020 às 09:36

Equipa confiante e segura, a mostrar que há mais jogadores além dos 11 habituais. Pedro Marques pode vir a ser o 3º ponta de lança, caso Luiz Phellype não recupere a forma.
Ao invés do Borja, não seria de recuperar o Camacho como alternativa ao Porro? (E passar o Antunes para a esquerda). É uma opinião de treinador de bancada, mas Camacho poderá ter mais margem de progressão (mesmo que, surgindo uma oferta interessante, possa sair).
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 09:52

Camacho já alinhou a lateral e não se deu muito bem. Concordo, no entanto, que Borja não é solução.

Talvez dar oportunidade a Hevertton, capitão dos sub-23.
Sem imagem de perfil

De J. a 24.11.2020 às 11:38

Há o Heyverton nos sub23, e o Loide Augusto na equipa B.
Veremos....
Eu não desgostei de ver o Matheus Nunes naquela posição, apesar de ter tido algumas paragens cerebrais durante o jogo.
Sem imagem de perfil

De M1950 a 24.11.2020 às 12:11

Desequilibrou com muita facilidade e deu bolas de golo foi o que me ficou na retina, no aspeto defensivo há muito que melhorar.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 12:46

Mesmo muito...
Imagem de perfil

De Greenlight a 24.11.2020 às 09:43

O Sacavenense é, de facto, muito inferior ao Sporting mas, no ano passado, o Alverca também era e aconteceu a surpresa agradável para a malta das Tvs. Tivesse sido o SLB do Mestre a vencer por 7-1 e essa gente teria dito que os jogadores vencedores tinham jogado o triplo.
Quanto aos jogadores do Sporting, destaque, pela positiva, para Nuno Santos, Gonçalo Inácio e Pedro Marques e pela negativa Borja que, a jogar na direita, teve uma prestação confrangedora.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 09:53

Pois... mas esse "mestre" não nos interessa.
Sem imagem de perfil

De Liondamaia a 24.11.2020 às 10:16

Permita-me apenas uma dúvida sobre "... não me agradou foi de Sporar não ter sido bem servido uma única vez": terá Sporar sabido movimentar-se para os locais devidos por forma a que os colegas o servissem convenientemente?
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 10:30

Pode ter acontecido uma ou outra vez, mas não o jogo inteiro, até porque houve vários lances em que ele estava bem posicionado e a bola não lhe chegou.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 24.11.2020 às 11:09

Atitude, garra, empenho, profissionalismo, respeito pelo adversário.
Quando se joga com esses predicados todos, está-se sempre muito mais perto de ganhar.
A juntar a isto (claro), um futebol muito agradável e muitos golos que a malta aprecia.
O jogo tornou-se fácil porque o soubemos colocar nesse patamar, a equipa nunca tirou o pé do acelerador e comemorou sempre efusivamente os seus golos, sinal de união e de alegria a jogar.
Foram sete podiam ter sido mais, valha a verdade que o adversário era muito verdinho, mas também a avalanche ofensiva do Sporting retirou-lhes qualquer planeamento estratégico que pudessem ter para o jogo.
Prefiro ver a equipa como um todo mas, de qualquer das formas, ficam alguns apontamentos individuais.
Borja a jogar pela direita foi também uma forma de testar um solução de emergência caso esta seja precisa, também é evidente que precisamos de um lateral direito (Ristovski não conta para Amorim). Cumpriu, como já se disse, sem grande brilho e algo limitado, melhorou ligeiramente quando passou para a esquerda, é certo que não é o jogador que precisamos, longe disso.
Daniel Bragança aquelas botas têm olhinhos...
Pedro Marques mostrou killer instinct, se não tiver espaço no plantel principal (talvez como 3º avançado) se calhar um empréstimo a partir de Janeiro (preferencialmente para uma equipa da 1ª liga) podia ser uma solução para o desenvolvimento do jogador, aqueles dois golos são de ponta de lança oportuno, sem dúvida.
Gostei também de Gonçalo Inácio, demonstrou estar lá para quando a equipa precisar.
Em suma e para não me alongar, a equipa esteve muito bem, mesmo Sporar embora não tenha marcado.
Imagem de perfil

De Lobi a 24.11.2020 às 11:49

Mais uma grande vitória, FORÇA SPORTING
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 24.11.2020 às 12:12

Esta equipa do Sporting vai demonstrando grande humildade que foi o segredo da segura exibição de ontem, muito mérito do treinador Ruben Amorim.

Uma nota para o Sporar que tem de melhorar o seu posicionamento, tem de mostrar mais faro de golo, houve muitas jogadas em que quem aparecia na zona de finalização era o extremo e depois procurava o Sporar na imagem e estava quase sempre atrasado..... num jogo como o de ontem, deveria ter tido muito mais oportunidades de golo.

De resto destaco o Gonçalo inácio que me parece ter qualidade para ser titular dentro de pouco tempo.
Sem imagem de perfil

De LeaoCapel a 24.11.2020 às 13:44

Não concordo com o Rui Gomes quando diz que a prioridade em Janeiro deverá ser um central. Se houver margem financeira, deveremos apostar as fichas todas num PL digno desse nome. Quanto aos centrais, com a exibição de Gonçalo Inácio ontem e com E. Quaresma à espreita, considero que para a realidade do campeonato nacional até nem estamos mal servidos. Já lá na frente, nem por isso. As equipas adversárias ultimamente até têm dado espaço e jogado de igual para igual com o Sporting, mas não vai ser sempre assim. Em jogos com autocarro estacionado, e em que invariavelmente precisamos de recorrer a cruzamentos para a área, será necessário o tal "pinheiro" que não temos lá à frente.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 24.11.2020 às 16:02

Se pensa que é com cruzamentos que se ultrapassa "autocarros" está muito enganado.

Comentar post


Pág. 1/2





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo