Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Rafael-Leao-AC-Milan-640x381.jpg

O diferendo entre o Sporting e Rafael Leão conheceu novo capítulo, pois foi admitida no Juízo do Trabalho de Lisboa e registada anteontem no portal Citius uma acção de execução da SAD contra o actual avançado do Milan, de aproximadamente 18 milhões de euros (17.990.812,94 €).

A cobrança do crédito pela via judicial surge após a conhecida decisão do Tribunal Arbitral do Desporto (TAD), que em Março deste ano condenou o ex-jogador do Sporting ao pagamento de 16,5 milhões de euros “a título de indemnização pela resolução ilícita do contrato de trabalho desportivo”, decorrente do ataque à Academia de Alcochete, em Maio de 2018. Assim se explica o valor inscrito na acção de execução, que é de 16,5 M€ mais juros, a contar da data de notificação das partes.

O pedido de execução e penhoras pode avançar de imediato, independentemente de a defesa de jogador ter interposto uma acção de anulação, uma vez que esta não tem efeito suspensivo.

Como já foi noticiado em Maio passado, Leão passa a ter os seus bens em risco. A acção apresentada na Justiça não pressupõe audição prévia das partes, porque é baseada numa decisão transitada em julgado, mas sim a procura de bens para penhorar, e para esse efeito foi inclusive nomeado um agente, José Castelo Branco, que é referido na informação ao Citius.

Entre o seu património, Leão poderá ver o seu salário penhorado e, nesse cenário, o Milan seria notificado. Para isso, o Sporting terá primeiro de fazer reconhecimento da decisão do TAD para que possam ser procurados bens do atleta em Itália.

publicado às 03:32

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


23 comentários

Imagem de perfil

De Mike Portugal a 19.10.2020 às 08:48

É isso mesmo. Em cima dele, não dar descanso. Tem que pagar o que nos deve.
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 19.10.2020 às 09:06

O Lille deveria ser responsabilizado, incrível a má-fé e deslealdade que tiveram para connosco.

Incrível também como um empresário experiente não acautelou o futuro do miúdo, exigindo que uma eventual indeminização fosse paga pelo clube que o contratou.

Tenho pena do miúdo, foi muito, muito mal aconselhado por quem se aproveitou dele e do momento que o Sporting vivia.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.10.2020 às 11:10

Não deixa de ser engraçado que a mesma direcção que agora exige os 18M ao Rafael Leão é a mesma que diz que a rescisão do Bruno Fernandes é legal e por causa disso não paga ao Sampdória….. no fundo a defesa do Rafael Leão será o que tem sido dito pela direcção do Varandas, quando tenta colar a ex-direcção ao ataque de Alcochete.

Na prática passado 2 anos do ataque, o que foi tratado pela CS como um caso onde os jogadores tinham razão a 100% e onde só os facciosos/brunistas defendiam a inocência do clube…. hoje verificamos que as decisões em tribunal deram razão ao clube e aos tais facciosos, e demonstraram o oportunismo de alguns jogadores e empresários com o apoio de alguns ditos adeptos, a este ataque que tanto prejudicou o nosso clube.
Sem imagem de perfil

De João F. a 19.10.2020 às 14:43


O tribunal deu razão no caso com o Rafael Leão, mas deu razão nos outros?!

Mas que cegueira...E não tem cura, como se vê.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.10.2020 às 15:35

O tribunal deu razão ao Sporting no caso Rafael Leão porque foi o único a chegar a estes termos….. todos os outros iriam ter o mesmo desfecho, isto é a indemnização ao Sporting.
Se assim não fosse qualquer jogador perante uma qualquer ameaça vinda do exterior por um qualquer adepto poderia pedir uma rescisão….. por exemplo se um adepto do Barça ameaçasse o Messi, ele sairia a custo zero….. e isto seria o fim dos clubes de futebol.
Só um pais comandado por interesses ocultos ou então interesses meramente individuais poderia ter outra interpretação do ataque de Alcochete que não a mesma dos tribunais.
Com o passar do tempo é claro quem foram os facciosos que prejudicaram o Sporting, alguns desses sportinguistas deram mesmo razão aos traidores que rescindiram com o clube….. e depois têm de ser os tribunais a colocar razão nisto tudo.
Da minha parte fico contente por a verdade dos factos vir ao de cima, e de ao longo deste tempo eu ter mantido sempre a mesma análise sobre este tema nunca tendo sido manietado por uma CS anti-Sporting ao contrário de outros sportinguistas que acharam por bem especular contra o Sporting.
Sem imagem de perfil

De João F. a 19.10.2020 às 20:07

Então agora a desculpa brunista é que os jogadores sofreram uma ameaça vinda do exterior? E quem é que faltou ao seu dever de os proteger no seu local de trabalho, como é exigido pela Lei? O assédio feito pelo pastor com os seus SMS aos vários jogadores não conta e que também é proibido pela Lei? A sua concordância no ataque aos jogadores com a sua célebre frase, APERTEM COM ELES, também não conta?
A falta de dignidade e de estatura moral dos brunecos, chegou ao ponto de utilizar o argumento dos andrades, quando dizem sobre o AD, que o tribunal não os condenou, como se as escutas fossem uma aldrabice.
Os jogadores são seres humanos e merecem o maior respeito da parte daquele que tem a obrigação de lhes dar as melhores condições para que exerçam o seu trabalho e que no caso faltou.
Desgraçados aqueles que pelo seu fanatismo na defesa do intolerável, descem tão baixo na sua apreciação à dignidade humana.
Sem imagem de perfil

De HY a 19.10.2020 às 23:52

Oh Schmeichel, por amor de Deus, vá ler o acórdão. O Tribunal disse claramente que se verificavam os pressupostos da rescisão por justa causa, simplesmente o RL, pela sua actuação posterior, demonstrou que afinal não considerava o que se passou suficientemente grave para romper a relação de confiança que tinha para com a entidade patronal. Portanto, é altamente improvável que nos outros casos a decisão fosse a mesma, porque os outros não andaram aos "beijinhos" com a direção de pois dos factos de Alcochete. Quase se pode dizer que o caso RL prova que nosmoutrismcasos o Sporting estava tramado. Informe-se, homem, e já agora aprenda um pouco.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 20.10.2020 às 00:09

Caro HY,

Fez bem em dar esta explicação, mas, infelizmente, não espere que a lógica dos factos seja moral e intelectualmente absorvida pelo Schmeichel.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 20.10.2020 às 09:18

Com que bases dizem que as recisões não foram ilegais? todos esses processos caíram com a ilibação do BdC….. era nesse ponto que todas as rescisões foram feitas….. se houve uma decisão que diz que foi um ataque externo ao clube, porque razão existem sportinguistas que querem à força toda responsabilizar o clube?
Sem imagem de perfil

De HY a 20.10.2020 às 11:22

Eu não considero o Scheichel um fanático...mas é verdade que têm um défice de apreensão da realidade de que não gosta. Tive terríveis discussões sobre este caso noutro blog onde o fanatismo impera e acabaram por reconhecer que provavelmente eu teria razão.

Os factos são claros: a existência dos pressupostos "objectivos" (chamemos-lhes assim) da justa causa foram totalmente reconhecidos pelo Tribunal. Simplesmente, o RL, pelo seu comportamento posterior, demonstrou que afinal o que se tinha passado não pusera em causa a sua relação de confiança com a entidade patronal, logo deixou de poder invocar a justa causa (tal como não poderia obter o divórcio um cônjuge que desse sinais claros de ter perdoado ao outro uma ofensa susceptível de constitutir causa de divórcio).

Tenho as maiores duvidas que tal tivesse sido sucedido na maioria dos outros casos...

Se alguma coisa, este caso confirma apenas a elevadíssima probabilidade de perdermos os outros...
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 20.10.2020 às 13:42

Caro HY,

Houve uma decisão que foi ilibar o ex-presidente e por conseguinte o Sporting do ataque de Alcochete….. como é possível estarmos ainda com essa conversa de justa causa?!? Justa causa sobre o quê?! O ataque de Alcochete foi um ataque externo no qual o Sporting é a vitima dessa ataque…… ponto final!
Existem sportinguistas que não gostam desta versão, e portanto acharam por bem dar razão aos jogadores, indo contra os interesses do nosso clube. Isto para mim é revelador do que esteve em causa, e da hipocrisia actual quando dizem que um verdadeiro sportinguistas quer sempre o bem do clube.

O Sporting iria ganhar todos os processos, e só um pais onde temos uma CS completamente manietada é que achou o contrário….. da minha parte fico contente por a verdade vir ao de cima, mas tenho pena de constatar que ainda existem sportinguistas tristes por o Sporting ter razão e não os jogadores.
Sem imagem de perfil

De HY a 20.10.2020 às 18:55

Oh Schmeichel, não consegue perceber que uma coisa não tem nada a ver com a outra?

A responsabilidade penal do BdC é uma coisa, a justa causa para rescisão de contrato é outra.

Se houvesse responsabilidade penal do BdC por Alcohete, nem o caso do RL ganhávamos. Mas o facto de não haver, só por si não exclui, para dar um exemplo, a negligêcia da entidade patronal, coisa só por si bastante para haver justa causa num caso destes.

Vá ler o acórdão do tribunal, Schmeichel (veja este resumo https://www.publico.pt/2020/03/20/desporto/noticia/comportamento-rafael-leao-apos-rescisao-inviabilizou-justa-causa-1908545~).

O tribunal reconheceu que havia mais do que justa causa (objectivamente), até assédio por parte de responsáveis do Sporting. O que tramou o RL foi a sua actuação posterior. Bolas, vá ver o texto e depois pense, homem. Isto não é uma questão de fé, eu não sou varandista, tal como antes não era brunista (coisa de que tanto me acusaram aqui), apenas tento olhar para os factos e pensar...sempre com o interesse do Sporting em vista, não o de A ou B.
Sem imagem de perfil

De Rumo Certo - Ventos Favoráveis a 19.10.2020 às 16:56

Mentira e santa ignorância a sua, uma vez que os fundamentos vertidos na ação como matéria alegada pelo Autor, para justificar a sua auto acusação e entendida legitimidade, foram liminarmente rejeitados (não procedentes e por conseguinte inaceitáveis, por falsidade e não provados na instância e jurisdição desportiva) para a pretendida rescisão unilateral do contrato, sendo estes completamente diferentes dos demais na substância, matéria factual e meios probatórios.
Tanto na forma, como no conteúdo, circunstâncias, momento e local, ou seja, nada teve de idêntico ou por similitude.
Daí, a concomitante relevância para a diferenciação, que não necessita de dotes e conhecimentos do Direito, para qualquer leigo que saiba ler e esteja de boa fé, o melhor entender.
A menos que use e abuse, do termo que caracteriza e qualifica a estupidez.
Entenda V. Exa., de uma vez por todas, que a ladainha e intentada verborreia mental de que dá sobejas provas em defesa do indefensável e do destituído / expulso, há muito que não produz efeito.
As pessoas em geral e, no particular os Sportinguistas que incondicionalmente, são fiéis à instituição e Sempre em defesa dos superiores interesses do clube, não prestam vassalagem a gurus pseudo doutrinários, porque são pessoas lúcidas, que no momento e local adequado, de forma construtiva e ordeira, dão o seu contributo, emitem opinião e/ou apresentam alternativas e propostas.
Quanto mais se sabe, mui ficamos a perceber, esclarecidos e sabedores, do caos e loucura que quase acabava com o clube.
O seu défice cognitivo, soberba arrogância e permanente maledicência destrutiva, não merecem qualquer posterior e proveita troca de opiniões ou debate digno e civilizado.
Funde um novo clube e voluntarie-se oara o gerir, para o qual lhe desejo sorte e saúde.
SL





Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.10.2020 às 17:25

Rumo Certo,

Você escreve um português que só mesmo o advogado do Rafael Leão para o entender….. mas fica registado o seu incomodo perante uma decisão imparcial de um tribunal que deu razão ao Sporting e não ao jogador.

O resto do seu comentário é a sua habitual verborreia, mas duma forma intelectual como se isso impressionasse alguém….. a mim não impressiona nada! Aliás o português é uma língua simples, tente-a usar dessa forma. Ao querer ser mais papista que o papa, fica uma figura algo estranha e desenxabida, mas isso no fundo é o que caro representa.

Passe bem!
Imagem de perfil

De Julius Coelho a 19.10.2020 às 12:13

O puto é um escravo que alimenta os incompetentes que gerem a sus carreira desportiva.

A verdade é que aconteça o que acontecer será o escravo a ter que trabalhar no duro para pagar “as ideias geniais’ desses incompetentes e ainda continuar a alimenta-los.
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 19.10.2020 às 12:27

Rui Gomes
Nunca mais vai pagar a divida que tem. Raramente joga e ao SCP fazia um grande jeito. Não haverá possibilidade de um acordo com o Milão ? Não faço ideia qual foi o custo da sua transferência para Itália, mas tudo é possível resolver, desde que haja vontade disso. É um assunto complicado, pois trata-se de mais um problema que não vai ser resolvido com facilidade, pois nos tribunais demoram uma imensidão de tempo. Fernando Albuquerque (SCP)
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.10.2020 às 12:37

Esta época ele já participou em 4 jogos, 2 como titular, com 2 golos marcados.

O valor da transferência para o AC Milam terá sido cerca de 30 milhões.
Imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 19.10.2020 às 17:51

Rui Gomes

A transferência foi alta. Quem ganhou com isto tudo foi o Lille, que deveria ser responsabilizado por ter adquirido um passe dum jogador , que não estava livre. Vai ser muito difícil resolver este assunto. Só os "catedráticos "podem ter uma luz mágica para resolver este assunto. Ele ainda é jovem e o contrato deve ter sido por 4/5 anos, portanto só com um acordo se poderá resolver este assunto. As partes não se entendem e quem perde é o SCP que ficou sem um jogador das camadas jovens, que foi vendido por 30 milhões. Fernando Albuquerque (SCP)
Sem imagem de perfil

De Juskowiak a 19.10.2020 às 15:42

Caro Fernando Albuquerque

Há dia postei aqui essa possibilidade: o Sporting "contratá-lo" a custo zero quando ele for um jogador livre, com um salário compatível com o campeonato português, e assim ficar a dívida saldada.

Seria um equilíbrio bom para as duas partes, creio.

Porque juridicamente falando, o miúdo não tem hipótese.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 19.10.2020 às 15:47

Isso não passa de uma mera fantasia, na minha opinião.

E o "miúdo" não anda propriamente dito a pedir esmola. Ao que consta, recebe 2 milhões líquidos por época do AC Milan.
Sem imagem de perfil

De Schmeichel a 19.10.2020 às 16:48

Juskowiak,

Espero ter sido uma brincadeira….. Porque razão o Sporting haveria de ajudar um jogador que traiu o clube?

Ele está a jogar no ACMilan, ganha de certeza um balúrdio por mês…… desculpem mas não tenho pena nenhuma deste Rafael Leão….. Eu tenho pena é do Sporting que foi roubado e chantageado nesta história das rescisões.

Fomos prejudicados em dezenas de Milhões de euros com a desvalorização de activos, e este deveria ser o próximo passo da direcção do Sporting, colocar em tribunal agentes e jogadores que se aproveitaram do ataque de Alcochete para especular contra o clube.
Sem imagem de perfil

De João F. a 19.10.2020 às 20:17

Eis uma samaritano das arábias!

Dessa forma, dava-se um "aconchego" a todos os que no futuro pensassem em fazer o mesmo, porque sabiam que no fim se houvessem complicações, voltariam ao Sporting com um novo contrato!

Depois desta declaração de tolerância, fica-se com a impressão, que os seus ataques à direcção actual, levam "água no bico"...Sim, porque não se pode ter "dois pesos e duas medidas", no que diz respeito à tolerância evidenciada.
Sem imagem de perfil

De Paulo Salcedas a 19.10.2020 às 14:37

O miúdo foi muito mal aconselhado, infelizmente vai pagar, a vida é assim, há erros que se cometem por imaturidade e que mais tarde pesam e muito na nossa vida.
Acho muito mal que essa corja de empresários que o mal aconselharam e que só querem dinheiro não sejam também chamados à responsabilidade, e também o Lille devia ser chamado porque no fim de contas quem lucrou mais com isto foi esse clube.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo