Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sporting sub-23 a perder gás…

Leão Zargo, em 02.11.19

75204653_3740982929260523_581725239747018752_n.jpg

O Sporting recebeu a Académica em partida da 14ª jornada da Liga Revelação e perdeu por 2-0. Trata-se do quarto jogo consecutivo (duas derrotas e dois empates) sem conseguir vencer. Sem organização e sem dinâmica colectiva, a equipa perdeu segurança defensiva e capacidade ofensiva, e a qualidade individual dos jogadores deixou de fazer a diferença em campo. Esta derrota com um adversário que era o penúltimo classificado e que apenas tinha conseguido uma vitória coloca isso mesmo em evidência.

No final do jogo, técnicos e jogadores reuniram-se em círculo perto do centro do terreno. Muito haverá para debater e rever já nos próximos dias, pois o futebol vencedor e galvanizador do Sporting como que se esfumou em determinado momento, anterior ao ciclo de insucessos que se iniciou com a derrota frente ao Benfica em 19 de Outubro. As alterações na equipa podem ter contribuído para isso, mas não justificará o que se passa, como Leonel Pontes considerou em entrevista.

2019-11-02.png

Liga Revelação, 14.ª jornada – 02.11.2019
CGD Stadium Aurélio Pereira
Árbitro: Fábio Varanda.
Árbitros assistentes: André Guerreiro e Mauro Santos.

SPORTING CP: Diogo Sousa, João Daniel (Bruno Tavares, 46´), João Silva, Nuno Mendes (Rodrigo, 72´), Eduardo Quaresma, Diogo Brás (João Oliveira, 46´), Matheus Nunes, Tomás Silva (cap.), Tiago Rodrigues, Joelson e Dimitar Mitrovski.

Suplentes não utilizados:Hugo Cunha, Echedey Verde, João Goulart, Gonçalo Costa, João Ricciolli e Bernardo Sousa. 

Treinador: Leonel Pontes 

Disciplina: cartão amarelo para João Daniel (39´.

ACADÉMICA: Daniel Azevedo, Sérgio Conceição, Bolgado, Sandro Cordovias (Aldair, 76´), Pedro Pinto (Cap.) (Nuno André, 76´), Nadson (António Ribeiro, 85´), Yuri, Sousa, Matheus, Gonçalo Chaves (Simão França, 85´) e Rodrigo (pedro Pinho, 68´)

Suplentes não utilizados: Sá, António Ribeiro, Pedro Rodrigues, José Gomes, Guilherme, Mvuka, Rui Bruno e Zé Maria. 

Treinador: Miguel Carvalho.

Disciplina cartão amarelo para Gonçalo Chaves (37´), Rodrigo (39´) e Aldair (82´).

Golos: 0-1 Yuri (25´); 0-2 Pedro Pinto (57´)

Com este resultado, o Sporting CP pode perder a liderança da classificação se o Benfica ganhar em Portimão. Na próxima jornada, em 9 de Novembro, a equipa leonina desloca-se a Setúbal para defrontar o Vitória.

publicado às 13:28

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


15 comentários

Sem imagem de perfil

De João Gil a 02.11.2019 às 14:12

Futebol pobre e sem objectivo o apresentado pela equipa de sub-23 frente à Académica, que deu uma lição de futebol em Alcochete. Incrível como o Sporting passa de uma equipa dominadora, com classe e bom futebol, a melhor defesa e o melhor ataque da competição a varrer o campeonato 10 jornadas seguidas, para o desnorte, incongruência, falta de linha de rumo, falta de técnica, velocidade e qualidade futebolística totais que hoje patenteou. Falta de tudo. Equipa toda alterada, experimentalismo e inevitável derrota que não foi mais pesada porque a Académica deve ter estranhado o à vontade com que dominou do primeiro ao último segundo do jogo. No Sporting estas coisas acontecem constantemente e tudo é aceite com placidez e normalidade. Lamentável.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 02.11.2019 às 14:22

Exibição e resultado não obstante, que informação é que tem que o leva a concluir que "estas coisas acontecem constantemente e tudo é aceite com placidez e normalidade"?

Ao fazer a pergunta, não procuro uma resposta generalizada mas sim específica, presume-se fundamentada em declaraões e/ou posturas pós jogo.

Sem imagem de perfil

De João Gil a 02.11.2019 às 14:55

O problema não está em quaisquer declarações ou posturas post jogo, está no ante jogo, ie, na criação de condições para o descalabro das equipas quando as coisas estão a correr de feição. Mais fundamentado e objectivo do que as exibições e os resultados, num jogo de futebol, não há.
Imagem de perfil

De Rui Gomes a 02.11.2019 às 14:26

Não será mera coincidência que estes recém-resultados menos agradáveis coincidem com promoções de alguns jogadores à equipa principal.

Hoje, o Matheus Nunes jogou, no entanto, Rodrigo Fernandes e Pedro Mendes nem sequer foram convocados.
Sem imagem de perfil

De José Lima Curral a 02.11.2019 às 15:34

Como é evidente e não só. As constantes chamadas de vários jogadores aos treinos com a equipa principal, prejudicam o trabalho colectivo da equipa sub-23. É o reverso da medalha da prioridade bem atribuída ao plantel principal e ao futuro dos jovens jogadores. Se às segundas linhas também tiverem qualidade, não tardará que o trabalho possa voltar a dar resultados. Trabalho também psicológico, pois alguns jogadores exibiram-se muito abaixo do que já mostraram esta época
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 02.11.2019 às 18:59

Tem razão, José Lima Curral, o trabalho psicológico é essencial, até porque alguns dos jogadores que alinharam são muito jovens. Nuno Mendes, Eduardo Quaresma, Bruno Tavares e João Daniel têm 17 anos e Joelson Fernandes tem 16 anos.
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 02.11.2019 às 15:58

João Gil

Ao contrário do que refere, a equipa não foi "toda alterada". As alterações de que se fala no texto do post decorreram ao longo de toda a época por causa dos jogadores promovidos ao plantel principal. Na verdade, hoje alinharam os habituais titulares, com uma excepção.

Equipa do Sporting:
Diogo Sousa - g.-r. titular
João Daniel - sub 19 que se estreou nos sub 23
João Silva e Eduardo Quaresma - centrais habituais
Nuno Mendes - defesa esquerdo titular
João Oliveira - defesa direito normalmente titular
Bruno Tavares - ala direito entrou em 12 de 14 jogos
Matheus Nunes e Tomás Silva - titularíssimos no meio campo
Diogo Brás - só falhou um jogo em 14
Tiago Rodrigues - substituiu Pedro Mendes e participou em 10 jogos
Joelson - extremo direito ou esquerdo titular
Dimitar Mitrovski - joga a titular ou ntra durante o jogo

Portanto, apesar das mudanças que se verificaram desde o início da época, houve apenas a estreia de João Daniel (defesa direito habitual dos sub 19). Em princípio, os restantes jogadores participaram (titulares ou entraram com o desafio a decorrer) pelo menos em 10 jogos dos 14 que foram disputados.
Sem imagem de perfil

De João Gil a 02.11.2019 às 19:48

se calhar na academia de Alcochete re-introduziram nos sub-23 as aulas de cidadania antes das aulas de futebol...
Também é verdade que perdemos contra a Académica que é de Coimbra, terra da academia mais antiga de Portugal e com mais de 700 anos, uma das mais antigas do mundo. Deve ter sido por isso que os cidadãos técnicos e jogadores da equipa de sub-23 do Sporting ofereceram aos adeptos mais uma aula de como não jogar futebol.
Um percalço é isso mesmo, quatro percalços seguidos já não são um percalço. São um padrão e um problema. E obviamente que o problema não está nos jogadores. Nesta equipa de sub-23 do Sporting, pelo menos nesta, sabemos que não há crise de bons jogadores.
SL

Sem imagem de perfil

De RCL a 02.11.2019 às 16:40

Os sub 23 serão, teoricamente, fornecedores da equipa principal. Não vejo qualquer importancia em ganhar esse campeonato.
Se em janeiro, Matheus Nunes, Rodrigo Fernandes e Pedro Mendes estiverem na A está cumprida a missão.
SL
Imagem de perfil

De Leão Zargo a 02.11.2019 às 18:51

RCL

Não sendo prioritário ganhar o campeonato da Liga Revelação, na verdade o espírito competitivo vencedor passa pelo "hábito" de conquistar títulos. Mas, percebo que o importante é promover jogadores para a equipa principal. Por exemplo, esses que aponta.
Sem imagem de perfil

De Fernando Albuquerque a 02.11.2019 às 19:45

Rui Gomes---------Uma exibição descolorida. A perder por 1-0 jogaram sem garra e a passo, com perdas de bola incríveis. Algo se passará, pois dá a impressão que estão a fazer um frete tal a displicência de alguns jogadores. Como a transmissão é muita fraca de imagens, quando comecei a ver o jogo o resultado era negativo. e pensei que tinha havido grandes alterações na constituição da equipa, quando afinal apenas dois jogadores habituais não alinharam. A maioria esteve irreconhecível, pois nunca mostraram querer alterar o resultado. A Académica fez poucos remates e marcou dois golos, por outro lado nós estivemos na segunda parte em cima deles e remates para golo poucos vi.
Não interessa ganhar este campeonato, pois o ano passado a equipa que ganhou está nos últimos lugares, o objetivo deverá ser aproveitar o mais possível jogadores para a equipa principal, embora hoje tenha sido um dia para esquecer, pois poucos lutaram em campo para demonstrar que podem ser futuros jogadores do SCP,Jogar e lutar como fizeram hoje não os leva a ter qualquer sonho de um dia envergarem a camisola verde e branca da primeira categoria. Depois de uma exibição destas valerá a pena ter duas equipas para promover jogadores ? Tem de haver uma grande reflexão, pois nós adeptos do clube não gostamos de ver jogadores com a nossa camisola a fazerem fretes. Fernando Albuquerque (SCP)
Sem imagem de perfil

De J.Oliveira a 02.11.2019 às 19:49

Esta equipa e equipa técnica vão ter que muito que reflectir, após esta derrota desastrosa com a equipa da Académica, que até agora tinha mostrado ser medíocre. Algo tem de ser feito. O bom é formar a ganhar, se se habituam a perder, quando subirem à equipa principal, já vêm com hábitos muito maus. Estes jogadores já fizeram grandes jogos, esperemos que tenha sido um acidente de percurso e voltem à vitória já no próximo jogo.
SL
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 02.11.2019 às 21:50

Há que entender que estes escalões não têm como objectivo principal ganhar campeonatos.

Acho que foi há 2 ou 3 anos que a equipa de juniores do Benfica ganhava, dominava, e de repente começou a perder jogos pela promoção de jogadores juvenis à equipa, e a saída de jogadores como Felix, Ferro, Tiago Dantas, o Nuno e outros para a equipa B.

O objectivo do clube foi cumprido, e a equipa ficou em 2º ou 3º, nem sei, nem me parece que interesse muito.

Imagem de perfil

De Rui Gomes a 02.11.2019 às 21:55

Ainda ontem tive esta discussão com um amigo meu porque, para ele, o objectivo é ser campeão em todos os escalões.

É evidente que se pretende equipas ganhadoras, mas sempre com o desenvolvimento dos jogadores em mente.
Sem imagem de perfil

De ChakraIndigo a 02.11.2019 às 22:05

Penso que isso devia ser evidente.

O Benfica, por exemplo, joga com uma equipa B que é praticamente formada com juniores e seniores de 1º ano.

Este upgrade competitivo faz com que cheguem à equipa principal mais maduros, e os que não conseguem podem render numa eventual transferência (Jovic, por exemplo).

Quantos campeonatos ganhou o Benfica pela equipa B? Zero, e numa época salvou-se na ultima jornada da despromoção.
O campeonato que ganhou foi a formação de talentos como Bernardo Silva, Gonçalo Guedes, Ruben Dias, Ferro, Florentino, Felix e outros.

O Sporting deu uma machada no seu projecto desportivo quando acabou com a equipa B, e vai demorar a recuperar.

Comentar post





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo