Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




thumbnail_Sporting sub 23 2018-19.jpg

O Desportivo das Aves foi o vencedor da primeira edição da Liga Revelação (sub 23), somando mais um ponto que o Sporting e mais dois que o Rio Ave, respectivamente segundo e terceiro classificados. Na fase de apuramento de campeão, em dez jogos, os leões obtiveram cinco vitórias, dois empates e três derrotas. A equipa leonina inviabilizou a conquista do título na penúltima jornada quando foi derrotada nos descontos pelo Estoril Praia. 

O Sporting também participou na Taça Revelação. Eliminou o Vitória de Setúbal nos quartos de final (3-1), mas perdeu nas meias finais com o Rio Ave (4-2).

O campeonato da Liga Revelação tem como matriz a Premier League sub-23 e assume como finalidade favorecer a transição da formação para as camadas seniores dos jovens futebolistas. Apesar do campeonato sub 23 ter sido fervorosamente disputado até à última jornada, permanecem sérias dúvidas quanto à real competitividade da prova e em que medida substitui realmente a 2ª Liga.

Houve grande instabilidade desde o início da época no que refere à orientação técnica da equipa. José Lima substituiu Luís Martins por razões de saúde no final do mês de Julho e foi o treinador até à 14ª jornada. Depois, Tiago Fernandes sentou-se no banco em dois jogos, Francisco Barão apenas num jogo e Alexandre Santos a partir da 18ª jornada.

Essa instabilidade teve naturalmente consequências no desempenho desportivo, mesmo considerando que neste escalão os jogadores possuem ciclos específicos de crescimento e afirmação.

Foram utilizados trinta e cinco jogadores nas dezanove jornadas da Liga Revelação (dois não chegaram a sair do banco):

Guarda-redes

Diogo Sousa - 15 jogos 2º ano

Luís Maximiano - 18 jogos 1º ano

Vladimir Stojković - 6 jogos 4º ano

Defesas

Thierry Correia - 26 jogos 1 golo 1º ano

João Oliveira - 15 jogos 1º ano

Euclides Cabral - 1 jogo 1º ano (até Janeiro)

Kiki Kouyaté - 18 jogos 3º ano (até Janeiro)

João Queirós - 14 jogos 2º ano

João Silva - 27 jogos 1 golo 1º ano

João Ricciulli - 11 jogos 1 golo 1º ano

Ronaldo de Souza - 6 jogos 1 golo 2º ano (desde Janeiro)

Tiago Djaló - 7 jogos júnior (até Janeiro)

Pedro Empis - 23 jogos 3º ano

Abdu Conté - 27 jogos 2º ano

Médios

Bruno Paz - 26 jogos 1 golo 2º ano

Daniel Bragança - 20 jogos 5 golos 1º ano (até Janeiro)

Bubacar Djaló - 7 jogos 2º ano

Tomás Silva - 36 jogos 2 golos 1º ano

Nuno Moreira - 25 jogos 3 golos 1º ano

Miguel Luís - 10 jogos 1 golo 1º ano

Paulinho Lucas - 34 jogos 4 golos 3º ano

Matheus Nunes - 10 jogos 2º ano (desde Janeiro)

Francisco Geraldes - 1 jogo 5º ano (desde Janeiro)

Carlos Jatobá - não jogou 5º ano (até Janeiro)

Avançados

Dimitar Mitrovski - 31 jogos 5 golos 1º ano

Marco Túlio - 28 jogos 8 golos 2º ano

Mees de Wit - 21 jogos 1 golo 2º ano

Jovane Cabral - 2 jogos 2º ano

Elves Baldé - 16 jogos 5 golos 1º ano (até Dezembro)

Gonzalo Plata - 4 jogos Júnior (desde Janeiro)

Diogo Brás - 3 jogos Júnior

Pedro Mendes - 34 jogos 18 golos 1º ano

Pedro Marques - 23 jogos 7 golos 2º ano

Leonardo Ruiz - 1 jogo 3 golos 4º ano (até Agosto)

David Wang - não jogou Júnior

(Dados da Wiki Sporting)

img_2793.jpg

O melhor momento da época para a equipa verificou-se entre meados de Novembro e o início de Janeiro de 2019, período em que alcançou seis vitórias e um empate nos jogos que disputou. Então, parecia ter consolidado processos e filosofia de jogo, com um bom o equilíbrio entre o jogo defensivo e um futebol rápido que envolvia sempre vários jogadores no processo ofensivo. Mas, seguiu-se acentuada instabilidade competitiva como já de tinha verificado no início da época quando nunca conseguiu três vitórias consecutivas.

Dos jogadores que integraram o plantel sub 23, apenas quatro foram chamados a alinhar pela equipa principal esta época: Jovane Cabral participou em trinta e um jogos (Liga Portuguesa, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa), Miguel Luís em catorze jogos (Liga Portuguesa, Taça de Portugal, Taça da Liga e Liga Europa), Thierry Correia dois jogos (Liga Europa) e Bruno Paz um jogo (Liga Europa). Abdu Conté e Pedro Marques foram convocados, mas não chegaram a sair do banco.

Houve jogadores que se destacaram pela qualidade desportiva e espírito competitivo. Os guarda-redes Diogo Sousa e Luís Maximiano, os defesas laterais Thierry Thierry, João Oliveira e Abdu Conté, os centrais rápidos Kiki Kouyaté, João Queirós e João Silva, os médios Bruno Paz, Tomás Silva, Nuno Moreira e Paulinho Lucas, o médio ofensivo Marco Túlio e os avançados Pedro Marques e Pedro Mendes, o goleador da equipa.

Elves Baldé e Daniel Bragança, emprestados ao Paços de Ferreira e ao Farense, justificam uma observação muito atenta. Gonzalo Plata, Matheus Nunes e Ronaldo de Souza foram contratados em Janeiro e revelaram-se jogadores interessantes.

Este escalão (sub 23 ou equipa B) constitui uma fase competitiva essencial na transição entre os juniores e os seniores. Muitos observadores consideram que a Liga Revelação tem uma competitividade inferior à 2ª Liga e que responde essencialmente às necessidades dos clubes que não possuem equipas B. Assinalam que Benfica, FC Porto, Braga e Vitória de Guimarães continuam a competir na 2ª Liga. Tem constado que a Direcção do Sporting está a analisar a possibilidade de voltar a haver uma equipa B.

publicado às 13:26

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds