Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

sportingvarsenal12.jpg

 
Arbitragem é um tema que raramente abordo nos meus textos e se o faço hoje, deve-se às circunstâncias algo excepcionais do embate de ontem entre o Sporting e o Arsenal, a contar para a 3.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa.

 

O Sporting perdeu o jogo e nada vai alterar esse resultado. Nem eu pretendo desculpar a derrota com a arbitragem, muito embora o Sporting tenha sido claramente prejudicado.

 

O primeiro incidente polémico do jogo ocorreu aos 32', num lance em que Fredy Montero estava em posição para se isolar e foi agarrado por Sokratis Papastathopoulos, defesa central grego do Arsenal. Caso para a marcação de um livre e expulsão do jogador dos 'Gunners'.

 

Mesmo admitindo que o árbitro não viu claramente o lance, o mesmo não aconteceu com o árbitro de baliza que está posicionado de frente para os jogadores. Nunca saberemos o impacte deste lance no jogo, caso a falta tivesse sido devidamente assinalada.

 

A título de curiosidade, fui encontrar esta foto numa crónica crítica do árbitro publicada no jornal inglês Evening Standard

 

Não vou adiantar todos os detalhes de outros lances controversos, mas no golo do jogo, o marcador Danny Welback está em posição irregular no início do lance; há uma falta sobre Nani passível de grande penalidade, e o mesmo acontece com Coates, já nos descontos. O próprio defesa leonino devia ter sido expulso por agressão.

 

Com o resultado desta partida, o Arsenal assume a liderança do Grupo E, com 9 pontos, seguido pelo Sporting com 6, Vorskla 3 e Qarabag em último lugar ainda sem pontuar. Na próxima jornada, a ser realizada no dia 8 de Novembro, o Sporting viaja até Londres para defrontar novamente o Arsenal.

 

A qualidade da exibição do Sporting ontem em Alvalade é obviamente subjectiva. Entre o post do jogo e os respectivos comentários, já deixei clara a minha opinião e não pretendo agora revisitar esse tema.

 

Dito isto, o debate com os leitores levou-me a uma lamentável conclusão. Ao longo das últimas semanas, muito tem sido dito e escrito sobre o desempenho de José Peseiro, ao leme da equipa. Enquanto eu pensava que a crítica era apenas focada no treinador e a sua actual existência no Sporting, verifico agora que a questão vai muito além, nomeadamente que há "sportinguistas" que desesperam pelo insucesso competitivo da equipa.

 

Qual a agenda, será caso para análise individual, mas torna-se por de mais evidente que pelo menos alguns desses "sportinguistas" ainda não voltaram as costas ao reinado do lunático presidente destituído, que, pelos vistos, é agora figura central como comediante na televisão. Tão cómico é ele, que ousa clamar que sozinho faria um balneário "cair", sem a ajuda de terroristas de claques. Algo o perturba... imenso!

 

P.S.: Esta foi a primeira vitória de sempre do Arsenal em Portugal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:15

Árbitro esloveno para o Arsenal

Rui Gomes, em 23.10.18

 

615467442-612x612.jpg

 

A UEFA nomeou o esloveno Damir Skomina para arbitrar o Sporting-Arsenal na próxima quinta-feira, em jogo da 3.ª jornada da Liga Europa.

 

Esta será a segunda vez que o juiz de 42 anos dirige uma partida do Sporting, que em 18 de Outubro de 2016 esteve na derrota da então equipa orientada por Jorge Jesus, por 2-1, em Alvalade, frente ao Borussia Dortmund, a contar para a Liga dos Campeões.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

 

43016103_10155531019151555_3637026311102267392_n.j

 

Nikola Dabanovic foi esta segunda-feira nomeado pela UEFA para arbitrar na quinta-feira o embate entre o Vorskla Poltava e o Sporting, na Ucrânia, da segunda jornada do Grupo E da Liga Europa.

 

Dabanovic, que tem 36 anos e é internacional desde 2009, vai ajuizar pela primeira vez um jogo de uma formação portuguesa nas taças europeias.

 

Na primeira jornada do Grupo E, o Sporting venceu em casa os azeris do Qarabag por 2-0, enquanto os ucranianos do Vorskla Poltava perderam por 4-2 no reduto dos ingleses do Arsenal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:16

 

download (1).jfif

 

O Sporting emitiu esta segunda-feira um comunicado repudiando as agressões ao árbitro Sérgio Magalhães, que integrou a equipa de arbitragem do jogo de futsal Sporting-Benfica, de domingo, que esta manhã foi atacado junto ao seu local de trabalho, tendo recebido inclusivamente tratamento hospitalar.

 

Eis o comunicado publicado no site oficial:

 
"O Sporting Clube de Portugal repudia de forma veemente as agressões desta manhã ao árbitro Sérgio Magalhães, independentemente de quem tenham sido os autores deste acto cobarde. O Sporting CP pauta-se por valores de respeito na sociedade, nos quais não estão inseridas acções desta natureza.

No entanto, embora seja, para já, desconhecida a identidade dos agressores, é de realçar que, tomando conhecimento das palavras que alegadamente foram dirigidas ao árbitro Sérgio Magalhães através das quais lhe terá sido dito "não nos voltas a roubar", o Presidente da APAF, Luciano Gonçalves, se tenha apressado a associá-los ao Sporting CP.
 
Não deixa, por isso, de ser relevante constatar que, à luz destas declarações, também o Presidente da APAF considera que a arbitragem do terceiro jogo da final do playoff do Campeonato Nacional de Futsal foi um verdadeiro escândalo em benefício do Sport Lisboa e Benfica. Há que não ter medo de assumir as evidências.

O Sporting CP deseja rápidas melhoras a Sérgio Magalhães."
 

No final da referida partida, o director do futsal do Sporting, Miguel Albuquerque, teceu fortes críticas à arbitragem, considerando o que se passou no Pavilhão João Rocha “uma vergonha”:

 

“Não esperamos nem queremos ser favorecidos, mas apenas que respeitem o Sporting. Nos dois primeiros jogos da final houve entradas violentas e os árbitros seguraram os jogos. Hoje (domingo) dois senhores estragaram o jogo e no final o árbitro Wilson Soares disse ao Divanei para se ir f……!”.

 

Esta segunda-feira emitiu um comunicado:

 

"É curiosa a quantidade de mensagens que eu e jogadores do Sporting CP recebemos durante o dia de hoje, através das redes sociais, com ameaças de morte, a nós e às nossas famílias, por parte de adeptos do Benfica, devidamente identificados. Para que conste, tenho, obviamente, as mensagens guardadas para, num futuro próximo e caso seja necessário ou considere pertinente, agir judicialmente contra estes indivíduos.

Como se não bastasse, adeptos desse mesmo clube acham por bem continuar a ameaçar-nos e ofender-nos, desta vez publicamente, via redes sociais.

Porém, a única entidade que vem a público falar sobre este tema é a APAF e para criticar as minhas declarações de ontem sobre a arbitragem que, repito, foi vergonhosa!

 

Ficámos, portanto, a saber que, para a APAF, os árbitros estão acima de qualquer crítica e que é normal agredir jogadores do Sporting CP dentro de campo, como se verificou - e o país inteiro viu - nos 3 jogos da final realizados até ao momento, sem que os agressores tivessem qualquer tipo de punição. Tenho pena que, nestes casos, onde a prova foi testemunhada por milhões de espectadores, a APAF não tenha sido tão célere nas críticas.

Termino dizendo que se o tempo voltasse atrás teria dito tudo o que disse ontem. Continuo a exigir respeito pelo Sporting Clube de Portugal e pelos seus 3,5 milhões de Adeptos. As agressões de hoje ao árbitro Sérgio Magalhães são reprováveis e há que separar o trigo do joio. Defenderei sempre a minha equipa, o Sporting CP, e os Adeptos quando achar necessário, mas irei condenar sempre quaisquer actos criminosos ou violentos."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:22

O que dizer deste árbitro ?

Rui Gomes, em 03.11.17

 

 

Mais uma vez, fica comprovado que há arbitragens bem mais polémicas por esse mundo fora do que propriamente aquelas que tanta celeuma provocam em Portugal. Este exemplo chega da II divisão B espanhola, no dérbi entre o Gimnástica Segoviana e o Ponferradina, onde alinha o extremo português David Caiado (ex-Sporting, Estoril ou Vitória de Guimarães).

 

Nos últimos segundos do jogo, que se encontrava empatado (0-0), Andy, jogador do Ponferradina, recebeu a bola na área contrária e, quando rematou, só com o guardião adversário pela frente, viu o árbitro... terminar o jogo. O médio marcou golo, mas o apito do juiz soou mais duas vezes, indicando o final da partida quando passavam 17 segundos dos três minutos de descontos dados pela equipa de arbitragem.

 

Como era de esperar, o lance originou grande contestação por parte dos jogadores do Ponferradina, mas até acho que se comportaram muito bem considerando a calamidade da decisão. É  impossível não ficar no ar a suspeita que houve algum interesse "especial" do árbitro que o levou a agir daquela maneira.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:01

 

clement-turpin-au-coeur-des-critiques_116091.jpg

 
Para o jogo entre o Sporting e a hexacampeã italiana Juventus, do Grupo D, a UEFA designou Clément Turpin, de 35 anos e internacional desde 2010, que arbitrou o empate dos leões no terreno do Maribor (1-1), na edição de 2014/15 da Champions, e a vitória caseira frente ao Vaslui (2-0), para a Liga Europa de 2011/12, quando também arbitrou o desaire do Vitória de Guimarães no terreno do Atlético de Madrid (2-0).

Na época passada, Turpin esteve na vitória caseira do Benfica frente ao Dínamo Kiev, por 1-0, também para a Liga dos Campeões, depois de, na temporada anterior, ter estado no triunfo do FC Porto sobre o Maccabi Telavive (2-0), para a Liga dos Campeões, e na derrota do Sporting de Braga no terreno do Fenerbahçe (1-0), para a Liga Europa.

O árbitro francês ainda dirigiu o empate da selecção sub-21 com a Suécia (1-1), no Europeu de 2015, e, mais recentemente, em Março de 2017, a derrota da selecção principal por 3-2 frente à Suécia, num particular disputado no Funchal.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:14

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 17.10.17

 

michael oliver.JPG

 

Michael Oliver, de 32 anos, natural de Ashington, Inglaterra, árbitro FIFA desde 2012, foi nomeado pela UEFA para dirigir o encontro desta quarta-feira entre o Sporting e Juventus, para a Liga dos Campeões.

 

Esta será a terceira vez que Oliver arbitra um jogo do Sporting, sendo que o seu primeiro a contar para a Champions foi em Setembro de 2016, com o Légia de Varsóvia.

 

Desejamos-lhe um bom jogo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

 

sem_titulo_76_artigo.png

 

Um jogo e um infame incidente, que eu recordo bem, com mágoa, que foram decisivos para o afastamento da 'equipa das quinas' do Mundial de 1998.

 

Faz esta quarta-feira 20 anos que Portugal foi afastado do apuramento para o Mundial 1998, após empate 1-1 com a Alemanha, jogo que ficou igualmente marcado pela única expulsão da carreira de Rui Costa. Para quem tem boa memória, Portugal vencia os germânicos por 1-0, já na segunda-parte do encontro, quando se sucedeu a expulsão.

 

Em recém-entrevista, o antigo internacional português recordou o momento em que viu o segundo amarelo, e consequente cartão vermelho, com o árbitro Marc Batta a considerar que tinha demorado demasiado tempo a sair do campo durante uma substituição:

 

"Foi a minha única expulsão em toda a carreira profissional de futebol. Não consegui, à data ou ainda hoje, encontrar uma explicação. Foi uma coisa inédita e única na alta-roda do futebol. (…) Não há qualquer lei que determine quanto tempo deve passar para um jogador que vá ser substituído sair de campo. (…) Demorei no máximo 25 segundos a chegar à linha lateral.

 

Recentemente, num jogo no Estádio da Luz para a Liga dos Campeões, ele estava como observador do árbitro e pediu para falar comigo, para dizer que tinha errado, que não estava contente com o que se tinha passado. Eu mandei dizer o que sempre disse e o que sempre direi: "Desculpo-o quando ele pedir desculpa ao meu País. Porque o que ele fez foi prejudicar o meu País. Os próprios jornais franceses escreveram no dia seguinte em primeira página: ‘Batta tira Portugal do Mundial’. E a verdade é que desde 1996 até hoje só falhámos uma fase final de uma grande competição. Foi aquela".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:32

 

1152914_620x410.jpg

 

O turco Cüneyt Çakir vai arbitrar na quarta-feira o jogo entre os romenos do Steaua Bucareste e o Sporting, da segunda mão do play-off de acesso à Liga dos Campeões, anunciou esta segunda-feira a UEFA.

 

Cüneyt Çakir esteve pela única vez num jogo dos leões também num play-off da Champions, quando a equipa venceu em casa o CSKA Moscovo (2-1) em 2015/16, mas falharia o acesso à prova, ao perder fora por 3-1.

 

O último jogo de uma equipa portuguesa arbitrado por Cüneyt Çakir foi na visita do FC Porto a Leicester, na fase de grupos da última Liga dos Campeões, que os dragões perderam por 1-0, em Setembro de 2016.

 

No Euro'2016, competição em que Portugal se sagrou campeão europeu, o árbitro turco dirigiu o jogo entre a selecção das 'quinas' e a Islândia (1-1).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:36

 

felix-brych-jpg-0-21979300-1494616322.jpg

 

O árbitro alemão Felix Brych, de 42 anos, foi nomeado pela UEFA para o jogo de terça-feira entre Sporting e Steaua Bucareste, da primeira mão do play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões.


Esta será a 13.ª vez que Felix Brych se cruzará com o futebol português, a segunda num jogo do Sporting - na primeira, apitou o desafio com os holandeses do Twente, a contar para terceira pré-eliminatória de acesso à Champions.

A última ocasião que trabalhou um jogo em que estiveram envolvidos clubes portugueses ocorreu na época passada, na fase de grupos da Liga dos Campeões, quando o Nápoles goleou o Benfica por 4-2.

Brych dirigiu um jogo de Portugal no Euro-2016 (quartos de final, ante a Polónia) e foi também o árbitro da final da Liga Europa entre Benfica e Sevilha, em Maio de 2014, que os espanhóis venceram no desempate por grandes penalidades.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:40

 

14890790960213.jpg

 

Um caso clássico de "trancar a porta depois da casa roubada". A parte "roubada" foi o Paris Saint-Germain, o grande beneficiado foi o Barcelona, e o autor do "crime" foi o árbitro Deniz Aytekin.

 

Segundo notícias desta quinta-feira, a UEFA pondera afastar Aytekin de futuros jogos da Liga dos Campeões, depois do seu polémico trabalho no embate entre o emblema da Catalunha e o de Paris. A sua arbitragem tem estado sob escrutínio, depois de ter surgido uma onda de críticas, em específico por duas grandes penalidades assinaladas a favor do Barça e por não ter marcado uma a favor do Paris Saint-Germain.

Pierluigi Colina, responsável e director do Comité de Arbitragem da UEFA, estará já a rever os relatórios de arbitragem do jogo e tomará uma decisão nos próximos dias.

Independentemente do que for decidido, é muito provável que Aytekin não seja chamado para mais jogos da Liga dos Campeões esta época.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:51

 

 

O experiente árbitro Cüneyt Çakir cometeu um erro gigante ao assinalar uma grande penalidade por mão do... guarda-redes, durante o Rizespor-Osmanlispor, da Primeira Liga turca. Cüneyt Çakir viu uma mão na área do Osmanlispor e não teve dúvidas: correu para a marca de grande penalidade, sob o olhar de espanto dos jogadores da equipa forasteira. A verdade é que a mão que toca na bola é a do guarda-redes do Osmanlispor. Sorte sua que o guarda-redes Karcemarskas defendeu o penálti.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:03

 

luis_ferreira_sporting_tondela_foto_antonio_cotrim

 

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol nomeou Luís Ferreira para dirigir o encontro entre o Sporting e o Praiense, a contar para a 4.ª eliminatória da Taça de Portugal.

 

O juiz de Braga é de má memória para Bruno de Carvalho, por lhe ter mostrado a porta de saída no jogo da I Liga com o Tondela, motivando o líder do Sporting a considerá-lo "um dos piores árbitros portugueses".

 

Para o Benfica - Marítimo, Carlos Xistra foi o escolhido, e para a visita do FC Porto a Chaves, o lisboeta João Capela vai marcar presença.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:01

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 15.03.16

 

manueloliveira.jpg

 

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol revelou, esta terça-feira, as nomeações de árbitros para a 27.ª da I Liga.

 

Manuel Oliveira, que esteve no FC Porto - União da Madeira, foi o escolhido para dirigir a partida em Alvalade com o Arouca, enquanto Manuel Mota, que participou no Estoril - Sporting, irá estar no Vitória de Setúbal - FC  Porto.

 

O clube da Luz irá ter Fábio Veríssimo no seu jogo no Bessa. O árbitro de Leiria reencontra os "encarnados" depois de ter apitado o Tondela - Benfica, assim como os "axadrezados", depois de ter estado no Boavista - V. Guimarães.

 

I LIGA

27ª Jornada

 

NOMEAÇÕES

 

Sexta-feira, 18 de Março

20h30

Rio Ave-Marítimo, Carlos Xistra

Sábado, 19 de Março

18h30

Sporting-Arouca, Manuel Oliveira

V. Setúbal-FC Porto, Manuel Mota

 

Domingo, 20 de Março

16h00

Tondela-Belenenses, Cosme Machado

Nacional-V. Guimarães, Luís Godinho

Académica-Estoril, Rui Costa

P. Ferreira-Moreirense, Sérgio Piscarreta

18h15

Boavista-Benfica, Fábio Veríssimo

20h30

Sp. Braga-U. Madeira, Rui Oliveira

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:00

Já há árbitros

Rui Gomes, em 09.03.16

 

Não é o meu caso, mas um cínico sentir-se-ia tentado a dizer que o clube da Luz tem uma ligação especial com a Associação de Futebol de Braga.

 

img_770x433$2016_01_12_15_39_47_1049620.jpg

Este organismo minhoto tem cinco árbitros na 1.ª categoria e, por mera casualidade, quero crer, quatro deles foram nomeados para os últimos oito jogos do Benfica. Luís Ferreira é o mais recente, mediante o anúncio do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, esta terça-feira. Só João Pinheiro, que se estreia esta época no campeonato principal, não foi chamado para as últimas oito partidas do Benfica.


Nesta série de jogos, Artur Soares Dias, do Porto, apitou dois jogos dos "encarnados", os clássicos com FC Porto e Sporting, enquanto Manuel Oliveira, também do Porto, dirigiu o jogo com o Moreirense e Nuno Almeida, do Algarve, a partida com o Belenenses. Quanto aos árbitros bracarenses, Manuel Mota esteve no jogo com o Arouca, João Ferreira em Paços de Ferreira e Cosme Machado na partida com o U.Madeira.

 

Agora é a vez do advogado Luís Ferreira, o mesmo árbitro que teve nota negativa pela sua actuação em Alvalade, no jogo da 18.ª jornada com o Tondela.

 

Ao Sporting, calhou na "lotaria" presidida pelo ilustre Vítor Pereira, um velho "amigo" benfiquista que dispensa apresentação: Manuel Mota. Já a recepção portista ao União da Madeira vai ser dirigida por Manuel Oliveira, do Porto.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:01

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 23.02.16

 

img_770x433$2016_02_23_11_55_12_1067984.jpg

 

A UEFA nomeou o árbitro francês Ruddy Buquet para o jogo entre o Bayer Leverkusen e Sporting, marcado para quinta-feira às 18 horas (Portugal).

Ruddy Buquet reencontra o Sporting depois de ter arbitrado um jogo seu na última época, também nos 16 avos de final da Liga Europa, no empate 0-0 com o Wolfsburgo no Estádio José Alvalade, que ditou a eliminação da equipa leonina, após perder na Alemanha (2-0).

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:19

 

alemanha_arbitroabandona15950d7d.jpg

 

O Borussia Dortmund venceu o Bayer Leverkusen por 1-0 num jogo que ficou marcado por um acontecimento insólito: o árbitro abandonou o encontro durante cerca de 10 minutos.

 

O Dortmund já vencia quando um lance provocou muitos protestos de jogadores e treinador do Bayer. O técnico Roger Schmidt foi expulso, mas recusou-se a abandonar o campo e acabou por ser o árbitro a fazê-lo.

 

Os regulamentos apontam para a penalização com derrota mas, após uma conversa com dirigentes, o árbitro Felix Zwayer voltou e jogaram-se os 15 minutos finais.

 

O Borussia Dortmund venceu mesmo por 1-0 e manteve o segundo lugar, a oito pontos do Bayern Munique. O Bayer Leverkusen está no quarto posto.

 

Borussia e Bayer são os adversários de FC Porto e Sporting na Liga Europa.

 

Caso surpreendente, especialmente na Alemanha, mas serve para sublinhar que situações insólitas não acontecem somente em Portugal. Muito embora este mesmo caso, em solo português, entre duas equipas de topo, daria para preencher páginas noticiosas durante pelo menos três meses.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:14

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 17.02.16

 

401988_heroa (2).jpg

 

Para o embate de quinta-feira da Liga Europa, entre Sporting e Bayer Leverkusen, a UEFA nomeou Bjorn Kuipers, árbitro holandês de 42 anos.

 

Kuipers dirigiu a Supertaça da UEFA em 2011, a final da Liga Europa em 2013, a final da Taça das Confederações em 2013 e a final da Liga dos Campeões em 2014.

 

Muito conhecido por "não ter visto" a dentada de Luis Suarez no ombro de Otman Bakkal, num jogo entre o Ajax e PSV Eindhoven, em Novembro de 2010.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:38

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 07.12.15

 

graefe8-1410719691.jpg

 

A UEFA revelou esta segunda-feira que o árbitro alemão Manuel Graede foi escolhido para dirigir o encontro da próxima quinta-feira, entre o Sporting e o Besiktas, no sexto e último jogo do Grupo H da Liga Europa.

 

Deve ser mera coincidência, decerto, mas um cínico diria que para o Sporting estão sempre alemães na calha para os jogos decisivos; equipas ou árbitros.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:22

Já temos árbitro !

Rui Gomes, em 03.11.15

 

ng5058307.jpg

 

 

O árbitro estónio Kristo Tohver, de 33 anos, vai arbitrar um jogo de um clube português pela primeira vez, após ser nomeado segunda-feira pela UEFA para dirigir na quinta-feira o encontro entre os albaneses do Skënderbeu e o Sporting, da quarta jornada do Grupo H da Liga Europa.

 

Tohver dirigiu em 2012 o encontro entre as seleções de Portugal e do Luxemburgo (2-1), de apuramento para o Mundial 2014, e nunca apitou jogos de equipas portuguesas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo