Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

1-liedson.jpg

 

Rogério Casanova, jornal Expresso, na sua usual crónica humorística sobre a performance dos jogadores do Sporting, escreveu o seguinte sobre a acção de Gelson Martins ao tirar a camisola depois de marcar o golo ao Moreirense:

 

"Estou optimista, mesmo sem Gelson a jogar no Dragão. Recordo que Liedson pontapeou estupidamente uma bola para fora, vendo um cartão amarelo escusado que o afastou do jogo decisivo disputado cinco dias depois, na casa de um rival directo. Mas não houve crise: não jogou Liedson, jogou outro qualquer no seu lugar, de certeza que correu tudo bem". ( Spoiler: o Benfica venceu por 1-0 e acabou por ser campeão).

 

Eis uma breve reportagem desse jogo que foi disputado no dia 20 de Dezembro de 2004, frente ao Vitória de Guimarães:

 

"Foi o golo de Liedson que colocou os leões em vantagem no término do primeiro tempo que despoletou a revolta dos adeptos do Vitória. O avançado brasileiro apontou mais um golo e continua a liderar a tabela dos melhores marcadores do campeonato com 12 golos, mais dois do que Simão Sabrosa e Antchouet. A marcar negativamente a sua prestação em Guimarães está o cartão amarelo que viu e que o afasta assim do derby da capital com o Benfica que se realiza no regresso do campeonato no próximo ano".

 

Não pretendo de modo algum comparar situações e muito menos insinuar seja o que for sobre a acção de Gelson Martins, mas achei piada à referência de Rogério Casanova apenas porque ainda hoje me interrogo a respeito da real intenção de Liedson. Recordo muito bem o lance e creio que quem assistiu a esse jogo terá memória semelhante à minha. Uma situação deveras insólita e que não me deixou convencido sobre a mera espontaneidade irreflectida do avançado do Sporting.

 

Nota: Segundo informações que vieram a público, Gelson não irá ser alvo de qualquer procedimento disciplinar ou multa, por parte da Sporting SAD. Um leque de considerações que só podem ser verdadeiramente debatidas por quem se encontra no foro interno.

 

publicado às 03:18

Arquivo do Passado (17)

Rui Gomes, em 03.05.13

 

 

Novembro de 2005: Com um grupo de amigos sportinguistas num camarote do "Sky Dome" em Toronto, Canadá, a assistir ao Sporting 5 Santos 3, na primeira época de Paulo Bento na liderança técnica do Sporting. A equipa leonina: Tiago (Nélson 45'), Rogério, Polga, André Marques, Paíto (Edson 45'), Carlos Martins (cap.), Luís Loureiro, Nani, Wender, Pinilla (Silva 60') e Deivid (Tello 65'). Suplente não utilizado: Beto. Os marcadores foram Deivid aos 22 minutos, Pinilla 38', Silva 61'e 82' e Anderson Polga aos 63'.

 

publicado às 00:12

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo


subscrever feeds