Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Um caso para "engolir" uns milhões

Rui Gomes, em 22.07.19

960.jpg

Considerado com excedentário no Sporting, Alan Ruiz terá de encontrar nova colocação neste mercado de transferências, depois de ter estado emprestado a Aldosivi e CA Colón na última temporada, mas, a acreditar em recém-notícias, viu mais uma porta ser fechada.

Garante o El Ciudadano que o avançado foi oferecido ao Rosário Central, mas que foi prontamente descartado por Diego Cocca, técnico do clube argentino.

Assim sendo, Ruiz irá continuar a treinar na Academia, sendo uma de várias situações que o Sporting necessita de resolver este Verão. Refira-se que o jogador tem contrato até Junho 2020.

Um caso para o Sporting "engolir" os oito milhões de investimento + salário + irmão. O seu passe neste momento está avaliado em 3 milhões de euros, mas, mesmo assim, não parece haver interessados.

publicado às 04:02

Alan Ruiz ainda "existe"

Rui Gomes, em 17.01.19

 

image.jpg

 

O Sporting chegou a acordo com o Aldosivi, do campeonato argentino, para emprestar Alan Ruiz até ao final desta época.

 

A contratação do médio-ofensivo foi anunciada na página oficial do Facebook do clube que felicitou o jogador pela "escolha". O Aldosivi ocupa o nono lugar do campeonato argentino.

 

O jogador de 25 anos continua assim a jogar na Argentina, depois de ter sido cedido no início de 2018 ao Colón Santa Fé, clube de onde se transferiu em 2016 para o Sporting, tendo custado na altura oito milhões de euros aos cofres leoninos.

 

Alan Ruiz tem contrato com o Sporting até Junho 2020. Nem sequer vale a pena falar no irmão, que também veio para Portugal no pacote.

 

publicado às 07:15

 

Alan-Ruiz.jpg

 

Abordámos aqui, há dois ou três dias, a noticiada investigação que está em curso pelo DIAP de Lisboa, provocada por uma denúncia de Luís Borges Rodrigues – que integrou o Conselho Directivo da lista apresentada por Bruno de Carvalho nas primeiras eleições à presidência – sobre alegadas suspeitas relacionadas com a transferência de Alan Ruiz do Colón para o Sporting.

 

Até este momento, ainda não vimos uma reacção oficial da parte da Sporting SAD ou do seu presidente, que só pela sua ausência implica reflexão. Dito isto, deparámos ontem com um artigo do Record, citando uma "fonte" do Sporting não identificada, o que não deixa de ser estranho, nas circunstâncias.

 

Com referência à queixa, em que é alegado que a transferência foi efectuada por muito menos dos 8,3 milhões de euros comunicados à CMVM pelo Sporting, a "fonte" terá explicado o seguinte:

 

O Sporting CP pagou ao Colón 4.843,20 milhões de euros e ao jogador, como prémio de assinatura, 2,2 milhões de euros. O agente Costa Aguiar (sempre ele), recebeu duas comissões,uma de 300 mil euros e outra de 100 mil. A 'Admira Partners' 700 mil euros e para o 'Mecanismo de Solidariedade' do clube formador terão ido 249.969 mil euros.

 

Tudo somado, portanto, Alan Ruiz custou aos cofres do Sporting 8.390.650,20 milhões e euros, um negócio que era suposto ter sido selado por 5,3 milhões de euros. E é nesta disposição que recai a suspeita, tendo em conta, muito em especial, que Enrique Ariotti, vice-presidente do Colón, declarou em Abril de 2016 que a "operação bruta são 5,5 milhões de dólares (cerca de 4,8 milhões de euros)" e que o Colón apenas receberia 1,079 milhões de euros, indo a maior fatia dos direitos económicos para o San Lorenzo
 

Entretanto, Alan Ruiz regressou à Argentina em Janeiro de 2018, para representar o Colón, por empréstimo até 31 de Dezembro. O Sporting recebeu 200 mil euros, dando ao clube argentino uma cláusula de opção de compra de 70% dos direitos económicos por 7 milhões de euros.

 

publicado às 14:27

 

alanruiz_scp.jpg

 

Rui Santos revelou no programa Tempo Extra da SIC Notícias, que entrou há quatro dias no Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa uma denúncia de Luís Borges Rodrigues – que integrou o Conselho Directivo da lista apresentada por Bruno de Carvalho nas primeiras eleições à presidência – sobre alegadas suspeitas relacionadas com a transferência de Alan Ruiz do Colón para o Sporting.

 

De acordo com a mesma fonte, já estará em marcha uma investigação, a qual pretende apurar todos os factos relacionados com o negócio Alan Ruiz, nomeadamente quem terá beneficiado com a inflação registada nos valores, que de acordo com a queixa, começou por cifrar-se nos 4,8 milhões de euros e acabou por ser concluído por valores acima dos 8 milhões.

 

Caso as suspeitas se venham a confirmar, todos os envolvidos – especialmente Bruno de Carvalho, restante Conselho Directivo e administração da SAD – poderão incorrer em crimes de administração interna, peculato, apropriação ilegítima, abuso de confiança, fraude fiscal, entre outras coisas que possam resultar da investigação.

 

publicado às 11:15

Ainda a transferência de Alan Ruiz

Rui Gomes, em 26.01.18

 

image.jpg

 

O Sporting oficializou esta quinta-feira, via comunicado, a transferência por empréstimo de Alan Ruiz para o Colón:

 

"A Sporting Clube de Portugal - Futebol, SAD informa que chegou a acordo com o Club Atlético Colón para a transferência do jogador Alan Ruiz. O acordo prevê o empréstimo por um ano, pagando o CA Colón uma taxa de 200 mil euros mediante objectivos e a totalidade do salário do jogador. O CA Colón fica ainda com uma cláusula de opção de compra fixada nos 7 milhões de euros por 70% do passe, garantindo a Sporting SAD 30% dos direitos económicos do atleta e ainda o direito de preferência".

 

Recorde-se que o avançado argentino tinha sido contratado pelo Sporting a este mesmo clube da Argentina em 2016 por oito milhões de euros, correspondentes a 4,8 milhões pela transferência, mais 2,2 milhões de euros pagos ao jogador como prémio de assinatura e ainda um milhão de euros para intermediários, a título de comissão, divididos da seguinte forma: 700 mil euros para a Admira Partners e 300 mil euros para a Costa Aguiar Sports.

 

Alan Ruiz assinou contrato até Junho 2020, com uma cláusula de rescisão de 60 milhões de euros, contrato esse que seria em 2017 prolongado por mais uma época, contrapartida exigida pelo Sporting para pagar a comissão de 700 mil euros à Admira Partners, que estava prevista no contrato e que ainda não tinha sido saldada.

 

publicado às 03:19

 

image.jpg

 

Muito embora ainda não haja confirmação oficial, a partida de Alan Ruiz para a Argentina é facto consumado. O seu destino é o Colón, clube que chegou a acordo com o Sporting para o empréstimo do avançado por uma época.

 

Além de assumir o salário, o emblema argentino fica com opção de compra de 70 por cento do passe, por 7 milhões de euros.

 

A preferência da Sporting SAD era de transferir Ruiz a título definitivo. Na ausência de compradores e/ou ofertas merecedoras de consideração, o empréstimo foi a alternativa mais viável.

 

Esta época Ruiz participou em 8 jogos, 6 dos quais como titular, acumulando 426 minutos de jogo, sem golos marcados.

 

publicado às 19:45

 

alanruiz-1.jpg

 

Federico Ruiz, pai de Alan Ruiz, em declarações à Rádio Sol, confirmou a intenção do jogador de deixar o Sporting e até referiu propostas nesse sentido, que já terão sido apresentadas à Sporting SAD, no Verão. A preferência do avançado passa por regressar ao Colón e o presidente do clube argentino também já fez saber que gostavam de o ter de volta:

 

"Foi ideia dele. Apresentámos-lhe outras ofertas, mas não quis. Depois falou com alguns dirigentes do Colón e interessa-lhe voltar. Foi muto feliz no Colón. Apresentámos várias ofertas ao Sporting, há três meses, muito importantes, muito grandes, de 10, 12, de 20 milhões. Nunca aceitaram nada. Foram vários clubes, de Itália, vários. O Alan queria sair.

 

Estamos a negociar a saída, mas o Sporting não é um clube fácil. A ver se chegamos a um acordo para que o Alan seja feliz a jogar futebol. O Colón é a prioridade, mas há outras ofertas. Há o Grémio, o Central e outros clubes. Mas ele não está a pensar no dinheiro. Está a ponderar outras coisas. Diz que no Colón foi feliz. Tem só 24 anos e já se passaram muitas coisas na sua carreira. É importante que jogue onde é feliz".

 

À distância, é praticamente impossível determinar onde reside a verdade, mas custa a acreditar que o Sporting tenha recusado uma oferta de 20 milhões de euros por este jogador, muito embora no Verão a situação dele no Clube fosse radicalmente diferente da que é neste momento.

 

Nas circunstâncias e havendo algum sentido lógico, fica a ideia que o objectivo principal do Sporting é ou deveria ser a recuperação do investimento feito no jogador. Qualquer proposta com valores mais elevados será um bónus. Uma coisa é certa: os dias de Alan Ruiz de "leão ao peito" fazem parte do passado.

 

publicado às 04:35

Foto do Dia

Rui Gomes, em 19.12.17

 

naom_5a378eb61c818.jpg

 Sob acção disciplinar, Alan Ruiz recorreu às redes sociais para publicar

uma fotografia em que aparece dentro do famoso Ferrari... vermelho.

 

publicado às 05:31

A culpa não é do jogador !

Rui Gomes, em 06.12.17

 

K6OZUV33.jpg

 

Exceptuando a parte de "honra ser feita" a Jorge Jesus, gostei deste comentário de Lídia Paralta Gomes, jornal Expresso (não, não é parente minha), sobre a performance, se é que se pode chamar isso, de Alan Ruiz:

 

"Quando quase tudo está perdido, mais vale mudar para tentar pelo menos baralhar as probabilidades. Terá pensado assim Jorge Jesus quando apostou em Alan Ruiz no onze titular do Sporting para o jogo desta terça-feira em Barcelona, onde tinha de ganhar e esperar ainda por boas notícias de Atenas. Perdeu por 2-0, com dois erros pouco comuns, e não houve boas notícias de Atenas. O Sporting muito dificilmente continuaria na Champions e o milagre não aconteceu, apesar de Jesus, honra lhe seja feita, tenha tentado de tudo, de todas as maneiras e feitios.

 

Olhando para o início da época, pode até entender-se a opção de Jorge Jesus por Ruiz. O técnico leonino quis fazer do argentino uma espécie de Doumbia, estratégia que tão bem resultou frente ao Olympiacos. Só que Alan Ruiz não é Doumbia. Não tem a sua rapidez, a sua destreza, a sua inteligência a ler lances. E o que não se entende é que Jesus não tenha percebido que por estes dias Bas Dost, que chegou a Alvalade como um grande avançado, mas sem grandes pezinhos, já é muito mais parecido com Doumbia do que Ruiz, que não ganhou um lance que fosse em velocidade, em altura, em desmarcação. Não jogou, nem fez jogar. E por isso, nos primeiros 45 minutos, o Sporting foi inofensivo no ataque".

 

O nosso bem conhecido Rogério Casanova, na sua análise humorística à performance dos jogadores do Sporting, quando chegou a vez de Alan Ruiz, publicou isto:

 

"[Nota do Editor: Esta secção do texto originalmente enviado pelo autor, além de conter uma sucessão inexplicável de caracteres em maiúsculas, pontos de exclamação, e hieróglifos avulsos, encerrava também algumas afirmações peremptórias sobre Alan Ruiz, nomeadamente ao nível das suas faculdades cognitivas, aparelho reprodutor, e odor corporal, às quais não foi possível fazer fact-checking até ao fecho da edição. Aos leitores, as nossas desculpas]".

 

publicado às 04:20

Quando um pai não deve intervir

Rui Gomes, em 27.10.17

 

img_770x433$2017_10_26_16_53_22_1328005.jpg

 

Um pai tem a obrigação de saber quando e como deve agir em defesa de um filho, mas no mundo do futebol nem sempre é esse o caso. Perante a inactividade de Alan Ruiz, o seu pai, Federico, sentiu a necessidade de fazer declarações públicas aos microfones da TSF:

 
"No último mercado ele teve várias ofertas e, por um motivo ou outro, ele decidiu ficar. Teve várias propostas no futebol europeu que recusámos porque ele queria ficar no Sporting. Hoje ele tem o objectivo de ganhar títulos pelo Sporting e é nisso q está focado. Depois existem outras circunstâncias que obrigam a tomar outras decisões relacionadas com o interesse do jogador: se não joga tem de sair. Não há outra hipótese. Não pode ficar num clube à espera de poder jogar um dia. Ou joga ou vai embora. É assim no futebol e na carreira de um jogador.

Ele gosta muito do treinador, tem uma boa relação e fala muito com ele. Tem muitas referências, sabe a pessoa que é. O Alan não coloca as culpas no treinador, nem pouco mais ou menos. Ele diz que tem que levantar o seu nível para voltar. O treinador precisa de resultados porque o Sporting precisa de ganhar títulos. Quando ele estiver melhor, certamente, vai jogar. Alan tem tudo, mas mesmo tudo, para ser um dos melhores jogadores".
 
Jorge Jesus, instado a comentar a situação, não hesitou em afirmar que não iria responder ao pai de nenhum jogador, no entanto, acabou por dar uma explicação:
  
"O Alan Ruiz tem perdido espaço, mas vai para a quarta semana lesionado. Lesionou-se no fim do campeonato em Braga e a lesão foi grave. Esteve três meses sem competir e agora mais esta lesão, que foi muscular, e que o tem tirado das opções. É um jogador no qual acredito muito. Acredito hoje tanto como no primeiro dia em que o vi jogar e pedi à SAD que o contratasse. Agora não vou responder ao pai de nenhum jogador.

O que posso dizer é que, de todos os jogadores que trabalham comigo, ainda não houve nenhum que me dissesse assim: 'no meu contrato está a dizer que tenho de jogar'. Quando tiver um jogador que tenha essa cláusula, digo: 'então olha, xau, procura outro clube'".
 

publicado às 03:22

 

informationtechnology.jpg

 

O nosso amigo José Duarte (Leão de Alvalade) apresentou uma sugestão sobre o que fazer com Alan Ruiz, neste seu post A Taça de bom-senso e como resolver a "questão Alan Ruiz" no blogue A Norte de Alvalade:

 

A "questão Alan Ruiz" 

 
Muito se tem falado de Alan Ruiz. Foi uma das aquisições mais dispendiosas do ano passado e vinha rotulado de craque. Porém tarda em justificar quer o rótulo, quer o preço, conseguindo apenas alguns lampejos de classe, de todo insuficiente para justificar a titularidade. Até ao momento JJ não tem sabido gerir bem este problema, uma vez que a cobrança sobre o jogador vem aumentando - o que deve ser entendido com toda a naturalidade - mas apesar disso o treinador continua a insistir nas presenças do jogador quer como titular, quer como suplente. 
 
No passado clássico, com o FC Porto, cheguei a temer o pior quando saltou do banco para o aquecimento. Naquelas circunstâncias - resultado desfavorável e necessidade de ganhar - e em Alvalade seria de todo desaconselhável e, a menos que um cada vez mais improvável golpe de génio surgisse, tinha tudo para correr mal.
 
O que fazer então com o jogador, quando se acumulam já rumores de saída, quando esta dificilmente será vantajosa para o clube, atendendo à baixa produção do jogador? Desistir não me parece para já apropriado, atendendo às circunstâncias já expostas e até mesmo porque se trata de um jogador com talento. Tendo em conta que há uma evidente falta de adaptação às exigências do futebol europeu, é claro que o jogador precisa de jogar o máximo de tempo possível mas em momentos em que a pressão seja menor.  
 
Como por exemplo nos jogos fora e de preferência quando resultado esteja encaminhado.  De igual modo nos jogos da Taça com equipas menores e Taça da Liga. E nas jornadas de jogos em casa porque não pô-lo a jogar na equipa B? O futebol da II Liga, apesar do menor índice técnico, algumas características com as quais Alan Ruiz precisa de saber lidar melhor, como são por exemplo a necessidade de luta e no contacto físico, aquilo que o adepto normalmente designa como "atitude".
 

publicado às 04:22

A época terminou para Alan Ruiz

Rui Gomes, em 03.05.17

 

O Sporting confirmou esta terça-feira que Alan Ruiz tem uma esão do ligamento lateral interno do joelho esquerdo. O tempo de recuperação previsto é de seis a oito semanas, pelo que o argentino não volta a jogar esta temporada.

 

img_FanaticaBig$2017_04_30_18_39_33_1258175.jpg

 
Alan Ruiz foi substituído por Podence aos 28 minutos do jogo com o Sp. Braga após ter-se lesionado sozinho, numa altura em que tentava virar-se para receber um passe de Bruno César, na zona do meio-campo. O argentino caiu de pronto no relvado com as mãos na cabeça, não escondendo o esgar de dor provocado pelo problema. Foi o próprio jogador, aliás, quem fez sinal de que não poderia  continuar em campo.

A lesão no joelho esquerdo surge na melhor fase de Alan Ruiz pelo Sporting. O argentino, contratado ao Colón por 8 milhões, passou por dificuldades de adaptação, mas tornou-se num dos indiscutíveis da equipa. Nos últimos 11 jogos, por exemplo, Alan marcou 6 dos sete golos que soma pelo Sporting, o que, na verdade, fez com que o argentino igualasse a melhor temporada de sempre, no Cólon, o ano passado. A parceria de sucesso com Bas Dost motivou também vários elogios de JJ, que considerou ainda que o argentino e o holandês formam " a melhor dupla de avançados em Portugal".

 

publicado às 03:57

Consideração do dia

Rui Gomes, em 10.03.17

 

Alan-Ruiz-1.jpg

 

Tenho vindo e estou disposto a continuar a dar o benefício da dúvida a Alan Ruiz. Ainda é jovem, está na sua primeira experiência no futebol europeu, que exige, por natureza, um período de adaptação, assim como um novo clube que historicamente assume objectivos elevados, pese algumas excepções pontuais. É de admitir que ainda está longe de realizar o seu potencial, que poderá muito bem beneficiar o Sporting desportiva e financeiramente.

 

O avançado argentino custou ao Sporting mais de 8 milhões de euros e ainda exigiu a contratação, em pacote, do seu irmão. O seu salário não foi oficialmente revelado, mas dá para imaginar que não será muito "meigo".

 

A minha pergunta/consideração é a seguinte:

 

Por tudo aquilo que se viu de Alan Ruiz até agora, o que é que ele faz que Carlos Mané não poderia fazer tão bem ou melhor, caso tivesse a confiança de Jorge Jesus ?

 

Espero que ninguém venha com o argumento que Carlos Mané é extremo, quando, na realidade, a sua posição mais natural é precisamente a de Alan Ruiz, ou seja, avançado, a jogar em apoio ao ponta de lança.

 

Na época de 2013/14, sob Leonardo Jardim, participou em 21 jogos, 11 como titular, acumulando 1024 minutos de jogo, com 4 golos marcados.

 

Na época de 2014/15, sob Marco Silva, participou em 41 jogos, 19 como titular, acumulando 2003 minutos de jogo, com 9 golos marcados.

 

Na época de 2015/16, sob Jorge Jesus, participou em 23 jogos, 10 como titular, acumulando 1027 minutos de jogo, com um golo marcado.

 

Curioso, que depois da excelente época que realizou em 2014/15, em que ele marcou presença como titular em 19 jogos, a sua utilização foi reduzida praticamente a metade. O seu empréstimo foi equacionado em Janeiro de 2016, para ser finalmente concretizado no Verão seguinte, para o Estugarda, onde se encontra neste momento. O emblema alemão tem a opção de compra.

 

publicado às 15:55

 

Alan-Ruiz.jpg

 

Segundo o que está a ser noticiado esta sexta-feira, o Sporting terá prorrogado o contrato de Alan Ruiz por mais uma época, ou seja até 2020/21.

 

Tomada de decisão algo surpreendente, dado que apesar do jogador estar a dar algumas boas indicações nos últimos jogos, não é um titular indiscutível e ainda está longe de justificar o investimento feito nele, cerca de 8 milhões de euros.

 

A mesma fonte noticiosa também indica que esta extensão implica um aumento salarial, sem referir valores. O que ficou por esclarecer é se estas novas condições contratuais são igualmente aplicáveis ao irmão. Recorde-se que isto foi uma transferência em pacote, por exigência do jogador, e o seu irmão encontra-se neste momento, salvo erro, no Sintrense.

 

publicado às 13:58

Um novo modelo de negociação

Rui Gomes, em 26.12.16

 

1024.jpg

 

A acreditar no que está a ser noticiado, o Sporting está interessado em renovar o contrato de Alan Ruiz, actualmente válido até 2020, por mais um ano, no entanto, perante alegadas exigências do pai e do agente do jogador, terá de fazer o mesmo com o irmão Federico, que se encontra no Sintrense por cedência do Sporting.

 

Os dois jogadores chegaram a Alvalade num negócio em pacote avaliado em 8,8 milhões de euros e auferem um salário conjunto de um milhão de euros anuais: 750 mil para Alan, 250 mil para Federico.

 

A SAD terá proposto a renovação contratual de Alan Ruiz em troca da liquidação da comissão de 700 mil euros que deveria ter sido paga ao pai e ao agente. O objectivo era, além de liquidar a comissão em questão, baixar os encargos com Federico Ruiz, mas a abordagem foi recusada pelo pai e agente dos jogadores.

 

Para conseguir renovar com Alan Ruiz, então, o Sporting terá de prolongar também o contrato de Federico. Os valores salariais terão de ser mantidos no seu conjunto ou aumentados, além de ter de pagar a comissão de 700 mil euros para o pai e agente que ainda se encontra por pagar. O prémio de assinatura de 1,2 milhões de euros já terá sido liquidado (Ferrari vermelho ?).

 

publicado às 05:16

Foto do Dia

Rui Gomes, em 23.12.16

 

5VIZS005.jpg

Não foi uma exibição deslumbrante, mas Alan Ruiz terá dado, diante do

Belenenses, algumas indicações do seu talento. Aos 23 anos e com a

sua primeira experiência na Europa, talvez seja um activo

a considerar para o futuro.

 

publicado às 05:19

Alan Ruiz até 2021 ?

Rui Gomes, em 12.11.16

 

alanruiz2.jpg

 

Segundo os dados disponíveis no Relatório e Contas, o Sporting pagou o total de 8 milhões de euros por Alan Ruiz: 4,8 milhões foram para o Colón de Santa Fé, 2,2 milhões como prémio de assinatura, 700 mil euros para a Admira Partners e 300 mil euros para a Costa Aguiar Sports. O jogador assinou contrato até 2020 e ficou com uma cláusula de rescisão no valor de 60 milhões de euros.

 

Está agora a ser noticiado que a empresa Admira Partners ainda reclamava o pagamento dos 700 mil euros e foi em Lisboa recentemente que o diferendo que opunha as partes foi resolvido. Aparentemente, o contrato de transferência apontava que seria obrigatório a prorrogação do vínculo do jogador, de 2020 para 2021, para os referidos 700 mil euros serem liquidados. Com base neste entendimento, Alan Ruiz ficará então ligado ao Sporting até 2021.

 

Até ao momento tem-se visto muito pouco de Alan Ruiz para justificar tão elevado investimento, mas esperamos que após o período de adaptação, o seu nível de performance sofra um acréscimo qualitativo.

 

publicado às 04:38

Coisas "importantes" e "vermelhas"

Rui Gomes, em 27.10.16

 

ferrari_f355_gts_4k-3840x2160.jpg

 

Não... este post NÃO é mais um capítulo da nossa rubrica "Gosta de carros ?", mas sim uma notícia "importante" veiculada esta quinta-feira pelo jornal A Bola, designadamente que Alan Ruiz foi proibido pela Direcção do Sporting de estacionar o seu Ferrari no local reservado para jogadores profissionais, na Academia em Alcochete.

 

Garante o 'quasi-oficioso' porta-voz do clube da Luz que a razão para esta tomada de decisão é o simples facto da viatura ser 'vermelha'.

 

Para complementar esta importante peça noticiosa, o jornal ainda recorda os leitores que o empresário do avançado argentino veio reinvidicar uma dívida de 700 mil euros junto do Sporting pela transferência do jogador.

 

B6IPLEKY.jpg

Atendendo à "aversão" quase "religiosa" por tudo quanto é encarnado por este jornal, esta sua preocupação com o carro do atleta do Sporting até se torna compreensível. E... ainda bem que há coisas "importantes" para preencher jornais caso contrário não sei o que seria da sociedade portuguesa.

 

Esperamos mais um comunicado de Nuno Saraiva a todo o momento...

 

publicado às 10:52

Alan Ruiz... o novo número 10 ?

Rui Gomes, em 06.06.16

 

alanruiz130415.jpg

 

Quando não conhecemos um futebolista, dependemos das informações de terceiros que, supostamente, nos poderão dar os dados concretos sobre as suas características e uma apreciação bem fundamentada sobre o seu potencial rendimento desportivo. É este o caso concreto de Alan Ruiz - reforço para a próxima época - que, segundo o jornalista Alexandre Moita, poderá ser o novo número 10 na equipa liderada por Jorge Jesus, não só em termos de camisola mas, mais importante, de funcionamento em campo.

 

«Alan Ruiz, um dos reforços, tal como o irmão Federico e Lukas Spalvis, vai ser uma das grandes apostas do Sporting na nova temporada. Os dirigentes leoninos estão em crer que o argentino contratado ao Colón tem condições para mostrar todo o seu potencial e que, por isso, poderá ser uma mais-valia logo no primeiro ano no futebol europeu.

Jorge Jesus conta com Alan Ruiz (22 anos) para a posição de extremo, mas também para atuar atrás do ponta-de-lança. Será aí que, preferencialmente, o técnico vai querer o argentino, que também é conhecido pela sua versatilidade do meio-campo para a frente, o que Jesus aprecia e, de certo modo, exige a quem trabalha consigo.

No Cólon de Santa Fé, refira-se, foi nesse lugar em concreto que Alan Ruiz se evidenciou, o que acabou por ser determinante para o Sporting avançar para a sua contratação ainda antes do final da presente época. O argentino demonstrou não só capacidade finalizadora – afinal marcou sete golos, a melhor média da sua carreira – mas também apetência para fazer assistências, algo que já tinha revelado na sua passagem pelo Grémio (2014), onde foi o principal municiador de... Barcos, que vai reencontrar no plantel leonino.


Também por isso Alan Ruiz é o investimento mais elevado da gestão de Bruno de Carvalho, que acedeu pagar cerca de 5,4 milhões de euros ao Colón. O criativo ficou com um cláusula de rescisão de 60 milhões.

Número 10 ainda está... pendente

Alan Ruiz não teme ser a contratação mais cara da gestão de Bruno de Carvalho e pediu mesmo a camisola 10, que pertencia a Fredy Montero e que, por via da sua transferência para o Tianjin Teda, se encontra livre. O criativo, que nos escalões jovens da selecção foi sempre o 10, já informou os dirigentes leoninos».
 

publicado às 15:57

Sporting falha pagamento de Alan Ruiz

Ricardo Leão, em 28.04.16

 

19533601_zLOUS.jpg

 

15 de Abril último era a data acordada ente o Sporting e o Colón para a primeira tranche do pagamento do médio contratado pelo Sporting. Era porque o Sporting falhou o respectivo pagamento, desta forma comprometendo, tanto a compra de Ruiz, como a já de si inexplicável compra do central Conti, a cada dia que passa menos provável.

 

publicado às 12:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo