Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reflexão do dia

Rui Gomes, em 22.09.19

anagomes.jpg

Ana Gomes recorreu, este sábado, às redes sociais para reagir à acusação do Ministério Público a Rui Pinto, denunciante do Football Leaks:

"A justiça em Portugal está a resistir à captura dos expostos pelo Football Leaks?...

Rui Pinto está detido e acusado de 147 crimes (incluindo extorsão)... mas nenhuma investigação começou sobre a evasão fiscal, lavagem de dinheiro e crime organizado que expôs".

publicado às 03:18

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 13.09.19

img_920x519$2019_08_17_11_54_37_1589532.jpg

Através da sua conta no Twitter, a ex-eurodeputada Ana Gomes reagiu à decisão do Tribunal da Relação de Lisboa de não levar a julgamento a SAD do Benfica no âmbito do processo E-toupeira, mantendo a decisão instrutória da juíza Ana Peres, do Tribunal Central de Instrução Criminal.

"Por que razão é que o Ministério Público não inquiriu o presidente e outros membros da administração da SAD Benfica sobre o conhecimento que tinham, ou não, da actuação do assessor Paulo Gonçalves, no caso E-toupeira?... Ou é cuidado e carinho, para não incomodar 'troppo' os chefes?".

publicado às 04:02

vieira-gomes-1_770x433_acf_cropped.jpg

Para lastimável descrédito do Desporto e da Justiça deste singular país, tem-se constatado ultimamente a tendência de alguns dos maiores devedores ao fisco e à banca (isto é, a todos nós, cidadãos contribuintes) - nomeadamente empresários da construção civil e da imobiliária - se refugiarem comodamente como altos dirigentes de populares clubes de futebol. Um expediente habilidoso que, resistindo ilicitamente ao cumprimento da lei e das dívidas, lhes permite garantir a manutenção da sua vida confortável, em prejuízo das vítimas ignoradas e sofredoras dos seus calotes.

A fim de conservar o seu poder (indispensável à sua segurança) esses astutos personagens cultivam avidamente o apoio das aduladoras e inconscientes massas adeptas dos seus clubes, usando simultaneamente o seu prestigioso estatuto na conquista de uma influência cada vez mais notória e pessoalmente interesseira sobre as variadas instâncias desportivas, políticas ou da comunicação social – o que resulta, obviamente, numa promiscuidade crescentemente suspeitosa e altamente perniciosa para a imprescindível integridade do movimento desportivo nacional, sobretudo o futebolístico.

Neste particular e inflamado contexto, não surpreende que o comum observador manifeste o seu repúdio pela frequente e desavergonhada exibição pública, nas elegantes tribunas dos estádios e outros locais, desses desafiantes grandes caloteiros, principalmente quando ladeados de governantes e políticos igualmente destituídos de pudor.

Texto da autoria de Leão da Guia

publicado às 03:33

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 02.08.19

anagomes.jpg

A ex-eurodeputada Ana Gomes reagiu à notícia da revista 'Sábado' sobre Luís Filipe Vieira, em que o presidente do Benfica terá deixado um calote de 54 milhões de euros no Novo Banco.

Nas redes sociais, partilhou uma publicação da notícia, acrescentando: "Olha quem! Outro dos grandes devedores que também é capaz de jurar que não tem dívidas à banca...".

publicado às 04:32

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 07.07.19

img_920x518$2019_07_06_19_25_42_1572341.jpg

A ex-eurodeputada Ana Gomes referiu este sábado que a transferência de Nakajima para o FC Porto é uma das que quer ver investigadas. A antiga deputada ao Parlamento Europeu lembrou a carta enviada às autoridades europeias e nacionais, dizendo que este negócio é um dos referidos nessas missivas.

"Nakajima já está no FC Porto - as cartas que enviei a autoridades europeias e nacionais cobrem esta e outras transferências entre clubes...", escreveu na sua conta no Twitter.

Recorde-se que Ana Gomes questionou recentemente a transferência de João Félix para o Atlético Madrid por 126 milhões, questionando se não seria "negócio de lavandaria".

Nakajima, avançado japonês de 24 anos, regressou a Portugal para representar o FC Porto, seis meses depois de ter sido vendido pelo Portimonense ao Al-Duhail, do Qatar, por 35 milhões de euros. Os dragões pagaram agora 12 milhões por metade do passe.

P.S.: Considerando, entretanto, mais um negócio por valores ainda não revelados entre o Benfica e o Atlético de Madrid, relativamente ao avançado Ivan Saponjic, talvez que a Ana Gomes tenha razão em querer estas transferências investigadas.

publicado às 04:15

Negócios de lavandaria ???

Rui Gomes, em 29.06.19

Ana Gomes publicou um comentário no Twitter onde questiona o valor (126 milhões de euros) pago pelo Atlético Madrid na transferência de João Félix.

money-laundering-cartoon-vector-2167564.jpg

Bruno Faria Lopes, jornalista da SÁBADO, escreveu no Twitter que ainda não leu uma  explicação racional e fundamentada para que a venda envolva valores tão elevados:

"Um jogador com apenas 19 anos, que jogou meia época num campeonato de terceira categoria, e que aí se revelou, é vendido por 120 milhões de euros, naquela que é a quarta maior transferência de sempre no futebol. Ainda não li uma explicação racional, e fundamentada, para isto".

Em resposta, a 27 de junho, um dia depois do post original, a ex-eurodeputada questiona:

"Não será negócio de lavandaria?"

publicado às 03:02

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 14.06.19

img_920x518$2019_06_14_10_29_32_1561799.jpg

Ana Gomes intenta enviar uma carta ao Governo para averiguar se as finanças tributaram alguma parte dos reportados 156 milhões de euros gastos por Benfica, FC Porto e Sporting em comissões desde 2015.

De acordo com o Jornal de Notícias desta sexta-feira, os três grandes desembolsaram em intermediação esta verba nas últimas quatro temporadas, com as águias mais dispendiosas (79,6 M€), seguidas de dragões (42,7 M€) e leões (33,8 M€).

"E a Autoridade Tributária cobrou quanto de impostos sobre estas comissões? Segue já cartinha a perguntar ao Ministro Mário Centeno"...

Afirmação da eurodeputada nas redes sociais, colocando a par do tema Pierre Moscovici, Comissário Europeu dos Assuntos Económicos e Financeiros, e ainda Margrethe Vestager, Comissária Europeia para a Concorrência.

Nos últimos dois anos, os encarnados gastaram 17,9 milhões na época passada. O maior fluxo registou-se em 2016/17 quando os encarnados desembolsaram mais de 30 milhões para cumprir os compromissos com os intermediários.

O F. C. Porto surge em segundo lugar na lista com um gasto de 42,7 milhões nos últimos quatro anos. Em 2015/16 gastaram e 11,8 milhões, mais 1,8 milhões de euros que o Benfica. O fair play financeiro, contudo, obrigou a SAD portista a ter maior contenção nas contratações e nas duas épocas seguintes não ultrapassou os 10 milhões.

O Sporting, por sua vez, gastou 33,8 milhões de euros em comissões. Segundo a FPF, o clube de Alvalade reduziu os gastos em 4,5 milhões na última época, atingindo os 10,2 milhões, depois de terem desembolsado 14,7 milhões em 2017/18.

publicado às 12:15

Ora tomem !

Rui Gomes, em 30.03.19

 

img_920x518$2019_03_24_21_52_47_1524618.jpg

 

Ana Gomes congratulou-se esta quinta-feira com a notícia do Der Spiegel, segundo a qual as autoridades francesas conseguiram aceder aos ficheiros de Rui Pinto, antes de o hacker ser extraditado de Budapeste para Portugal, e terão copiado 26 terabytes em documentos.

 

"Ora bem! Ora tomem, todos os que queriam apoderar-se do acervo de Rui Pinto para o destruir...", escreveu a eurodeputada no Twitter.

 

Segundo o Der Spiegel, estarão em causa um total de 26 terabytes de documentos obtidos por Rui Pinto ao longo dos anos - mais de oito vezes a quantidade entregue pelo hacker. A publicação alemã diz mesmo que receiam que o material possa ser destruído em Portugal.

 

publicado às 02:31

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 25.03.19

 

download.jpg

 

Segundo "fonte oficial" dos encarnados, o Benfica e o seu presidente Luís Filipe Vieira vão processar a eurodeputada Ana Gomes por falsas declarações, calúnia e difamação. 

 

Em causa, as suas polémicas declarações em recém-entrevista ao jornal Record - já aqui referenciadas no Camarote Leonino - nomeadamente que o clube da Luz é... "um dos clubes mais envoltos em acusações e em alegações de envolvimento em esquemas de corrupção"... e que o seu dirigente máximo (Luís Filipe Vieira) "está referenciado em várias listas de grandes devedores do País por vários empréstimos não pagos. Há todo um passado de delinquência ligado a essa pessoa.”

 

À SIC Notícias, este domingo, Ana Gomes afirmou que não retira o que declarou:

 

"Mantenho o que disse. Aguardo desenvolvimentos com toda a tranquilidade".

 

publicado às 05:31

 

mw-1280.jpg

 

A eurodeputada (PS) Ana Gomes, concedeu uma extensa entrevista ao jornal Record este domingo, na qual aborda um vasto leque de questões intrisecamente associadas ao futebol nacional, nomeadamente Football Leaks, o caso de Rui Pinto, o processo E-toupeira e a Direcção do Benfica.

 

Eis um breve excerto de algumas das suas principais considerações:

 

O ÓPIO

 

“Sim, considero mesmo que o futebol é o ópio do povo. Isto não se passa apenas no nosso país, como o Football Leaks revelou. É um mal global. Isto tem de ser mudado. Nesse  exacto sentido, denunciantes como o Rui Pinto fazem um trabalho extraordinariamente importante para a defesa do interesse público e, especificamente, para o combate à criminalidade organizada.”

 

TEMER PELA VIDA

 

“Ele [Rui Pinto] teme e foi por isso que pediu para não ser extraditado, teme pela própria vida. Sabendo o nível irracional que as paixões clubísticas desencadeiam no nosso país, ainda esta semana vi uma senhora que foi agredida num pavilhão, sabendo que há uma evidente ligação a grupos de crime organizado associados às claques, é evidente que compreendemos que Rui Pinto tem razões para temer pela sua vida.”

 

E-TOUPEIRA E APITO DOURADO

 

“O que eu percebo do Apito Dourado e o que li sobre ele é que acabou por dar em muito pouco, não obstante ter ficado mais claro que havia uma podridão total nos circuitos do futebol. (...) Não é estranho que crimes graves de uma série de pessoas, como o corruptor do funcionário judicial envolvido que tinha passwords de magistrados para ir ver processos para o dito clube, e depois a direcção do clube não ser acusada, estando ela ao corrente?”

 

LUÍS FILIPE VIEIRA

 

“O Benfica é um dos grandes do futebol, o maior do nosso país em número de adeptos e um dos mais envoltos em acusações e em alegações de envolvimento em esquemas de corrupção. (...) Sabemos que o dirigente máximo do clube está referenciado em várias listas de grandes devedores do País por vários empréstimos não pagos. Há todo um passado de delinquência ligado a essa pessoa.”

 

publicado às 12:30

 

PG_etoupeira.jpg

 

A eurodeputada Ana Gomes, em comentário na SIC, voltou a abordar o caso de Rui Pinto, o alegado hacker dos emails do Benfica, realçando a importância de averiguar o "interesse público" do conteúdo divulgado pelo suposto pirata informático, insistindo, ainda, estar à espera de ver a justiça portuguesa solicitar a colaboração de Rui Pinto:

 

"Ainda na semana passada, em Espanha, o Cristiano Ronaldo chegou a acordo e foi obrigado a pagar cerca de 19 milhões de euros. E graças ao Football Leaks o Estado espanhol está a recuperar milhões de euros de alguns jogadores.

 

Em Portugal o que é que aconteceu?... Estranho, não é? Não tenho notícia de que tenha acontecido alguma coisa... Ouvi dizer que, eventualmente, o processo E-toupeira resulta de informação do Football Leaks, não necessariamente da informação trazida a público pelo Rui Pinto.

 

O caso E-Toupeira é um caso que põe toda a gente muito intrigada. Como é que é possível levar o assessor jurídico e um funcionário conivente com ele a julgamento e não levar a entidade para quem trabalhava o dito assessor jurídico, que era a SAD do Benfica?

 

Isto tem de ser visto à luz da apreciação que os tribunais façam".

 

publicado às 03:48

"O lançador de alertas"

Rui Gomes, em 22.01.19

 

ruipinto764161ff.jpg

Ricardo Fortunato/RR

 

Ana Gomes, eurodeputada do PS, depois de ter reagido via Twitter à detenção de Rui Pinto voltou a comentar a detenção do hacker, alegado responsável pela divulgação dos e-mails do Benfica.

 

No domingo à noite, no seu espaço de comentário político na SIC, a eurodeputada voltou a defender o hacker português:

 

A Justiça terá que apurar tudo o que se passou, mas não aceito que taxem o rapaz de criminoso sem que a Justiça faça o seu trabalho.

 

É da responsabilidade da justiça proteger a pessoa investigada. O Rui Pinto pode ter feito um tremendo serviço à comunidade. O processo e-Toupeira também resultou da denúncia que a Justiça portuguesa encontrou no 'Football Leaks'.

 

É facto que estamos perante um pirata informático, que eu gosto de chamar 'lançador de alertas', que conseguiu acesso a informação grave sobre esquemas de corrupção e que comprometem o futebol e o crime organizado ligado ao futebol. O Rui Pinto correu tremendos riscos e sofreu ameaças de morte porque há interesses poderosos”.

 

publicado às 03:47

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo