Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Lia uns jornais enquanto tomava o pequeno almoço, como é meu hábito - e encontrei casualmente um artigo de opinião já publicado há uns dias, que achei interessante e merecedor de partilhar com os leitores, pela temática directamente associada ao Sporting. O autor chama-se André Pipa, quem eu presumo que seja um cronista ao serviço do diário "A Bola".

 

O artigo é excessivamente extenso para eu o transcrever aqui, na totalidade, nem tenho os meios para efectuar qualquer link. Perante isto, passo a transcrever um parágrafo que me parece mais relevante ao momento do nosso Clube:

 

«Se Fernando Santos foi ver alguns dos três grandes no domingo passado (seria, portanto, a 5.ª jornada da Liga)... só se safou com o Sporting. O Benfica apresentou um português no onze titular (Eliseu) e dois no banco (André Almeida, que jogou 5 minutos, e Bebé). O FC Porto, a mesma coisa: um titular no onze (o espectacular miúdo Rúben Neves) e Quaresma no banco (jogou 27 minutos). Já o Sporting alinhou com com seis portugueses (Rui Patrício, Cédric, William, Adrien, João Mário e Nani) e tinha mais três no banco (Esgaio, Paulo Oliveira e Carlos Mané).

Não é nenhuma novidade a estrangeirização quase absoluta das equipas do Benfica e do FC Porto - é assim há muitos anos - como não espanta o significativo contingente nacional no Sporting: estamos a falar do clube que produziu a maioria dos melhores e mais decisivos jogadores da Selecção Nacional nos últimos vinte anos. Mas não deixa de ser chocante que o seleccionador nacional possa ver apenas dois portugueses de início - DOIS ! - no Benfica e no FC Porto, que têm sido nos últimos largos anos as equipas mais fortes e competitivas do País. Alguma coisa está fundamentalmente errada nisto.»

 

André Pipa passou depois a fazer uma comparação com diversos outros campeonatos, entre os quais eu seleccionei o inglês, que também não deixa de ser chocante e irá longe em explicar o bem conhecido insucesso da selecção inglesa de há uns anos a esta parte. Escreve o autor:

 

«Vejamos a propósito, o que se passou com as melhores equipas - da "English Premier League : o Chelsea alinhou com dois ingleses de início (nenhum no banco), o Manchester City com dois também (mais um no banco), o Liverpool com três (dois no banco) e o Arsenal com quatro (um no banco).»

 

Pouco de novo é apontado pelo cronista, mas é sempre bom saber que alguém está a prestar atenção e a divulgar a situação. Se este artigo e outros do género contribuirão para uma modificação nas estruturas do futebol nacional é muito duvidoso, pelo menos a curto prazo.

 

publicado às 05:34

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo