Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Anedota do dia

Rui Gomes, em 22.05.20

mutley.jpg

Numa manhã de inverno um casal ouvia a rádio durante o pequeno-almoço.

O locutor a dada altura diz:
Hoje vamos ter neve. Prevê-se a formação de uma camada com 10 a 16 cm de espessura. Lembramos que devem arrumar os vossos carros no lado direito das ruas para permitir a intervenção dos limpa-neve.”

A mulher, com elevado sentido de dever, imediatamente saiu e arrumou o carro no lado direito da rua.

Na semana seguinte novamente enquanto tomavam o seu pequeno-almoço ouvem pela rádio outro aviso:
Hoje esperamos 20 a 25 cm de neve. Por favor arrumem os carros do lado esquerdo para permitir o trabalho dos limpa-neve.”

A boa mulher lá foi outra vez a correr para arrumar o carro do lado esquerdo da rua.

Passados mais uns dias, tudo se repete. Da rádio lá chega o aviso:
Hoje esperamos que se formem camadas de 20 cm de neve. Por favor arrumem…”

A energia eléctrica subitamente faltou. O rádio calou-se…

A mulher ficou transtornadíssima por não saber de que lado devia desta vez arrumar o carro.
-"E agora o que faço? Logo faltou a luz nesta altura… Agora não sei de que lado da rua devo arrumar o carro!” Dizia ela aflita.

Então o marido, com muito amor e compreensão, diz-lhe tentando sossegá-la:
Olha querida, porque é que, desta vez, não deixas ficar o carro quietinho na garagem?

Tags:

publicado às 04:45

Anedota do dia

Rui Gomes, em 18.05.20

mutley.jpg

Na praia ela diz:

- "Querido, olha aquele biquíni, compras-me um igual?"

Para ti... com esse corpo de máquina de lavar a roupa??? Nem penses!!

À noite na cama, o marido diz:

Chega-te para cá amor...

- "O quê??? Ligar a máquina de lavar só por causa desse trapinho???. Nem penses!!! Lava-o à mão!!!

Tags:

publicado às 20:30

Anedota do dia

Rui Gomes, em 17.05.20

mutley.jpg

Durante uma aula a professora perguntou:

– Alberto, imagina que estavas a jantar com uma mulher e sentias-te aflito para fazer xixi, o que dizias?

Dizia: Espera um bocado que vou ali mijar.

– Que coisa Alberto! Isso é muito feio e ela ia ficar com a ideia que não tinhas educação nenhuma!

Vou tentar obter uma resposta melhor, Manuel, o que é que tu dizias?

Eu dizia: Desculpa mas tenho de ir à casa-de-banho, não demoro.

– Está melhor, mas não devias usar a palavra casa-de-banho quando estás à mesa a jantar!

E tu Joãozinho, o que dizias?

Eu dizia: Querida... vais desculpar-me mas tenho de sair uns instantes, vou dar um aperto de mão a um amigo íntimo que espero vir a poder apresentar-te depois de jantar.

Tags:

publicado às 18:00

Anedota do dia

Rui Gomes, em 16.05.20

mutley.jpg

Um grupo de anões combinaram jogar futebol no domingo e alugaram um campo.

Chegaram ao local, mas quando se iam equipar depois de formarem as equipas, reparam que o campo não tem balneários.

Como há uma tasca perto do campo, resolvem então perguntar ao dono da tasca se podiam utilizar a casa de banho para trocar de roupa. O dono diz que não há problema nenhum, e lá vão eles.

Entram todos na casa de banho da tasca, equipam-se e começaram a sair.

Um bêbado, que estava sentado ao balcão da tasca, vê passar por ele a equipa de azul.

Estranha, mas continua a beber. Quando, passado pouco tempo, vê passar a equipa de vermelho, vira-se para o dono da tasca e diz-lhe:

- Eu não me quero meter... mas os seus matraquilhos estão a dar à sola...

Tags:

publicado às 05:46

Anedota do dia

Rui Gomes, em 15.05.20

mutley.jpg

Um homem queria livrar-se de um gato.
Levou-o até uma esquina distante e voltou para casa.
Quando chegou a casa, o gato já lá estava.

Levou-o novamente, mas desta vez deixou-o mais longe.
Quando regressou, o gato já estava em casa antes dele.

O homem continuou a fazer isto dias a fio, deixando o gato cada vez mais longe, mas o animal chegava sempre a casa antes dele.

A dada altura, encheu-se, vendou o gato, amarrou-o, meteu-o num saco e atirou-o para a mala do carro. Fez dezenas de quilómetros com curvas e contracurvas e foi parar a meio de uma floresta, onde finalmente largou o gato.

Passados dois dias, o homem liga para casa pelo telemóvel e fala com a mulher:

- Olha, o gato já chegou?
- Sim, chegou ontem.
- Óptimo... Olha, deixa-me falar com ele porque eu estou perdido...

Tags:

publicado às 20:50

Anedota do dia

Rui Gomes, em 13.05.20

mutley.jpg

Um Presidente de Câmara queria construir uma ponte e, para esse efeito, foi aberto um concurso público. Concorreram três empreiteiros: um Espanhol, um Americano e um Português:

Proposta do Espanhol: 3 milhões de euros.
- 1 milhão pela mão-de-obra;
- 1 milhão pelo material;
- 1 milhão para lucro.

Proposta do Americano: 6 milhões de euros:
- 2 milhões pela mão-de-obra;
- 2 milhões pelo material;
- 2 milhões para lucro, mas o serviço é de primeira.

Proposta do Português: 9 milhões de euros:

-"Nove milhões?", admirou-se o Presidente de Câmara. "É demais! Porquê tanto?"

Respondeu o empreiteiro Português:

"É simples:
- 3 milhões para mim;
- 3 milhões para si;
- 3 milhões para o Espanhol fazer a obra...".

Tags:

publicado às 17:15

Anedota do dia

Rui Gomes, em 09.05.20

mutley.jpg

Um professor de Matemática quis pregar uma partida em seus alunos e disse-lhes:

– Meninos, aqui vai um problema:

Um avião saiu de Amsterdam com uma velocidade de 800 km/h, à pressão de 1.004,5 milibares; a humidade relativa era de 66% e a temperatura 20,4 ºC.

A tripulação era composta por 5 pessoas, a capacidade era de 45 assentos para passageiros mas só 80% estavam ocupados e havia 5 hospedeiras de bordo (mas uma estava de folga).

A pergunta é: Quantos anos eu tenho?

Os alunos ficam assombrados. O silêncio é total.

Então o Joãozinho, lá no fundo da sala e sem levantar a mão, diz de pronto:

– 44 anos, professor.

O professor, muito surpreso, olha-o e diz:

– Caramba, certo. Eu tenho 44 anos. Mas como é que tu adivinhaste?

E o Joãozinho:

– Bem, eu deduzi porque eu tenho um primo que é meio parvo, e ele tem 22 anos…

Tags:

publicado às 17:33

Anedota do dia

Rui Gomes, em 08.05.20

unnamed.jpg

Uma professora de Português do liceu relembrou à sua classe que o exame final era para a próxima aula.

Para evitar confusões, disse ainda que não havia qualquer desculpa para faltarem, excepto por doenças ou acidentes graves, assim como a morte de um parente em primeiro grau do aluno.

Um espertalhão lá atrás, perguntou em tom altivo:

– E por exaustão sexual?

Toda a classe tentou conter o riso, saindo ainda por vezes aqueles suspiros.

Quando voltou o silêncio à sala de aula, a professora, toda simpática, riu-se, e abanando a cabeça, disse de uma forma muito amorosa:

– Não é uma desculpa. Podes escrever com a outra mão.

Tags:

publicado às 03:02

Anedota do dia

Rui Gomes, em 23.04.20

mutley.jpg

Dois amigos encontram-se num bar. Um deles está com um olho negro.
- O que foi que te aconteceu...? - pergunta o outro. 
- Eu levei com um frango congelado na cara, só isso! - responde o amigo.
- Um frango...? Mas como é que foi que aconteceu isso...?
- É que ontem a minha mulher estava de mini-saia e baixou-se para dentro do congelador para pegar numa coisa. Eu estava atrás dela e não resisti, agarrei-a por trás, ali mesmo...!!!
- Sério...?
- Claro! E ela não queria, remexia-se e eu fiquei com mais vontade ainda, ela começou a gritar e eu ainda continuava mais vidrado...
- Porra!
- Ela debatia-se como uma louca e eu cada vez mais esganado...
- Só estou a imaginar a cena! - diz o  outro, excitado.
- E nessa altura, ela conseguiu pegar num frango congelado e espetou com o dito cujo nas minhas ventas...!
- Mas que coisa estranha! A tua mulher não gosta de sexo...?
- Em casa, delira! No SUPERMERCADO é que não...!!!

Tags:

publicado às 04:31

Anedota do dia

Rui Gomes, em 22.04.20

mutley.jpg

Um velhote alentejano vive desolado por já não conseguir ter erecções. Falando com um amigo, este diz-lhe:

- Come pão, muito pão! É formidável para o sexo. O pão contém amido, tu vais ver o resultado…

O velhote, de seguida, sai disparado para a padaria e pede 5 pães alentejanos.

- Vocemecê tem convidados, sô Maneli? – interroga a padeira.

Responde o alentejano:

- Nã, senhori, é tudo pra mim…

E diz-lhe a padeira:

- Vocemecê é que sabi sô Maneli, mas olhe que ele vai ficar duro!!!

- Ah, ah ! – diz o velhote com malícia – vejo que vocemecê tamêm já tá ó correnti…

Tags:

publicado às 03:33

Anedota do dia

Rui Gomes, em 21.04.20

mutley.jpg

Para testar honestidade de um político, o partido mandou pagar 500€ a mais no seu salário. O mês passa e o político não diz nada. No mês seguinte, o partido faz o inverso e manda retirar 500€.

Nesse mesmo dia, o político furioso telefona para o partido e reclama:

- Houve um engano e tiraram-me 500€ do meu salário!

- Tem razão! Curioso porque no mês passado também nos enganamos e colocamos 500€ a mais… e você não disse nada!

E diz o político:

- Pois, mas é que um erro eu ainda tolero agora dois acho um abuso!!!

Tags:

publicado às 07:59

Anedota do dia

Rui Gomes, em 20.04.20

mutley.jpg

Um alentejano vai para a tropa e na distribuição dos quartos ele é avisado:
- A única vaga que há é no quarto com o Hélio que ressona muito alto e ninguém quer dormir com ele…

- Não têm importância nenhuma, fico mesmo com esse! – diz o alentejano

Na manhã seguinte encontram-se ao pequeno-almoço:
- Então, conseguiu dormir alguma coisa? – pergunta-lhe o outro soldado.

Responde o alentejano:
- Dormi lindamente, muito obrigado.

Espantado pergunta o primeiro:
- Como é que conseguiu? Toda a gente se queixa que o ressonar do Hélio é insuportável!

Explica o alentejano:
- Quando cheguei ao quarto, ele estava realmente a ressonar muito alto, mas depois despi-me, dei-lhe um beijo na boca e disse-lhe “boa noite”. Ficou toda a noite acordado de olhos bem abertos… Um sossego!

Tags:

publicado às 05:02

Anedota do dia

Rui Gomes, em 19.04.20

mutley.jpg

Dois casais amigos jogam cartas a seguir ao jantar. Às tantas, o Manuel, o homem da casa, deixa cair acidentalmente o baralho ao chão.

Ao baixar-se por baixo da mesa para as apanhar, verifica que a Rita, a amiga visitante, não tem nada por baixo da saia e fica perturbado pela visão…

Um pouco depois, o Manuel vai à cozinha buscar mais umas bebidas e a Rita acompanha-o para o ajudar…

De repente a Rita pergunta ao Manuel: “Notei que deves ter gostado do que viste quando estiveste debaixo da mesa. Por acaso estás interessado em experimentar? Basta que me dês 250 euros e eu sou toda tua por uma tarde

Manuel nem pensou duas vezes: “Claro que quero! Pode ser 6ª feira à tarde? Pode ser em tua casa?” (…)

6ª à tarde, o Manuel lá foi ter a casa da Rita, deu-lhe os 250 Euros como combinado, e seguiram-se duas horas de amor escaldante….

Despediram-se visivelmente satisfeitos e uma hora depois chegou o Carlos, melhor amigo do Manuel e marido da Rita.
Beijam-se como sempre, e o Carlos pergunta a Rita: “O Manuel veio cá?

A Rita ficou um pouco comprometida, com medo que ele desconfiasse de alguma coisa, mas respondeu “Sim”.

Carlos: “E deixou o dinheiro?

Ela (ainda mais preocupada): “Sim, 250 euros…..

Carlos: “Vês como ainda se pode confiar nos amigos! Passou lá esta manhã no emprego e pediu-me os 250 Euros emprestados, prometeu que os pagaria sem falta ainda esta tarde… e cumpriu!”

Tags:

publicado às 03:32

Anedota do dia

Rui Gomes, em 18.04.20

mutley.jpg

Uma professora dava uma aula aos seus alunos sobre as diferenças entre os ricos e os pobres.

A Júlia levanta o dedo:
– O meu pai tem tudo: televisão, telescópio, DVD…

– Tudo bem, diz a professora, mas será que tem um barco?

A Júlia reflete e diz:
– Bem, não…

– Estás a ver, é como eu disse, não podemos ter tudo.

– Professora, disse o Artur. O meu pai tem tudo: ele tem TV, telescópio, DVD, barco…

– Sim, responde a professora, mas será que ele tem um avião particular?

Depois de reflectir, Artur responde:
– Bem, não…

– Estão a ver que não se pode ter tudo na vida. Disse a professora.

O Joãozinho levanta o dedo e diz:
– Bem... o meu pai não tinha tudo mas agora já tem, pois no sábado passado, quando a minha irmã lhe apresentou o seu namorado Sportinguista, o meu pai disse:

– ERA SÓ O QUE ME FALTAVA!!!

Tags:

publicado às 04:15

Anedota do dia

Rui Gomes, em 17.04.20

mutley.jpg

No escritório:

– Conheço uma maneira de conseguir uns dias de folga! – diz o empregado à sua colega loira.

– E como é que vais fazer isso? – diz a loira.

– Vou demonstrar.

Nisto, ele sobe pela viga, e pendurou-se de cabeça para baixo no tecto. Nesse momento o chefe entrou, viu o empregado pendurado no tecto e perguntou:
– Que diabo você está a fazer aí?

– Sou uma lâmpada. – respondeu o empregado.

– Hummm…acho que você precisa de uns dias de folga. Vá para casa.

Ouvindo isto, o homem desceu da viga e dirigiu-se para a porta.

A loira preparou-se imediatamente para sair também.

O chefe puxou-a pelo braço e perguntou-lhe:
– Onde você pensa que vai?

– Eu vou para casa! Não consigo trabalhar às escuras!

Tags:

publicado às 02:31

Anedota do dia

Rui Gomes, em 16.04.20

mutley.jpg

Sábado, como de costume, o Chico levantou-se cedo, vestiu-se silenciosamente, bebeu um café e foi dar um passeio com o cão.

Em seguida, foi até à garagem e engatou o barco de pesca no seu Jeep.

De repente, começou a chover torrencialmente.

Havia até neve misturada com a chuva, ventos a mais de 80 km/h.

Ligou o rádio e ouviu que o tempo iria ser de frio e chuva durante todo aquele dia.

Voltou imediatamente para casa. Silenciosamente, despiu-se e deslizou para baixo dos cobertores. Afagou as costas da sua mulher e disse-lhe baixinho:

- O tempo lá fora está terrível.

Ela, ainda meio adormecida, respondeu:

-Acreditas que o palerma do meu homem foi pescar com este tempo ?

Tags:

publicado às 04:18

Anedota do dia

Rui Gomes, em 15.04.20

mutley.jpg

O marido puxou a cadeira para junto da máquina de costura em que sua mulher estava cosendo e sentou-se.

- Não te parece que vais depressa de mais? - disse -. Olha, olha que saltas fora da bainha! Repara nesse canto, agora! Cuidado! Mais devagar, olha que entalas os dedos!

- Mas o que é isso? Para o que te havia de dar! - exclamou a esposa assustada -. Há uma quantidade de anos que coso nesta máquina!

- Então filha, eu só queria ajudar-te, como tu me ajudas quando vou a guiar o carro!...

Tags:

publicado às 03:45

Anedota do dia

Rui Gomes, em 14.04.20

mutley.jpg

Uma loira chegou ao hotel e como estava muito calor, abriu a janela. Só que começaram a entrar vários mosquitos. Então, ela ligou para a recepção e reclamou:

- Boa noite, estou com muito calor e com a janela aberta vários mosquitos entraram no meu quarto e estão a incomodar-me.

- Se a Senhora desligar as luzes do seu quarto, eles irão embora, disse-lhe o recepcionista.

Ela fez o que ele disse e realmente eles foram embora. Depois de algum tempo, começaram a entrar vários pirilampos, e então ela ligou novamente para a recepção a reclamar. E o recepcionista perguntou:

- Mas o que foi agora? Ela responde:

- Não resolveu nada! Os mosquitos voltaram com lanternas!

Tags:

publicado às 03:17

Anedota do dia

Rui Gomes, em 13.04.20

mutley.jpg

Quatro pacientes estão reunidos.

O terapeuta pede que todos se apresentem, digam qual é sua actividade e que comentem porque a exercem.

O primeiro diz: Chamo-me Francisco, sou médico porque me agrada tratar da saúde e cuidar das pessoas.

O segundo diz: Chamo-me Ângelo. Sou arquitecto porque me preocupa a qualidade de vida das  pessoas e como vivem.

A terceira paciente diz: Chamo-me Maria e sou lésbica... Sou lésbica porque adoro mamas e rabos femininos e fico louca só de pensar em fazer sexo com mulheres.

Faz-se um silêncio...

Então o Alentejano diz:

Eu cá chamo-me Manel Jaquim e até há pouco achava que era pedreiro, mas... acabo de descobrir que afinal sou mas é lésbica.

Nota: Com o devido respeito pelo povo alentejano.

Tags:

publicado às 05:02

Anedota do dia

Rui Gomes, em 12.04.20

mutley.jpg

Um agricultor tinha muitos porcos. Certo dia, alguém apareceu e perguntou ao homem:

- O que é que dá de comer aos seus porcos?

Responde o agricultor:

- Ora, dou-lhes restos. Porquê?

Respondeu o outro indivíduo:

- Porque eu sou da Associação para a Protecção dos Animais. O senhor não alimenta os seus animais como deve ser, de modo que vou ter que o autuar.

Passados uns dias, outra pessoa aparece e pergunta ao homem:

- O que é que dá de comer aos seus porcos?

O agricultor, com medo de ser novamente autuado, decidiu por outra resposta:

- Eu?! Eu trato-os muito bem! Dou-lhes salmão, caviar… Porquê?

- Porque eu sou das Nações Unidas. Sabe, não é justo os seus porcos comerem tão bem quando há tanta gente a morrer de fome por esse mundo fora. Vou ter que o autuar.- Respondeu o homem.

O agricultor fica mesmo aborrecido. Passados mais uns dias, aparece outra pessoa que faz novamente a mesma pergunta:

- O que é que você dá de comer aos seus porcos?

O agricultor hesita um bocado e finalmente diz:

- Olhe… Não lhes dou nada… Entrego cinco euros a cada e cada um vai comer o que quiser!

Tags:

publicado às 16:30

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds