Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



DESTAQUES

“Na Europa não correu como nós esperávamos, foi difícil e depois tivemos de fazer um planeamento para jogar apenas de semana a semana. Os jogadores cresceram mais do que se esperava, mesmos os mais novos. Tivemos mais tempo para treinar do que os nossos rivais, mas precisávamos disso e foi muito bom. Na Taça de Portugal podíamos ter ido mais longe, mas ganhámos a Taça da Liga e a Liga NOS, o que ninguém esperava. Fomos campeões sem derrotas, apesar de não termos terminado a época sem perder. Foi um ano muito bom. Os jogadores cresceram e valorizaram-se".

“Temos de terminar com uma vitória, é isso que queremos. O CS Marítimo também já está tranquilo na tabela. Vamos continuar com a nossa ideia e alguns jogadores que jogaram menos vão jogar neste jogo. Vamos ver coisas, colocar em campo jogadores que tiveram menos minutos e que nos deram muito. Se quando nós precisámos eles trabalharam de forma afincada, mesmo sem jogar, e obrigaram o plantel a elevar o nível, desta vez somos nós que temos de lhes dar a oportunidade de participarem”.

“O André Paulo vai estrear-se e, em princípio, o Tomás Silva também. É um jogador que até poderá não continuar connosco, mas fez toda a formação aqui, desde os nove anos, e ajudou-nos durante o ano a fazer de adversário, como muitos outros da formação que nos ajudaram a preparar os jogos sempre com grande carácter. É uma forma de premiar o Tomás por ser um exemplo do que deve ser um jogador do Sporting. Ele amanhã deverá tornar-se campeão nacional. Todos o são, mas ele vai sentir isso na pele”.

“Se pudermos ajudá-lo óptimo, mas o objectivo fulcral é ganhar o jogo e deixar uma boa imagem, até porque foi isso que fizemos em todos os jogos. Não vamos passar a bola apenas ao Pote. Damos-lhe os penáltis e ele poderá arriscar num livre mais perto da baliza, mas tem de defender, atacar e preencher os espaços. Depois se puder fazer golos e ajudar a equipa como fez ao longo da época, será um prémio merecido. Fez uma época fantástica”.

NOTA: Tomás Silva renovou com o Sporting em 2019, mas o Clube não revelou a duração do novo vínculo. Pelas palavras de Rúben Amorim, é possível que a renovação tenha sido apenas por dois anos, o que significa que termina em Junho 2021.

publicado às 18:00

DESTAQUES

"Não vamos, obviamente, para casa doutro clube pintar o cabelo. Fizemos a festa em casa, teremos tempo com mais um jogo em casa. Não vamos para lá festejar nada, vamos para ganhar mais um jogo importante. Ainda não perdemos um jogo com os chamados grandes. No ano passado perdemos todos, e este ano não queremos perder. Há sempre objetivos. Mais do que isso vamos para lá aproveitar o jogo e ver coisas. E isso não é inventar, ou desvalorizar o jogo. Vamos aproveitar todos os minutos que temos para crescer."

"Foi uma festa de um Clube que já não ganhava há muito tempo. Era um peso que toda a gente tinha. Agora, passado três dias, tenho a sensação de que queremos mais, todos os sportinguistas. Já passou essa grande festa e queremos mais. Temos de construir o futuro. Ganhámos o título, mas ainda nos falta dar muitos passos. Foi uma grande festa, mas queremos mais".

"Quando se ganha é mais fácil recuperar os jogadores fisicamente. O ambiente estava bom, mas gostei da forma como voltaram. Muito contentes, mas sem grande euforia. Preparámos bem um jogo importante e eles sabem disso. Eles sabem que não é por ganhar um título que está tudo feito e agora acho que mais do que nunca, toda a gente quer jogar."

publicado às 04:03

DESTAQUES

“Parabéns à equipa do futsal e ao Sporting, é uma grande vitória. Até eu chegar aqui o meu tio era o único sportinguista lá em casa e tanto sofreu. Vimos juntos e foi uma festa, é um título importante para o clube. Já estamos habituados, o mister Nuno Dias não facilita a vida a ninguém. Ninguém consegue ganhar o prémio de treinador do ano com ele cá, nem o futebol feminino, nem andebol. Já que falamos em suspensões podiam era suspender o Nuno Dias para facilitar a vida ao resto da malta do Sporting”.

“É um jogo muito difícil, pelo momento, tal como já foi com o Nacional. É uma equipa com valores claramente acima da posição onde está. O Miguel Cardoso é um treinador com uma ideia muito positiva, gosta de jogar, encontra-se numa situação difícil, mas é muito vincada a maneira de jogar. Pode variar com jogadores na frente, se joga o Mané, o Coentro, o Geraldes pode jogar na linha ou no meio campo, há sempre saída a três. Nós preparámos isso e sabemos que vai ser difícil. Estamos bem, fizemos um bom jogo com o Nacional e deveríamos ter feito mais golos. Queremos continuar a jogar bem mas também marcar mais golos e descansar os adeptos mais cedo”.

“Não vou comentar a suspensão. É tão claro que eu nem preciso de comentar, às vezes mais vale não dizer nada porque está à vista de todos. O que temos de fazer é focarmo-nos no jogo porque não há maneira de responder a tanta coisa que acontece. A única maneira é ganha os jogos. Rio Ave, como vamos ganhar e como vamos fazer golos”.

“Toda a gente gostaria de contar com o Cristiano Ronaldo, mas neste momento nós temos de viver do dia a dia e eu não sei se estarei suspenso um ano ou seis anos e se estarei cá. Não interessa muito, vou vivendo o dia a dia, isto está tão difícil que o que eu quero é garantir o dia de amanhã, sei lá o que vai acontecer no futuro”.

publicado às 04:03

DESTAQUES

"Tivemos uma má fase, mas tivemos esta vitória em Braga e tínhamos tido outra em Faro. O que me deixa mais tranquilo é a atitude, a forma de jogar e como os jogadores correm, como estão concentrados. Não sabemos se essa fase já passou ou não. Está tudo difícil de controlar, mas a resposta é sempre boa".

"Cabe a nós todos melhorarmos o nosso comportamento. Eu obviamente não tenho sido o melhor dos exemplos. Cada um pode controlar o seu, eu tento fazer. Quando há uma expulsão penso sempre que é a ultima, é para isso que trabalho. Faço esse trabalho mental, sabendo que com a pressão do dia a dia de ser treinador, com falta de público, que acho que é muito importante, existem alguns excessos".

"O que queremos é ganhar jogos, conquistar coisas para o Sporting e ajudar o Clube a crescer. Foco está aí, sabendo que temos tido alguns excessos que também têm a ver com a falta de público. Não estou a desculpar nada. Está errado, mas por alguma razão é".

"Não falamos em título, falamos dos jogos, queremos ganhar o jogo e no fim faremos as contas. O que me dá prazer é ganhar jogos e ver os meus jogadores felizes, a crescer, portanto esse é o nosso foco. como tem sido até ao momento. Só o três pontos interessam e depois, no fim, faremos as contas. Seja onde for, tem sempre um sabor igual".

publicado às 03:03

DESTAQUES

"No Jamor a Belenenses SAD esteve melhor, e eu disse-o após o jogo, mas agora estamos mais aptos e somos mais equipa. Sabemos que eles podem ser muito perigosos, mas preparámos bem a equipa para jogar contra um adversário que joga no mesmo sistema que nós".

“Quem tiver de jogar, mesmo que tenha quatro cartões amarelos, vai jogar. A equipa está preparada e vários jogadores estão hoje mais jogadores e dão-me hoje ainda mais garantias".

“Todas as equipas precisam de somar pontos para conseguirem os seus objectivos. E, nós, naturalmente, também queremos ganhar. Esperamos as mesmas dificuldades e um jogo com alguma ansiedade, como sempre”.

“Por acaso criámos mais nos últimos jogos do que anteriormente, mas marcámos menos e temos sofrido no fim. Temos maiores tido dificuldades porque as equipas são boas, os treinadores são bons e as equipas precisam de pontos. Temos falhado muitos golos e temos tido dificuldades como todas as equipas. Amanhã vamos querer fazer mais golos, mas se for 1-0, lá terá de ser...”. “O objectivo é ganhar”.

publicado às 03:19

Screenshot (72).png

Considerações de Rúben Amorim na conferência de imprensa de antevisão ao jogo com o Farense:

"Fui expulso por afirmações que não são verdade. E vou meter isso na minha defesa. Expulsem-me por palavrões, mas o que está a seguir, e que é a sustentação ao castigo de 'conseguiste o que querias', é falso. É a última vez que falo sobre o castigo porque o grande prejudicado sou eu e qualquer dia sou despedido do Sporting e não arranjo trabalho em lado nenhum porque estou sempre castigado. Vou focar-me nos jogos".

"Sempre fui assim no banco, o meu comportamento não mudou, vivo as emoções do jogo, estou confiante na mesma, sinto a equipa melhor, o que me deixa tranquilo, não mudei a minha forma de estar, estou confiante. Nunca quis passar por santo".

"Tivemos dois jogos nos quais não conseguimos ganhar, faz parte do futebol. Fomos claramente superiores. É sempre melhor ganhar, mas a equipa está muito tranquila. Os jogadores acreditam em mim quando lhes digo que estão melhores. Sou muito sincero no que digo. Temos uma forma de jogar muito clara, acho que vamos fazer um grande jogo em Faro. É óbvio que temos de fazer mais golos do que os adversários. Só queremos ganhar ao Farense, é esse o nosso pensamento, não fazemos sequências de três jogos".

"Felizmente, hoje em dia um mau resultado para o Sporting CP é um empate. O futebol tem coisas que não se explicam. Na jornada com o Moreirense, o nosso rival que está em segundo classificado esteve empatado até ao último lance da partida e ficaria com uma desvantagem maior. E nós com o Moreirense estivemos a ganhar até ao último minuto.

O que poderia ter sido uma vantagem maior tornou-se numa vantagem menor. O futebol é mesmo assim. Se mudou antes, pode voltar a mudar. Acredito que podemos ganhar ao Farense e se ganharmos está tudo bem. Há coisas que não controlamos." 

"Feddal não vai estar neste jogo em Faro, precisa de estar a cem por cento. Há outros jogadores que estão melhor. Inácio e Tabata estão aptos, Feddal vai ficar a recuperar algumas mazelas que tem".

"O pensamento da equipa é sempre o mesmo: ganhar mesmo sem o treinador no banco".

publicado às 03:04

DESTAQUES

"Mais do que os dois pontos que perdemos, estamos a melhorar. Concordem ou não, entendo que a equipa está a melhorar. Temos de continuar o nosso caminho. Voltar a ganhar é o único remédio. Não temos de olhar para os outros, dependemos de só nós".

“Alguém vai ganhar o campeonato. Há várias equipas que podem ser campeãs, nós só queremos ganhar ao Famalicão. No final alguém vai ganhar, os outros vão perder. É a minha forma de encarar esta situação. Só o treinador pode perder, pois o Sporting vai ganhar o campeonato, pela forma como projectou jogadores".

"Não sinto que os jogadores estejam a facilitar. São muito rigorosos no seu trabalho. É uma equipa jovem, que tenta sentir-se confortável na parte final dos jogos e talvez por esse motivo não seja tão acutilante. Mas as outras equipas quase não têm ocasiões. Quando começou o campeonato, as equipas jogavam de forma mais pressionante e nós usávamos o espaço nas costas. Tínhamos esse espaço todo e agora não temos.

O jogo é atacar e defender. Nós controlamos os jogos, não são divididos. Mas temos de criar muito mais, pois o controlo está todo do nosso lado. Temos dominado a maioria dos jogos, falta o resto, mas isso vem com tempo. Tivemos este empate, um empate injusto, mas há que seguir em frente e pensar neste jogo".

"O Nuno está pronto. Todos os que estão convocados estão prontos para entrar de início. Infelizmente hoje o Gonçalo Inácio e o Bruno Tabata tiveram toques e não vão jogar. Em princípio estarão no próximo jogo, mas como são pancadas saem da convocatória. O Nuno Mendes recuperou. Essa é uma excelente notícia, até porque todos estão prontos para ser titulares".

publicado às 05:02

DESTAQUES

"O Vitória SC é uma equipa muito boa, não passa por um bom momento, mas não há melhores jogos do que estes com os grandes para mudar isso. O nosso foco esteve na qualidade que o Vitória SC tem no seu plantel, têm baixas na defesa [os centrais Abdul Mumin e Easah Suliman], mas na frente têm jogadores do melhor que há em Portugal e que podem resolver um jogo".

"É sempre mau ter casos de COVID-19; desde o início que fazemos tudo para os evitar, mas há algumas coisas que não controlamos. Quando surge um temos de ser ainda mais rigorosos, se possível, e ir testando e protegendo-os e, no sábado, utilizar os jogadores que estão prontos para ir a jogo e temos muitos".

"Paulinho é mais uma opção e por isso uma boa notícia para a nossa equipa. Podemos jogar de formas diferentes e o Paulinho pode então dar-nos outras coisas na criação de oportunidades, mais jogo aéreo e um homem mais de área, portanto é mais um que pode ajudar e a equipa é mais forte assim".

"As outras equipas também se preparam bem e nós temos de evoluir enquanto conjunto. Já temos mais tempo juntos, eles adquiriram tudo o que demos numa primeira fase, agora vamos tentando introduzir outras nuances. O importante é ganhar e melhorar a nossa forma de jogar e a nossa fluidez".

publicado às 04:32

"Penso que se está a subestimar muito os adeptos do Sporting CP. Os adeptos são uma grande força do Sporting, não uma fraqueza. Esta equipa demonstrou uma forma de estar na qual os adeptos se revêem. Gostaria de ter já os adeptos, que iriam dar uma resposta diferente daquilo que as pessoas pensam. Ainda se vai perder muitos pontos e eles vão ser um factor decisivo, vão ajudar muito e não o contrário".

"Regresso de Cristiano Ronaldo ao Sporting? Não faz sentido. Cristiano Ronaldo é grande jogador que está um nível acima. Temos um projecto diferente neste momento. Será sempre uma referência do Clube - a Academia terá o nome dele - mas não há mais nada. Ronaldo é da Juventus e o Sporting está num patamar diferente - não digo de grandeza e história mas num momento diferente. Não faz qualquer sentido".

publicado às 05:02

DESTAQUES

 "Não, é apenas mais um jogo. Tivemos de ver o jogo do FC Porto, ver a forma como eles festejaram o golo contra o Marítimo. O SC Braga ontem também marcou um golo aos 85 minutos e correram para o meio-campo. O Benfica também festejou da forma como festejou o golo do Rafa e notou-se que não está tão desunida como se diz. Olho mais para as acções".

"Sobre os penáltis, não vou comentar, espero é que seja uma boa arbitragem. Vai ser. Os gritos? A culpa é do Nuno Santos, a culpa é dele. Não é dos jogadores do Sporting a culpa é só dele. Quando houver público, deixa de se ouvir. Os bancos também se levantam, andamos a ver quem se levanta mais, mas é normal. Começa o jogo e esquecemos um pouco. Não há público nota-se mais. O importante é que o Sporting vença".

"Sem o Paulinho muda a nossa forma de jogar, muda as caraterísticas de um jogador. O Paulinho não é tão rápido como o Tiago, como o Jovane, mas é mais forte a segurar. Portanto, nós vamos fazendo as nossas opções e avaliações, é um jogador mais clássico, de área e é precisamente por isso que o contratámos, é um jogador diferente daqueles que temos".

"Penso que podemos ver os dois lados. Nós também podemos melhorar, mas o FC Porto também ganhou à Juventus, cujo o orçamento não tem comparação. A Juventus tem dos melhores jogadores do Mundo, tem o Cristiano Ronaldo. Nós perdemos com o LASK, uma equipa que não é muito conhecida na Europa, ontem o Leicester foi eliminado pelo Slavia de Praga, é o momento, toda a gente precisa de alguma estrelinha. Nós temos tido [a estrelinha], mas temos tido ainda mais competência. Amanhã temos de melhorar ainda mais a nossa performance, crescer e ganhar o jogo.".

"O FC Porto ganhou ao Marítimo levando uma bola ao poste aos 84. O Braga empatou com o FC Porto para o campeonato aos 90' e até em minha casa ouvi: 'Tens mesmo sorte'. Os outros marcam aos 90' e nós é que temos estrelinha".

publicado às 06:03

DESTAQUES

"Não vamos fazer nenhuma gestão. Não vamos fazer gestão porque este é o jogo mais complicado, é o próximo. Não vamos fazer nenhuma poupança. Todos os jogos valem três pontos e depois vamos pensar no FC Porto. Esse jogo ainda não existe para nós e para o FC Porto muito menos, dado que ainda lhes faltam dois jogos. Vamos focar no Portimonense, tem um grande treinador, vem de um grande momento e essa é a nossa responsabilidade".

"Quem tem maior responsabilidade neste momento, Benfica, FC Porto ou Sporting? É indiferente, temos sempre uma grande responsabilidade. Somos o Sporting. Tínhamos a exacta mesma responsabilidade na época passada e estávamos em quarto, mesmo numa posição diferente. A responsabilidade é sempre a mesma, foi isso que nos trouxe a esta situação, com vários jogos sem perder".

"Temos de manter esse foco e estar precavidos para tudo. Fomos muito rigorosos com o Paços, tínhamos de ser. Sabemos como devemos entrar, vamos entrar fortes e esperar a inspiração dos nossos jogadores. Estão bem, tiveram uma semana muito boa, foi difícil escolher o onze, pois vivem um bom momento, estão empenhados e isso é bom sinal".

"Não tenho nenhumas dúvidas da motivação deles, da grande ambição dos jogadores. Eles pensam da mesma forma, estamos todos alinhados no pensamento e forma de estar. Eles jogam no Sporting CP, não há maior motivação que essa. É cada vez mais difícil nós escolhermos um onze porque todos treinam muito bem e só há uma competição para disputar. Todos querem jogar agora e para o ano jogar em mais competições para todos terem maior espaço. A ambição estará em alta até final do campeonato".

publicado às 06:33

DESTAQUES

"Temos de ser rigorosos, intensos e humildes desde o primeiro minuto. É uma equipa muito boa que vem de um momento fantástico com um treinador que está a fazer um trabalho incrível. Temos de fazer o que temos vindo a fazer que é preparar bem o jogo. Precisamos também da inspiração dos nosso jogadores que temos tido."

"Fizemos uma avaliação sobre o jogo do Gil Vicente, toda a gente faz isso. Chamámos a atenção para aquilo que correu mais mal. Também mostrámos algumas coisas boas. Eles perceberam ao intervalo senão não tinham tido o comportamento que tiveram na 2ª parte. Foi uma preparação normal."

"O Palhinha está tranquilo. É curioso que esta semana apanhei uma conversa entre ele e o Hugo Viana para ele estar tranquilo. O Sporting fez tudo como devia fazer e o Palhinha também. Estamos tranquilos à espera de uma decisão. Toda  a gente quer a decisão para ficar tudo esclarecido. De zero a dez quanto estou peocupado? Não temos qualquer preocupação e fizemos mesmo tudo de acordo com a lei. O Sporting salvaguardou-se, a preocupação é zero".

"No que toca à minha relação familiar (com cunhado Antero Henrique), pelo sim pelo não, ainda falei com ele esta semana para ver se ganhamos outra vez para estarmos tranquilos. São coisas normais no futebol".

"Todo o mérito tem de ser dado aos jogadores porque são eles que estão lá dentro. Já estivemos numa fase em que não estávamos tão bem, no fim da outra época, em que terminámos em 4º lugar. Nessa altura não se sentia isso. A união que há no Clube é mérito dos jogadores. O facto de apostarmos na formação, de ser uma equipa com muitos portugueses, isso tudo atrai as pessoas e sentem essa ligação".

publicado às 03:04

Boa época do Sporting justifica-se pelo calendário?

"Temos a pequena vantagem de não estarmos nas competições europeias, mas ganhámos mais vantagem quando tínhamos os mesmos jogos que os nossos concorrentes diretos. Ganhámos uma Taça da Liga, o Benfica teve menos jogos este mês e conseguimos ganhar pontos. Só que pode acontecer o contrário. Também já li que as semanas longas são boas quando se ganha, não temos de pensar em nada, só em ganhar ao Gil Vivente e não em quem joga, ou não, a meio da semana."

A candidatura ao título

"É uma questão de coerência. Da mesma forma que as coisas mudaram num mês, com o aumento de vantagem, podem mudar ao contrário. A equipa é a mesma, é uma equipa nova, não só por ser jovem, mas porque mudámos muito de um ano para o outro. Sabemos que ainda vamos sofrer muito, não tenho conhecimento da resposta a qualquer período adverso. É uma questão de coerência. Vamos fazer aquilo que combinámos no início da época: jogo a jogo e fazer o caminho dessa forma".

Sobre a diferença para o segundo lugar, como fala para os seus jogadores? Há medo?

"Não há medo nenhum, há a noção que se pode perder tudo em três jogos, já aconteceu no passado. Esse receio até é bom porque mantém o foco nas coisas. Medo não temos, os sportinguistas estavam divididos quando começámos, mas fiquei feliz por vez um ex-presidente falar recentemente, os sportinguistas estão mais unidos, mas faltam resultados desportivos. Isto pode mudar de um momento para outro. O que temos de fazer é dar o máximo, estamos orgulhosos mas cautelos. A nossa atitude não vai mudar. O que os jogadores podem tentar fazer todas as semanas é dar o máximo e correr muito".

Deslizes dos rivais mexem com jogadores?

"Sabemos o resultado dos nossos rivais, eles comentam isso de manhã, mas o nosso foco enquanto equipa técnica é chamá-los à terra e então trabalhar em relação ao que podemos controlar. Como é que o Gil Vicente pode vir a jogar, que sistemas pode usar... Esse é o nosso foco. Claro que eles sabem, mexe um bocadinho com os jogadores mas não com a equipa técnica."

publicado às 21:00

DESTAQUES

"O Paulinho tem características que precisávamos. Já o disse. É o melhor número 9 do país, mas isso não lhe garante nada. Ele sabe disso. Por isso é que está cá. Não é preciso explicar-lhe tudo. Vai haver jogos para todos. Isto é para o projeto do Sporting. O Paulinho vem para aqui para muitos anos. Se calhar por isso é que fomos comprar um jogador tão caro com 28 anos"

"Em relação aos reforços, deram muito bons sinais. O João já conhecia a casa, o Paulinho já conhecia o treinador. O Matheus Reis não conhecia ninguém, mas chegou cheio de vontade. Tem de encontrar o seu ritmo. Esteve muito tempo a trabalhar com a equipa B do Rio Ave e tem de elevar os níveis físicos. Vamos prepará-lo da melhor forma. O João vinha de competir no clube turco, está pronto, e o Paulinho também. Vem do nosso campeonato, conhece o treinador e os jogadores. Foram bons os sinais esta semana".

"Todos estão disponíveis para ser titulares ou começar o jogo no banco. O Matheus ainda não tem condições físicas para jogar. Os outros estão prontos e vamos colocar os melhores a jogar, como em todos os jogos".

"Os reforços não vêm para tirar espaço aos jogadores jovens. Vão continuar a ter o seu espaço. Eles têm de lutar com jogadores muito bons, com exigência. Depende mais deles do que nós. Já demos provas de que, quem estiver melhor, joga."

"O 'caso Palhinha'?... Estou preocupado apenas com o próximo jogo, o Marítimo. O jogo com o Benfica já faz parte do passado. Este clube tem pessoas que se ocupam dos vários assuntos. O nosso assunto é ganhar o próximo jogo, preparar bem a equipa e evoluir os jogadores. É nisso que estamos focados e o resto é o resto".

LISTA DE CONVOCADOS PARA O MARÍTIMO

Guarda-redes: Adán, Luís Maximiano e André Paulo

Defesas: Pedro Porro, João Pereira, Gonçalo Inácio, Eduardo Quaresma, Coates, Feddal e Antunes

Médios: João Palhinha, Matheus Nunes, Daniel Bragança e Bruno Paz

Avançados: Pote, Nuno Santos, Joelson Fernandes, Jovane Cabral, Tabata, Tiago Tomás e Paulinho

***Nuno Mendes fora dos convocados devido a problemas físicos, assim como João Mário, a contas com um traumatismo no pé direito. Luís Neto a cumprir um jogo de castigo, por acumulação de amarelos (5).

publicado às 17:30

publicado às 18:15

Screenshot (539).png

Considerações de Rúben Amorim, em síntese, na conferência de imprensa de antevisão ao jogo desta sexta-feira com o Rio Ave:

“O Sporting CP vai apresentar-se na máxima força, dentro do possível, porque tivemos agora alguns casos que alteraram a nossa preparação, mas temos outros jogadores".

“Fazemos sempre all in para o próximo jogo. Em tantos jogos temos duas derrotas e estamos fora de duas competições… mas são competições a eliminar, pode acontecer. Podemos ganhar a todas as equipas como perder".

"A inscrição no Nível IV não muda muito na nossa rotina, acho que alivia um bocado o Emanuel [Ferro], porque acho que é uma situação ingrata ter de falar pelo treinador principal. Também porque as duas competições em que saímos foi o Emanuel que deu a cara no final e eu acho que isso não é justo, sou eu que tenho de dar a cara".

“Foi uma semana diferente porque não estamos habituados a perder e isso mexeu com o grupo. Preparámos bem o jogo, sem muito tempo para treinar mas preparámos bem, tivemos a situação a seguir ao treino, voltámos a mudar".

“Nós não perdemos o jogo pelos jogadores que mudámos. O nosso objectivo é ganhar e eu meto a melhor equipa. Agora, eu não me esqueço de onde estou e qual é o projecto: se nós temos jogos de dois em dois dias e eu não vou colocar jovens quando é que eles vão jogar?".

"O Luís Neto está com Covid-19, vai jogar o Eduardo Quaresma, essa é a nossa forma de ver as coisas".

"O Nível IV é um marco importante para a minha carreira, fiz por isso, o Sporting CP merece isso, estou dentro das regras e agora quero seguir com o meu trabalho e não penso no valor porque não penso sair do Sporting”.

“O Luiz Phellype ainda não está em condições de jogar, temos de ver como é que ele se sente, com todos os cuidados. Ainda não está apto".

"Se ganharmos ficamos com os quatro pontos de avanço, se formos com quatro pontos de avanço vamos para uma Taça da Liga, parece-me a mim, com uma moral, é sempre bom, mais confortável. Jogo difícil, mas temos muito a ganhar”.

Nota: Rúben Amorim não "abriu o livro", obviamente, mas duas questões que foram muito debatidas aqui pelos leitores ficaram esclarecidas: Eduardo Quaresma vai substituir Luís Neto e Luiz Phellype ainda não está apto para jogar. Teremos de esperar para ver quem vai alinhar a lateral esquerdo (Antunes ou Borja) e a ponta de lança (Tiago Tomás).

P.S.: Quase não me lembrava que Feddal também vai estar ausente, a cumprir um jogo de castigo por acumulação de amarelos. Assim, creio que Borja alinhará a central e Antunes então a defesa esquerdo.

ADENDA

O 'onze' do Sporting: Adán; Sebastián Coates, Eduardo Quaresma e Cristián Borja; Pedro Porro, João Palhinha, João Mário e Gonzalo Plata; Pedro Gonçalves, Nuno Santos e Tiago Tomás.

Gonzalo Plata a lateral esquerdo?... Parece-me que ninguém antecipou este alinhamento, mas Rúben Amorim terá as suas razões. Felizmente que Tiago Tomás aparenta estar apto para ir a jogo, já que haviam algumas dúvidas.

publicado às 03:04

img_920x518$2021_01_06_16_36_16_1799541.jpg

"O Sporting estará preparado para tudo, até mesmo para o mau tempo".

"A preparação nem sequer é especial, pensamos jogo a jogo, depois deste começaremos a preparar o seguinte. O que se pode esperar é um Sporting CP como tem sido, com uma excelente atitude mas que reconhece as limitações que ainda tem. Será um jogo difícil, o Nacional tem uma equipa bem organizada, com treinador de qualidade, e será num dia em que sabemos que pode haver uma tempestade na Madeira. Tentámos preparar-nos para o que pode acontecer. Vamos ser muito competitivos."

"Penso que há coisas que só vivendo estaremos preparados. Não há que pensar nisso, há que adiar ao máximo. Numa semana temos dois jogos para o campeonato e a meio um da taça em podemos comprometer tudo. Esse é o nosso foco, queremos ganhar todos os jogos e não nos podemos preparar para perder. Só vivendo é que sabemos ao certo como será. A preparação é sempre para vencer o próximo jogo."

"O mercado é com a estrutura do Clube. Penso contar com os jogadores que tenho. Estou satisfeito com os que tenho agora à disposição, eles estão preparados para o jogo com o Nacional e isso é o mais importante."

"Os adversários jogam bem, os treinadores são muito inteligentes, as equipas e os seus jogadores têm os seus momentos. Aqui com o Gil Vicente tivemos dificuldades para criar jogadas para finalizar e três dias depois, com o Tondela, foi o que se viu. Sei que no futebol às vezes basta um clique, tem a ver com coisas que não controlamos. Sabemos que isto pode mudar de um momento para outro, mas a nossa forma de jogar não."

"Já falámos sobre isso... Tenho mais visibilidade no Sporting, mas é algo que vamos tratar porque vou acabar o 4.º nível, vou despachar isso, e isso já nem vai ser tema de conversa".

publicado às 17:05

Screenshot (461).png

Alguns destaques da conferência de imprensa de Rúben Amorim de antevisão ao jogo com o Farense:

"É um começar novo do Farense. Mas o importante é vencer o jogo. O Farense tem uma equipa muito boa colectiva e individualmente. Tem bons sinais mas queremos manter o nosso caminho. Os jogadores do plantel actuaram todos esta semana e isso é bom".

"Seria bom ficar com estes miúdos durante anos, mas sei que não é possível".

"É o que é (arbitragem)... tenho de melhorar também, talvez seja inexperiência. Sobre a dualidade de critérios não quero comentar. Posso é melhorar o meu comportamento e vou tentar fazer isso daqui para a frente."

img_467x599$2020_12_19_01_33_09_1793393.jpg

"O Nuno Mendes está melhor, hoje treinou sob vigilância e amanhã vamos decidir mas está nos convocados".

"Não tenho opinião sobre o assunto (afastamento de Artur Soares Dias), o meu trabalho é conhecer os adversários. Comento o lance e depois fecho. O nosso trabalho é planear."

"Não confirmo (Matheus Reis e Paulinho), isso é assunto do Hugo Viana, ele é que fica com a parte difícil. Temos ideia do plantel que queríamos no início, não conseguimos um ou outro mas estamos satisfeitos com o plantel. Temos projecto para três épocas, Hugo Viana fez um excelente trabalho e vai continuar a fazer.

Se vier alguém será para o projecto do Sporting CP e não para estes próximos jogos. A nossa ideia nesse sentido é muito clara e os jogadores que queríamos continuamos a acompanhar. Se vier mais algum são os que contamos já para a próxima época. Não virá ninguém porque temos mais jogos. Estamos satisfeitos com este grupo".

Rúben Amorim... deveras impressionante, como sempre. Esta última consideração sua que transcrevi, é "apenas" excelente.

publicado às 03:03

Acho que é uma grande inspiração e prazer para nós sportinguistas ouvir Rúben Amorim falar. Para quem não teve oportunidade de assistir à conferência de imprensa, vale a pena ver este vídeo.

Limito-me a transcrever duas das suas considerações que mais me impressionaram:

"O segredo é a união da equipa e a qualidade dos nossos jogadores. São realmente bons jogadores, têm crescido muito. Isso foi visível no crescimento do Bragança, do Inácio... E o facto de esses jovens mostrarem mais qualidade aumenta o nível do treino. Começam a contar nas escolhas e depois são muito ambiciosos. A união e a forma de estar destes jogadores são a grande vantagem desta equipa".

"O nosso foco passa por vencer este jogo, não estamos a pensar contratar alguém e até estamos já a planear a próxima época, em termos de jovens talentos e jovens da equipa B. Nos próximos anos não vamos ter muito dinheiro como outros clubes para investir. Os jogadores sabem com o que podem contar. Para já o nosso único objectivo é vencer o Moreirense e não pensamos em mais nada."

A época é longa e muito pode ainda acontecer, especialmente tendo presente que o futebol português é uma modalidade irremediavelmente alicerçada em areia movediça, contudo, a sermos completamente honestos, só podemos e devemos reconhecer valor e mérito na obra realizada até ao momento no Sporting Clube de Portugal, e não me estou a referir apenas à equipa sénior de futebol profissional e o seu staff técnico, muito embora estes sejam o foco principal deste post.

publicado às 04:03

Sporting sem facilitismos

Rui Gomes, em 23.11.20

er2_0.jpg

Considerações de Emanuel Ferro na conferência de imprensa de antevisão ao jogo de hoje com o Sacavenense, referente à terceira eliminatória da Taça de Portugal:

Olhamos para esta competição com uma grande ambição. Temos de ter respeito pelos adversários em cada eliminatória, independentemente da divisão na qual competem. Sabemos que por vezes acontecem surpresas, e queremos entrar com a mesma ambição, o mesmo rigor e a mesma vontade de fazer melhor. Vamos respeitar o SG Sacavenense como um adversário que está pronto para nos tornar a vida mais difícil. Vamos estar à altura do desafio. Temos a ambição de estar na final e vencer a Taça".

Vai ser feita uma gestão, tal como é feito em todos os jogos. Cada jogo tem uma história e este vem a seguir a uma paragem para as selecções. Preparámo-lo com o objectivo de estar na melhor forma possível e apresentar uma equipa capaz de ultrapassar o desafio. Poderá haver uma ou outra mudança".

"O Pedro Gonçalves lesionou-se no treino deste domingo. Ainda estamos a avaliar, mas pensamos que não é nada de grave. Será uma situação de rápida recuperação, mas não estará neste jogo".

Temos de eliminar qualquer imagem de facilitismo porque o objectivo é fazer o nosso melhor jogo e impor a nossa ideia. Vamos respeitar o adversário sabendo que vem com ambição de demonstrar paixão e retirar o máximo deste jogo. Sabemos que estamos a um nível diferente, mas é uma competição em que a paixão pelo jogo poderá fazer a diferença no jogo do SG Sacavenense. Temos de estar preparados para isso”.

publicado às 04:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D




Cristiano Ronaldo