Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

apostas-em-futebol-probabilidades.png

 

As apostas desportivas correm o risco de contaminar - se não é que já contaminaram - os relvados portugueses. E o motivo é simples: as verbas que giram à volta de cada encontro são cada vez mais avultadas. Por outras palavras, está a tornar-se mais lucrativo “pagar” a jogadores para viciar resultados.

 

De acordo com o Diário de Notícias esta segunda-feira, as apostas desportivas para cada jornada da I e II Liga chegam aos 340 milhões de euros.

 

Em média, cada encontro da Liga NOS gera apostas no valor de 32 milhões de euros - por jornada, as casas de apostas online recebem prognósticos de todo o mundo no valor de 288 milhões. Mas em caso de clássico este valor pode disparar para mais de 100 milhões de euros.

 

Na II Liga, a média por encontro ronda os cinco milhões. Já no Campeonato de Portugal, os valores envolvidos são mais reduzidos: 122 mil euros por jogo.

 

Estes valores foram fornecidos ao matutino pela Sportradar, empresa de monitorização de apostas que trabalha para a FIFA e que identifica situações que indiciem viciação de resultados.

 

E qual é a solução ?

 

publicado às 15:55

 

europei-francia-euro-2016-logo.jpg

 

Os 51 jogos do Campeonato da Europa de futebol, disputado de 10 de Junho a 10 de Julho de 2016 em França e ganho por Portugal, geraram 62 mil milhões de euros em apostas em todo o mundo, foi anunciado esta sexta-feira.

 

A acreditar nos números da plataforma francesa contra a manipulação de resultados desportivos, apenas 297 milhões da verba total foram apostados em França.

 

Nove jogos foram colocados sob vigilância apertada e outros quatro viram alertas amarelos, o segundo nível de quatro em termos de suspeitas, segundo a estrutura que combina várias comissões francesas e agiu interligada com vários organismos europeus, entre eles a UEFA e ainda a polícia internacional Interpol.

 

publicado às 05:00

Ao ponto que isto está a chegar

Rui Gomes, em 29.10.15

 

ng5017506.jpg

 

A Federbet - empresa que tem combatido a manipulação de jogos e que foi fundada por representantes de casinos e de casas de apostas, na sequência de uma solicitação da União Europeia - emitiu um comunicado esta quarta-feira, a informar que o Sporting - Skenderbeu do passado dia 22, a contar para a 2.ª jornada da fase de grupos da Liga Europa, pode ter sido alvo de manipulação:

 

"A Federbet considera o Sporting-Skenderbeu suspeito de ter sido manipulado. Anomalias no volume de apostas começaram no evento 'LIVE' e, em particular, na segunda parte, quando o 'OVER' continuou a diminuir em vez de aumentar. É importante reparar no resultado final de 5-1, confirmando as anomalias."

Na frase acima citada, a empresa refere-se aos estranhos movimentos de apostas no sentido de se marcarem mais golos. Normalmente, com o tempo de jogo a aproximar-se do fim, as "odds" (probabilidades) nesse sentido vão subindo, o que não foi ali o caso, deixando entender a organização que os apostadores sabiam antecipadamente que iriam marcar-se mais golos.

Lembre-se que nesta partida um jogador dos albaneses foi expulso aos 24' e que, ainda na primeira parte, o Sporting marcou dois penáltis, aos 38' e 41'.

Na segunda parte, os leões marcaram aos 64', 69' e 77', reduzindo o Skenderbeu aos 89'.

"O 'OVER' ia diminuindo, minuto a minuto, contrariamente ao que deveria acontecer num jogo normal", escreve ainda a Federbet, lembrando que já dois casos semelhantes haviam ocorrido em jogos anteriores do Skenderbeu.

O jornal espanhol El Confidencial entrevistou um elemento da Federbet, escrevendo que, "quando o jogo estava 4-0 e faltavam 30 minutos, começou a entrar um volume enorme de dinheiro em apostas em como o Sporting marcaria o quinto, algo que vai contra a lógica das casas de apostas".

Segundo o jornal, Salihi foi expulso "por um erro infantil" e os dois penáltis foram ambas "nas quinas da área, em jogadas com perigo moderado". O 4-0, por sua vez, terá surgido após um "erro surpreendente do guarda-redes".

Francesco Baranca, secretário-geral da Federbet, lembrou ao El Confidencial que já havia suspeitas contra o Skenderbeu relativamente a um jogo frente ao Crusaders, a 21 de Julho, quando, frente a uma equipa semi-profissional, os albaneses sofreram dois inesperados golos nos descontos, de acordo com o que (estranhamente) estava a ser previsto por uma grande quantidade de apostadores.

Também contra o Dínamo de Zagreb, em Agosto, o Skenderbeu levantara suspeitas à Federbet.

 

Não sou a pessoa mais indicada para comentar este fenómeno das apostas, mas não deixa de ser deveras preocupante que cada vez mais surgem rumores e suspeitas sobre a manipulação de jogos e resultados. Acho que as autoridades competentes devem agir de forma rigorosa para eliminar esta onda criminosa, quanto antes possível. 

 

publicado às 03:04

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds