Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Tem vindo a ser justamente elogiada a operação da qual resultou a transferência de Nuno Mendes para o PSG. Operação que surpreendeu, pelos complexos contornos do negócio, e pela segredo da sua concretização. Ou seja, quando a informação chegou à comunicação social, já o negócio estava efectuado. E embora os detalhes possam ter sido ultimados, no dia em que foram conhecidos, é normal que, dada a sua complexidade, estivesse a ser preparado já há algum tempo. Significa que a estrutura ligada ao futebol, está a trabalhar com grande profissionalismo, de forma discreta e eficiente. Esta transferência, com outras menores, permite ao Clube ter um saldo positivo, entre compras e vendas.

depositphotos_42658171-stock-photo-soccer-ball-in-

O sucesso deste negócio, que reuniu quase total unanimidade, entre os adeptos, é apenas a ponta de iceberg de uma série de operações, não tão mediáticas, mas mesmo assim muito importantes, e que não têm sido valorizadas como merecem. Trata-se da saída de vários excedentários através de venda, de empréstimo, ou de rescisão de contrato. O resultado mais imediato consiste na poupança de muitos milhões na folha salarial da SAD.

O outro benefício é que permite aos jogadores dispensados, continuarem em actividade, podendo, nalguns casos, evoluir enquanto atletas. Noutros casos, pode acontecer que seja accionada a opção de compra no fim da época, ficando assim a situação resolvida, em definitivo. A excepção deveras frustrante é Renan Ribeiro que resiste a colaborar, mesmo tendo sido apresentadas alternativas. Parece-me uma situação estranha ou até absurda. Não entendo que benefício tira dessa teimosia, nomeadamente para a sua carreira. Ou haverá alguma coisa que nos escapa? 

Em conclusão, todo este trabalho de secretaria, realizado com muita eficiência, durante a abertura do mercado, além de resolver problemas, foi feito com a maior discrição, sendo conhecido na altura em que se concretizou. E se podemos criticar esta Direcção por alguns maus negócios, como outras, a verdade é que implantou uma fórmula de gestão de activos, eficaz. E uma das suas componentes, entre outras, é muita antiga: o segredo é a alma do negócio... até no futebol.

publicado às 03:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2014
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2013
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2012
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D


Posts mais comentados



Cristiano Ronaldo