Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



doc2019040725985538jc_25812094b541_base.jpg

O antigo árbitro Duarte Gomes, no sua crónica em Tribuna Expresso, veio em defesa de João Pinheiro após o anúncio do Conselho de Arbitragem que o árbitro bracarense foi o melhor classificado da época 2021/22.

Eis um breve excerto, apenas, já que não vale a pena transcrever tudo...

"João Pinheiro foi considerado, novamente, o melhor árbitro português. De acordo com a classificação do Conselho de Arbitragem, que convém sublinhar, obedece a critérios pré-definidos (a observação em todos jogos oficiais, as notas obtidas nos testes escritos e a avaliação nas várias provas físicas), o bracarense foi o que somou mais pontos entre todos os árbitros da primeira categoria nacional (9.385).

A divulgação pública desta informação gerou, de imediato, as reações esperadas nas redes sociais. A maioria dos internautas expressou o seu desagrado ou sob a forma de ofensa directa ou através de gozo e muito sarcasmo. É sempre assim, foi sempre assim, continuará a ser sempre assim. Tudo o que sejam notícias relativas à arbitragem - não esqueçamos, sector imprescindível em qualquer competição oficial desportiva -, serão sempre avaliadas com insultos ou ironia, com desdém e malícia.

E os árbitros que, com o mesmo mérito de qualquer outro competidor, ocupem os lugares cimeiros do ranking que sustenta a sua carreira, serão sempre alvo de crítica ou chacota. Serão sempre ridicularizados e reduzidos a almas penadas porque, por cá, a arbitragem não é respeitada enquanto parte integrante do jogo. Por cá, ninguém conhece o sacrifício pessoal e familiar inerentes à carreira mais difícil no desporto".

Diz ele que a arbitragem em Portugal não é respeitada, mas não se dá ao trabalho de citar as razões que provocam este sentimento.

Diz ele, também, que o adepto comum só guarda a memória daqueles momentos em que se sentiu prejudicado, nunca se lembra daqueles em que foi beneficiado. Em parte, até é verdade, mas no caso específico de João Pinheiro, para não esquecer Artur Soares Dias, há ampla justa causa para os adeptos se sentirem prejudicados, nomeadamente, aqueles que apoiam a equipa de leão ao peito.

A realidade nua e crua é que o campeonato da época passada, como tantos outros nas últimas décadas, foi uma mentira, com a arbitragem, sob a tutela do respectivo organismo federativo, no epicentro da falsidade. A classificação dos árbitros só serve para substanciar a mentira!

Na entrevista de Luís Magalhães, que publicamos num outro post, o até recente treinador de basquetebol do Sporting conta uma história:

"Isto é uma história que ouvi, não é minha, nem quero insultar ninguém, mas sabem qual é o Conselho em Portugal que tem mais portistas? É o Conselho de Arbitragem. Alguém não vai gostar da piada mas é uma piada".

publicado às 13:00

depositphotos_50627951-stock-illustration-soccer-r

A FIFA divulgou esta quinta-feira a lista final de árbitros que vão estar presentes na fase final do Mundial'2022, no Qatar, que não conta com nenhum português.

Ao todo, a lista conta contempla 36 árbitros principais, 69 assistentes e 24 que estarão presentes no vídeoárbitro.

Destaque para as árbitras Stephanie Frappart (França), Salima Mukansanga (Ruanda) e Yoshimi Yamashita (Japão), que se irão estrear em jogos masculinos em Mundiais. A brasileira Neuza Back, a mexicana Karen Diaz Medina e a norte-americana Kathryn Nesbitt também estarão presentes como assistentes.

Luciano Gonçalves, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF), comentou a ocorrência:

"Vejo com tristeza, naturalmente, para a arbitragem nacional. Acho que os nossos árbitros são tão competentes como os que foram nomeados, mas infelizmente por vezes não é só a competência que conta... Temos de pensar também no que podemos nós melhorar e fazer diferente, para que nos próximos Mundiais, Europeus, estejamos lá, como no recente campeonato da Europa e nos últimos Jogos Olímpicos. O momento exige pensar e ver porque é que estas coisas acontecem, se a meritocracia funciona".

O que é que ele esperava?... A FIFA pode não intervir em jurisdições domésticas, mas isso não significa que não tenha amplo conhecimento do estado do elemento por esse mundo fora, neste caso em Portugal.

O processo para a arbitragem do Mundial é diferente do que é praticado pela UEFA para as provas europeias, em que indigita a FPF para nomear árbitros, e esta, como é sabido, encarrega-se então de designar quem se presta às ordens de outrem. Daí que surgem os Artur Soares Dias, João Pinheiro, Tiago Martins e outros do género a serem premiados pelos préstimos de registo. 

Diz Luciano Gonçalves que é preciso pensar e ver porque é que estas coisas acontecem...

Qual é o grande mistério?... Todo nós sabemos porquê e, também, que apesar deste cartão vermelho à arbitragem portuguesa, nada vai mudar com os mesmos figurantes a liderar o futebol Luso.

publicado às 03:04

Preocupação alheia que comove...

Rui Gomes, em 02.05.22

Screenshot (893).png

Logo após o apito final em Alvalade, o clube da Luz foi a correr para as redes sociais queixar-se da arbitragem...

"Mais um dia normal de VAR em Alvalade: penálti a favor do Sporting com falta fora da área. Penálti perdoado ao Sporting por abalroamento de Adán. Apenas mais do mesmo esta época".

Mudou a liderança, mas a cultura desportiva é a mesma, tão enraizada que está! Saudosos tempos em que tudo era "limpinho, limpinho"...

publicado às 05:31

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 30.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-SL Benfica

Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes:  Pedro Mota e Pedro Martins
4.º árbitro:  António Nobre
VAR:  Hugo Miguel
AVAR: Ricardo Santos

FC das Antas-Portimonense SC
Árbitro: Tiago Martins
Assistentes: Bruno Jesus e Hugo Ribeiro
4.º árbitro:  Ricardo Baixinho
VAR:  Vítor Ferreira
AVAR: Nélson Cunha

O apitador que na 15.ª jornada, em Barcelos, mostrou 5 amarelos ao Sporting, vai estar no Dragão. Deve estar disponível para mostrar a sua gratidão pela "honra".

publicado às 13:30

miguel_braga_-_site-01.jpg

Miguel Braga, Responsável de Comunicação do SCP, no programa Raio-X da Sporting TV, comentou o jogo que o FC das Antas venceu em Guimarães, muito pela contribuição de decisões polémicas do árbitro João Pinheiro.

"No campeonato destas decisões subjectivas o FC Porto está fortíssimo. Não me recordo de uma única situação em que tenha sido prejudicado num destes lances subjectivos...os árbitros de campo nunca prejudicaram o FC Porto.

O jogo com o Sporting ficou muito mal marcado com uma exibição desastrosa do árbitro João Pinheiro em que o Taremi mergulha e pisa o Coates que acaba por ver o primeiro amarelo, e depois é expulso com novo mergulho de outro jogador do FC Porto. Recordo que o Sporting estava a ganhar, e a jogar com 11 possivelmente não empatava.

Depois temos o jogo com o Boavista em que o árbitro Artur Soares Dias não expulsou o Vitinha, e depois quando foi chamado ao VAR para ver o lance do Mbemba manteve a sua interpretação. Agora foi com o V. Guimarães com duas simulações - e lembro que as simulações dão amarelo - logo o Taremi seria expulso.

Isto aconteceu com os árbitros que possuem o melhor ranking, mas têm sido infelizes. É uma simples questão de muita sorte ou muito azar, depende do ponto de vista, mas há uma tendência que tem prejudicado o Sporting na luta pela primeira posição. É preciso muito azar para falhar sempre para o mesmo lado".

publicado às 04:47

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 29.ª jornada da Liga Bwin:

CD Tondela-Sporting CP

Árbitro: Luís Godinho
Assistentes: Rui Teixeira e Valter Rufo
4.º árbitro: Flávio Lima
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Hugo Ribeiro

Vitória SC-FC das Antas

Árbitro: João Pinheiro
Assistentes: Tiago Costa e Luciano Maia
4.º árbitro: Iancu Vasilica
VAR: Rui Costa
AVAR: João Bessa Silva

SL Benfica-Belenenses SAD

Árbitro: Gustavo Correia
Assistentes: Inácio Pereira e Tiago Leandro
4.º árbitro: João Casegas
VAR: Vasco Santos
AVAR: Sérgio Jesus

Começo por não comentar a equipa de arbitragem - que alguns apelidarão de encarnada - nomeada para o nosso jogo. No entanto, é impossível ignorar que João Pinheiro vai estar novamente num jogo do FC das Antas.

Um cínico diria, porventura, que na ausência de Artur Soares Dias - devem estar a guardar esse "trunfo" para outra ocasião mais adequada - quem melhor que o Pinheiro?

publicado às 06:00

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 28.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-FC Paços de Ferreira

Árbitro: Vítor Ferreira
Assistentes: Nélson Cunha e Luís Costa
4.º árbitro: João Afonso
VAR: Rui Oliveira
AVAR: Carlos Campos

SC Braga-SL Benfica

Árbitro: Luís Godinho
Assistentes: Rui Teixeira e Gonçalo Freire
4.º árbitro: David Silva
VAR: Hugo Miguel
AVAR: Ricardo Santos

FC das Antas-CD Santa Clara

Árbitro: António Nobre
Assistentes: Pedro Ribeiro e Nélson Pereira
4.º árbitro: Hélder Carvalho
VAR: Fábio Melo
AVAR: André Dias

publicado às 03:30

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 27.ª jornada da Liga Bwin:

Vitória SC-Sporting CP

Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Pedro Mota e Nuno Pereira
4.º árbitro: Flávio Lima
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Pedro Martins

Boavista FC-FC das Antas

Árbitro: Artur Soares Dias
Assistentes: Rui Licínio e Paulo Soares
4.º árbitro: João Gonçalves
VAR: João Pinheiro
AVAR: Tiago Costa

SL Benfica-Estoril Praia

Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Pedro Felisberto
4.º árbitro: Marcos Brazão
VAR: Hugo Miguel
AVAR: Ricardo Santos

publicado às 03:00

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 26.ª jornada da Liga Bwin:

Moreirense FC-Sporting CP

Árbitro: João Pinheiro
Assistentes: Pedro Ribeiro e Luciano Maia
4.º árbitro: João Casegas
VAR: Vítor Ferreira
AVAR: Nélson Cunha

FC das Antas-CD Tondela

Árbitro: Gustavo Correia
Assistentes: Inácio Pereira e Luís Costa
4.º árbitro: Bruno Costa
VAR: Hugo Miguel
AVAR: Ricardo Santos

22245206_pLwiv.png

Fantástico... há um mês levámos com esta "prenda" do João Pinheiro no jogo com o FC das Antas. Fez um péssimo trabalho em prejuízo do Sporting (recorde-se a expulsão de Coates ao sofrer um 'pisão' de Taremi).

22245208_huwCC.jpeg

E depois tivemos a 'confusão' toda no final do jogo, 'confusão' essa que ainda espera o parecer da cuja Cláudia Santos e Conselho de Disciplina.

Não é preciso ser muito cínico para ficar a pensar que esta sua nomeação tem intenções que não visam o bem estar do Sporting.

Mais uma demonstração da podridão do futebol português!!!

NOTA: Este post apenas visa complementar a usual edição do "Sporting joga amanhã" do nosso colega Leão Zargo que vai sair dentro de momentos. Qualquer discussão sobre o jogo com o Moreirense, inclusive da arbitragem, deverá ocorrer nesse post e não aqui.

publicado às 14:25

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 25.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-FC Arouca

Árbitro: António Nobre
Assistentes: Hugo Ribeiro e Nélson Pereira
4.º árbitro: Flávio Lima
VAR: Fábio Melo
AVAR: Sérgio Jesus

FC Paços de Ferreira-FC das Antas

Árbitro: João Pinheiro
Assistentes: Tiago Costa e Luciano Maia
4.º árbitro: David Silva
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Rui Cidade

Portimonense SC-SL Benfica

Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Pedro Martins e Gonçalo Freire
4.º árbitro: Ricardo Baixinho
VAR: Tiago Martins
AVAR: Pedro Felisberto

Pela sua "obra" no clássico em Alvalade, Artur Soares Dias foi premiado com o jogo Santa Clara - Vizela. 

publicado às 03:15

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Já foram divulgadas as equipas de arbitragem para os jogos da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, marcados para os dias 2 e 3 de Março. 

O Conselho de Arbitragem da FPF decidiu nomear uma equipa VAR com três elementos já para os encontros das meias-finais, antecipando o que vem sendo feito habitualmente para a final da competição.

Sporting CP-FC das Antas

Árbitro: Artur Soares Dias
Assistentes: Rui Licínio e Paulo Soares
4.º árbitro: Tiago Martins
VAR: Hugo Miguel
AVAR 1: André Narciso
AVAR 2: Ricardo Santos

CD Tondela-CD Mafra

Árbitro: Vítor Ferreira
Assistentes: Nélson Cunha e Inácio Pereira
4.º árbitro: João Gonçalves
VAR: Rui Costa
AVAR 1: Rui Oliveira
AVAR 2: João Bessa

Gostaria de ter algo de positivo a dizer sobre Artur Soares Dias, relativamente ao Sporting, mas nada me vem à mente de momento. Veremos...

publicado às 18:30

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 24.ª jornada da Liga Bwin:

Marítimo M.-Sporting CP

Árbitro: Manuel Oliveira
Assistentes: Carlos Campos e Tiago Leandro
4.º árbitro: Iancu Vasilica
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Pedro Mota

João Pinheiro continua a ser premiado pela sua "obra" no Dragão e está nomeado para o Arouca - Moreirense.

publicado às 18:30

resize.jpg

"A incendiária intervenção no jogo de apanha-bolas, seguranças e supostos arrumadores de publicidade, todos em uníssono molestando física e verbalmente vários jogadores do Sporting, em articulação que não era de modo algum espontânea".

Só por ignorância ou pura estupidez se pode acreditar na coincidência de comportamentos de uma cambada de arregimentados.

Quem assiste a jogos no Dragão sabe perfeitamente que o ambiente que lá se verifica não existe em nenhum outro campo do país. A pressão e a intimidação praticadas condicionam a arbitragem e os adversários. Os jogadores de campo e o banco do FC Antas, juntamente com o público, é que arbitram o jogo.

Texto de Leão do Norte

publicado às 03:02

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 23.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-Estoril Praia

Árbitro: Hélder Malheiro
Assistentes: Pedro Mota e Rui Cidade
4.º árbitro: Ricardo Baixinho
VAR: Hugo Miguel 
AVAR: Ricardo Santos

Moreirense FC-FC das Antas

Árbitro: Luís Godinho
Assistentes: Rui Teixeira e Valter Rufo
4.º árbitro: Miguel Nogueira
VAR: Vítor Ferreira
AVAR: Nélson Cunha

Boavista FC-SL Benfica

Árbitro: Rui Costa
Assistentes: Nuno Manso e João Bessa Silva
4.º árbitro: Carlos Macedo
VAR: Gustavo Correia
AVAR: Inácio Pereira

Verifica-se que João Pinheiro foi premiado pela "obra" do Dragão, ao ser nomeado para mais um jogo na I Liga, neste caso o Gil Vicente - Belenenses SAD.

Luís Godinho, VAR no Dragão, volta a trabalhar no relvado com os azuis e brancos, pela visita destes a Moreira de Cónegos.

Já Tiago Martins, afastado da I Liga desde o fiasco em Barcelos, também volta ao centro do terreno para trabalhar o Tondela - SC Braga.

publicado às 17:15

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 22.ª jornada da Liga Bwin:

FC Porto-Sporting CP

Árbitro: João Pinheiro
Assistentes: Tiago Costa e Luciano Maia
4.º árbitro: Fábio Melo
VAR: Luís Godinho
AVAR: Rui Teixeira

Desta vez, o Conselho de Arbitragem esperou até quase à última para anunciar a equipa de arbitragem para o clássico de sexta-feira, no Dragão.

Veremos a conduta de João Pinheiro, especialmente no que diz respeito à enorme pressão que vai originar da bancada e, como sempre, do banco portista.

Até tinha uma boa impressão deste árbitro, mas desapontou-me, como VAR, ao assinalar a muito discutível grande penalidade no jogo com o SC Braga, que acabou por transformar completamente a partida que resultou na derrota do Sporting.

publicado às 03:48

A título de curiosidade

Rui Gomes, em 05.02.22

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 21.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-FC Famalicão

Árbitro: Vítor Ferreira 
Assistentes: Pedro Ribeiro e Nélson Cunha
4.º árbitro: Dinis Gorjão 
VAR: Bruno Esteves 
AVAR: Hugo Ribeiro

FC Arouca-FC Porto

Árbitro: Hélder Malheiro
Assistentes: Bruno Jesus e José Luzia
4.º árbitro: Ricardo Baixinho
VAR: Hugo Miguel
AVAR: Ricardo Santos

CD Tondela-SL Benfica

Árbitro: João Pinheiro
Assistentes: Tiago Costa e Luciano Maia
4.º árbitro: João Casegas 
VAR: António Nobre
AVAR: Nélson Pereira

Desde o jogo em Barcelos que temos vindo a prestar atenção ao percurso de Tiago Martins e, mais uma vez, verificamos que continua afastado dos relvados da I Liga. Esta jornada, nem como VAR foi nomeado.

publicado às 03:00

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos das meias-finais da Allianz Cup:

Sporting CP-CD Santa Clara

Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Pedro Felisberto
4.º árbitro: André Narciso
VAR: António Nobre
AVAR: Nélson Pereira

*** A ser disputado na quarta-feira, dia 26 de Janeiro.

SL Benfica-Boavista FC

Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Pedro Martins e Bruno Jesus
4.º árbitro: Hugo Silva
VAR: Tiago Martins
AVAR: Hugo Ribeiro

*** A ser disputado na terça-feira, dia 25 de Janeiro.

Verifica-se que Tiago Martins, desde Barcelos, continua afastado dos relvados na I Liga, mas, mesmo assim, já é a terceira vez em que surge como VAR, e ainda por cima no jogo do seu clube de simpatia.

publicado às 03:30

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 19.ª jornada da Liga Bwin:

Sporting CP-SC Braga

Árbitro: Hugo Miguel
Assistentes: Rui Teixeira e Ricardo Santos
4.º árbitro: David Silva
VAR: João Pinheiro
AVAR: Tiago Costa

FC Porto -FC Famalicão

Árbitro: Rui Costa
Assistentes: Nuno Manso e João Bessa Silva
4.º árbitro: Cláudio Pereira
VAR: Gustavo Correia

FC Arouca-SL Benfica

Árbitro: Nuno Almeida
Assistentes: André Campos e Pedro Felisberto
4.º árbitro: Miguel Nogueira
VAR: André Narciso
AVAR: Paulo Brás
AVAR: Inácio Pereira

Verifica-se que Tiago Martins continua afastado do relvado em jogos da I Liga. Já fez de VAR em dois jogos e hoje surge como árbitro no Leixões - Chaves, da II Liga.

Um cínico diria que o senhor Rui Costa foi bem escolhido para a recepção do FC Porto ao Famalicão. Fortes probabilidades do clube do Norte voltar a jogar parte desta partida em superioridade numérica, para somar aos 279 minutos que já amealharam neste contexto, esta época.

publicado às 16:45

Conselho Arbitragem_Profissional.jpg

Nomeações da Secção Profissional do Conselho de Arbitragem da FPF para os jogos da 18.ª jornada da Liga Bwin:

FC Vizela-Sporting CP

Árbitro: Fábio Veríssimo
Assistentes: Pedro Mota e Pedro Martins
4.º árbitro: David Silva
VAR: António Nobre
AVAR: Nélson Pereira

B SAD-FC Porto

Árbitro: Manuel Mota
Assistentes: Jorge Fernandes e Nuno Eiras
4.º árbitro: Iancu Vasilica
VAR: Tiago Martins
AVAR: Hugo Ribeiro

SL Benfica-Moreirense FC

Árbitro: Rui Costa
Assistentes: João Bessa Silva e Carlos Martins
4.º árbitro: João Afonso
VAR: Bruno Esteves
AVAR: Rui Teixeira

Fábio Veríssimo não será dos piores árbitros, mas é sempre imprevisível, especialmente na vertente disciplinar.

Verificamos que Tiago Martins ainda não regressou ao relvado desde o fiasco em Barcelos, mas cá está ele novamente como VAR, onde a sua incompetência também se manifesta.

publicado às 04:02

Sporting ataca arbitragem

Rui Gomes, em 12.01.22

Miguel Braga, Responsável de Comunicação do Sporting, no programa Raio-X da Sporting TV, adiantou várias críticas, considerando que "Não foi um fim-de-semana feliz para a arbitragem".

Miguel Braga questiona os critérios aplicados nos três jogos dos 'grandes' em situações que considera semelhantes: a expulsão de Daniel Bragança, no Santa Clara-Sporting (dirigido por Rui Costa, com Luís Ferreira no VAR), lances que envolveram Otamendi, Everton ‘Cebolinha’ e Denilson Jr., no Benfica-P. Ferreira (Vítor Ferreira foi o árbitro e Luís Godinho o vídeo-árbitro), e ainda outro momento que teve Mbemba como protagonista, no Estoril-FC Porto  (arbitragem de António Nobre, com Artur Soares Dias no VAR).

apito.jpg

"Não pode existir dualidade de critérios em jogos diferentes. Ora, no jogo do Benfica vimos uma gritante dualidade de critérios com o mesmo árbitro, no mesmo jogo, na mesma parte. Ou seja, não foi para o intervalo, comeu uma laranja que lhe caiu mal e depois teve outro critério. Não. Foi tudo nos mesmos 45 minutos, três lances com três critérios diferentes. E, se formos comparar com o lance do Daniel Bragança, faz ainda mais confusão. Um árbitro não pode ter uma atitude à sexta-feira, outra ao sábado e outra ao domingo. Isto não faz bem ao futebol. Pior ainda, mais difícil de explicar, volto a dizer, é o mesmo árbitro, no mesmo jogo, na mesma parte ter com as duas equipas critérios diferentes. E foi isso que vimos no jogo do Benfica. Se o lance do ‘Cebolinha’ e o do Otamendi são vistos como meros lances casuais, faz-me muita confusão que o do Paços de Ferreira seja visto como expulsão".

"Parece que o regresso do público provocou no sector da arbitragem a ânsia de expulsar por estes contactos quase normais no futebol. Faz-me a maior confusão que se expulse com esta facilidade e ainda mais a falta de critério ou dualidade de critérios. Quem pode e deve contribuir para a verdade desportiva é o sector da arbitragem, e o que aconteceu este fim-de-semana não nos leva a dizer isso".

"Naquela entrada do Mbemba não houve sequer amarelo; no lance do Daniel Bragança houve expulsão. São ambos pisões… É uma boa discussão. Os vários players do futebol deveriam falar sobre isto abertamente com a arbitragem para se perceber que não podemos diabolizar certos lances e a expulsar jogadores por dá cá aquela palha. Tem sido muito normal as equipas não acabarem com onze o que, em si mesmo, é anormal".

A intervenção dos diferentes vídeo-árbitros nos lances em questão, segundo Miguel Braga, não foi uniforme.

"Mais uma vez, tem a ver com o critério. O que vimos neste fim-de-semana foi a ausência de critério de jogo para jogo e, mais grave, num jogo apenas, vimos esse critério mudar consoante a equipa que sofreu ou que fez a falta. Não faz bem à arbitragem em Portugal.

Em 17 jogos, o Benfica tem menos 20 cartões amarelos do que o Sporting. E se olharmos para estes dois lances começamos a perceber o porquê desta disparidade ao fim da primeira volta, entre dois clubes que estão a lutar pelos primeiros lugares".

O Estoril-FC Porto ficou marcado por um golo anulado a Rui Fonte, aos 63 minutos, que teria resultado no 3-1 para os canarinhos, por alegada falta de Gamboa sobre Evanilson. Miguel Braga entende que a decisão foi errada e insiste que em Portugal os árbitros apitam em demasia, ou sem critério.

"Relativamente ao jogo do FC Porto, o lance mais caricato será o do golo anulado ao Estoril. E o golo é anulado por uma faltinha. É no mínimo perigoso começarmos a marcar as faltinhas que existem ao longo de um jogo. Vamos ficar atentos e ver como é que o Pepe e o Fábio Cardoso defendem nos cantos do FC Porto, por exemplo. Será que vamos então passar a marcar as faltinhas todas?... Parece-me um total disparate nós alinharmos o nosso futebol por estas faltinhas. O golo na minha opinião é limpo. Aquilo não é uma falta, é uma faltinha. Não faz nenhum sentido, ainda para mais com o apoio do vídeo-árbitro, o árbitro anular o golo daquela forma, por aquela faltinha".

A propósito do jogo com o Santa Clara...

"O que vimos infelizmente neste fim-de-semana foi quase um caos. Porque no jogo do Sporting tivemos um árbitro que apitou muitas vezes mas o crime compensou, no sentido em que as faltas do Santa Clara na primeira parte não valeram sequer um único cartão amarelo, apesar das repetições. Ao Sarabia, que eu tivesse contado, há pelo menos duas estaladas, ou uma estalada e uma cotovelada, obviamente sem querer mas que lhe acertam, e não são sancionadas pelo árbitro. Se eu não vir amarelo de cada vez que faço uma falta, passo o jogo todo a fazer faltas e impeço o meu adversário de atacar. Isto é uma estratégia como outra qualquer mas os árbitros, para estratégias menos claras, deviam estar cá para ajudar o futebol e o espectáculo desportivo, e não me parece que tenha sido isso que aconteceu".

A verdade desportiva e a classificação...

"Acabarmos a primeira volta com estes casos, com expulsões, critérios diferentes, golos limpos anulados…  Já custa muito olhar para a verdade desportiva e para a verdade da classificação. E se pensarmos ainda nos jogos contra nove e coisas do género, que já aconteceram nesta primeira volta, interrogámo-nos onde estará essa verdade ou, pelo menos, onde estarão as pessoas que lutam por essa verdade desportiva, que fazem falta especialmente ao futebol português".

publicado às 03:17

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2016
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2015
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2014
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2013
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2012
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D




Cristiano Ronaldo