Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Foto do dia

Rui Gomes, em 03.03.20

88160754_10156614986406923_825738845982031872_n.jp

Evelise Veiga - Campeonatos de Portugal

Medalha de Ouro - Salto em comprimento - 6,48 metros

publicado às 04:01

Foto do dia

Rui Gomes, em 02.03.20

21707085_Pj2z8.jpeg

1.º Olímpia Barbosa (8"48) - 2.º Catarina Karas (8"59) 60 metros barreiras

Campeonatos de Portugal em pista coberta

publicado às 02:32

Isto também é o Sporting

Rui Gomes, em 26.02.20

publicado às 05:01

Leoas vencem Campeonato Nacional de Atletismo em pista coberta pela 10.ª vez consecutiva

"Benfica sabe que perde e sai de campo"

Rui Gomes, em 24.02.20

87511219_3020309674670425_7467058488162648064_o.jp

O director técnico do atletismo do Sporting, Carlos Silva, criticou este domingo a ausência do Benfica das finais do campeonato nacional feminino de clubes em pista coberta, que as 'leoas' venceram pela 10.ª vez consecutiva:

"Apenas como amante da modalidade, a ausência do Benfica cabe aos seus responsáveis. Colocando-me como participante, não é explicável. É uma estratégia que o Benfica usa para querer denegrir a vitória dos outros: como normalmente sabem que perdem, saem de campo e isso não é desporto".

O Sporting sagrou-se campeão do sector feminino com 100 pontos, contra 82 do Sporting de Braga e 66 da Juventude Vidigalense, num evento que voltou a contar com a ausência do Benfica 11 anos depois, por ter alinhado com menos de sete atletas no apuramento.

"A nossa equipa feminina continua a dar cartas e a renovar alguns sectores. Tivemos resultados muito fortes no fim de semana. Talvez passou um pouco despercebido, mas a marca dos 4x400 [3.37,70 minutos] é um recorde nacional de clubes", destacou Carlos Silva.

Numa "fase diferente" surgiu a formação masculina, que somou 90 pontos, mais 36 que o Sporting de Braga, no derradeiro lugar do pódio, mas foi impotente para travar a terceira conquista consecutiva das 'águias', expressa em 101 pontos.

"Apresentámo-nos de forma bastante digna e competitiva. Perdemos quase ao ponto em cada prova e tivemos muito boas representações, mas estamos numa fase de gestão e o resultado é este. O adversário é muito forte, mas temos de nos preocupar connosco", rematou.

O Sporting arrecadou treze das 26 competições, três em masculinos e dez em femininos, face aos dez triunfos do Benfica nos homens e às três conquistas por parte do Sporting de Braga nas mulheres.

As fases finais dos Nacionais em pista coberta, a mais importante competição colectiva do atletismo português, repartiram 32 equipas de 22 clubes em duas divisões e decorreram desde sábado no Altice Fórum, em Braga.

Reportagem Lusa

publicado às 03:33

Mais títulos no atletismo

Rui Gomes, em 16.02.20

86696183_10156578079246923_2240343645553164288_n.j

As equipas feminina e masculina de juniores sagraram-se

Campeãs Nacionais de Pista Coberta.

Parabéns leões!

publicado às 16:34

1_42.jpg

Teve lugar este sábado, no Complexo Desportivo do Jamor, em Oeiras, o Campeonato Nacional de atletismo de estrada, prova que consagrou o Sporting CP como tetracampeão em seniores femininos e, ainda, vencedor das provas de juniores femininos e masculinos.

Tanto em equipas como a título individual, o emblema de Alvalade dominou por completo a prova de seniores femininos ao colocar quatro atletas nos quatro primeiros lugares da prova, com Carla Salomé Rocha a sagrar-se campeã nacional com o tempo de 32’49’’, seguida de Jéssica Augusto (33’15’’), Sara Catarina Ribeiro (33’27’’), que tinha alcançado o primeiro lugar na temporada passada, e, ainda, Ana Mafalda Ferreira, que terminou os 10 km do percurso com a marca de 34’14’’.

Parabéns a todos!

publicado às 03:46

Foto do dia

Rui Gomes, em 18.12.19

80316778_10156468689706555_6257563974980599808_o.j

Leoas do atletismo na Gala Honoris Sporting

publicado às 06:02

ea_v2.jpg

Patrícia Mamona, segunda no triplo salto, e Irina Rodrigues, quarta no lançamento do disco, pontuaram bem para a seleção da Europa, no encontro de atletismo com a selecção dos Estados Unidos, que decorre em Minsk.

Únicas representantes lusas no 'The Match', depois de Nelson Évora e Pedro Pablo Pichardo terem declinado o convite, estiveram ambas a muito bom nível, sendo Mamona a melhor europeia em prova e Irina a segunda, apenas atrás da croata Sandra Perkovic, bicampeão olímpica e mundial, que triunfou.

Mamona abriu o concurso com 14,21 metros, marca que não superou depois, registando ainda mais três saltos acima dos 14,00 metros, além de dois nulos, contribuindo assim sete pontos para a selecção continental.

No disco, Irina Rodrigues lançou a 60,87 metros, ao terceiro ensaio, o que lhe garantiu o acesso aos ensaios finais do concurso. Para a selecção, deu cinco pontos.

publicado às 02:30

68278180_1265676586927615_7111855870920622080_o.jp

Portugal terminou o primeiro dia do Campeonato da Europa das Nações na liderança da Primeira Liga, empatado com a Hungria, graças à vitória de Irina Rodrigues na prova de lançamento do disco.

A atleta do Sporting CP venceu a prova com a marca 58,16 metros, conseguida ao terceiro ensaio.

"Cumpri o objectivo, estou contente por isso. Mas gostava que tivesse sido uma marca melhor".

Nas provas de velocidade, nenhum português foi eliminado com Ricardo dos Santos (47,14 segundos) e Cátia Azevedo (52,72) a assegurarem a presença na final dos 400 metros, tal como Vera Barbosa (56,96) e Ricardo Lima (52,51) a passarem as eliminatórias dos 400 metros barreiras.

publicado às 04:01

img_920x519$2019_07_28_21_41_08_1582326.jpg

Sporting, em femininos, e Benfica, em masculinos, revalidaram este domingo os títulos de campeões nacionais de clubes de atletismo, cuja final decorreu este fim de semana em Leiria.

Em ambos os casos, o triunfo eleva para 9 títulos a série vitoriosa, sem que mais nenhum emblema se tenha intrometido na discussão dos primeiros lugares colectivos.

No sector masculino, o Benfica chegou aos 162 pontos, contra 151 do Sporting. Na luta pelo 'bronze' as bracarenses foram bem mais fortes do que a Juventude Vidigalense, de Leiria - 105,5 e 92 pontos.

No sector feminino, o destaque individual é também para o triplo salto, com a campeã Patrícia Mamona, do Sporting, a resolver a questão com 14,10 metros. Mais ninguém conseguiu sequer passar os 13 metros.

8m1a0985.jpg

Nota muita positiva também para a benfiquista Marta Pen, a fazer a 'dobradinha' no meio-fundo - depois dos 1.500 metros no sábado, agora os 3.000 metros, em 9.21,55.

Também com 'dobradinha', a 'leoa' Lorene Bazolo, campeã nos 200 metros em 23,67, depois de ter sido vitoriosa no sábado em 100 metros.

Outras vitórias sportinguistas passaram por Olímpia Barbosa (13,80 nos 100 metros barreiras), Salomé Afonso (2.11,58 nos 800 metros), Marta Onofre (4,10 no salto com vara), Vera Barbosa (57,27 nos 400 metros barreiras), Auriol Dongmo (17,49 no peso), Cláudia Ferreira (50,69 no dardo) e a estafeta de 4x400 metros (3.40,98).

publicado às 03:32

img_920x519$2019_07_21_21_16_02_1579200.jpg

O Sporting CP foi o grande dominador dos Campeonatos de Portugal de atletismo, que terminaram este domingo, ao conquistar mais de metade dos 40 títulos que estavam em disputa. Depois de terem vencido 11 dos 20 ouros disponíveis na sessão de sábado, os leões somaram mais 12 títulos no segundo dia, nove dos quais no setor feminino

Numa das mais aguardadas provas do fim de semana, Patrícia Mamona conquistou pela 11.ª vez o ouro no triplo salto, com uma marca de 14,40 metros, seguida da colega do Sporting Eveline Veiga (14,24), que no sábado se tinha sagrado campeã no salto em comprimento.

Depois da vitória nos 100 metros no sábado, Lorene Bazolo (Sporting) venceu também sem surpresa nos 200 metros, com 23,63 segundos, com Vera Barbosa, após um ano de ausência para ser mãe, a vencer os 400 metros barreiras, com 56,82 segundos.

Pode verificar todos os vencedores aqui.

Parabéns a todos os atletas e especialmente ao grupo leonino.

publicado às 04:04

65586670_2514441231923941_2375382755983753216_n.jp

A Federação Portuguesa de Atletismo emitiu uma nota oficial no site, onde dava conta da revisão do Campeonato de Esperanças em femininos. Em causa estava a participação de atletas estrangeiras pelo Benfica, equipa que se viria a sagrar campeã nacional.

O Sporting CP vai ser declarado campeão, depois de a FPA rever os resultados da prova disputada em Vagos a 22 e 23 de Junho e retirar o título ao Benfica.

Na base da decisão, tornada pública esta quinta-feira, está a retirada de pontos nos 100 e 200 metros ao Benfica pela vitória da equatoriana Gabriela Anahi Suarez, que ainda não tinha cumprido o período de 12 meses sem competir nos campeonatos do Equador ou representar a seleção (artigo 6.2) do Regulamento Geral de Competições da FPA).

Com apenas sete pontos de diferença entre Benfica e Sporting, a perda destes resultados leva à mudança de posições entre primeiro e segundo, com as 'leoas' a evitarem assim a 'dobradinha' do clube rival.

publicado às 06:48

66268225_10156044354586923_6814522204210855936_o.j

Os nossos leões do atletismo são Campeões Nacionais de juniores masculinos e femininos, conseguindo assim o pleno no escalão e o acesso à Taça dos Clubes Campeões Europeus.

Parabéns a todos os jovens leões! 

publicado às 17:15

Foto do dia

Rui Gomes, em 08.06.19

62381763_10155977014206923_8268968533463924736_o.j

Tiago Pereira classificou-se em terceiro no Meeting de Saltos de Kalliteha, na Grécia. No triplo salto, o atleta do Sporting fez a sua melhor marca do ano com 16,40 metros.

publicado às 04:16

61654475_10155951641806923_6080563381960441856_n.j

O Sporting falhou este domingo o tri na Taça dos Clubes Campeões Europeus de pista de atletismo, ao terminar em 2.º lugar em femininos, atrás do Enka, da Turquia, enquanto o Benfica foi terceiro em masculinos.

A apreensão que foi manifestada no final do primeiro dia pelo director técnico das 'leoas' confirmou-se, porque o Sporting não foi tão forte na velocidade (Lorene Bazolo foi quinta nos 200 metros, com 23,73 segundos) nem nos 100 metros barreiras (Olímpica Barbosa, vencedora em 2018, foi agora quinta, com 13,88 segundos), baixou no peso (Jessica Inchude foi quarta com 16,99 m), no martelo (Vânia Silva foi sexta, com 57,06 m), e manteve-se na altura (Anabela Neto, quinta, com 1,73 m).

No capítulo dos melhores resultados, Patrícia Mamona venceu o triplo salto, com 14,26 metros, marca de qualificação para os Mundiais e apenas a seis centímetros dos mínimos para Tóquio, e Jéssica Augusto teve um expressivo triunfo nos 5.000 metros (15.54,51, melhor marca do ano).

img_920x518$2019_05_26_20_59_12_1553078.jpg

A estafeta de 4x400 metros, com o quarteto composto por Filipa Martins, Dorothé Évora, Noelie Yarigo e Cátia Azevedo, venceu com 3.34,29 minutos (melhor marca nacional de sempre de clubes). Não menos importante foi o terceiro lugar de Salomé Afonso nos 1500 metros (4.18,13).

Mas as turcas do Enka foram mais homogéneas, não ficando só nos três primeiros lugares individuais em duas provas, enquanto as espanholas do Valência, com uma segunda jornada melhor, terminaram no terceiro lugar, mas a 25 pontos das portuguesas.

Descem ao grupo B as equipas do JKU, da Finlândia, e do Atletica Studentesca, de Itália, por troca com as eslovenas do Mass Ljubljana (vencedoras do Grupo B) e das holandesas do Rotterdam Atletiek.

publicado às 03:48

Foto do dia

Rui Gomes, em 20.04.19

 

57471804_10155867472771923_8739106498476507136_o.j

DIANA ALMEIDA - Atletismo (meio fundo e corta mato)

 

publicado às 04:00

Foto do dia

Rui Gomes, em 11.03.19

 

_ale3250-min.jpg

_ale3196-min.jpg

Equipas feminina e masculina conquistaram o ouro

no Campeonato Nacional de Corta-mato

 

publicado às 03:02

 

 

Pela primeira vez na história, o Sporting CP venceu em simultâneo o título feminino e masculino por equipas no Campeonato Nacional de Juniores em Pista Coberta, que teve lugar em Braga, nos dias 23 e 24 de Fevereiro.

 

Estes atletas rugiram bem alto e mostraram a força do Leão!... Orgulho!!

 

Dois recordes nacionais batidos:


Salto em Altura - Gerson Balde: 2,14 metros


Estafeta 4x400 metros - Tomás Gonçalves, Omar Ekhilb, Nuno Pereira e Leandro Fevereiro: 03’21’’09.

 

Parabéns a todos os jovens atletas!

 

publicado às 19:37

 

220px-Glasgow_2019_European_Athletics_indoor_Champ

 

Portugal qualificou 13 atletas os campeonatos europeus de atletismo de pista coberta, se realizam em Glasgow, de 1 a 3 de Março, e cujo período para obtenção de marcas de apuramento terminou esta quarta-feira.

Cumpridas as várias etapas de qualificação, Portugal viu cinco mulheres e oito homens conseguirem a qualificação para esta competição de Inverno.

 

A equipa portuguesa é liderada pelos mais experientes triplistas Nelson Évora, bicampeão europeu (2015 e 2017) e que tentará um inédito tri, e Patrícia Mamona, vice-campeã em 2017. O sector mais representado é o da velocidade e barreiras (seis atletas), seguido dos saltos (três).

 

De fora da qualificação, ficaram os saltadores Ivo Tavares, Marcos Chuva, Evelise Veiga (comprimento) e Diogo Ferreira (vara), os velocistas Diogo Antunes (60 m) e Ricardo dos Santos (400 m), e há ainda o caso de Raidel Acea, nascido em Cuba e naturalizado português na mesma altura de Pedro Pichardo, mas que tem de aguardar autorização da Federação Internacional para poder competir por Portugal.

 

O Sporting é o clube que tem mais atletas qualificados (nove).

 

athletics-general-view-emirates-arena-glasgow-indo

The Emirates Arena - Glasgow

 

Portugueses qualificados para os Europeus:

 

Femininos:

 

60 metros, Lorene Bazolo (Sporting), 7,30 segundos.

400 metros, Cátia Azevedo (Sporting), 53,53 segundos.

60 m barreiras, Olímpia Barbosa (Sporting), 8,24 segundos.

Triplo, Patrícia Mamona (Sporting), 14,46 metros.

Triplo, Susana Costa (Academia Fernanda Ribeiro), 14,13 metros.

 

Masculinos:

 

60 metros, Carlos Nascimento (Sporting), 6,69 segundos.

60 metros, Ancuian Lopes (Sporting), 6,72 segundos.

1.500 metros, Paulo Rosário (Sporting), 3.43,37 minutos.

1.500 metros, Emanuel Rolim (Benfica), 3.43,38 minutos.

60 m barreiras, Rasul Dabo (Sporting), 7,88 segundos.

Triplo, Nelson Évora (Sporting), 16,77 metros.

Peso, Francisco Belo (Benfica), 20,90 metros.

Peso, Tsanko Arnaudov (Benfica), 20,21 metros.

 

publicado às 15:30

 

img_920x519$2019_02_17_18_51_15_1506850 (2).jpg

 

A equipa feminina de atletismo do Sporting sagrou-se este domingo campeã nacional de clubes de atletismo em pista coberta.


O Sporting, que ganhou assim pela nona vez consecutiva e pela 24.ª em 26 edições, somou 99 pontos, contra 85 do Benfica, depois de vencer em quatro das sete provas da segunda jornada.

 

Em masculinos, os encarnados, que traziam uma vantagem de oito pontos sobre os leões do primeiro dia, ampliaram a margem para 12, totalizando 100, graças às vitórias em cinco das seis provas do dia (perderam apenas os 800 metros).


O Juventude Vidigalense foi terceiro tanto em masculinos como em femininos, com 66,5 e 66 pontos, respectivamente.

 

publicado às 03:46

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D




Cristiano Ronaldo