Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O fim !

Ricardo Leão, em 23.06.18

 

21075672_j4LWQ.jpeg

 

Já passaram mais do que 5 anos. Adeptos e detractores do que por aqui escrevemos estarão certamente unidos em algo: de que fomos os primeiros a denunciar quem era Bruno Azevedo de Carvalho. Fizemo-lo 100% convictos de que, infelizmente, tinhamos razão: estávamos perante alguém que se aproveitou desde o primeiro dia do Sporting e da boa fé das suas gentes.

 

Não lhe demos tréguas. Não porque tivessemos algo de pessoal contra Bruno Miguel, personagem que não conhecemos sequer pessoalmente, mas sim porque nos apercebemos desde muito cedo quem Carvalho era e ao que vinha. 

 

Fomos "eleitos" por Carvalho como a verdadeira oposição, à falta de oposição real que se visse. Fomos marcados, insultados, perseguidos, impedidos administrativamente de votar.

 

Contrariamente a outros (os sportinguistas que acordaram tarde) não somos da opinião que Azevedo de Carvalho tenha tido um bom primeiro mandato e se tenha "perdido" no segundo. Bruno Miguel foi assim desde sempre. Fez tudo mal? Não! Teve uma ou outra decisão boa, mas sempre numa lógica de afirmação de poder pessoal e de combate contra "moinhos de vento" e contra os "inimigos" que encontrava ou fabricava a cada esquina.

 

Mais do que 5 anos depois o universo sportinguista descobriu aquilo que, para nós, foi desde sempre uma evidência: Bruno Azevedo de Carvalho não era digno de ocupar as funções de presidente do Sporting Clube de Portugal.

 

Hoje este mesmo sentimento será confirmado nas urnas. Este é um dia especial. O dia em que Bruno Miguel e seus sequazes serão inapelavelmente afastados do poder e a sua expressão eleitoral reduzida a menos de 20% dos votantes.

 

Como escrevemos em Dezembro de 2017: "Azevedo de Carvalho não cresceu como pessoa nem nunca soube perceber a exigência necessária para se ser presidente de um clube como o Sporting Clube de Portugal. Eleito por uma grande maioria, que lhe permitiria actuar de outra maneira relativamente a todos quantos (e agora são cada vez mais) dele discordaram, age freneticamente como um hamster encurralado numa gaiola. Sairá dela pela porta pequena. A história é impiedosa para os falhados."

 

Mas tão ou mais importante do que derrotar Negan Carvalho y sus muchachos do Conselho Directivo é derrotar o seus "exército", os seus "salvadores", ou seja, todos aqueles que o apoiaram "porque sim" e que foram a sua tropa de elite. Uma verdadeira brigada de ressabiados, iletrados e incapazes mentais, muitos deles biscateiros, que o seguiram incondicionalmente e que perseguiram todos quantos se lhe opunham.

 

Estes sequazes não são nem nunca foram verdadeiros Sportinguistas e tanto estão hoje no Sporting como poderiam estar amanhã num qualquer outro clube rival desde que Bruno Miguel, ou um similar tiranete, lá estivesse. É este tipo de gente que também vai ser derrotada.

 

Derrotada mas não vencida definitivamente. Esse é um combate para os anos vindouros mas que estou certo que os verdadeiros Sportinguistas vencerão, a bem da verdade.

 

Viva o Sporting Clube de Portugal!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:20

Detidos acusam Bruno Azevedo de Carvalho

Ricardo Leão, em 01.06.18

 

21045015_R3GT5.jpeg

 

Antes de mais, é importante reconhecer que a reportagem é da revista Nova Gente, e tudo o que isso implica, pela natureza da publicação. Não é, obviamente, a fonte noticiosa mais desejada para reportar um assunto de tão enorme importância e, como tal, é perfeitamente expectável que a informação adiantada seja recebida por todos nós com uma boa dose de cepticismo.

 

Contudo, considerando os recém-acontecimentos, não se deixa de questionar se o artigo não reflecte o que muitos de nós já tínhamos pensado, sem o afirmar publicamente:

 

"A verdade, vinda da cadeia de Caxias, é clara: quem mandou dar um "apertão" aos jogadores foram o presidente do Sporting e o ex-líder da claque leonina. Porém, não correu como planeado...".

 

Vale o que vale, mas quer se queira quer não, obriga a certa reflexão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:59

O senhor das trevas

Ricardo Leão, em 16.05.18

capa_jornal_i_15_05_2018.jpg

 

Desde o primeiro dia que "lhe descobrimos a careca". Por outras palavras "tirámos a pinta" ao "exemplar". Havia ali "algo" que não batia bem. O intenso cheiro a ranço, ainda que em fase precoce, já se fazia sentir. Eles eram os investidores russos, os 30 milhões que iam entrar de imediato, as contratações fantásticas que nunca surgiram... Depois foi o natural desenvolvimento de um estado de putrefacção que a natureza acaba sempre por relevar por muito perfume que se coloque em cima da iguaria.

 

Fomos insultados, ameaçados, devassados, acusados dia após dia de sermos meros francos atiradores. Resistimos estes anos todos, sempre na escassa companhia de um pequeno grupo de leões conscientes porque sabíamos que, infelizmente, tínhamos razão. O Sporting estava (e ainda está..) entregue a um maluco.

 

Ontem, os inacreditáveis acontecimentos de Alcochete trouxeram ao de cima e revelaram à saciedade a verdadeira natureza do exemplar. Incapaz de compreender a realidade, passou, de há muito, a um outro mundo onde o sofrimento humano se conjuga com o do demónio. Mas, mais grave do que viver no sub-limbo da sociedade, é querer arrastar consigo, nesse mergulho nas mais profundas trevas, gente sã que nunca fez mal ao mundo.

 

A Azevedo de Carvalho só é possível dar um destino: a perpetuação no abismo de onde nunca devia ter sequer ousado sair. Mas que vá sozinho e que de lá não saia nunca mais! E que o exemplo dos "Azevedos de Carvalho" desta vida sirva, com um elevadíssimo custo, é certo, a todos os leões de Portugal. Há caminhos que nunca, mas nunca, se podem voltar a fazer.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:33

 

20901516_jOP6S.jpg

 

Octávio Machado arrasou Azevedo de Carvalho. "Este presidente caiu no ridículo e está a prejudicar o clube e os seus adeptos. Todos os dias recebo mensagens de chacota a nível nacional. Estou farto, não quero aturá-lo e não contem comigo para defender este falhado ", revela, em entrevista publicada na revista TV Guia.
 
"Este homem está doente e tem um problema grave. Eu sei que tem, acreditem", diz Octávio Machado, que acrescenta: "Bruno de Carvalho está a praticar uma política de terra queimada. Só pensa nele, no dinheiro que pode ganhar com o Sporting e está de tal maneira cego que não percebeu como, nas últimas semanas, prejudicou o clube e os seus adeptos.
 
Octávio revela também ter abdicado de "muito dinheiro" e de "muitas coisas boas" nos leões para "abandonar este homem", porque "não estava para o aturar". "Quem atira sistematicamente baldes de gelo aos seus colaboradores mais próximos não tem futuro. É um falhado na sua vida. Aliás, ele próprio já disse que o clube o reabilitou para a vida. Antes de chegar ao Sporting era pouco mais do que zero. Quando sair nunca terá emprego. Tem ciúmes de tudo e de todos. Só pensa nele, só quer dinheiro para viver", remata.
 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

Devia mas era estar calado

Ricardo Leão, em 24.02.18

 

20901061_SJg7v.jpg

 

"Eu gosto de pessoas com nível, com educação"


Bruno Azevedo de Carvalho neste programa

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:45

Baixo nível

Ricardo Leão, em 16.01.18

 

 

BRUNO DE CARVALHO ARRASA RODOLFO REIS: «QUEM FOI ALMOÇAR COM JORGE JESUS E LAMBER-LHE O RABO FOSTE TU»

 

Desde há cinco anos a esta parte, sob pretexto da defesa do Clube (para se pretensamente defender o Sporting é preciso recorrer aos insultos e ao calão?), o ainda presidente Azevedo de Carvalho procedeu a um sistemático abaixamento de linguagem em sede do padrão comportamental e educacional, sempre presente nos anteriores presidentes do Sporting. O seu post de hoje no Facebook - mais um - é apenas um exemplo.

 

Depois do episódio das nádegas e da "estória" da gala, agora vem o respectivo seguimento... 

 

Do visado recebeu apenas um riso de desprezo.

 

Quando se pensa que é impossível descer mais baixo cá podemos sempre contar com Azevedo de Carvalho a recordar-nos que assim não é! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:46

O "grande espaço de oposição" agradece !

Ricardo Leão, em 14.12.17

 

 

Não precisamos, nem nunca precisámos de publicidade, mas Azevedo de Carvalho, desesperado, teima em nos dar "de borla". Educadamente (saberá ele o que é isso?) agradecemos ao Bruno Miguel a deferência. Afinal de contas ele é o nosso leitor número 1, dia após dia, 365 dias por ano. O que seria de Carvalho sem este espaço crítico que, desde cedo, nós representamos?

 

Quanto ao encarnado por cá é cor de que não gostamos. Azevedo sabe-o bem mas gosta de jogar ao "faz de conta". No fundo é mais fácil criar fantasmas e tentar continuar a iludir os sócios e os adeptos do que responder com verdade às inúmeras dúvidas que existem sobre o seu desastroso consulado à frente do Sporting, como o tempo se encarregará cabalmente de demonstrar. 

 

Azevedo de Carvalho não cresceu como pessoa nem nunca soube perceber a exigência necessária para se ser presidente de um clube como o Sporting Clube de Portugal. Eleito por uma grande maioria, que lhe permitiria actuar de outra maneira relativamente a todos quantos (e agora são cada vez mais) dele discordaram, age freneticamente como um hamster encurralado numa gaiola.

 

Sairá dela pela porta pequena. A história é impiedosa para os falhados.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:32

Bruno Miguel continua a bolsar

Ricardo Leão, em 17.11.17

 

20743866_H3IKF.jpg

 

Em passos largos, segundo muitos alegam, rumo à inimputabilidade, o nervosismo de Bruno Azevedo de Carvalho foi notoriamente crescente a partir do momento em que se começou a falar publicamente do tema das também alegadas comissões sobre jogadores. Dispara agora, furiosamente, contra tudo e contra todos sabendo, como sabe, que esta é mais uma batalha perdida. Não só porque esgrime sozinho contra "meio mundo" mas porque o faz desprovido de razão e de saber, e também, de uma forma inábil e manifestamente muito pouco inteligente. 

 

guerra de hoje é, de novo, contra um conhecido paineleiro, Rui Santos, que ousou criticar publicamente Carvalho. Ataca-o, destrata-o e, no fim, à boa maneira do "toca e foge", pede tréguas ou, nas suas palavras, um empate técnico. Carvalho sabe e sente que é cada vez mais um homem só, rodeado é certo de meia dúzia de "yes man", sendo que estes apenas permanecem ao seu lado enquanto a torneira não fechar. E claro, de um grupo de adeptos (são do Sporting?) que mais se assemelham ao pior do bas fond do rival da 2ª circular. Não é, aliás, sem motivo que os próprios membros dos órgãos sociais do clube evitam o mais possível conviver com Azevedo e o destratam amiúde em conversas particulares.

 

Carvalho revelou hoje os seus medos. Será por intermédio de um deles que o seu triste consulado chegará ao fim. Pobre Sporting quando acordar deste pesadelo!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:30

Ó Azevedo, isso é tudo medo ?

Ricardo Leão, em 16.11.17

 

20742588_Eno6Q.jpg

 

"Ontem foi um dia, como todos os outros em que estou disponível 24h sobre 24h para o Sporting CP, que começou às 8h e só terminou às 23h15. Não consegui, assim, responder a nenhuma das parvoíces que foram ditas.

 

Assim, faço-o hoje. Como costuma dizer-se, mais vale tarde que nunca.

 

Madeira Rodrigues, que dizem pelas redes ser o idiota que se esconde por detrás do nickname City Lion, do blogue de vermes Camarote Leonino, decidiu voltar a dar um ar da sua graça.

 

O homem do Sporting Clube de Carvalho, da ofensa a sócios cinquentenários, dos míseros 9%, deixou clara a diferença entre ser Sportinguista e ser um sportingado - o misto de sportinguista com aziado.

 

Este sonso, que na ultima AG disse que as eleições tinham acabado e que nunca o veriam a prejudicar o Clube, pasme-se, usa um dos piores dirigentes que passaram no nosso Clube, de seu nome Paulo Pereira Cristóvão, e suas calúnias absurdas para me atacar, denegrindo o meu nome e, com isso, o do Sporting CP do qual sou o Presidente.

 

Estes sportingados têm este processo natural de se agruparem em manada para atingir os seus objectivos: denegrir, caluniar, levantar suspeitas, criar ruído, seguir a cartilha do nosso rival. Tudo serve para tentar chegar ao poder de qualquer forma. É o vale tudo!

 

Mas quanto às suas insinuações:

 

1. É triste que um ex-candidato demonstre um desrespeito tão grande pelos Sportinguistas, a quem queria servir, que nem se deu ao trabalho de ler o meu programa eleitoral. No mesmo está escrito que vamos fazer auditorias ao nosso mandato. Por isso, escusa de vir este senhor pedir algo que irá ser feito por vontade minha e sufragado pelos associados;

 

2. Fala do timing entre as tristes intervenções de PPC e a sua expulsão, e que o mesmo levanta suspeitas que poderão ser verdadeiras apesar de não passarem de calúnias. Como paineleiro da TV e pessoa que se esforça para aparecer todos os dias, pois não o quiseram de volta ao antigo emprego, devia saber que estar informado faz parte das pessoas sérias e honestas intelectualmente. Se assim fosse poderia ter sabido que foi exactamente ao contrário.

 

Explico aos Sportinguistas:


A decisão de expulsar PPC foi tomada faz mais de um mês, e PPC sabe. E, se dúvidas existissem, a recusa constante de receber a carta que lhe comunicava isso, tendo sido a mesma já por várias vezes devolvida ao SCP, retira-as todas. E sim, é claro que alguém no Sporting lhe perguntou se não tinha recebido a notificação como qualquer pessoa normal. E, coincidência das coincidências (ironia), começou a debitar queixas e calúnias. Por isso, caro sonso, a sua "história" corresponde à sua personalidade:: vazia de conteúdo e de acerto.

 

E assim, um a um, os sportingados vão contribuindo para a estratégia dos nossos rivais de tirar da ordem do dia os vouchers, os emails, e todos os processos graves que estão a decorrer.

 

É triste demais, mas é verdade! A nossa casa ainda tem muitos vermes e, por isso, tem de ser desparasitada, cada vez mais e melhor."

 

In Facebook de Azevedo de Carvalho

 

Azevedo de Carvalho está a pedir um processo. Mais um. Este com um pedido de indemnização por danos reputacionais causados. Se insistir neste tipo de "vómito digital", no que me toca não perderá mesmo pela demora. Que vá chamar verme "ao raio que o parta"! O que consegue demonstrar à sociedade é que, no seu íntimo, sabe que o seu fim como presidente do Sporting está cada vez mais próximo. É só mesmo uma questão de (pouco) tempo. E, entretanto, vai mais uma expulsão? 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:48

Chegámos a isto...

Ricardo Leão, em 06.09.17


Felizmente Azevedo de Carvalho resume na perfeição a sua prestação ao afirmar:

"São todos intelectuais e eu é que sou um labrego". Touché!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:15

É fartar vilanagem !

Ricardo Leão, em 24.08.17

 

20605747_l0Aeb.jpg

 

O Sporting Clube de Carvalho é já uma poderosa realidade. Encabeçado pelo presidente Azevedo, coadjuvado pela directora Joana Ornelas (ambos de Carvalho) e agora, pasme-se, fazendo fé no blog Dia do Clube, alegadamente assessorado pela madrinha de casamento(!) desta última, a jovem Rita da Silva Luizo, mais uma sportinguista com "longo historial" de trabalho como, entre outros,  "hospedeira" em dias de jogos do Sporting em casa.

  

A novel Directora, mesmo em viagem, não terá perdido tempo ao se rodear rapidamente de duas novas assessoras para o seu Departamento não dando sequer tempo aos sportinguistas para saborearem a vitória de ontem, tal a velocidade posta nas contratações relâmpago que fez.

  

Desta feita, porém, o jornal Record, porta-voz oficioso do Sporting, não noticiou as novas contratações. Chefe é chefe e o respeitinho é uma coisa muito bonita! Fica, ao que parece, tudo em família. E em terra de cegos quem tem olho é rei! 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:45

Nova purga em Alvalade

Ricardo Leão, em 23.08.17

 

20603363_DNSSz.jpg

 

Como se já não bastassem os estragos antes provocados por Azevedo de Carvalho por causa das dezenas de pessoas que afastou ao longo do seu consulado, soube-se hoje que a sua novel mulher, alegadamente, vai pelo mesmo caminho. 

 

Joana Ornelas, agora de Carvalho, responsável desde há poucos dias pelo departamento de Business, Management e Public Affairs, há 5 anos no Sporting e não há 10 como, fantasiosamente, ontem o pasquim porta voz oficioso do Sporting noticiava, não terá resistido, de acordo com o Correio da Manhã,  à tentação de afastar possíveis rivais e fez a primeira vítima: Inês Alves Caetano, secretária pessoal de Bruno de Carvalho, que foi dispensada de todas as suas funções administrativas dentro do clube. 


Para além do enorme mal estar provocado dentro da estrutura leonina pela nomeação da nova directora, a quem a grande maioria não reconhece competência e experiência para o desempenho do novo cargo, a tendência revelada para a perseguição de quem lhe possa fazer frente provocou um crescente mal estar no seio dos funcionários do Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:47

Não ter a noção do ridículo

Ricardo Leão, em 04.02.17

 

capa_jornal_sol_04_02_2017.jpg

Azevedo de Carvalho no seu registo habitual em entrevista ao "Sol".

Quem é que pensa que convence? Patético.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:34

Ainda acredita no Pai Natal ?

Ricardo Leão, em 23.01.17

 

img_infografias$2017_01_23_10_25_03_1212265.jpg

Os "sucessos" da dupla Azevedo de Carvalho/ Jorge Jesus

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:40

 

20193293_Wz63y.jpg

 

Como seria de esperar, honrando a frase "quem com ferros mata com ferros morre", a blogosfera brunista, mesmo a assalariada, não foi de poucas medidas. Agora quer a cabeça do chefe. Para nós, infelizmente o dizemos, esta situação não é novidade já que, como é sabido, alertamos para a mesma quase há 4 anos.

 

Não se esperaria pois, por desnecessidade, que fossemos os primeiros a exigir a demissão antecipada de Azevedo de Carvalho e, naturalmente, a sua não recandidatura, pelo facto do projecto(???) que apresentou e para o qual gastou milhões de euros que nos pertencem, estar falido.

 

Outros, contudo, habituais defensores de Azevedo, foram rápidos a exigir o óbvio. Senão vejamos um exemplo que resume o estado de espírito da nação leonina:

 

"Bruno de Carvalho é o principal responsável ponto final!

 

- Agora a cereja no topo de bolo era este ridículo presidente despedir cobardemente Jorge Jesus e pagar uma indemnização choruda e assim salva a pele, vergonha esta época, deu total poder a Jorge Jesus no Sporting e quem se está a rir é o Orelhas que o despediu e continua a ganhar e não falem em arbitragens e que não sou sócio e que não posso opinar!

 

Quando saiu Marco Silva quem devia ter saido era Bruno de Carvalho!

 

Mais a frio amanhã falaremos sobre esta vergonha!"

 

Mas, para que melhor se perceba o tipo de "cultura de clube" que o triste consulado de Bruno trouxe ao Sporting, nada como citar um comentador habitual deste espaço que, em meia dúzia de palavras, tantas quantas a sua escassa capacidade intelectual o permite, resumiu, na tasca que habitualmente o acolhe, o estado de espírito destes "sportinguistas":

 

"(...) o problema vosso mesmo hipoteticamente vocês abustres ganharem as eleições não vão ter paz. Porque aqui os camaradas não vos querem lá, vão ser minados diariamente . Querem guerra vão tela e da grossa" (Fight for your right)

 

Está apresentado o que espera Pedro Madeira Rodrigues e o enorme trabalho que terá em reerguer um clube completamente perdido numa "cultura" clubística lampiónica, que nunca foi a sua, mas que Azevedo de Carvalho fomentou diariamente.

 

Pobre Sporting.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:29

A carta de Bruno Miguel ao Pai Natal

Ricardo Leão, em 29.12.16

 

20150278_HR5zM.jpg20150279_Criub.jpg

 

Leia aqui o conteúdo da carta revelada por Santos Neves em "A Bola".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:45

Tão perto e tão longe...

Ricardo Leão, em 28.12.16

 

20147165_AgABO.jpg

 

A foto é elucidativa. A expressão corporal e, sobretudo, a cara, dizem tudo. Um misto de sobranceria, arrogância e altivez. Para quem se diz próximo dos adeptos, os olhos no além não mentem. Pertíssimo dos adeptos, longíssimo dos mesmos, transformados estes, hoje como no passado, em meros instrumentos de manutenção no poder. Custe o que custar.

 

Eis a postura clássica de Bruno Azevedo de Carvalho.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:07

A última ceia

Ricardo Leão, em 21.12.16

 

20136281_rDNbA.jpg

 Ou a interpretação da linguagem corporal dos jogadores

 

 

1 – Bruno Azevedo de Carvalho “oferece” a mão para cumprimentar Rúben Semedo, mostrando disponibilidade e abertura evidenciada por uma palma da mão aberta e exposta.

 

2 - O jogador lança um olhar de superioridade, com algum desdém, não estabelecendo qualquer contacto ocular ao cumprimentar Azevedo de Carvalho, o que denota algum afastamento do acto ou da pessoa.

 

3 - A falta de compromisso também é notória na fraca tensão que coloca na mão na altura do cumprimento.

 

4 – Adrien Silva parece corroborar do mesmo estado emocional de Rúben Semedo, com um olhar de superioridade, cabeça puxada para trás denotando afastamento sobre o acontecimento.

 

5 – Mantém os braços cruzados o que pode significar pouca abertura ou disponibilidade para o contacto com Azevedo de Carvalho.

 

6 – William Carvalho não foge ao ambiente vivido naquela mesa com a presença de Azevedo de Carvalho, um olhar indirecto acontece quando não nos vinculamos à pessoa, acompanhado por uma testa franzida, muito característica de emoções negativa ou de maior tensão.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

 

20135542_VzcDJ.jpg20135550_ha9Jt.jpg20135546_tvVGz.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:30

Rui Morgado é mestre

Ricardo Leão, em 07.12.16

 

20106461_ieH8z.jpg

Rui Morgado, o jurista e advogado que foi vice-presidente da Assembleia Geral da SAD do Sporting durante o mandato de Azevedo de Carvalho, funções estas de que se demitiu em Outubro de 2015, depois de um desentendimento final com o ainda presidente do clube, realizou esta semana no ISCTE - Instituto Universitário de Lisboa, as suas provas públicas do Mestrado em Direito das Empresas, especialização de Direito do Trabalho, com uma tese subordinada à temática da "Mediação Laboral Desportiva: Por um novo paradigma na resolução de litígios emergentes do contrato de trabalho dos profissionais de futebol", com a elevada classificação de 17 valores.

Orientado pelo Professor António Monteiro Fernandes, a prova de dissertação teve como arguente o advogado e especialista em matérias de direito do desporto João Correia.

 

Ao novo mestre apresentamos os nossos parabéns.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:33

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D




Cristiano Ronaldo