Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Reflexão do dia

Rui Gomes, em 25.08.19

mw-1280.jpg

O domínio do FC Porto na Luz era esperado ?

O Benfica não teve Rafa para saídas rápidas, nunca ligou jogo interior com Pizzi a ir ao centro do campo, jamais viu Grimaldo a construir jogadas e em minuto algum chegou à área contrária com a bola controlada. Porque o FC Porto pressionou alto, anulou tudo o rival tem de forte, criou oportunidades para marcar e ganhou (2-0) o clássico que apenas viu um remate perigoso dos encarnados ao fim de hora e meia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:32

vieira-gomes-1_770x433_acf_cropped.jpg

Para lastimável descrédito do Desporto e da Justiça deste singular país, tem-se constatado ultimamente a tendência de alguns dos maiores devedores ao fisco e à banca (isto é, a todos nós, cidadãos contribuintes) - nomeadamente empresários da construção civil e da imobiliária - se refugiarem comodamente como altos dirigentes de populares clubes de futebol. Um expediente habilidoso que, resistindo ilicitamente ao cumprimento da lei e das dívidas, lhes permite garantir a manutenção da sua vida confortável, em prejuízo das vítimas ignoradas e sofredoras dos seus calotes.

A fim de conservar o seu poder (indispensável à sua segurança) esses astutos personagens cultivam avidamente o apoio das aduladoras e inconscientes massas adeptas dos seus clubes, usando simultaneamente o seu prestigioso estatuto na conquista de uma influência cada vez mais notória e pessoalmente interesseira sobre as variadas instâncias desportivas, políticas ou da comunicação social – o que resulta, obviamente, numa promiscuidade crescentemente suspeitosa e altamente perniciosa para a imprescindível integridade do movimento desportivo nacional, sobretudo o futebolístico.

Neste particular e inflamado contexto, não surpreende que o comum observador manifeste o seu repúdio pela frequente e desavergonhada exibição pública, nas elegantes tribunas dos estádios e outros locais, desses desafiantes grandes caloteiros, principalmente quando ladeados de governantes e políticos igualmente destituídos de pudor.

Texto da autoria de Leão da Guia

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:33

Golo do ano !

Rui Gomes, em 23.06.19

Os adeptos sportinguistas votaram através das redes sociais e elegeram este golo de Bruno Fernandes, frente ao Benfica, a contar para a primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, o golo do ano 2018/19.

Também no pódio, golos de Jérémy Mathieu e Jovane Cabral.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:00

Comunicado de Miguel Albuquerque sobre a final do playoff de futsal, em geral, e o terceiro jogo disputado este domingo - que o Benfica venceu por 4-3 -, em particular:

"A vitória meritória do Sporting Clube de Portugal no primeiro jogo da final fez soar os alarmes. A possibilidade de ver o Sporting CP alargar e reforçar o domínio do futsal português com a conquista do inédito tetra assusta muita gente, até aqueles cujo papel passa pela defesa desta modalidade que tanto nos apaixona.

O que se tem vindo a passar desde esse primeiro jogo ultrapassa qualquer limite daquilo que julgamos ser aceitável. Não queremos, até porque não faz parte da nossa maneira de estar, branquear de modo algum os nossos próprios erros, mas não podemos aceitar a gritante dualidade de critérios verificada, sobretudo, nos jogos 2 e 3.

No jogo dois, o primeiro golo do Benfica só acontece porque Cardinal foi claramente empurrado quando tentava fazer barreira. Ainda no mesmo jogo, Cardinal foi agredido a murro por Miguel Ângelo, que continuou em campo como se nada tivesse passado.

Hoje, no jogo 3, Dieguinho é expulso por alegada agressão a Robinho, quando é evidente - pelas imagens a que todo o país teve acesso - que é o jogador do Benfica quem agride, com o braço, o nosso atleta. Fica ainda a curiosidade de ter sido o árbitro que estava com menos visão do lance a decidir-se pela expulsão depois de vários minutos de indecisão.

Antes disso, o primeiro golo do Benfica nasce de um corte com a mão de Fernandinho, o  mesmo jogador a quem foi perdoado o segundo amarelo, e a consequente expulsão, depois de ter atingido, com a mão, a cara do nosso jogador Erick.

Mais. Aguardamos para perceber se a Federação Portugesa de Futebol mantém mão firme quanto aos castigos depois de mais uma vergonhosa actuação dos grupos ilegais de adeptos do Benfica, que, para além de entoarem, insistentemente, cânticos alusivos à morte de dois adeptos do Sporting CP, interromperam o jogo uma mão cheia de vezes, atirando plásticos para a quadra. Não esquecer que o Pavilhão João Rocha foi punido com 4 jogos de castigo devido a cânticos homofóbicos.

Mas o melhor (pior) estava ainda para vir. Quando pensávamos que nada mais nos podia surpreender, eis que nos deparamos com mais um acto de vandalismo de um tal grupo de adeptos ilegais, mas organizados, que se deslocaram até ao Estádio José Alvalade e a entrada do multidesportivo de Alvalade, tentaram agredir os nossos atletas!

Ora, depois de tudo isto, quase que podemos prever o que se vai passar no jogo 4. Com o fim da Euro Winners Cup, nas bonitas praias da Nazaré, e com mais uma dupla de arbitragem disponível, vem-nos à memória o jogo 3 da final da temporada passada, em que três dos nossos jogadores e o nosso treinador foram expulsos e que tudo foi feito para que saíssemos derrotados.

Temos de melhorar em campo, mas fora de campo muitas movimentações para impedir um inédito Tetra no mesmo ano que vencemos a Liga dos Campeões."

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:00

img_920x518$2019_06_06_21_45_11_1558144.jpg

O Benfica venceu o Sporting no Pavilhão João Rocha por 6-3 e empatou a final do playoff de futsal. Depois da vitória na Luz, os leões entraram melhor neste Jogo 2 e foram para o intervalo a vencer por 1-0. Porém, as águias deram a volta no segundo tempo e chegaram a estar a ganhar por 1-4.

No entanto, os campeões nacionais não desistiram e, aos 38', Diego Cavinato marcou duas vezes e relançou o jogo (3-4). 

Quando o Sporting tentava empatar e no risco total, o Benfica conseguiu fazer o 5-3, com o guardião Diego Roncaglio, de baliza a baliza, a fazer o golo. Já no último suspiro, as águias ainda conseguiram fazer o 6-3 final, por intermédio de Bruno Coelho.

Com este resultado, o Benfica empata a final da Liga Sport Zone (1-1). O próximo jogo terá lugar no próximo domingo, pelas 16h15, no Pavilhão da Luz.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 07:01

lvi_3049-min.jpg

A equipa de hóquei em patins do Sporting caiu perante o eterno rival da Luz, por 7-3, num jogo disputado este sábado em Oliveira de Azemeis, das meias finais da Taça de Portugal.

A equipa leonina até entrou melhor na partida, avançando-se no marcador com dois golos de Ferran Font e Matías Platero. No entanto, o Benfica deu uma volta incontornável ao jogo e chegou ao intervalo a liderar por 5-3.

No segundo tempo a formação liderada por Paulo Freitas "correu" atrás do prejuízo e tentou inverter o marcador, mas seria ainda o Benfica a marcar mais dois golos.O Sporting despede-se assim da Taça de Portugal.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:31

vale_futsal_8.jpeg

O Sporting visitou e venceu o rival Benfica, por 5-4, após prolongamento, no primeiro jogo da final da Liga Sport Zone, com o guarda-redes Guitta em grande nível, com dois golos além de várias excelentes defesas defesas efectuadas.

Um jogo bastante intenso com a equipa da Luz a conseguir igualar o marcador depois da desvantagem inicial, precisamente pelos dois tentos de Guitta, e posteriormente para fazer o 3-3 e levar o jogo para prolongamento.

No período suplementar o Sporting chegou à vantagem de 5-3, com golos de João Matos e Erick, com o Benfica ainda a conseguir reduzir através de Fernandinho, mas o marcador fecharia assim.

O próximo jogo realiza-se na quinta-feira, 6 de Junho, e está marcado para as 21h55 no Pavilhão João Rocha. Intrigante este jogo a hora tão tardia.

vale_futsal_5.jpeg

Considerações do treinador Nuno Dias:

"Acima de tudo, fomos uma equipa extremamente solidária, que soube conviver bem perante a adversidade.

O Benfica criou-nos muitas dificuldades e ao voltarmos do intervalo, quando queríamos segurar a vantagem, deparámo-nos com uma reacção fantástica do adversário que o recolocou no jogo.

Depois, um prolongamento muito duro, a defender perante todas as opções que o Benfica apresentou. Vencemos, principalmente pela solidariedade dos jogadores.

Para sermos campeões tínhamos de ganhar aqui, mas o Benfica também pode ir ganhar ao João Rocha".

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:03

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 24.05.19

2019-05-23 (1).png

Carlos Barbosa da Cruz, adepto sportinguista, advogado e comentador desportivo afirmou que... "A péssima qualidade das arbitragens, designadamente as das últimas jornadas, entre outras situações, ensombra o sucesso do Benfica".

Esta e outras considerações disponíveis aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:17

Iniciados derrotam águias do Seixal

Rui Gomes, em 12.05.19

 

img_920x519$2019_05_12_12_41_29_1545862.jpg

 

A equipa de iniciados do Sporting recebeu e venceu o rival da Luz, este domingo, por 4-3, em jogo da 6.ª jornada da fase de campeão.

 

Onze do Sporting: Diego Callai, David Monteiro, Ricardo Piedade, David Moreira, Martim Marques, Tiago Otávio, Gabriel Carvalho, Samuel Justo, Youssef Chermiti, Mateus Fernandes e Isnaba Mané.

 

Suplentes: Diogo Águas, Mauro Ribeiro, Lourenço Henriques, Diogo Spencer, Simão Duarte, Rafael Besugo e Gonçalo Rocha.

Onze do Benfica: André Gomes, João Rodrigues, Diogo Aqueu, Nuno Félix, David Quenda, Diogo Prioste, Ricardo Nóbrega, João Neves, Iuri Moreira, Hugo Félix e Silton Bacai.

Suplentes: Diogo Águas, Mauro Ribeiro, Lourenço Henriques, Diogo Spencer, Simão Duarte e Gonçalo Rocha.

 

Os golos leoninos foram marcados por Mateus Fernandes (36'), Isnaba Mané (37 e 60'), e David Monteiro (58').

 

O Sporting passa a somar 13 pontos - mais dois que Benfica e FC Porto - e assume assim a liderança da tabela classificativa, ainda que à condição, uma vez que FC Porto e V. Guimarães só se defrontam esta tarde.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:18

 

img_920x519$2019_05_11_19_40_35_1545612.jpg

 

O Sporting venceu o Benfica por 5-4 e apurou-se para a final da Liga Europeia de hóquei em patins, cujo título vai discutir no domingo, a partir das 18h00, frente a um FC Porto que, horas antes, eliminou o campeão em título Barcelona nas grandes penalidades.

 

O Sporting, que nunca esteve em desvantagem na partida, abriu o marcador aos 8 minutos com um golo de Pedro Gil. Aos 15' Matías Platero volta a marcar e aumentou a vantagem para os leões (2-0). O Benfica não baixou os braços e no minuto seguinte (16') foi Diogo Rafael a marcar para as águias (2-1). Antes da primeira parte terminar, Matías Platero voltou a marcar (23') e o Sporting foi para intervalo a vencer por 3-1.

 

Aos 41 minutos, Henrique Magalhães fez o 4-1 e quando já se dava como certa a derrota do Benfica, Diogo Rafael marcou (41'), começando a diminuir a desvantagem das águias (4-2). Aos 44 minutos, Nicolía marca o terceiro para os encarnados (4-3) e aos 47' Lucas Ordoñez empata o jogo (4-4).

 

O jogo estava já relançado, quando a dois minutos para o final Gonzalo Romero encerra o marcador (5-4).

 

Parabéns leões !

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:50

 

as2i4196.jpg

 

O Sporting visitou o Benfica este domingo e saiu derrotado por 25-24, na 6.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional Andebol 1.

 

Jogo muito equilibrada e com alternância no marcador que acabou por ser decidido nos instantes finais. O golo vitorioso foi marcado aos 57', com Frankis Carol a responder aos 59', mas os árbitros entenderam que houve falta ofensiva no lance.

 

Apesar do resultado negativo, o Sporting continua dependente de si próprio. Encontra-se em igualdade pontual com o Benfica, mas com menos um jogo, e a dois pontos do líder FC Porto.

 

Sporting: Pedro Valdés (7 golos), Edmilson Araújo (2), Bosko Bjelanovic, Cláudio Pedroso, Carlos Ruesga (2), Frankis Carol (3), Aljosa Cudic (GR), Tiago Rocha, Carlos Carneiro (C, 1), Fábio Chiuffa, Manuel Gaspar (GR), Arnaud Bingo, Valentin Ghionea (4), Ivan Nikcevic (3) e Luís Frade (2).

 

O Sporting visita agora o FC Porto na próxima quarta-feira, dia 8 de Maio, em partida referente à 4.ª jornada da fase final do Campeonato Nacional.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:00

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 30.04.19

 

8371811_23G8D.jpeg

 

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol vai receber Benfica e FC Porto, na sequência dos pedidos enviados ao órgão federativo, disse ontem à agência Lusa fonte do organismo.

 

Fonte do CA afirmou que este órgão vai receber os dois clubes, como fez sempre que tal é solicitado, por qualquer clube de qualquer modalidade ou escalão.

 

As reuniões serão devidamente agendadas assim que seja possível conciliar as respectivas agendas, acrescentou a mesma fonte.

 

Os pedidos de reunião de Benfica e FC Porto surgiram após a 31.ª jornada da I Liga, na qual o Benfica venceu 4-1 na visita ao Sporting de Braga e se isolou na liderança, com dois pontos de vantagem sobre os 'dragões', que empataram 2-2 no terreno do Rio Ave, na sexta-feira.

 

Isto parece ser um caso de duas comadres à disputa da cereja no topo do bolo.

 

O FC Porto decerto que vai apresentar queixas de decisões que directa ou indirectamente prejudicaram a sua corrida para o título, já o problema do Benfica não é claro.

 

Será que se vai queixar de ter sido beneficiado pelas arbitragens ?

 

Para completar este cenário ultra-melodramático, só falta semelhante pedido do SC Braga, de preferência com o Professor Abel Ferreira como porta-voz do clube minhoto, para apresentar queixas contra o Sporting CP, o clube que mais tem sido beneficiado "jornada após jornada".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:33

 

img_920x519$2019_04_25_19_01_58_1538714.jpg

 

No quarto da final do play-off do Campeonato Nacional Honda, o Sporting procurava vencer o rival no Pavilhão João Rocha e levar a decisão para a quinta e última partida.

 

O Sporting até começou bem com uma vitória por 25-19, no primeiro set. O segundo foi bastante equilibrado, mas lamentavelmente acabou por sorrir ao Benfica por 23-25.

 

No terceiro set a equipa leonina caiu de rendimento e só conseguiu segurar a vantagem até aos 11-10. A partir do momento em que o adversário chegou ao empate, os leões não mais conseguiram recuperar, tornando este o set mais desequilibrado da partida: 16-25.

 

No quarto parcial, os leões tentaram equilibrar as contas, mas o estado anímico já não ajudava muito. A formação de Hugo Silva ficou-se pelos 19 pontos, em oposição aos 25 do adversário. O resultado ficou assim em 3-1.

 

O treinador Hugo Silva teve isto para dizer no final do jogo:

 

"Dou os parabéns ao Benfica. Em função daquilo que foi fazendo ao longo da época, é um merecido vencedor. Reconheço que foi uma equipa muito equilibrada e que acabou por justificar o título. O jogo anterior marcou muito a equipa, saímos com o orgulho ferido, podíamos ter tirado partido disso, mas não conseguimos. Viemos com a pressão em cima das nossas costas, era um jogo decisivo para nós. Não podemos perder sets da maneira como perdemos o segundo.

 

Quando se perde, não podemos de modo algum ficar satisfeitos. Estamos tristes, era isto que nós planeávamos. Foi uma época muito atribulada, andámos muito à deriva, por culpa minha. Fui eu que planeei a época e que escolhi os jogadores. Aprendemos muito, eu em particular, foi dos anos mais difíceis que me deparei. O Benfica é uma equipa construída em cinco, seis anos, com poucas trocas de jogadores.

 

É importante para nós estabilizar. Depois desta consistência e equilíbrio entre as duas equipas, reflecte-se o trabalho de anos. Temos de aprender e resolver as coisas da melhor maneira possível.

 

A Direcção dá um apoio tremendo, sempre estiveram comigo nas decisões, e sempre senti o enorme carinho e a força dos adeptos do Sporting. Ter um pavilhão cheio, com duas grandes equipas, isto para mim é o pico. Sou louco e apaixonado por este desporto."

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:01

A arte de "bem" receber

Rui Gomes, em 23.04.19

 

img_920x518$2019_04_22_23_22_09_1537663.jpg

 

Consta que ontem houve um jogo entre amigos no Estádio da Luz - que a Liga entendeu oficializar - no qual o Benfica, para ser simpático, não foi além da meia dúzia com o seu visitante madeirense.

 

Caso houvessem quaisquer dúvidas, Carlos Pereira, presidente do Marítimo, não vacilou ao confirmar a graciosidade dos encarnados:

 

"Vim do balneário à tribuna como é apanágio do Benfica na arte de bem receber.  O ambiente vivido no balneário do Marítimo é saudável porque a responsabilidade está toda na casa onde nós estamos, ou seja, na equipa do Benfica. A nossa tranquilidade para este jogo reside no facto de em tudo o que vier é lucro mas a ambição é uma coisa que não falta num nem noutro balneário".

 

"É um dos jogos mais tranquilos que as equipas têm. Também para o presidente e a sua administração, são dos jogos com mais tranquilidade porque sabemos a valia de qualquer das equipas e o respeito que o Benfica nos merece".

 

"Num ambiente como este, para nós é muito mais surpreendente e penso que qualquer atleta que se preze e tenha brio profissional, entra num anfiteatro destes e num palco como este em princípio com alguma admiração porque não está habituado a estes grandes palcos e com esta moldura humana".

 

thumbnail_image.png

 

Já Petit, treinador do Marítimo, teve isto para dizer:

 

"Aquele golo que foi anulado para mim é válido. Tivemos muita intranquilidade hoje, os jogadores tinham receio de ter bola, não gostei, praticamente oferecemos o triunfo ao Benfica».

 

A arte de bem receber, sem dúvida. Nos dois jogos na Luz contra equipas da Madeira, com o resultado acumulado de 16-0. É obra... e não é para todos!

 

Não passou despercebida a ironia por um alerta sonoro ligado ao alarme de incêndio do Estádio da Luz ter interrompido a conferência do técnico do Marítimo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:02

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 22.04.19

 

download.jpg

 

O terceiro jogo da final de voleibol entre os rivais Sporting e Benfica teve alguns momentos polémicos e que mereceram críticas do Sporting, com destaque especial para um lance em que um jogador encarnado ficou caído no recinto a queixar-se, pelo que o árbitro teve de interromper o jogo. Depois de Tiago Violas ter sido assistido, o encontro foi retomado, com o Benfica a reduzir para 3-2 ao invés de o Sporting a passar para o 4-1.

 

Eis o que o técnico Hugo Silva teve para dizer:

 

"É lamentável que tenha ocorrido uma atitude de muito pouco fair play por parte de um jogador do Benfica, que se atirou para o chão e provocou a anulação de um ponto que nos daria o 4-1. Mas as atitudes ficam para cada um. Não acho correcto, até porque hoje o voleibol é diferente e temos de nos respeitar uns aos outros. Como disse, as atitudes ficam com cada um, e só nos cabe continuar a fazer o nosso trabalho".

 

Marcel Matz, treinador do Benfica, reagiu à acusação feita pelo homólogo do Sporting ao seu jogador:

 

"O lance do Violas? Não me apercebi do que aconteceu, não vi. As regras mandam parar o jogo quando há um jogador a precisar de assistência. Foi o que aconteceu. No 5º set, quem teve mais vontade e quem batalhou mais conseguiu terminar por cima".

 

Algo curiosa, a resposta do técnico brasileiro. Como é possível, no voleibol, em que um treinador está situado a escassos metros da acção, não ver um lance em que um jogador seu se atira para o chão e permanece imóvel ?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 06:04

Vitória escapa aos leões na 'negra'

Rui Gomes, em 21.04.19

 

voleibol_scp.jpeg

 

A equipa de voleibol do Sporting deslocou-se este sábado ao pavilhão n.º 2 da Luz para disputar o jogo três do play-off do Campeonato Honda e acabou por sair derrotada por 3-2.

 

Os leões não começaram o jogo da melhor maneira, perdendo o primeiro set por 25-20, mas reagiram bem, vencendo os seguintes dois sets por 25-22 e 25-23.

 

Nos últimos dois sets, a vantagem foi decisivamente encarnada, com triunfos por 25-15 e 15-10.

 

O quarto jogo da final está marcado para a próxima quinta-feira, no Pavilhão João Rocha. Em caso de vitória do Benfica, as águias celebram o título. Se, por outro lado, o Sporting vencer, o título será decidido num quinto jogo, que será disputado no próximo sábado, no Pavilhão da Luz. 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 05:17

 

Com o afastamento do Benfica, ontem, pelo Eintracht Frankfurt, e do FC Porto, na quarta-feira, frente ao Liverpool, chegou-se ao termo da participação europeia para os emblemas portugueses esta época.

 

mw-1240.jpg

 

Com uma derrota por 2-0 em solo britânico no primeiro jogo, o FC Porto acabou por sofrer goleada incontestável no Dragão (1-4), sublinhando o poderio do clube de Liverpool. A formação portista deu o que tinha para dar, mas o seu melhor foi insuficiente perante um adversário reconhecidamente mais forte e que apesar de ter o Barcelona pela frente, é um sério candidato à conquista do título.

 

img_770x443$2019_04_18_08_13_59_1535748.jpg

 

Já a história do Benfica é bem diferente. Venceu o primeiro jogo, na Luz, por 4-2, e apesar de poder ser argumentado que não podia sofrer dois golos em casa, especialmente tendo em conta que beneficiou de superioridade numérica desde os 20', foi para a Alemanha com tudo nas mãos para passar a eliminatória.

 

A derrota, por 2-0, em Frankfurt, e o eventual afastamento da Liga Europa, fica a dever-se, na minha opinião, ao treinador Bruno Lage, que além de fazer alguma gestão do plantel, foi para solo germânico com uma táctica difícil de digerir, deixando a ideia que pretendia adormecer o jogo e o adversário. Tanto assim, que a equipa encarnada só fez dois remates nos primeiros 45 minutos e teve apenas 40% posse de bola.

 

É verdade que no primeiro golo o marcador alemão estava em posição irregular - na Liga Europa o VAR ainda não é utilizado - mas este erro da arbitragem não explica tudo, uma vez que, mesmo assim, as possibilidades de um resultado favorável continuaram em alta. 

 

O Benfica ainda deu alguns "ares da sua graça" no segundo período, nomeadamente nos 15 minutos iniciais, mas salvo um potente remate de Salvio que entretanto saltou do banco, nunca verdadeiramente ameaçou a baliza do Eintracht.

 

Em termos financeiros, foi uma campanha muito lucrativa para os dois emblemas. O FC Porto recebeu em excesso de 78 milhões de euros e o Benfica ultrapassou os 50 milhões. Falta ainda a distribuição das percentagens dos direitos televisivos no final da época.

 

Relativamente ao ranking da UEFA, Portugal continua em 7.º lugar, com 9.083 pontos, ligeiramente atrás da Rússia que soma 9.666 pontos. Neste sentido, era muito importante a continuidade destes dois clubes na Europa.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 04:03

Reflexão do dia

Rui Gomes, em 08.04.19

 

 

O Feirense emitiu um comunicado nas redes sociais no qual questiona au ausência de verdade desportiva no recém-embate com o Benfica. Os fogaceiros criticam veemente as decisões da equipa de arbitragem, nomeadamente do vídeo-árbitro, e dizem mesmo que este jogo "envergonha o futebol português".

 

Eis o comunicado na íntegra:

 

"Onde está a verdade desportiva?

Hoje (ontem) assistimos a mais um jogo que envergonha o futebol português. Os clubes pedem isenção, rigor, respeito e verdade desportiva, mas depois há decisões [ver vídeo] que adulteram os jogos e mancham este campeonato.

 

O CD Feirense, com todo o mérito, chegou à vantagem no marcador, ao minuto 10', mas depois foi o que se viu...

21': 2x0 anulado a Vítor Bruno
39`: Grande penalidade a favor do SL Benfica, com recurso ao VAR

47': Grande penalidade por assinalar a favor do CD Feirense. O VAR desta vez foi esquecido.

Só a título de mera curiosidade, para os mais distraídos, Bruno Paixão foi VAR em três dos últimos cinco jogos do CD Feirense (SL Benfica, Vitória FC e Belenenses SAD). Na jornada passada, o nosso central Flávio Ramos foi expulso pelo VAR e falhou o jogo de hoje".

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 03:18

Dérbi de juvenis termina empatado

Rui Gomes, em 07.04.19

 

img_920x519$2019_04_07_12_16_03_1530801.jpg

 

A equipa de juvenis do Sporting recebeu este domingo o rival Benfica, em jogo da 2.ª jornada da fase de campeão do nacional.

 

Depois da derrota na primeira jornada frente ao SC Braga, os leões procuravam assegurar a sua primeira vitória desta fase da prova, mas o dérbi acabou empatado (2-2).

 

Os encarnados começaram melhor, com Paulo Bernardo a inaugurar o marcador aos 19'. A equipa leonina reagiu de imediato e chegou ao empate dois minutos mais tarde, através de Tiago Tomás. A liderança dos jovens leões chegou aos 39', com golo de Rafael Fernandes, o que permitiu que o Sporting fosse para o intervalo na frente.

 

A segunda parte viu várias oportunidades serem desperdiçadas pelas duas equipas, e foi o Benfica que conseguiu empatar o desafio, com golo de Ronaldo Camará, aos 64 minutos.

 

A equipa inicial do Sporting: Raimundo Duarte, Alexandre Lami, Rafael Fernandes, Eduardo Quaresma, Nuno Mendes, João Daniel, Bruno Tavares, Gonçalo Batalha, Tiago Tomás, Tiago Fernandes e Joelson Fernandes.

  
Suplentes: Martim Duarte, Chico Lamba, Gilberto Batista, Daniel Rodrigues, André Gonçalves, Nicolai Skoglund e Paulo Agostinho.


Treinador: João Couto

A equipa inicial do Benfica: Samuel Soares, Filipe Cruz, Tomás Araújo, Gabriel Araújo, Rafael Rodrigues, Rafael Brito, Gerson Sousa, Ronaldo Camará, Henrique Araújo, Paulo Bernardo e Henrique Pereira.

   
Suplentes: Pedro Souza, Renato matos, Adrian B., Pedro Silva, Diogo Nascimento, Jeremy Sarmiento e Diogo Cardoso.


Treinador: Luís Araújo

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:30

 

img_920x519$2019_04_06_18_20_49_1530471.jpg

 

O Sporting entrou da melhor forma na final do Campeonato Nacional de voleibol, este sábado, aproveitando o factor casa, superando o Benfica por 3-0.

 

O primeiro set foi bastante equibilidrado para ambas as equipas mas foi Sporting que o venceu por 28-26. No segundo set os leões estiveram em desvantagem mas fizeram uma excelente recuperação e venceram por 25-21. O terceiro e último e set caiu igualmente para a equipa da casa com o marcador a registar 25-20.

 

As equipas voltam a encontrar-se no próximo sábado, desta vez na Luz, às 18h00.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:03

Comentar

Para comentar, o leitor necessita de se identificar através do seu nome ou de um pseudónimo.




Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Taça das Taças 1963-64



Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D




Cristiano Ronaldo


subscrever feeds